Custo de vida em Madrid: quanto custa morar na capital espanhola

Morar na capital espanhola pode ser um grande sonho. A cultura do país encanta muitos brasileiros, além da qualidade de vida na Europa. Entretanto, é preciso considerar os gastos. Você sabe, por exemplo, qual o custo de vida em Madrid?

Se seu intuito é viver por lá, confira os detalhes dos custos na cidade para ajudar no seu planejamento.

O custo de vida em Madrid e a vida na cidade

Assim como em qualquer outro lugar do mundo que você escolhe para morar, há custos fixos a se considerar. Nisso você deve incluir desde o aluguel até os gastos com as compras no supermercado. E claro que ao morar em Madrid não seria diferente.

A Espanha é um país muito cobiçado por estrangeiros que queiram aprender espanhol em um lugar rico cultural e historicamente. No entanto, em primeiro lugar já é importante ressaltar que a moeda espanhola é bastante cara em relação à moeda brasileira.

Além disso, o país vem vivendo transformações econômicas nos últimos anos, tendo passado por uma crise a partir de 2008, o que aumentou consideravelmente a taxa de desemprego no país, e agora encarar mais uma devido à pandemia.

Por que escolhemos a Goldenergy em Portugal?

custo de vida em Madrid

Saiba ainda que o custo de vida em Madrid é um dos mais caros do território espanhol. Madrid é um polo turístico do país, e também o centro comercial e político da Espanha.

Por outro lado, viver na cidade é estar perto de boas universidades, de alguns dos museus mais importantes do mundo, como é o caso do Museo Del Prado e do Museu Reina Sofia, de uma das gastronomias mais saborosas e, claro, da agitação da chamada “movida”, o apelido da cidade por conta da sua badalação noturna.

Escolher onde morar, qualidade e estilos de vida e ter uma boa renda serão os diferenciais para escolher se Madrid é uma boa cidade para viver, de acordo com os seus planos, ou não.

Principais despesas mensais do custo de vida em Madrid

Agora vamos explicar os principais gastos em Madrid. Do aluguel à saúde, você poderá ter uma noção de quanto precisa para viver na capital espanhola. Utilizamos os sites Numbeo e Expatistan, especializados em custos de vida em diversas cidades do mundo.

Aluguel em Madrid

O aluguel é um dos principais itens que deve ser avaliado quando se planeja viver em outro país. Dentro do seu planejamento de custo de vida em Madrid, o ideal é analisar o local da moradia, pois isso vai contar bastante nos valores pagos por aluguel.

Bairros mais centrais, ou próximos de atrações turísticas como a Puerta del Sol ou a Gran Vía, por exemplo, certamente terão aluguéis bem mais caros do que em vizinhanças mais afastadas. Leve isso em consideração quando estiver pesquisando.

Veja uma média de custos, a depender da região:

Localização e número de quartos do apartamento Custo
Apartamento (1 quarto) no Centro da cidade 995€
Apartamento (1 quarto) fora do centro de Madrid 730€
Apartamento (3 quartos) no Centro de Madrid 1.732€
Apartamento (3 quartos) fora do centro de Madrid 1.200€

Conheça os melhores bairros de Madrid para morar.

Você pode utilizar alguns sites espanhóis para fazer a sua própria pesquisa:

Alimentação

Por ser uma capital, Madrid possui opções para todos os bolsos. No supermercado você encontra marcas caras, mas também muito baratas.

Este é um item que também vai depender muito de quantas pessoas você irá pagar pela alimentação. Se for sozinho, os custos serão bem menores. Além disso, vai de cada indivíduo e de como consome os alimentos. No entanto, comprar em supermercados sempre ajudam a economizar: saem bem mais em conta do que comer em restaurantes.

Se você come muita carne, saiba que esse é um item caro no país. Para ter uma ideia, listamos o preço médio de alguns produtos básicos:

Alimentos Preço
Pão Branco Fresco (500g) 1,06€
Leite (normal, 1 litro) 0,83€
Arroz branco (1kg) 1,07€
Ovos (1 dúzia) 1,87€
Queijo Regional (1kg) 12,09€
Filetes de Frango (1kg) 6,33€
Bife ou carne vermelha equivalente (1kg) 11,46€
Garrafa de vinho (qualidade média) 5€
Cerveja local (garrafa pequena) 1,06€

Podemos estimar, então, que uma pessoa sozinha gastará entre 150€ e 250€ mensalmente com a própria alimentação. É claro que é preciso considerar o seu estilo de vida, mas esse é um valor médio. Um casal provavelmente gastará entre de 350€ e 450€.

Saiba mais sobre compras de supermercado na Espanha neste artigo.

Comer fora

Quem pretende cozinhar pouco em casa e comer fora, pode aproveitar a tradição do “prato do dia”. Comum em diversas cidades da Europa, ele é um menu com entrada, prato principal e sobremesa/café. Nele você gasta entre 6€ e 15€, normalmente.

Contas da casa

Na Europa, os custos de aluguel e condomínio podem não absorver as contas da casa como água, diferente da maneira que acontece no Brasil. Além disso, é bom prever que itens como água e gás costumam ser caros.

Entretanto, é uma boa forma de economizar no uso e ajudar o meio-ambiente. Veja a média de valores das principais despesas:

Despesas Preços
Básicos (eletricidade, aquecimento, arrefecimento, água, lixo) para 1 pessoa em um estúdio de 45m2 87€
1 min. de telefone pré-pago para chamada local (sem descontos ou planos) 0,18€
Internet (60 Mbps ou mais, dados ilimitados, Cabo/ADSL) 42,12€

O custo aumenta ou diminui, a depender do tamanho do imóvel e da quantidade de moradores.

Transporte

Não se esqueça de que você também precisará se locomover pela cidade. Por isso, inclua o transporte entre os gastos mensais do custo de vida em Madrid.

O transporte público de Madrid é grande e eficiente. Conta com metrô e ônibus e é totalmente possível, e recomendado, não ter carro para viver na cidade. Leve em consideração que os valores abaixo de transportes locais são relacionados aos preços normais. Estudantes podem solicitar o preço reduzido.

Veja os valores de transporte na sua planilha de qual o custo de vida em Madrid:

Despesas Preços
Bilhete de ida (Transporte Local) 1,50€
Passe mensal (Preço normal) 54,85€
Gasolina (1 litro) 1,36€

A rede de metrô de Madrid é uma das melhores do mundo e uma aliada para quem vive na cidade.

Custo de vida em Madrid moradores

Saúde

O Sistema de Saúde Público na Espanha é considerada um dos melhores do mundo por seu investimento em tecnologias e sistemas otimizados para o atendimento. Para utilizá-lo, é necessário viver legalmente no país e estar cadastrado no INSS espanhol, a chamado Seguridad Social.

Caso esteja desempregado, aposentado ou de licença, ainda é possível ter o atendimento garantido, basta estar cadastrado na Previdência Social.

Porém, também é possível contratar um plano de saúde privado. Com estrutura similar aos hospitais de rede pública, o sistema de saúde privada na Espanha oferece agilidade e comodidade. O custo pode variar a depender da idade e da empresa, mas sai por, em média, 80€.

Caso vá viver uma curta temporada no país e não entre na lista da Seguridad Social, cidadãos brasileiros precisam levar um seguro viagem com cobertura de emergências médicas de, no mínimo, 30 mil euros. É uma exigência do Tratado de Schengen, na qual a Espanha faz parte.

Sugerimos que você confira os valores no nosso comparador de seguro viagem do Euro Dicas e escolha as melhores opções de seguro para a sua necessidade.

Lazer

O lazer é essencial, principalmente em uma cidade como Madrid, que pulsa cultura. Aproveite que praticamente todas as atrações possuem dias no mês ou na semana com entrada gratuita. Já é uma boa economia.

Além disso, locais ao ar livre, como a Plaza Mayor e o Parque do Retiro costumam ser boas opções de lazer e não cobram nada para entrar.

Veja outros itens que podem entrar no seu custo de vida em Madrid:

Atrações Custo
Cerveja 500ml 3€
Jantar para 2 pessoas em um restaurante italiano incluindo aperitivos, prato principal, vinho e sobremesa 49€
Ingresso para cinema 9€
Academia (1 adulto por mês) 37,42€

Se ir ao cinema vai te custar 9€ o ingresso, saiba que um combo com pipoca e refrigerante pode chegar a quase 20€. Sair para tomar um café é mais acessível, já que um expresso sai por cerca de 2,20€.

Apesar de ser a capital, Madrid não está no primeiro (nem no segundo!) lugar das cidades mais caras da Espanha, veja quais são as cidades com maior custo de vida.

Resumo do custo de vida em Madrid

Resumimos os principais gastos mensais de custo de vida em Madrid. Por ser uma das principais metrópoles do mundo, a capital da Espanha e um grande centro turístico internacional, você já deve imaginar que não é um lugar barato para se viver.

Veja o total para uma pessoa:

Despesas Preços
Aluguel (apartamento de 1 quarto) 730€
Despesas fixas (água, luz, telefone, gás, internet) 87€
Alimentação (supermercado) 150€
Lazer (cinema, shows, passeios) 100€
Transporte 54,85€
Total para 1 pessoa 1.121,85€

Lembramos que esses são apenas os valores médios básicos, sem contar despesas extras como com saúde, farmácia, educação, roupas, etc.  Saiba também como é morar na Espanha.

É mais barato morar no interior

De acordo com o site Nomad List, o custo de vida em Madrid, em média, para um expatriado, que queira viver no centro da cidade, como um cidadão de classe média, sai por 1.769€, por mês.

Já para um viver fora do centro da cidade, comprando em supermercados e cozinhando em casa, esse custo pode cair para 1.019€. Utilizamos a mesma plataforma para comparar com duas cidades menores na Espanha: Málaga e Valência. Confira a tabela:

Cidades Estilo de vida mais caro Estilo de vida mais econômico
Madrid 1.769€ 1.019€
Málaga 1.384€ 833€
Valência 1.260€ 770€

Como você pode constatar, o valor do custo de vida em uma cidade menor, porém no mesmo país, pode cair consideravelmente. O que nos leva a concluir de que é, sim, mais barato morar no interior da Espanha, o que pode aumentar a qualidade de vida.

E o custo de vida em Barcelona?

Assim como Madrid, o custo de vida em Barcelona é um dos mais altos na Espanha. Utilizando o mesmo site como comparativo, o custo médio sai entre 1.809€, em um estilo de vida mais caro, a 1.111€, para o mais econômico. Bem parecido com os valores de Madrid.

Custo de vida em Madrid x Salário mínimo na Espanha

Se você pretende viver na cidade ganhando apenas o valor do salário mínimo da Espanha, não compensa. Desde janeiro de 2020, mesmo tendo recebido aumento, o valor é de apenas 950€.

Se levarmos em consideração o valor mínimo para viver com o mínimo de qualidade na cidade, não vale a pena. Opte por uma cidade menor, com custo de vida mais barato.

É importante saber que é preciso um visto para trabalhar na Espanha, assim como para viver legalmente no país. Ter uma cidadania europeia também é uma das maneiras de conseguir um emprego.

Caso contrário, viver ilegalmente não é uma boa alternativa, principalmente levando em consideração os altos custos das grandes cidades.

Dicas para poupar

É claro que optar por morar em uma cidade menor na Espanha já seria uma ótima forma de poupar dinheiro. De qualquer forma, se o seu destino for mesmo Madrid, há algumas dicas que podem ajudar!

  • Em primeiro lugar, opte por comer em casa. Você pode sair uma vez ou outra para comer fora, mas prefira cozinhar as suas próprias refeições. Como há muitas opções baratas nos supermercados, certamente vale a pena;
  • Em segundo lugar, aproveite os eventos gratuitos para os momentos de lazer. Especialmente no verão, os espanhóis amam fazer tudo ao livre. A maioria desses eventos é gratuita, então poupe o dinheiro do cinema;
  • Por fim, para poupar no seu custo de vida em Madrid, pesquise muito! Você não encontrará o apartamento com o custo-benefício perfeito em uma semana. Você precisa se planejar e ter paciência para viver a melhor experiência na cidade!

Não esqueça o seguro viagem: é obrigatório para Espanha

Como já avisamos, o seguro viagem internacional é item obrigatório para entrar na Espanha. Inclusive para quem for solicitar um visto para viver no país. Por isso, sugerimos que você confira o nosso comparador de seguro viagem do Euro Dicas. Lá é possível conferir e comparar as melhores opções de seguro para a sua necessidade, antes de escolher o que melhor funcione para o seu tipo de viagem.

Leitores Euro Dicas podem aproveitar o cupom EURODICAS5 para ganhar ganhe até 10% de desconto. Escolha a opção de pagamento com boleto bancário e já garanta 5%. Insira o cupom ao final da compra e ganhe mais 5% de desconto. Vale tanto para compras no nosso comparador, como diretamente no site do Seguros Promo.

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.

Andrea é jornalista e também tem formação em Linguística. Apesar de nascida em Curitiba, não demorou muito tempo para seu coração ganhar o mundo. Começou a trabalhar com agronegócio, área que a fez ganhar gosto para trabalhar fora do escritório, com pessoas de culturas e lugares diferentes. Com uma câmera na mão, desbravou inúmeras cidades e nunca mais parou. Decidiu unir a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, sete países da África e Ásia. Ao lado do filho já morou no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a maternidade, produção de conteúdo e viagens pelo Reino Unido e Europa.

Artigos relacionados

Como morar na Espanha: todas as dicas para planejar sua mudança

Se morar na Espanha é seu sonho, temos uma boa notícia: existem diversas maneiras de morar na Espanha, e com certeza uma é perfeita para você. Saiba como.

Melhores cidades da Espanha para morar: confira o top 5

Conheça as cidades da Espanha com melhor qualidade de vida, para você morar. Uma dessas cidades da Espanha é perfeita para você viver. Veja a lista!

Profissionais em falta na Espanha: lista de profissões e salários médios

Apesar dos vários anos de crise económica na Espanha e o elevado desemprego, existem profissionais em falta na Espanha. Conheça a lista de profissões.

Cidadania Espanhola: como conseguir o passaporte europeu

Existem 3 situações em que brasileiros podem ter direito à cidadania espanhola. Conheça o processo para solicitar e quais os documentos necessários.

Visto para Espanha: quais são, custos e como conseguir

Conheça quais os tipos de visto para Espanha. Saiba como e onde requerê-los, quanto custa e quais os documentos necessários para dar entrada no processo.

Custo de vida na Espanha: saiba quanto custa viver no país

Conheça o custo de vida na Espanha e quanto precisa para viver bem: quanto custa alugar um apartamento, as principais contas do mês, mercado, lazer e mais.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube