Dependendo do motivo de sua viagem e do país de destino, pode ser que órgãos oficiais desse país solicitem a tradução de documentos que estão, atualmente, em português. O objetivo principal de traduzir documentos oficiais é fazer com que sejam emitidos em localidades diferentes com validade legal em outros países.

Mas, como e onde fazer a tradução? Qual é a diferença entre a tradução simples e a tradução juramentada? Responderemos a essas e a outras questões neste artigo e falaremos, ainda, dicas para quando você precisar traduzir documentos. Confira!

Como fazer tradução de documentos?

Para fazer a tradução de documentos oficiais, é preciso procurar uma empresa especializada em traduções ou um tradutor juramentado devidamente habilitado e enviar os documentos para que sejam traduzidos.

Onde fazer a tradução de documentos?

Você pode consultar a lista de tradutores juramentados na Junta Comercial do seu Estado. Por exemplo: a Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro é a Jucerja e você pode realizar a consulta na página de Serviços, opção Tradutores. Já em São Paulo, a lista pode ser consultada no site da Jucesp.

Também é possível realizar a tradução com empresas especializadas em traduções. A Yellowling é a empresa que o Euro Dicas recomenda para os seus leitores que precisam fazer a tradução de documentos.

A empresa foi criada com o objetivo de desburocratizar o serviço de traduções, que custa caro, mas é muito necessário hoje em dia.

A Yellowling oferece diferentes tipos de serviços de tradução, são elas:

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →
  • Tradução juramentada;
  • Tradução técnica;
  • Tradução certificada;
  • Legendagem;
  • E até transcrição de conteúdos de áudio e vídeo.

O processo do seu registro na plataforma é simples e o orçamento é feito online (em apenas 1 minuto). Você recebe na hora o valor que deverá pagar pela tradução e descobre o prazo de entrega do seu documento traduzido.

Quanto custa a tradução de documentos?

O valor para traduzir documentos varia de acordo com alguns fatores, como:

  • Tipo de tradução: tradução juramentada, técnica, certificada e jurídica ou tradução simples;
  • A quantidade de documentos;
  • A quantidade de páginas dos documentos e/ou quantidade de texto nos documentos;
  • O Estado, tendo em vista que cada um possui uma tabela de preços;
  • O idioma a ser traduzido;
  • O prazo: o valor da tradução de documentos pode ser alterado, conforme a urgência para recebimento dos mesmos.

Por isso, é importante saber essas informações, para solicitar o orçamento conforme as suas necessidades.

Diferença da tradução simples para a tradução juramentada

Quando precisar fazer a tradução de documentos, você deve verificar qual será a finalidade e/ou o que a instituição solicita para você, pois existem diferentes tipos de tradução.

Tradução simples

A tradução simples pode ser feita em documentos não-oficiais em diversas áreas, como jurídica, profissional, técnica, estudantil, entre outras. Esses conteúdos requerem que o tradutor possua conhecimento e domínio do idioma. É importante, ainda, possuir alguma referência dos países de origem dos materiais, com o objetivo de conseguir adaptá-los corretamente.

Tradução de documentos com ajuda de dicionário
É necessário verificar qual a finalidade da tradução de documentos para escolher entre a simples ou juramentada.

É possível traduzir qualquer tipo de documento que não exija uma tradução juramentada, ou seja, a legalização oficial do documento.

Tradução juramentada

Já a tradução juramentada é utilizada quando é preciso traduzir documentos oficiais, garantindo que o conteúdo tenha fé pública.

O processo de tradução juramentada é realizado por um tradutor juramentado, profissional que é registrado na Junta Comercial e que possui fé pública. Isso significa que este tradutor pode garantir e atestar a veracidade de todas as informações presentes no documento original.

A tradução juramentada de documentos, como certidões e certificados, pode ser exigida na solicitação e na obtenção de cidadania estrangeira, por algumas universidades estrangeiras, empresas no exterior, entre outras, para, assim, serem aceitos pelas instituições e órgãos oficiais.

Quando a tradução simples é a mais recomendada para quem emigra?

Nem sempre é exigida a tradução juramentada de documentos para quem vai morar no exterior.

Em alguns casos, como contrato, currículo, evidências profissionais ou acadêmicas, como certificados de formação acadêmica, cartas de intenções, certidão de nascimento, de casamento, documentos de imigração e passaportes, não é obrigatória a realização de tradução juramentada de documentos. Portanto, é mais recomendado fazer a tradução simples, pois é mais fácil, rápido e barato.  

Quais documentos precisam de tradução simples?

É importante fazer a tradução simples de todos os documentos apresentados acima para o idioma do país onde você vá morar, para que as instituições e os órgãos entendam e aceitem.

Documentos que considera importantes, além de traduzidos devem também ter Apostila de Haia para que tenham validade no exterior.

Dicas quando precisar traduzir documentos

Confira, a seguir, algumas dicas importantes para você se atentar quando precisar traduzir documentos.

  1. Busque uma empresa confiável para realizar o serviço de tradução de documentos. Nós indicamos a Yellowling;
  2. Analise, atentamente, as condições oferecidas e os valores propostos;
  3. Veja a qualificação dos profissionais;
  4. Confira o tipo de tradução que precisará fazer nos seus documentos;
  5. Faça também o apostilamento dos documentos importantes.

Viu como é fácil traduzir documentos?