A Espanha é um dos países preferidos dos intercambistas que desejam aprender o idioma ou estudar nas suas renomadas faculdades. Acompanhe o nosso artigo e saiba tudo como fazer um intercâmbio na Espanha, desde os documentos necessários até os custos. No final, ainda assista a experiência de uma intercambista brasileira no país. Vamos lá?

O que é preciso para fazer intercâmbio na Espanha?

O planejamento é essencial para fazer um intercâmbio na Espanha. Isso porque, para estudar no país, você precisa cumprir uma série de requisitos que variam de acordo com o tipo de curso que você deseja fazer.

Para cursos de espanhol ou de nível superior com duração maior de seis meses, por exemplo, será preciso solicitar um visto para permanecer no país na condição de estudante. No entanto, falaremos sobre isso com mais detalhes nos próximos tópicos.

Além disso, você deve providenciar outros documentos padrões para a entrada de estrangeiros no país, como:

  • Passaporte válido;
  • Seguro viagem Espanha;
  • Comprovante de que possui recursos financeiros para permanecer no país;
  • Comprovante de alojamento.

Além disso, outro ponto importante para fazer estudar na Espanha é ter aprovação de uma escola ou faculdade no país.

Por se tratar de um processo bastante burocrático, muitas pessoas optam pela contratação de uma agência especializada em intercâmbio. Certamente, com o suporte de profissionais capacitados se torna mais fácil fazer um intercâmbio no país, economizando tempo e esforço.

Tipos de intercâmbio em Espanha

A Espanha oferece um leque de possibilidades para os estrangeiros que desejam estudar no país. Existem programas para os mais diversos perfis de estudantes, desde cursos de idiomas, ensino médio e graduação. Explicamos mais sobre eles abaixo:

Intercâmbio na Espanha para aprender Espanhol

O intercâmbio para aprimorar o idioma é provavelmente o mais popular entre os estudantes estrangeiros. Para atender esse público, existem inúmeras escolas especializadas nesse tipo de curso no país, que recebem pessoas de várias partes do mundo.

As Escuelas Oficiales de Idiomas (EOI) são centros de ensino subsidiados pelo governo que se dedicam exclusivamente ao ensino de línguas estrangeiras e de espanhol. Além disso, existem escolas de idiomas privadas, que também são uma boa opção para quem deseja aprender espanhol, independente do seu nível de conhecimento.

Para escolher a melhor escola de idiomas, vale a pena conferir a lista de instituições credenciadas pelo Instituto Cervantes e que são membros da Federação das Escolas de Espanhol da Espanha (FEDELE). Já no site oficial do Ministerio da Educación y Formación Professional você encontra os cursos de espanhol para estrangeiros de curta e longa duração.


Intercâmbio na Espanha no ensino médio

Embora o intercâmbio para aprimorar o idioma seja popular, também há grande interesse dos estudantes estrangeiros de cursar o ensino médio na Espanha. Nesses casos, é preciso se adaptar à nova grade curricular e ao ano letivo que começa em setembro e termina em junho.

Por se tratar de um processo burocrático, o ideal é recorrer a uma agência de intercâmbio para lidar com a documentação necessária e a acomodação no país. Felizmente os espanhóis são muito amigáveis e isso torna a adaptação mais fácil.


Intercâmbio na Espanha na faculdade

A Espanha é um bom destino para quem deseja fazer intercâmbio na faculdade. O país abriga 10 das 400 melhores universidades do mundo, segundo o QS World University Rankings 2023, e aceita estudantes do mundo todo.

No entanto, como cada instituição possui o seu próprio processo de admissão de alunos estrangeiros, ingressar em uma universidade espanhola é mais complicado e exige bastante pesquisa. Os estudantes brasileiros, por exemplo, precisam homologar o diploma na Embaixada da Espanha no Brasil e reunir uma série de documentos para serem aceitos no país.

Mas é importante também considerar a possibilidade de fazer um intercâmbio na Espanha durante a sua graduação em Universidade brasileira, passando entre 6 meses e 1 ano no país espanhol, em intercâmbio cultural.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Procura assessoria para morar na Espanha?

Para solicitar a sua cidadania espanhola, visto, documentos, validação de diploma ou acompanhamento jurídico recomendamos o Escritório Madeira da Costa. Agende a sua consultoria e mude para a Espanha com segurança e tranquilidade.

SABER MAIS →

Quanto custa um intercâmbio na Espanha?

O custo do intercâmbio na Espanha para estudar idiomas custa entre R$ 4 mil a mais de R$ 25 mil. O valor varia de acordo com a duração, carga horária e acomodação no país.

Quanto maior for o período do intercâmbio e quantidade de aulas, mais caro é o pacote. Outro fator que encarece o plano é a possibilidade do estrangeiro trabalhar e estudar na Espanha.

Mas é claro, os intercambistas também precisam considerar outros custos. As despesas com passagens aéreas, emissão de visto e o custo de vida na Espanha também precisam ser planejados na hora de elaborar o orçamento.

Cursos de idioma

Fazer um intercâmbio na Espanha para estudar o idioma é uma das opções mais populares. Agências e escolas de idioma espanhóis oferecem pacotes com duração entre 2 até 50 semanas.

Para você ter uma noção dos preços, realizamos uma cotação no dia 08 de julho de 2022 em 3 agências de intercâmbio no Brasil. Simulamos os pacotes para intercâmbio para Barcelona com diferentes duração na Beeducation, STB e CI, veja os valores* abaixo:

Intercâmbio em Barcelona 4 semanas sem acomodação

Beeducation STB CI
Duração 4 semanas 4 semanas 4 semanas
Carga Horária 17 horas por semana 20 horas por semana 20 horas por semana
Valor R$4.886,40 R$ 5.031,37 + R$387 (taxa da agência) R$5.154,40

Intercâmbio em Barcelona 4 semanas com acomodação

Beeducation STB CI
Duração 4 semanas 4 semanas 4 semanas
Carga Horária 17 horas por semana 20 horas por semana 20 horas por semana
Acomodação Homestay com quarto individual e 2 refeições diárias Homestay com quarto individual e 2 refeições diárias Homestay com quarto individual e 2 refeições diárias
Valor R$10.560,13 R$ 11.770,85 + R$387 (taxa da agência) R$ 11.313,00

Intercâmbio em Barcelona 12 semanas com acomodação

Beeducation STB CI
Duração 12 semanas 12 semanas 12 semanas
Carga Horária 17 horas por semana 20 horas por semana 20 horas por semana
Acomodação Homestay com quarto individual e 2 refeições diárias Homestay com quarto individual e 2 refeições diárias Homestay com quarto individual e 2 refeições diárias
Valor R$26.770 R$ 33.104,78 + R$387 (taxa da agência) R$ 23.630,20

* valores em Reais sujeitos à variação cambial.

Custo de vida na Espanha

Ao planejar um intercâmbio é importante considerar o custo de vida na Espanha também, principalmente para quem não planeja ficar em um Home Stay.

Em média, uma pessoa solteira gasta em média 1 mil euros por mês para custear aluguel, despesas básicas, passe mensal e alimentação e ter um estilo mais econômico.

Confira abaixo os custos médios de despesas básicas para morar na Espanha. Os dados foram obtidos no site Numbeo em julho de 2022.

Despesas Valor médio
Aluguel de apartamento de 1 quarto no centro da cidade 740.12 €
Aluguel de apartamento de 1 quarto longe do centro da cidade 603.48 €
Despesas de casa (água, luz, aquecimento e coleta de lixo) 121.74 €
Bilhete de transporte único 1.40 €
Passe de transporte mensal 40 €
Compras no supermercado 200 €

Esse valor varia de acordo com o estilo de vida e preferências de cada intercambista. É possível reduzir os custos, por exemplo, alugando quartos individuais ou compartilhados com outros intercambistas, o que é muito comum e torna mais acessível o custo do intercâmbio na Espanha.

Intercâmbio em Barcelona
Fazer amizades com pessoas do mundo todo é uma das vantagens de um intercâmbio na Espanha

Bolsa de estudo para fazer intercâmbio na Espanha

Se você quer estudar na Espanha, mas o orçamento está apertado não se preocupe. A solução pode vir por meio de uma bolsa de estudos. Existem várias opções disponíveis tanto para cursos de espanhol quanto para formações de longa duração, como mostraremos a seguir.

Instituições como o Banco Santander e Fundação Botín, por exemplo, publicam todos os anos editais com bolsas para brasileiros.

Bolsa do Banco Santander

O banco espanhol Santander oferece dois tipos de bolsas de estudos para brasileiros.

O Programa Ibero-Americanas seleciona alunos de universidades para estudar até um semestre fora do Brasil. A bolsa contempla o equivalente a 2.300€ para os gastos com taxas cobradas pela instituição de ensino, transporte, hospedagem e alimentação durante a estadia no exterior. Mas só podem participar estudantes de universidades brasileiras conveniadas.

Já o programa Top España é para quem quer aprender espanhol e fazer uma imersão na cultura do país. O curso tem duração de três semanas e é realizado na Universidade de Salamanca, uma das mais antigas e tradicionais da Europa. Na última edição a bolsa incluía um montante de R$ 14.000, além de alojamento, matrícula, transportes e curso;

Bolsa da Fundación Botín

A Fundación Botín tem um Programa de Fortalecimento da Função Pública na América Latina e seleciona jovens universitários. As bolsas de estudos são destinadas à formação e pesquisa nas áreas de Artes e Cultura, Educação, Ciência e Políticas Públicas;

Bolsa da Fundación Carolina

A Fundación Carolina foi criada por iniciativa do governo espanhol para estimular as relações culturais e a cooperação nas áreas educativa e científica entre a Espanha e o resto do mundo, especialmente entre os países da comunidade ibero-americana.

A instituição mantém um programa permanente de bolsas de estudos no país e oferece cursos de um mês (de verão), especialização, mestrado e doutorado.

Há oportunidades em diversas áreas, como artes, economia, direito, ciências da saúde, ciências básicas e tecnologia.

Bolsa do Instituto Cervantes

O Instituto Cervantes também concede bolsas para estudantes interessados em aperfeiçoar o espanhol na Espanha. Elas podem cobrir o valor do curso de maneira parcial ou integral.

As notícias são divulgadas no site oficial e na página do Instituto Cervantes no Facebook.

 

Além das instituições acima mencionadas, algumas Universidades na Espanha também oferecem bolsas de estudos, entre elas: Universidad Complutense de Madrid, Universidad de Salamanca, Universidad de La Rioja, Universidad Valladolid, IESE e ESADE.

Documentos para fazer intercâmbio na Espanha

Para fazer intercâmbio na Espanha por mais de 90 dias e com autorização para trabalhar, é preciso solicitar o visto de estudante espanhol no Brasil através do consulado mais próximo. O ideal é que o requerimento seja iniciado com pelo menos três meses de antecedência da viagem.

Os documentos necessários para solicitar o visto podem variar conforme o consulado e a cidade escolhida para aplicação. No entanto, é comum que seja exigida a seguinte documentação:

  • Formulário de visto de estudante para Espanha preenchido com uma foto recente, tamanho 3×4, colorida e com fundo branco;
  • Cópia do RG e passaporte válido;
  • Carta de aceite da instituição de ensino espanhola; confirmando a matrícula;
  • Seguro de saúde aceito na Espanha;
  • Histórico acadêmico no Brasil;
  • Comprovante financeiro de no mínimo 537,84 € através de extratos bancários dos três últimos meses, assinados e carimbados pelo banco, declaração do Imposto de Renda e Holerites;
  • Atestado médico emitido por profissional habilitado e com Apostila da Convenção da Haia;
  • Certidão de antecedentes penais (para maiores de 18 anos) expedida pela Polícia Federal e com a Apostila de
  • Tradução juramentada –  Convenção da Haia;
  • Pagamento da taxa de visto.

Vale a pena contratar agência de intercâmbio?

Com certeza!

A contratação de uma agência de intercâmbio é uma excelente maneira de driblar as etapas burocráticas desse processo e aumentar a chance de estudar no país. Após analisar o seu perfil e orçamento, a equipe de especialistas pode indicar os melhores cursos e ajudar no planejamento da viagem.

Além de cuidar dos mínimos detalhes da sua viagem à Espanha, a agência também é responsável por toda a parte burocrática do intercâmbio. Dessa forma, tudo que você precisa fazer é seguir as indicações e aproveitar ao máximo a sua estadia no país como estudante estrangeiro.

Nós sempre indicamos a Beeducation como agência de intercâmbio para nossos leitores. A empresa oferece a melhor assistência aos estudantes brasileiros que desejam fazer cursos na Espanha e é da nossa confiança. Basta verificar as avaliações do Google Review para perceber o quanto os intercambistas que viajam com essa agência apreciam o serviço prestado.

Entre em contato através deste formulário.

A maioria das cidades espanhola oferece oportunidades de intercâmbio
Escolher a cidade do intercâmbio é uma das decisões mais importantes.

Melhores cidades para fazer intercâmbio na Espanha

Escolher a cidade para fazer intercâmbio na Espanha é uma das decisões mais importantes para quem decide estudar no país. Esse aspecto influi diretamente no orçamento e na sua experiência como estudante estrangeiro.

Porém, com tantas cidades disponíveis, pode ser difícil escolher a que melhor se encaixa no seu perfil e atende às suas expectativas. Para tornar esse processo mais fácil, consultamos o QS World University Rankings 2023 e selecionamos as cidades que abrigam as melhores universidades da Espanha para que você possa escolher a ideal.

Veja só!

  • Madrid: a capital da Espanha concentra uma grande quantidade de instituições de ensino renomadas. Com uma vida cultural e noturna agitada, a cidade é a primeira escolha dos estudantes que desejam fazer intercâmbio no país, apesar do seu alto custo de vida;
  • Barcelona: a segunda maior cidade da Espanha conta com 30 universidades e inúmeros cursos de graduação e pós-graduação para você escolher. Localizada na costa mediterrânea, Barcelona é um dos destinos mais populares entre os estudantes estrangeiros;
  • Valência: próxima de Madrid e Barcelona, Valência é ideal para os estudantes que buscam um estilo de vida mais econômico, mas não abrem mão dos benefícios oferecidos pelas grandes cidades;
  • Sevilha: com uma oferta acadêmica variada, Sevilha é o berço de instituições de ensino renomadas, como a Universidade de Sevilha e a Universidade Pablo Olavide. É a melhor opção para quem busca mergulhar na cultura espanhola;
  • Salamanca: cosmopolita e histórica, Salamanca atrai estudantes de todo o mundo. A cidade abriga a terceira faculdade mais antiga da Europa, a Universidade de Salamanca.

Posso estudar e trabalhar na Espanha durante o intercâmbio?

É permitido estudar e trabalhar na Espanha durante o intercâmbio.

No entanto, para ter essa autorização, o intercambista precisa estar matriculado em um curso com duração igual ou superior a 25 semanas com carga horária mínima de 20 aulas semanais.

Em relação ao trabalho, ele deve ter uma carga horária máxima de 20 horas semanais. Além disso, a empresa contratante na Espanha deve solicitar uma permissão de trabalho para o intercambista.

Vale a pena fazer intercâmbio na Espanha?

Após descobrir o que é preciso para fazer o intercâmbio na Espanha, os custos e as melhores cidades para estudar no país, deve estar se perguntando se vale a pena embarcar nessa nova aventura, não é mesmo? Na nossa opinião, vale muito a pena!

Além de aprender um novo idioma, estudar na Espanha permite que você conheça uma cultura diferente e se relacione com pessoas de diferentes nacionalidades. É uma experiência única que vai enriquecer o seu currículo e contribui para o seu desenvolvimento pessoal.

Para fazer o seu intercâmbio com tranquilidade e segurança, sugerimos que conte com a orientação da Beeducation, preencha esse formulário e entre em contato com a agência.

Quer ter certeza se vale a pena fazer intercâmbio na Espanha? Então, assista o vídeo abaixo do canal da Samara Saint – Intercâmbio e como foi a experiência dela em um curso de idiomas com bolsa  e quanto custou todo o período dela no país:

Bom planejamento para você e aproveite a Espanha!