O que é tradução juramentada? Tire todas as suas dúvidas

Vai mudar para o exterior? Então saber para que serve a tradução juramentada pode ser bastante útil. Afinal de contas, é ela quem traduz, de forma fiel, documentos brasileiros de forma a torná-los válidos em outros países. Estamos falando de uma das modalidades de tradução mais importantes que existem. Sem ela, não seria possível atribuir autenticidade a documentos estrangeiros, uma vez que a nossa legislação não reconhece ou aceita documentos escritos em outros idiomas como provas em tribunais ou como documentos válidos.
Então, se você vai embarcar rumo ao sonho de morar, estudar ou trabalhar fora do Brasil, acompanhe o artigo a seguir. Se você está vindo para o Brasil depois de terminar uma graduação no exterior, por exemplo, as informações abaixo também serão úteis.

O que é a tradução juramentada?

Diferente do que acontece com um livro ou com um artigo, quando há a necessidade de traduzir um documento para outro idioma é preciso que a tradução tenha a sua autenticidade comprovada.
Em outras palavras, é como se fosse necessário ter uma garantia de que tudo aquilo que está presente no documento e foi vertido de uma língua para outra é de fato verdadeiro e que não houve nenhum tipo de alteração.
Para atestar essa fidelidade é que podemos recorrer tradutores oficiais, também conhecido como Tradutor Público ou Intérprete Comercial. Eles são profissionais concursados e devidamente cadastrados na Junta Comercial do Estado, o que os qualifica a fazerem traduções de documentos e outros itens que requeiram fidelidade absoluta e idoneidade de informações.
O profissional é concursado, possuindo assim, autorização da Junta Comercial do estado em que reside para prestar o serviço no idioma que prestou o concurso. Ou seja, português/inglês – inglês/português, português/alemão – alemão/português, e assim por diante.

Tradutores devem ser concursados

Por mais que você domine um idioma estrangeiro a ponto de poder você mesmo fazer a tradução completa dos seus documentos, ainda assim suas versões não serão aceitas, sob nenhuma hipótese. Há a obrigatoriedade legal de que ela seja feita e assinada por um tradutor juramentado.
Para se tornar um tradutor juramentado é preciso ser aprovado em um concurso público. As oportunidades, em geral, são divulgadas pelas Juntas Comerciais e não há uma periodicidade específica para a realização dos concursos.
Da mesma forma, antes de contratar um serviço como esse, é importante checar na repartição pública se o tradutor em questão está mesmo habilitado para fazer esse tipo de serviço.

Outras funções exercidas pelo tradutor juramentado

Não é apenas a tradução fiel de documentos a tarefa que cabe aos responsáveis pela tradução juramentada. Suas atribuições incluem ainda a possibilidade de atuarem como intérpretes em juízo, em cartórios ou em outros locais onde haja a necessidade de interpretação de um texto em outro idioma.
Alguns exemplos incluem casamentos entre brasileiros e estrangeiros, a compra e venda de imóveis por estrangeiros, registros de filhos de estrangeiros nascidos no Brasil, audiências públicas, entre outras ocasiões. Ou seja, estamos falando de um campo de ampla atuação e extrema importância para atestar a veracidade de informações nas mais diversas ocasiões.
Aproveite e confira as nossas dicas para morar fora do país e planeje sua mudança.

Importância da tradução juramentada

Para entender a sua importância não apenas no Brasil, mas em outros países, é preciso entender um pouco das exigências legais que cada nação faz ao receber determinados tipos de documentos de estrangeiros. No caso do Brasil, essa exigência vem em decorrência do Decreto Federal número 13.609, de 21 de outubro de 1943.
Esse decreto indica que nenhum documento estrangeiro redigido em outro idioma que não o português tem validade no Brasil. Para que eles possam ser considerados por um órgão público, por exemplo, é preciso que eles venham acompanhados de uma versão traduzida, nascendo assim a tradução juramentada. Então, para que possam ser reconhecidos perante os órgãos públicos brasileiros, exige-se que os documentos sejam acompanhados por uma versão traduzida para português.
Cabe também ressaltar que da mesma forma, a tradução juramentada torna válido os documentos brasileiros no exterior. Em alguns casos, a tradução juramentada para o inglês é suficiente.
Como solicitar tradução juramentada
Note que a tradução juramentada é uma versão em língua portuguesa com fé pública, ou seja, reflete oficialmente o conteúdo descrito em outro idioma. Fazendo uma alusão, é como se a tradução juramentada fosse a autenticação em cartório de um determinado texto, dando ciência a quem possa interessar de que ela, de fato, é legítima.
O mesmo acontece, por exemplo, quando você quer solicitar a cidadania italiana ou cidadania espanhola e precisa dos documentos traduzidos e juramentados em italiano.

Por que escolhemos a Goldenergy em Portugal?

Em quais casos é obrigatória

Sempre que for necessário apresentar um documento estrangeiro a uma autoridade brasileira, o mesmo deverá ser acompanhado da tradução juramentada. Isso também vale quando você precisa traduzir um documento em português para ser apresentado no exterior.
Entre os casos mais comuns de obrigatoriedade da sua apresentação podemos citar:

  • Casamento com estrangeiro: nesse caso, deve-se apresentar a tradução pública da certidão de nascimento, do RG e demais documentos solicitados do cônjuge de outra nacionalidade;
  • Estudos/trabalho no exterior: além da tradução pública dos documentos de identificação do estrangeiro, também é necessário traduzir certificados, históricos escolares, etc. Ainda, deve-se ter a tradução juramentada de diplomas acadêmicos;
  • Pedidos de cidadania: todos os documentos do requerente estrangeiro;
  • Documentos jurídicos: atas, contratos, sentenças de processos judiciais, procurações, testamentos.

Vai casar em Portugal? Saiba como oficializar o seu casamento no país.

Como é identificada uma tradução juramentada?

No geral, a tradução pública é iniciada pela identificação do tradutor, pelo número da tradução e número de páginas. O corpo deve conter a tradução fiel do documento original. E isso inclui assinaturas e todos os elementos gráficos do documento como selos e carimbos, por exemplo.
Já no parágrafo final, atesta-se que a tradução é completa e fiel ao documento original. Tal informação é ratificada pelo nome, carimbo, número de matrícula na Junta Comercial e assinatura do tradutor juramentado.

Qual o preço da tradução juramentada?

Para responder à pergunta acima, é preciso considerar vários fatores. Entre eles, o tipo do documento a ser traduzido, seu tamanho e a urgência para a tradução.
Segundo o Sindicato Nacional dos Tradutores (Sintra), os valores de referência variam de R$ 0,42 por palavra para a tradução juramentada de um idioma estrangeiro para o português, e vice e versa. É cobrada R$ 0,55 para a versão de um idioma estrangeiro para outro (valores em 2018).
Contudo, o padrão de precificação mais utilizado pelos profissionais é o de laudas. Uma lauda possui 1000 caracteres, excluindo-se os espaços em branco. Então, examina-se o documento e conta-se quantas laudas ele tem. Em média, uma lauda custa entre R$ 40,00 e R$ 60,00, dependendo do estado de atuação do tradutor.
Cabe ressaltar ainda que as traduções urgentes e extraordinárias (sábados, domingos e feriados) não possuem valores pré-estabelecidos, já que devem ser combinados entre as partes.

Como encontrar um tradutor juramentado

A lista de tradutores juramentados pode ser consultada na Junta Comercial do estado em que se deseja o serviço. No estado de São Paulo, por exemplo, a lista de tradutores públicos e intérpretes comerciais pode ser consultada no site da Jucesp. Já na Jucerja – Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro – a consulta pode ser feita na página de Serviços, opção Tradutores.
Contudo, é possível que você não encontre um tradutor juramentado no idioma que precisar na lista de profissionais habilitados pelo estado de sua residência. Nesses casos, você pode contratar os serviços de um profissional de outro estado e solicitar que o documento seja enviado pelos correios.
tradução juramentada para que serve
Aprender idioma no Brasil ou fora: entenda aqui qual a melhor opção.

Como funciona em outros países?

Não existe uma regra universal acerca das regras da tradução juramentada. Cada país é soberano para estipular as suas próprias regras. No Brasil, por exemplo, só são aceitas traduções juramentadas feitas dentro do país. Em outras localidades, as traduções feitas por brasileiros podem ser aceitas, enquanto em outras, como na Argentina, não.
Ou seja, tudo vai depender do país em questão e das regras estipuladas pela instituição que requer o documento. Essas dúvidas são comuns, por exemplo, a quem vai estudar no exterior.
Algumas universidades podem pedir diplomas e certificados traduzidos para o seu idioma. Entretanto, a forma de tradução depende de uma série de fatores, que levam em consideração a regra do país que abriga a instituição de ensino.
Portanto, quando alguém solicitar algum documento e houver necessidade de que ele seja traduzido, fique de olho nas regras do país para que você possa entregar uma tradução válida e de caráter oficial. Caso contrário, você terá algum contratempo tendo que refazer todo o material até que possa entregar a versão correta.

A tradução juramentada precisa ser feita por um nacional do país no qual vai pedir cidadania?

Cada país tem suas próprias regras quanto à tradução pública. Aqui no Brasil, por exemplo, só são válidas as traduções feitas por nacionais e residentes no país. Enquanto isso, em outros países não existe o requisito do tradutor juramentado ter que ser cidadão nato ou naturalizado para realizar a tradução.
Conheça a nossa lista com as principais vantagens de ter cidadania italiana.

Apostilamento da tradução juramentada

Outro ponto importante é que em mais de 100 países, incluindo o Brasil, todos os documentos devem ser acompanhados de um certificado especial. A Apostila de Haia, de forma simples, autentica como verdadeiro um documento público de outro país. Ou seja, o selo ou carimbo emitido por autoridades competentes, certifica sua autenticidade para que ele passe a ser válido no país requerido.
É uma forma de simplificar e tornar o processo de legalização de documentos mais ágil entre os países signatários. Assim, há um reconhecimento mútuo entre eles de que determinado documento é verdadeiro. No Brasil, o órgão responsável pela Apostila de Haia é o CNJ – Conselho Nacional de Justiça.

Vai para a Europa? Garanta o seu seguro viagem

Está planejando se mudar para a Europa? Então você vai precisar de planejamento e de um seguro viagem. O documento é obrigatório para entrada no Espaço Schengen e pode ser solicitado na imigração. Para conferir as melhores opções de seguro viagem, utilize nosso comparador de seguros ou o Seguros Promo. Em ambos você encontra o melhor custo-benefício e ainda economiza. Com o cupom EURODICAS5, você ganha 5% de desconto na compra, para economizar ainda mais, basta pagar com a opção boleto, e recebe mais 5% de desconto. Aproveite.

Andrea é jornalista e também tem formação em Linguística. Apesar de nascida em Curitiba, não demorou muito tempo para seu coração ganhar o mundo. Começou a trabalhar com agronegócio, área que a fez ganhar gosto para trabalhar fora do escritório, com pessoas de culturas e lugares diferentes. Com uma câmera na mão, desbravou inúmeras cidades e nunca mais parou. Decidiu unir a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, sete países da África e Ásia. Ao lado do filho já morou no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a maternidade, produção de conteúdo e viagens pelo Reino Unido e Europa.

Erick Gutierrez é co-fundador do Euro Dicas e da empresa Wcontent. Nasceu em São Paulo, trabalha com tecnologia desde os 16 anos e estudou Sistemas de Informação. Aos 21 decidiu morar na Europa, na pequena cidade de Limerick, interior da Irlanda. Depois mudou para o Porto (cidade pela qual é apaixonado) onde se especializou em marketing digital, casou e foi pai de uma menina maravilhosa. Dedica sua vida profissional a criar e distribuir conteúdo de qualidade para sanar as dúvidas das pessoas de maneira simples e eficaz. Também gosta de compartilhar seu conhecimento sobre o mundo digital e é aficcionado por carros.

Artigos relacionados

Family Search: saiba se é seguro e como funciona

Para ajudar a conectar familiares existe o Family Search, ferramenta que coleta, preserva e compartilha registros genealógicos no mundo todo.

Apostila de Haia: o que é, como fazer e quanto custa

Entenda o que é a Apostila de Haia, por que ela ajuda quem quer morar fora do Brasil, quais documentos pode apostilar e onde apostilar.

Carta de motivação: modelos e dicas para preparar o documento

Confira dicas para preparar uma carta de motivação, um modelo desse documento e veja exemplos de como escrevê-la para intercâmbio, mestrado e universidade.

Cidades que pagam para morar: 10 regiões encantadoras

Confira a lista de cidades que pagam para morar ou dão moradia ou terreno e veja quais são as condições para isso. Há várias na Europa.

Países fáceis de imigrar: veja os 4 mais receptivos da Europa

Confira a lista de países fáceis de imigrar e descubra o porquê da facilidade. Veja como é a adaptação, visto e burocracias para brasileiros nesses países.

Conseguir emprego no exterior ainda no Brasil: dicas úteis

Conseguir emprego no exterior não é uma tarefa fácil, mas temos dicas para fazer um bom currículo, onde procurar vagas e os melhores países para trabalhar.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube