Quem nunca sonhou em ter uma vida mais tranquila morando em uma das cidades pequenas da Espanha? Morar nos chamados “pueblos” espanhóis representa um grande salto no que diz respeito à qualidade de vida. Por isso, preparamos um top 10 com as melhores delas. Vamos lá!

10 melhores cidades pequenas da Espanha para viver

A Espanha é um país conhecido, principalmente por suas duas grandes cidades, Madrid e Barcelona. Além dessas cidades, você deve conhecer, ou já ter ouvido falar em, Valência, Sevilha, Málaga e muitas outras grandes cidades, com porte menor às duas principais, mas que também possuem uma vida e uma economia bastante agitadas.

Entretanto, a Espanha possui muito mais para oferecer, por isso, preparamos um ranking com as 10 melhores cidades pequenas da Espanha para viver.

1. Aranjuez, Comunidade de Madrid

Viver em uma cidade agitada e cosmopolita como Madrid pode ser imprescindível para algumas pessoas, mas os preços podem atrapalhar um pouco os planos. Pensando nisso, colocamos na nossa lista como uma das melhores cidades pequenas da Espanha, Aranjuez.

Além de ser uma cidade bonita e organizada, o local abriga um dos maiores e mais bonitos pontos turísticos da região, o Palácio Real de Aranjuez, uma das residências da família Real Espanhola.

Em termos de distâncias, essa talvez seja a principal vantagem de Aranjuez, porque Madrid está localizado à aproximadamente 50km a norte e Toledo à 50km a oeste.

Portanto, uma cidade pequena da Espanha, com aproximadamente 60 mil habitantes e com ótimas conexões para a capital e outras regiões do país.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Procura assessoria para morar na Espanha?

Para solicitar a sua cidadania espanhola, visto, documentos, validação de diploma ou acompanhamento jurídico recomendamos o Escritório Madeira da Costa. Agende a sua consultoria e mude para a Espanha com segurança e tranquilidade.

SABER MAIS →

2. Buitrago del Lozoya

Se você quer morar em uma das cidades pequenas da Espanha que conte com paisagens incríveis, muita natureza e a pouco mais de meia hora da capital espanhola, Buitrago de Lozoya é o local ideal para você.

Buitrago del Lozoya na Espanha

Essa é uma das melhores cidades da Serra de Madrid para se viver e a menor cidade dessa lista, com pouco menos de 2 mil habitantes. Entretanto, apesar de ser pequena, conta com todos os serviços necessários para o seu dia a dia.

O ponto forte de Buitrago del Lozoya é a união da tranquilidade com a proximidade de uma das maiores cidades europeias, que é Madrid.

3. Sitges, Catalunha

Conhecida como a “Rainha do Glamour”, localizada no litoral e conectada a Barcelona através do RENFE e de rodovias, Sitges é uma das cidades pequenas da Espanha escolhidas para fazer parte da nossa lista.

Um excelente parâmetro para determinar o prestígio de um destino é saber se há algum famoso que vive ou veraneia na cidade. Esse fato nos dá pistas sobre a qualidade dos serviços, a sua beleza, segurança, entre outros fatores. Entretanto, esse mesmo parâmetro também pode nos indicar o preço de se viver na cidade.

Sitges na Catalunha

Nesse sentido, a proximidade de Sitges com Barcelona, faz com que muitos famosos que possuem ligação com a cidade tenham uma segunda residência, investimentos ou passem férias na região. Alguns exemplos, como é o caso de Lionel Messi e Sérgio Busquets, jogadores de futebol do FC Barcelona e Úrsula Corberó, a Tokio da série, “La Casa de Papel”.

A lista é muito longa e muitos deles não aparecem nas notícias porque fogem dos flashes e preferem ficar em um ambiente calmo e tranquilo, já que esta cidade também é o lugar ideal para isso.

4. Marbella, Andaluzia

Vamos falar agora de uma das cidades costeiras mais bonitas e badaladas para morar na Espanha e, ao mesmo tempo, é uma cidade pequena, Marbella. Localizada a 60 km da Capital da Província, Málaga e a 200 Km da Capital da Comunidade Autônoma, Sevilha.

Marbella na Espanha

Apesar da fama como uma das principais cidades turísticas do sul da Espanha, a região possui aproximadamente 150 mil habitantes e conta com uma excelente prestação de serviços básicos, o que a torna uma das melhores cidades pequenas da Espanha para morar também.

5. Utrera, Andaluzia

Utrera é uma das melhores cidades pequenas da Espanha. Possui pouco mais de 50 mil habitantes e está localizada na província de Sevilha.

Entre as inúmeras vantagens de viver em Utrera, está a boa comunicação com outras regiões do país, principalmente com Sevilha.

Utrera é uma das cidades pequenas da Espanha para se viver

Você possui a opção viajar de ônibus, trem ou comprar um carro na Espanha para fazer o trajeto em veículo próprio. Uma viagem em trem à Sevilha, por exemplo, demora aproximadamente 30 minutos e uma viagem de carro ao mesmo destino, não passa de 20 minutos.

O ritmo de vida em Utrera é mais calmo, com a vantagem de estar bem conectada com uma grande cidade, como Sevilha.

6. Benidorm, Comunidade Valenciana

Quer conhecer uma das cidades pequenas da Espanha capaz de impressionar a qualquer visitante? Vamos então falar de Benidorm, que está situada nas margens do mar mediterrâneo e possui pouco mais de 70 mil habitantes, considerada como a capital turística da Costa de Alicante, a Costa Branca.

Benidorm está localizada a 40km da capital da província, Alicante e a 140Km da capital da Comunidade Autônoma, Valência. Está bem conectada através do Renfe e de ônibus, além das excelentes estradas espanholas que facilitam o acesso por carro.

Benidorm próximo a Valência na Espanha

Uma curiosidade, Benidorm é a cidade com mais arranha-céus da Espanha e a terceira da Europa, perdendo apenas para Londres e Milão. Se formos falar em recordes a nível mundial, podemos mencionar que é a cidade com mais arranha-céus por habitantes do mundo e a segunda cidade com mais arranha-céus por metro quadrado no planeta, perdendo apenas para Nova York.

Por essa razão, os seus habitantes a chamam carinhosamente de pequena Nova York ou Benyork. Dá para acreditar que uma das cidades pequenas da Espanha possua esse tipo de reconhecimento?

Mas, apesar de interessante, esse fato não é a razão pela qual pessoas do mundo inteiro venham investir, morar e visitar essa cidade da Costa Branca. Seu destaque está no luxo, na qualidade de vida, nas belíssimas praias e na excelente prestação dos serviços básicos.

Saiba também como morar na Espanha como aposentado.

7. Palência, Castela e Leão

Vamos agora falar em segurança na Espanha? Nos últimos 2 anos (2019 e 2020), a cidade de Palência, que conta com pouco menos de 80 mil habitantes, foi eleita a cidade mais segura da Espanha para se viver, sendo aproximadamente 37% mais segura que a média do país, levando em consideração três fatores: acidentes de trânsito, roubos e incêndios em incidentes ocorridos em casas, comércios e veículos.

Palência em Castela e Leão na Espanha

A cidade de Palência, que comumente é confundida com Valência, está localizada na Comunidade Autônoma de Castela e Leão e está próxima das cidades de Valladolid, León e Burgos, no norte do país.

8. Orihuela, Comunidade Valenciana

Na lista das melhores cidades pequenas da Espanha para se viver, entra também a desconhecida Orihuela.

Trata-se de uma cidade da província de Alicante, na Comunidade Valenciana, mas que limita com a província de Múrcia, estando localizada a pouco menos de 35 km de distância da capital da Comunidade Vizinha.

Orihuela é uma boa cidade pequena na Espanha

Orihuela foi considerada no ranking mencionado anteriormente como o local mais seguro da Espanha para dirigir.

A cidade possui cerca de 78 mil habitantes e se destaca pelo seu patrimônio cultural e natural, especialmente no centro histórico.

9. Telde, Ilhas Canárias

Um pequeno município da província de Las Palmas, nas Ilhas Canárias, entrou na nossa lista e não foi por acaso.

Apesar de não ter alcançado o primeiro lugar no ranking geral, a cidade de Telde foi a grande campeã na avaliação de segurança em relação a roubos, superando a cidade de Palência neste aspecto.

Assim, Telde foi considerada 58% mais segura do que a média da Espanha em relação a roubos a casas, comércios e veículos.

Além desta grande vantagem, a região, que possui cerca de 100 mil habitantes, conta com paisagens incríveis e praias de tirar o fôlego.

10. Lugo, Galícia

Por último, temos que mencionar uma cidade não tão pequena assim, mas que merece entrar nessa lista.

Lugo é uma cidade do interior da Comunidade Autônoma da Galícia, capital da província do mesmo nome e que conta com quase 100 mil habitantes.

Lugo na região da Galícia

A cidade foi considerada, neste mesmo ranking mencionado, como um dos locais mais seguros em relação a roubos no país, ocupando a segunda posição no ranking nacional, com uma vantagem de 53% comparando com a média espanhola.

11. Cáceres

Sem dúvidas é uma das cidades pequenas da Espanha que valem a pena entrar na lista das melhores para viver. Fica na região da Estremadura e também está na lista das cidades mais baratas da Espanha para se viver.

Cáceres Espanha

Por isso mesmo é que a cidade com menos de 100 mil habitantes é uma das preferidas dos estudantes universitários, que não querem gastar muito com as despesas básicas durante o período de estudo.

12. Almería

Com população de aproximadamente 195 mil habitantes, é uma das cidades pequenas da Espanha com melhor clima e ótima qualidade de vida.

A cidade fica na região de Andaluzia e se destaca na Espanha por ter um dos valores mais baixos de aluguel do país, 13% menor que a média.

Almería na Espanha

Veja também o nosso artigo completo sobre o clima na Espanha.

13. Toledo

A população da cidade chega a quase 85 mil habitantes e você pode ter certeza, boa parte das pessoas que vivem em Toledo, trabalham ou estudam em Madrid.

A cidade que é Patrimônio Histórico da Humanidade fica bem pertinho de Madrid e pela qualidade de vida e preços baixos, muitas pessoas preferem ficar fazendo o ir e vir da capital da Espanha.

Toledo é uma das cidades pequenas da Espanha que vale a pena

Veja também quais são as cidades mais baratas da Espanha para viver.

14 e 15. Torrejon de Ardoz e Alcalá de Henares

Ambas cidades estão bem próximas de Madrid e bem conectadas com transporte público. Então, para fugir do alto preço dos aluguéis da capital da Espanha, muita gente elege as duas pequenas cidades para viver. E não perdem em qualidade de vida, pois ambas oferecem excelente infraestrutura.

Alcalá de Henares próximo a Madrid

Veja quais são as 7 melhores cidades para aposentados na Espanha.

O custo de vida nas cidades pequenas é menor?

Para ilustrar o custo de vida das pequenas cidades da Espanha e descobrir se são mais baratas que os principais centros urbanos do país, preparamos um quadro para comparar os preços com o custo de vida em Madrid, Barcelona e a média espanhola.

Produtos/Serviços Palência Utrera Madrid Barcelona Média Espanhola
Aluguel 6,00 €/m² 5,30  €/m² 14,00 €/m² 13,60 €/m² 11,00 €/m²
Bilhete simples de Transporte Público 0,80 € 1,50 € 1,50 € 2,30 € 1,40 €
Refeição em restaurante 10 €/pessoa 10,50 €/pessoa 12 €/pessoa 12 €/pessoa 11 €/pessoa

Como pode observar, no exemplo, Palência e Utrera possuem um valor significativamente mais baixo no metro quadrado do aluguel comparando com Madrid, Barcelona e a média nacional do custo de vida na Espanha. Além disso, o valor de transporte público e refeições em restaurantes, também apresentam um custo mais baixo.

Normalmente é assim mesmo que funciona, o custo de vida nas cidades pequenas da Espanha é menor, mas, isso não é uma regra.

Alguns dos locais citados anteriormente são muito buscados por famosos e artistas, como é o caso de Sitges e outros são destinos de férias de muitos espanhóis e estrangeiros, como Marbella e Benidorm. Dessa forma, os preços podem ser um fator negativo.

Por exemplo, em Sitges, a média de preço do metro quadrado de uma apartamento alugado é de 13,80€, custando mais do que viver em Barcelona. No caso de Marbella, o custo é de 11,60€ e em Benidorm, o metro quadrado do aluguel custa em média 9,1€.

Vale a pena viver nas cidades pequenas espanholas?

Para saber se viver em uma cidade pequena da Espanha vale a pena, você deve refletir sobre as suas atividades rotineiras e os seus objetivos.

Se você vai estudar ou trabalhar em Madrid, por exemplo, e deve estar todos os dias da semana na cidade, viver em uma cidade próxima, como Aranjuez, pode ser um sacrifício muito grande. Nesse caso, busque pelos melhores bairros de Madrid para encontrar uma opção que possa caber no seu bolso ou ter um pouco mais de tranquilidade, se esse for seu objetivo.

Contudo, é claro que esse tema deve ser muito bem pensado, já que é uma grande decisão a ser tomada. Por isso, se você quer planejar a sua mudança e não sabe qual cidade escolher e como proceder, recomendamos o nosso ebook Como Morar na Espanha, que tem um passo a passo completo e dicas importantes para fazer a travessia do Atlântico com maior tranquilidade e legalmente.