Salário na Espanha em 2020 e a evolução do salário mínimo

Muitos brasileiros querem sair do país em busca de melhores oportunidades. Entre um dos países mais belos do mundo, além da facilidade da língua e a proximidade cultural, a Espanha recebe muitos estrangeiros que desejam morar e trabalhar no país. Mas você sabe como é o salário na Espanha?

Confira neste artigo mais informações sobre esse reajuste salarial, o custo de vida no país e as profissões mais bem pagas da Espanha.

Aumento do salário mínimo na Espanha em 2020

Em janeiro de 2020, o governo anunciou o aumento do salário mínimo na Espanha dos 900€ para 950€ mensais. Essa medida foi tomada após negociações entre o Ministério do Trabalho e Economia Social e os sindicatos do país.

Com o reajuste do salário mínimo, os trabalhadores espanhóis irão receber 14 pagamentos mensais, totalizando um rendimento bruto de 13.300€ por ano. Estima-se que essa medida vai afetar mais de 2 milhões de trabalhadores no país.

O décimo quarto salário

Na Espanha, ao contrário de outros países, muitas empresas também pagam o décimo quarto salário, além do décimo terceiro. Isso é uma excelente perspectiva para o crescimento pessoal e coletivo do país, aumentando o poder de consumo do cidadão espanhol. Um salário extra é recebido no meio do ano, durante o verão, e o outro no fim do ano, próximo ao natal.

Por que escolhemos a Goldenergy em Portugal?

Porém, tome muito cuidado ao calcular o valor anual mencionado pelo seu contratante. Isso porque geralmente quando é exposto o valor não terá o cálculo apenas em cima dos 12 meses. Divide-se o valor por 14, levando em conta os dois extras a serem pagos.

Confira uma lista completa com os países com menos impostos na Europa.

Evolução do salário mínimo na Espanha nos últimos 10 anos

O salário mínimo na Espanha aumentou consideravelmente nos últimos 10 anos. Em 2010, os trabalhadores recebiam 633.30€ por mês, houve um aumento de 316.70€ se comparado com o reajuste de 2020.

Entre os reajustes salariais feitos ao longo da década, o mais significativo foi o de 2019. Isso porque, o governo reajustou o salário na Espanha para 900€, representando um aumento de 22,3% em comparação com o de 2018.

Para você acompanhar essa evolução do salário na Espanha, veja abaixo o histórico dos reajustes feitos nos últimos 10 anos:

Ano  Salário mínimo
2010 633.30€
2011 641.40€
2012 641.40€
2013 645.30€
2014 648.60€
2015 648.60€
2016 655.20€
2017 707.60€
2018 735.90€
2019 900€
2020 950€

Veja também como funciona o contrato de trabalho na Espanha.

Quem recebe salário mínimo no país? (número de trabalhadores e profissões)

Aproximadamente 2 milhões de trabalhadores recebem salário mínimo na Espanha. Eles estão divididos em diversas classes profissionais que vão desde atendentes de mesa até auxiliares administrativos. Veja a seguir uma breve lista com algumas profissões que recebem salário mínimo no país:

  • Atendente de mesa;
  • Recepcionista;
  • Auxiliar administrativo;
  • Mecânicos.

Confira aqui a lista dos profissionais em falta na Espanha.

Diferenças face ao resto da Europa

Mesmo contando com um bloco econômico forte, como a União Europeia, cada país tem autonomia para decidir a sua base salarial. Acompanhe abaixo os valores pagos nos principais países e compare com o salário na Espanha.

Os países com maior salário mínimo:

País Salário Mínimo (em 12 meses)
Luxemburgo 2.141,99€
Irlanda 1.656,20€
Holanda 1.635,60€
Reino Unido 1.598,69€
Bélgica 1.593,81€
Alemanha 1.584€
França 1.539,42€
Espanha 1051€

Os países com menor salário mínimo:

País Salário Mínimo (12 meses)
Bulgária 311,89€
Letônia 430€
Romênia 466,23€
Hungria 487,10€
Croácia 546,07€
República Tcheca 574,62€
Eslováquia 580€

Custo de vida face aos salários

A Espanha saiu de uma temida recessão com mais de 20% de seus moradores sem emprego. A situação econômica do país melhorou bastante desde então, mas ainda é possível sentir os sintomas da crise financeira.

Embora o custo de vida na Espanha pode ser considerado alto face ao salário mínimo, até mesmo para os espanhóis, mas ele varia de acordo com o perfil de consumo de cada pessoa. Se considerarmos os gastos que um casal teria morando em cidades como Madrid e Barcelona, por exemplo, 950€ é muito pouco.

Nessas cidades, só o aluguel de um apartamento de 1 quarto no centro custa aproximadamente 930€. Por outro lado, quem opta em morar em bairros afastados do centro ou em cidades pequenas da Espanha, consegue viver bem, sem luxo, com um salário.

Essa renda também seria apertada para uma família com quatro pessoas. Nesse caso, seria preciso ganhar no mínimo dois salários mínimos para conseguir ter uma boa vida no país.

Confira nosso ranking das 7 melhores cidades da Espanha para morar.

Alternativas para quem precisa economizar

Uma das alternativas para quem precisa baixar o seu custo de vida é procurar regiões mais distantes dos grandes polos espanhóis, especialmente Madrid e Barcelona. É possível gastar bem menos nas cidades menores, já que os gastos com aluguel, alimentação e transporte serão menores.

Por outro lado, por serem cidades menores, o problema está na escassez de emprego.

Por isso, caso esteja pensando em ir morar na Espanha, sugerimos pensar em dividir aluguel com mais pessoas, por exemplo. É difícil manter os custos caso esteja sozinho. Pense nisso! Certamente fará total diferença, pelo menos até você se estabelecer!

Veja algumas indicações de cidades da Espanha com menor custo de vida abaixo:

  • Zamora;
  • Palencia;
  • Teruel;
  • Ourense;
  • Lugo;
  • Cáceres;
  • Torrevieja;
  • Almería;
  • Castellón de la Palma.

Existe desigualdade social na Espanha?

Mesmo que os piores anos da crise econômica tenham ficado para trás, os espanhóis ainda sentem o impacto da recessão. Mesmo com um certo avanço nos últimos anos, a Espanha ainda é considerada um dos países que registram as maiores diferenças de renda entre ricos e pobres na União Europeia.

Estima-se que os 20% mais ricos ganham cinco vezes mais que os 20% mais pobres do país.

Apesar do crescimento tímido, aos poucos a população retoma o seu poder de compra. A taxa de desemprego que era de 20% caiu para 14,2% (dado de outubro de 2019).

Mas a desigualdade social não é nem de longe parecida com a do Brasil

Vemos no Brasil um abismo muito grande entre muito rico e muito pobre. No caso da Espanha, problemas econômicos estão fazendo com que pessoas se encontrem em uma situação difícil, economicamente falando. No entanto, mesmo em situação de crise, a desigualdade não é tão grande quanto no nosso Brasil.

Profissões mais bem pagas

Embora o reajuste do salário na Espanha tenha representado um grande avanço, ainda é uma quantia pequena se comparada com o salário de outros setores. Na Espanha, existem profissionais que recebem anualmente 64.000€, ou seja, um salário bruto de 5.333€ por mês.

Geralmente, esses profissionais ocupam postos de gerência ou são especialistas nas áreas de medicina, engenharia e tecnologia. Confira a seguir quais são as profissões mais bem pagas na Espanha em 2020 e o quanto é o salário anual:

Profissão Salário anual
Diretor comercial 80.000€
Ginecologista 65.000€
Médico do trabalho 60.000€
Diretor de projetos 59.965€
Diretor de sistemas de informação 40.000€
Programadores em Java 30.000€

Ainda são consideradas profissões com salários médios altos:

  • Juiz;
  • Diretor de cinema;
  • Professor de Ciências Políticas;
  • Professores e pesquisadores universitários.

Acompanhe quais são as profissões mais bem pagas na Europa.

Profissões que pagam pouco

A maioria dos outros serviços sofrem com o baixo salário.

Confira a seguir quais são as profissões que recebem pouco na Espanha e quanto é o valor anual:

Profissão Salário Anual
Cabeleireiros 19.500€
Terapeuta ocupacional 17.584€
Nutricionista 17.097€
Fisioterapeuta 15.436€
Podólogo 12.935 €

Salário cabelereiro Espanha

Emprego para brasileiros na Espanha

De acordo com dados do Itamaraty, a Espanha está na lista dos países com maior número absoluto de brasileiros. No ranking, só perde para Estados Unidos, Paraguai, Japão, Reino Unido e Portugal.

É necessário levar em consideração a grande dificuldade de se conseguir emprego na Espanha atualmente. Independentemente se você é brasileiro ou não, a taxa de desemprego, mesmo contando com certo avanço, ainda é alta.

No verão, encontra-se certa facilidade em encontrar trabalhos nos pólos turísticos. No entanto, nós não recomendamos que você viaje para a Espanha na alta temporada e só então comece a procurar por emprego. Certamente é muito arriscado. Busque melhores maneiras de se organizar.

Exigências

Os requisitos exigidos pelo Governo Espanhol para um estrangeiro trabalhar no país é:

  • Idade acima de 16 anos;
  • Visto de trabalho ou equivalente;
  • Autorização para residir no país;
  • Inscrição na Seguridade Social;
  • Conta bancária na Espanha;
  • Comprovante de residência;
  • Cartão de Identidade do Estrangeiro (caso você não tenha cidadania europeia).

Saiba quais são todos os documentos para morar na Espanha e como organizá-los.

Como conseguir emprego na Espanha?

A melhor forma de arrumar trabalho na Espanha é acessando sites de emprego, agências online e redes sociais. Nelas, são divulgadas diariamente vagas e informações sobre processos seletivos em empresas dos mais diversos segmentos.

Algumas das plataformas mais famosas são:

Outra dica bacana é acessar redes sociais como o Linkedin e seguir os perfis de empresas espanholas. Elas publicam oportunidades de processos seletivos e fazem entrevistas pela internet.

Empregos mais procurados

É claro que, em geral, as empresas espanholas darão preferência para os cidadãos espanhóis e europeus ao contratar um profissional. No entanto, não é impossível encontrar um bom trabalho no país.

As principais áreas que faltam profissionais são: Tecnologia da Informação, Engenharia, Indústria e Turismo. Por isso, se você quer uma chance e ter uma salário na Espanha que compense a mudança, faça com que o seu currículo seja impressionante.

Leia nosso artigo e confira dicas de como trabalhar na Espanha.

Como está a economia na Espanha?

A Espanha foi um dos países mais afetados pela crise econômica na Europa. Desde 2014, a economia tem crescido gradualmente e ao longo dos anos obteve conquistas como: controle da inflação, superávit exterior e crescimento do PIB.

Mesmo com tantos avanços, a economia da Espanha ainda está em recuperação. Atualmente, o país possui uma taxa de desemprego de 12,3% e o governo precisa criar estratégias para reduzir o número de três milhões de pessoas desempregadas e os desafios da recessão econômica mundial previstos para 2020.

Dicas

Caso esteja pensando em emigrar para a Espanha, se organize. Tente encontrar um emprego antes da sua chegada e tenha um dinheiro guardado.

E nossa principal dica, claro, é investir no idioma do país. Afinal, quanto mais você dominar a língua espanhola, melhor serão as suas chances de conseguir um salário na Espanha que garanta uma boa qualidade de vida.

Lembre-se também que é indicado ter um seguro viagem, seja para morar ou visitar a Espanha. Esse documento é obrigado a todos os turistas que entram no país. Caso você vá morar, é indicado ter o seguro viagem para Espanha até que tenha o acesso à saúde pública na Espanha garantido como estrangeiro. Faça a cotação do seu no nosso comparador de seguro viagem e veja quanto vai custar.

Acompanhe as nossas dicas de como aprender espanhol rápido.

Andrea é jornalista e também tem formação em Linguística. Apesar de nascida em Curitiba, não demorou muito tempo para seu coração ganhar o mundo. Começou a trabalhar com agronegócio, área que a fez ganhar gosto para trabalhar fora do escritório, com pessoas de culturas e lugares diferentes. Com uma câmera na mão, desbravou inúmeras cidades e nunca mais parou. Decidiu unir a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, sete países da África e Ásia. Ao lado do filho já morou no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a maternidade, produção de conteúdo e viagens pelo Reino Unido e Europa.

Artigos relacionados

Como morar na Espanha: todas as dicas para planejar sua mudança

Se morar na Espanha é seu sonho, temos uma boa notícia: existem diversas maneiras de morar na Espanha, e com certeza uma é perfeita para você. Saiba como.

Melhores cidades da Espanha para morar: confira o top 5

Conheça as cidades da Espanha com melhor qualidade de vida, para você morar. Uma dessas cidades da Espanha é perfeita para você viver. Veja a lista!

Profissionais em falta na Espanha: lista de profissões e salários médios

Apesar dos vários anos de crise económica na Espanha e o elevado desemprego, existem profissionais em falta na Espanha. Conheça a lista de profissões.

Cidadania Espanhola: como conseguir o passaporte europeu

Existem 3 situações em que brasileiros podem ter direito à cidadania espanhola. Conheça o processo para solicitar e quais os documentos necessários.

Visto para Espanha: quais são, custos e como conseguir

Conheça quais os tipos de visto para Espanha. Saiba como e onde requerê-los, quanto custa e quais os documentos necessários para dar entrada no processo.

Custo de vida na Espanha: saiba quanto custa viver no país

Conheça o custo de vida na Espanha e quanto precisa para viver bem: quanto custa alugar um apartamento, as principais contas do mês, mercado, lazer e mais.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube