Pensar no visto de estudante para Espanha é essencial para quem deseja estudar no país. Excelentes instituições de ensino e qualidade de vida certamente tornarão a experiência única. Contudo, há burocracias a serem resolvidas e é importante ter planejamento.

Neste artigo, vamos apresentar algumas informações relevantes para obtenção deste tipo de visto. Entenda o processo e esteja mais perto de realizar o sonho de estudar e morar na Espanha.

Como tirar visto de estudante para Espanha?

Para tirar o visto de estudante para Espanha, você deve cumprir com uma série de requisitos. Após escolher o seu curso e destino, será necessário reunir alguns documentos. Após reunir a documentação necessária, você deverá realizar a solicitação de visto perante a Autoridade Consular aplicável.

Assim, a solicitação é feita presencialmente no Consulado da Espanha mais próximo à sua residência.

Precisa de visto para estudar na Espanha?

Sim.

Se você vai permanecer na Espanha por mais de 90 dias para estudar, o visto será obrigatório. Até esse prazo máximo, os brasileiros são isentos de visto para permanecer no país, pois ele faz parte do Tratado de Schengen.

Por isso, se você pretende estudar  na Espanha por mais de três meses, comece a se programar para reunir os documentos necessários e cumprir com todos os requisitos.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Requisitos para solicitar o visto

O primeiro requisito será comprovar a aprovação da Instituição de Ensino. Além disso, será necessário juntar atestado médico e ter um seguro que cubra eventuais necessidades médicas na Espanha. Outro requisito é a comprovação de meios para substância.

É necessário comprovar o equivalente a 100% do IPREM (índice espanhol), o que representa em 2021 cerca de 565€ por mês, pelo período do curso.

Biblioteca da Universidade de Salamanca

A solicitação do visto deve ser realizada pessoalmente, com antecedência mínima de 30 dias da data prevista para a viagem. Além disso, caso a estadia no país tenha duração superior a seis meses, o estrangeiro deverá solicitar o NIENúmero de Identificación de Extranjero, o equivalente à Carteira de Identidade, no prazo máximo de um mês, após a sua entrada efetiva na Espanha.

Para comprovar meios de subsistência, também um requisito para o visto de estudante para Espanha, se pode apresentar quaisquer rendimentos. A documentação aceita pode ser consultada em “sección de preguntas frecuentes” de um dos Consulados Gerais da Espanha.

Outra alternativa é que um familiar seja responsável pelo estudante. Neste caso, devem ser apresentados os meios pelos quais o respectivo familiar poderá manter este estudante no país pelo período do curso.

Documentos para visto de estudante Espanha

Os documentos necessários para solicitar o visto de estudante para Espanha podem variar de acordo com o caso e também com o tempo de estudos. Assim, falaremos primeiro do caso de estudos de até 6 meses de duração. Nesse cenário, os seguintes documentos serão solicitados:

  • Formulário de solicitação do visto, que deve estar devidamente preenchido e assinado pelo interessado;
  • 1 Foto 3×4, que deve ser recente, colorida e com fundo branco;
  • Passaporte original, que deve ser válido por até 6 meses após a data prevista de chegada na Espanha. Além disso, você deverá levar uma cópia da página que contém seus dados no passaporte;
  • Diploma ou Histórico Acadêmico;
  • Comprovante de Residência e Título de Eleitor;
  • Carta de Admissão do centro de ensino espanhol onde foi aprovado para estudar, devendo contar a data de início e finalização do curso, carimbada e assinada pela instituição;
  • Comprovantes de Meios de Subsistência: deverá atestar que dispõe de recursos financeiros para morar na Espanha durante o período de estudos. Para isso, você poderá apresentar o seu IRPF no Brasil, extratos bancários, investimentos, saldo em poupança, etc. Há casos em que os pais se responsabilizam pela subsistência dos filhos. Nessa hipótese, deverá ser apresentado um documento assinado pelos responsáveis, lavrado em cartório e apostilado, bem como a apresentação de comprovantes bancários dos responsáveis;
  • Seguro de Viagem que cubra qualquer despesa em caso de urgências, com previsão de repatriamento, em caso de falecimento. O seguro deverá ser válido no território do Espaço Schengen, por todo o período de estância, cobrindo ao menos 30.000 euros em despesas médicas;
  • Pagamento da taxa, que custará R$ 367,00 por ser um visto nacional expedido no Brasil. Esse pagamento é realizado em dinheiro no momento de realização do trâmite no Consulado Espanhol, podendo sofrer alteração periódica.

Ponto de atenção

Já para permanências com duração superior a 6 meses, ainda será solicitado atestado médico, que comprove que você não possui nenhuma doença que possa afetar a saúde pública na Espanha. Tal documento deve ter a assinatura do médico reconhecida em cartório.

Ademais, também será solicitada Certidão de Antecedentes Criminais, emitida pela Polícia Federal brasileira e também pelos países onde você tenha vivido nos últimos 5 anos. Essa certidão deve ser apostilada em cartório com validade mínima de 15 dias do momento da apresentação até a data do vencimento.

Alguns documentos são exigidos com tradução juramentada, ou seja, que sejam traduzidos para o espanhol. Portanto, fique atendo a esse ponto.

Observações importantes

Não são válidos os seguros com reembolso ou com um sistema de franquia. A seguradora deve realizar o pagamento direto de todos os gastos sanitários que possam ser gerados. Tampouco é válida a proposta de seguro ou a solicitação de incorporação do seguro.

Vale lembrar que, no momento da apresentação do pedido perante o Consulado, podem ser solicitados outros documentos além dos mencionados. Além disso, a maioria dos Consulados funciona apenas com agendamento prévio.

Onde solicitar o visto de estudante?

O visto de estudante para Espanha pode ser solicitado no local onde você reside através do Consulado Geral da Espanha. Contudo, também é possível solicitar diretamente na Espanha uma autorização de estância para estudos.

Entretanto, se você mora no Brasil, a recomendação é fazê-lo perante Consulado, porque, assim, o processo pode ser mais rápido e menos burocrático.

Quanto custa o visto de estudante para a Espanha?

A taxa atual para a solicitação do visto de estudante para Espanha é de R$367,00 e deve ser paga em dinheiro no ato da solicitação. Contudo, é bom lembrar que esse valor pode sofrer variação periódica.

Quanto tempo demora para tirar visto de estudante para Espanha?

Não é possível determinar um prazo exato, já que a resolução do pedido de visto depende das Autoridades espanholas. No entanto, a resolução a costuma demorar em torno de um mês.

Qual a validade do visto de estudante na Espanha?

A validade do visto de estudante para Espanha depende do tempo do curso. Se o seu curso for de mais de seis meses, o visto virá com uma data de validade de 120 dias e, ao chegar na Espanha, deverá solicitar logo a expedição da Carteira de Estrangeiro.

O prazo máximo de vigência desta é de um ano. Mas, pode ser feita uma renovação da estância para estudos, diretamente na Espanha, caso o curso seja mais extenso.

O visto de estudante permite solicitar a cidadania por tempo de residência?

Não, pois o visto de estudante na Espanha é considerado como uma estância e não como uma residência.

Entretanto, uma vez em território espanhol, você poderá mudar a sua situação legal no país caso se encontre no âmbito de algumas das autorizações de residência existentes. Ao terminar um curso superior, incluindo mestrado na Espanha, você pode solicitar uma autorização de residência para buscar emprego, por exemplo.

Grupo de estudantes universitários

Após ter a sua autorização de residência em mãos, saiba que o brasileiro pode pedir a cidadania espanhola após dois anos, cumprindo com os requisitos legais. Vale mencionar que filhos maiores, netos e cônjuges de espanhóis tem esse tempo reduzido para um ano.

É possível trabalhar com o visto de estudante na Espanha?

Sim, é possível trabalhar na Espanha com o visto de estudante!

Porém, essa possibilidade existe desde que o trabalho não ultrapasse 20 horas semanais e que não tenha conflito com as aulas.

Pedido de autorização de trabalho para o estudante

A autorização de trabalho, no entanto, é preciso ser requisitada ao governo assim que obtiver uma oferta profissional. Não é possível solicitá-la antes disso.

O salário também não deve constar na sua comprovação dos meios econômicos quando for solicitar a renovação do visto de estudo. E sim ser uma renda extra, complementar.

Porém, uma boa notícia: depois de 3 anos seguidos com o visto de estudos, o estudante pode solicitar a troca do tipo de autorização para uma de residência e trabalho. Nesses casos, os requisitos anteriores já não são obrigatórios. Mas é preciso ter um contrato profissional, da mesma maneira.

É possível estender o visto de turismo para estudante na Espanha?

Sim. Com a mudança da Lei de Estrangeiros, é possível solicitar uma autorização de estância para Espanha estando em território espanhol.

Não é propriamente um visto, porque este sempre é pedido antes de entrar no país. Mas agora é possível entrar na Espanha como turista, realizar a inscrição em um curso e solicitar o seu Permiso de Estância perante a Oficina de Extranjería.

De qualquer forma, tenha atenção para um detalhe importante: você pode realizar esse procedimento na Espanha apenas quando a sua situação seja regular no país, ou seja, durante os três meses que são permitidos que brasileiros permaneçam na Espanha sem visto.

Entretanto, para realizar esse procedimento não é só matricular-se em um curso. Você deverá, preferencialmente, estar empadronado (registrado como domiciliado) em algum município. Uma dica é que, tendo toda a documentação em mãos, você dê entrada nesse processo em até 60 dias após entrar na Espanha, não deixando para os últimos 30 dias.

Se tenho um visto de estudante para Espanha, posso levar a minha família comigo?

Sim, é possível levar familiares se eles forem: cônjuge, companheiro(a) e/ou filhos menores de 18 anos, ou mais velhos com alguma deficiência.

Para isso, todos devem apresentar a mesma documentação do estudante e uma prova da relação familiar com o aluno para a solicitação do reagrupamento familiar na Espanha. A prova pode ser uma certidão de nascimento ou casamento e também deve estar apostilado e com tradução juramentada.

O que fazer depois que chegar na Espanha com visto de estudante?

Após cumprida a etapa do visto, ao chegar na Espanha existem alguns procedimentos burocráticos que devem ser feitos. Para períodos superiores a seis meses, por exemplo, serão necessários os trâmites para a emissão do Número de Identificación de Extranjero, como já mencionamos.

Estudar na Espanha, além da excelente oportunidade acadêmica, é também uma incrível experiência. Se você tem a intenção, vale a pena levar adiante a ideia. A Espanha é um país com qualidade de vida e uma incrível variedade cultural. Ao mesmo tempo, há várias semelhanças com o Brasil, que tornam a adaptação muito mais fácil.

O seguro viagem é obrigatório

O seguro viagem é um dos itens obrigatórios para solicitar o visto de estudante para Espanha. Sugerimos que você confira os valores no nosso comparador de seguro viagem do Euro Dicas e escolha as melhores opções de seguro para a sua necessidade.

Leitores Euro Dicas podem aproveitar o cupom EURODICAS5 para ganhar ganhe até 10% de desconto. Escolha a opção de pagamento com boleto bancário e já garanta 5%. Insira o cupom ao final da compra e ganhe mais 5% de desconto. Vale tanto para compras no nosso comparador, como diretamente no site do Seguros Promo.

Ajuda para morar na Espanha

Se você quer mesmo realizar esse sonho, recomendo a leitura do Ebook Como Morar na Espanha desenvolvido pelo Euro Dicas.

Nele, encontrará todas as informações necessárias para o planejamento de mudança, desde os primeiros passos no Brasil até os primeiros passos na Espanha. Mudar de país requer muita responsabilidade e paciência para lidar com todas as burocracias, mas com um guia para te ajudar nesse caminho, tudo fica mais fácil!