Como trabalhar na Espanha: um guia para brasileiros

Morar fora é o sonho de muitos brasileiros. Especialmente na Europa, que é sempre um destino bastante procurado pela qualidade de vida que oferece e pela relativa facilidade de tirar visto em alguns países. Vários brasileiros, afinal, têm direito a tirar uma cidadania europeia. Muitos deles têm dúvidas sobre como trabalhar na Espanha, então siga na leitura se este for o seu país escolhido! Com uma cultura riquíssima, excelente gastronomia e lindos lugares para se viver com tranquilidade e pela relativa facilidade com o idioma, a Espanha é um país bastante procurado por brasileiros. Sem contar a certa facilidade de conseguir cidadania europeia: estima-se que até 15 milhões de brasileiros possam requerer a cidadania espanhola. Então, se sua intenção é ir para lá, confira as dicas de como trabalhar na Espanha a partir de agora.

Como trabalhar na Espanha: primeiros passos

Com uma cultura riquíssima, boa gastronomia e lindos lugares para se viver, a Espanha é um país bastante procurado por brasileiros. Primeiro pela facilidade de conseguir uma cidadania europeia. Estima-se que até 15 milhões de brasileiros podem requerer a cidadania espanhola. Segundo, pela facilidade da língua! Mesmo sendo diferente, o espanhol ainda é uma das línguas mais fáceis de se aprender se o seu idioma-mãe for português. E, em terceiro, pela segurança oferecida pelo país. Além disso, já é um país com um grande número de brasileiros! Sim, de acordo com uma estimativa do Itamaraty, o país só perde para os Estados Unidos, Paraguai, Japão, Reino Unido e Portugal no número de imigrantes saídos do Brasil. Se sua intenção é ir para lá, confira as dicas de como trabalhar na Espanha:

Cidadania espanhola

Com a cidadania espanhola, você terá os direitos que qualquer cidadão espanhol, ou seja: pode trabalhar da mesma maneira que eles. Você pode conseguir a cidadania de 3 formas:

  • Por herança ou descendência: se você tem pais ou avós espanhóis, pode solicitar a cidadania diretamente nos Consulados ou na Embaixada da Espanha;
  • Morando legalmente no país: os brasileiros que vivem de forma permanente e legal na Espanha podem solicitar a cidadania após 2 anos;
  • Casamento com espanhol(a): se sua situação for de casamento com alguém que seja espanhol, ou que tenha uma cidadania, você pode requerer caso já viva há mais de um ano legalmente no país. Se o casamento aconteceu antes de 02/05/1975, você já é legalmente espanhol.

Visto de trabalho

O visto de trabalho na Espanha é o único que dá direito a trabalhar legalmente no país em período integral.

  • A burocracia é normalmente agilizada pela empresa que te contratou, para obter o visto por contrato de trabalho (ou cuenta ajena);
  • Outro tipo é o visto de “trabajo por cuenta”, para trabalhadores autônomos que pretendem abrir um negócio e empreender na Espanha;
  • Ainda há uma permissão específica para investidores, empresários, profissionais altamente qualificados, pesquisadores e trabalhadores interempresariais;
  • E o visto isento de autorização prévia para funcionários civis ou militares, artistas, ministros religiosos, professores, técnicos ou cientistas e correspondentes de mídia. Veja os detalhes de todos os tipos de visto de trabalho na Espanha.

Visto de estudante pode trabalhar na Espanha?

É sempre um caminho mais fácil para conseguir viver no país. No entanto, o visto de estudante para a Espanha permite apenas trabalhos considerados de estágio, ou seja, relacionados à área de formação do estudante. Nesse caso, só é possível trabalhar meio período. Ou seja: não poderá ultrapassar o limite de 20 horas semanais. Se estiver buscando uma maneira de como trabalhar na Espanha, caso consiga um estágio remunerado, é preciso solicitar uma autorização administrativa junto à Delegação do Governo. Sites como Infojobs, citado acima, e o The interngroup são boas indicações para busca de estágios. como trabalhar na espanha barcelona

Sonho de Morar na Europa?

Confira nosso livro Sonho de Morar na Europa com as jornadas de vários brasileiros que vivem atualmente na Europa e conheça todos os passos para chegar no Velho Continente e realizar o seu sonho!

Há empregos na Espanha?

Outra dúvida sobre como trabalhar na Espanha está ligada à situação atual do país. É fato que o país vem se recuperando do desemprego, (que em 2013 alcançou o alto índice de 26,1%), e a mais atual se encontra em 14,2% (dado de outubro de 2019 no Eurostat). Há uma recuperação após alguns anos de crise na Espanha, que já ultrapassava uma década. Contudo, junto com França e Itália, a Espanha concentra hoje mais da metade dos desempregados da União Europeia. Sobre o crescimento, o país vem atingindo de 2,5% a 2,7% nos últimos anos, o que ainda é considerado baixo. O consumo, principal motor desta aceleração, vem diminuindo no país diante dos salários baixos e da inflação. Portanto, o cenário não é dos mais promissores; ao mesmo tempo, não é de todo trágico.

Áreas que mais empregam brasileiros

Em relação às vagas de trabalho na Espanha, as áreas que mais empregam brasileiros na Espanha são relacionadas ao turismo. As oportunidades estão em restaurantes, hotéis, serviços de transporte e toda a rede que faz parte deste mercado. Entre os empregos mais qualificados em alta estão os pilotos, médicos, dentistas, profissionais de TI (tecnologia da informação), engenheiros e serviços marítimos.

Há mais oportunidades no verão

Nos meses de verão e na época natalina o número oportunidades para trabalhar na Espanha aumenta, mas o tipo de contrato e a qualidade das vagas oferecidas em muitos casos podem ser frustrantes.

Salário mínimo em 2020 e salário médio no país

O valor bruto recebido mensalmente é atualmente de 950€, resultado do aumento de 5,5% em 2020. Em 2019, o salário mínimo espanhol era de 900€. A Espanha, no entanto, continua a pagar um dos menores salários mínimos da União Europeia: para se ter ideia, em Luxemburgo o mínimo é de 2.071€; na Holanda, 1.615€; no Reuno Unido, 1.453€. Já o salário médio no país fica em torno de 1.944€ mensais. Dependendo da área de atuação, da sua formação e de onde você mora, você poderá ganhar mais ou menos. Já entre cargos de chefia, os vencimentos podem ultrapassar os 50 mil euros anuais, o que equivale a 4.166€ por mês.

Como são os contratos e salários para trabalhar na Espanha

Geralmente o primeiro emprego no exterior não é na sua área de formação, então muitos estrangeiros aceitam o que lhe oferecem. E os contratos de trabalho na Espanha variam muito no seu tempo de duração (1 mês, 1 ano, ou até mesmo algumas horas). Mas há também contratos sem tempo determinado com todos os benefícios garantidos (que é o que todos mais querem!).

Salário médio na Espanha

O salário médio na Espanha é cerca de 26.923€ anuais (dado de 2018), de acordo com o portal Country Economy. Dependendo da área de atuação, da sua formação e de onde você mora, você poderá ganhar mais ou menos. Uma pesquisa realizada pelo Infojobs em 2017 mostrou que as médias salariais na Espanha variam muito, ou seja, há desigualdade salarial, veja os dados:

  • 19% das vagas pagam até 12 mil por ano;
  • 37% das vagas pagam até 18 mil por ano;
  • 15% das vagas pagam até 24 mil por ano;
  • 15% das vagas pagam até 30 mil por ano;
  • Apenas 14% das vagas pagam mais de 30 mil por ano.

Empregos em falta na Espanha e salários médios

Os empregos com mais saídas e maiores salários estão ligados à Engenharia Informática, Mecânica e Industrial, além dos setores de Tecnologia. Os salários dependem do seu conhecimento; veja nossa lista das profissões mais bem pagas na Espanha e também dos profissionais em falta no país. trabalhar na espanha

Trabalhar na Espanha: há trabalhos para brasileiros? Em que áreas?

Um brasileiro de forma legal pode exercer qualquer profissão na Espanha, desde que atenda aos requisitos da vaga, incluindo a exigência de formação especializada, falando de carreiras para nível superior.

Você pode abrir seu próprio negócio para trabalhar na Espanha

Também é possível abrir o seu próprio negócio, como uma loja, um salão, um restaurante, o que quiser, desde que atenda todas as exigências feitas pela governo espanhol, que não são poucas.

O investimento é elevado

O investimento inicial é alto, considerando que além de ter o dinheiro para abrir a empresa, o estrangeiro precisa comprovar que tem recursos para se manter por determinado período, até que o negócio esteja estabelecido.

Procure trabalhos que precisem do português

Para começar, uma boa opção é buscar trabalhos que o empregador precise que o candidato saiba português do Brasil. Normalmente, são vagas em call center, escolas de idioma e empresas de traduções. Veja nossas dicas para procurar emprego na Espanha.

Dicas para trabalhar na Espanha

Além disso, é importante preparar um plano que ter permita competir com os trabalhadores espanhóis, como, por exemplo:

Elaborar um bom currículo para trabalhar Espanha

Você precisa se adequar ao estilo espanhol para se mostrar preparado para se candidatar às vagas. Outro ponto que o mercado da Espanha valoriza é um currículo e uma carta de apresentação personalizadas para a vaga em questão, valorizando seu perfil, mostrando que você tem interesse e procurou conhecer a empresa para a qual está aplicando. O currículo no estilo espanhol tem de preferência uma página e inclui as seguintes informações, nesta ordem:

  • Dados pessoais: nome completo, data de nascimento, nacionalidade, estado civil, endereço, número de telefone (com o código internacional);
  • Foto (recomendado, no lado direito superior do documento);
  • Experiências profissionais recentes e relevantes para a vaga;
  • Educação;
  • Idiomas e o nível de proficiência em cada um;
  • Habilidades relevantes para a vaga;
  • Interesses relevantes para o cargo, como carteira de motorista, disposição para mudanças, hobbies;
  • Referências (opcional).

Dica: o site Europass fornece modelos de currículo em espanhol para download e instruções sobre como adaptar seu currículo para o país. O site é gratuito e reconhecido em toda a Europa, então vale a pena consultar.

Não se esqueça de validar diploma antecipadamente

Vale pesquisar se você consegue homologar seus diplomas de ensino médio, escolas profissionais, graduação e pós-graduação. Principalmente se você exercer atividades em alta na Espanha, como medicina e odontologia. Veja aqui como validar diploma brasileiro na Espanha.

Não fique ilegal na Espanha

Para muitos empregadores, outro requisito importante é estar legalmente no país. Há algumas alternativas para isso, que pode ser obter a cidadania espanhola ou visto de trabalho, que dá direito a realizar atividades profissionais em tempo integral. A documentação em dia também é uma vantagem extra, uma vez que permite participar de programas de incentivo ao trabalho, cursos gratuitos e outros os benefícios oferecidos pelo governo espanhol para estrangeiros. Confira quais os documentos para morar na Espanha.

Estude espanhol

A comunicação no idioma local é o mínimo e nem chega a ser um diferencial. Você se torna ainda mais competitivo se souber outras línguas, como o inglês e o francês. Não deixe de estudar o vocabulário em espanhol específico para sua área profissional e mercado de trabalho, para que você consiga se conduzir em uma futura entrevista de emprego. Você também pode ver as melhores dicas de como aprender espanhol.

Construa seu networking e acompanhe o mercado

Ter uma rede de contatos profissionais possibilita uma indicação. Outra atitude é cadastrar seu currículo e acompanhar os sites, grupos com ofertas de trabalho e empresas de recrutamento, para receber sempre as vagas relacionadas ao que você procura e se informar sobre salários médios, habilidades mais requisitadas, etc.

Acompanhe sites, grupos e empresas de recrutamento

Cadastre seu CV nos grandes portais de emprego e peça para receber as vagas relacionadas com a sua área diretamente no seu email. Pode ser interessante conversar também com agências de emprego e participar em grupos no Facebook de vagas na Espanha.

Quanto tempo demora para entrar no mercado de trabalho na Espanha atualmente?

Os jovens espanhóis vem encontrando muita dificuldade para encontrar trabalho depois da universidade. A dificuldade de entrar no mercado de trabalho na Espanha está fazendo com que muitos desses jovens adiem o início da carreira, indo morar por um período breve fora do país, fazendo trabalhos como garçom, vendedor, atividades que não exigem nenhuma formação.

Mas como conseguir um emprego na Espanha?

Para quem procura como trabalhar na Espanha ou em qualquer lugar do mundo, a melhor forma de conseguir uma vaga é por meio de networking, indicação de familiares, amigos ou conhecidos. Facilita bastante, afinal, já conhecer alguém no país. Se este não for seu caso, a recomendação é enviar seu currículo acompanhado de uma carta de motivação para empresas que sejam seu foco e agências de emprego. Mas também há uma série de sites de emprego na Espanha que podem agilizar a sua busca e ampliar o envio do seu CV para diversas empresas. Apresentamos nesta lista alguns sites de emprego na Espanha gerais e outros especializados para determinadas áreas, como tecnologia ou trabalho autônomo. Confira.

Não deixe de buscar as “agências de colocação” e outros órgãos que apoiam o estrangeiro em busca de emprego, que ainda podem oferecer cursos de formação. Em Madrid, por exemplo, tem a Fundación Pueblos Unidos e a Apla (Amigos de las Personas Immingrantes). Outra sugestão valiosa é procurar nas das redes sociais como trabalhar na Espanha. Faça parte de grupos específicos no Facebook, como Trabalho para Brasileiros na Espanha, e não deixe de acompanhar as vagas do LinkedIn.

O pior já passou?

É difícil afirmar, mas sim, parece que o pior já passou. Não é verdade que a Espanha está caminhando tranquilamente e um dos grandes problemas que o país enfrenta é a falta de trabalho. A mesma dificuldade encontrará um espanhol e um estrangeiro.

Tenho emprego e visto. Como trabalhar na Espanha?

Maravilha! Se você já foi contratado e está com tudo na mão, já finalizou as etapas mais complicadas. Agora é preciso apenas chegar à Espanha e regularizar sua situação. Os trabalhadores estrangeiros precisam realizar dois passos:

Inscrever-se no Regime de Segurança Social

Quando se está inscrito no regime de segurança social adequado para sua ocupação, você pode iniciar sua atividade profissional. A partir daí, também precisa começa a pagar as mensalidades para a segurança social e ficar automaticamente segurado.

Solicitar o Número de Identificação de Estrangeiros (N.I.E.)

O cartão de identificação de estrangeiros (NIE) pode ser solicitado pessoalmente na Direção Geral da Polícia ou nos Consulados da Espanha no exterior. Agora, se o trabalhador já se encontra na Espanha, deverá retornar ao país de origem para a tirar o visto e só depois poderá entrar no país, com o correspondente carimbo no passaporte.

Custo de vida na Espanha

Por ser um país grande, o custo de vida pode variar, dependo da cidade onde você pretende morar. Se sua intenção é ir para locais como Madrid e Barcelona, deve saber que são cidades caras e que só com 1 salário mínimo será pouco. O ideal é buscar um lugar para morar longe do centro. Dividir um apartamento com outras pessoas também acaba sendo uma opção para muitos brasileiros que decidem viver no país.

Morar no interior é mais barato

Mas se você prefere morar em cidades menores e mais baratas, esse custo pode ser bem mais baixo. Porém, a infraestrutura da cidade é diferente, e a oferta de empregos também pode ser mais baixa. Depende muito do estilo de vida que você quer ter no país, sua expectativa na qualidade e no custo benefício para sua família. Se você vai morar com filhos, escolher em uma cidade menor pode ser a melhor opção. Conheça todas as regiões da Espanha, pesquise bem, planeje seu objetivo, se é só trabalhar ou também estudar, e veja como fica melhor no seu planejamento.

É obrigatório ter seguro para entrar na Europa?

É obrigatório ter um seguro viagem para entrar na maioria dos países europeus. Mesmo que sua intenção seja morar na Espanha, faça um plano pelo período inicial, até se estabilizar no país. Se for estudar, um seguro viagem intercâmbio pode ser o ideal. Sugerimos que você utilize o nosso comparador de Seguro Viagem. Com ele, iremos ajudar você a encontrar o seguro ideal para o seu destino e ao seu bolso. Os leitores Euro Dicas ainda recebem um cupom de 5% de desconto na compra de qualquer seguro viagem. Faça sua cotação e depois de escolher o plano desejado, basta inserir o código EURODICAS5 no campo de desconto e pronto. Boa viagem!

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.

Taiana é brasileira, residente e apaixonada pela Espanha. Amante de viagens e da cultura espanhola, compartilha no seu blog Partiu Espanha roteiros, dicas e as impressões de viver no exterior.

Artigos relacionados

Morar na Espanha: visto, custo de vida e melhores cidades

Se morar na Espanha é seu sonho, temos uma boa notícia: existem diversas maneiras de morar na Espanha, e com certeza uma é perfeita para você. Saiba como.

Melhores cidades da Espanha para morar: confira o top 5

Conheça as cidades da Espanha com melhor qualidade de vida, para você morar. Uma dessas cidades da Espanha é perfeita para você viver. Veja a lista!

Profissionais em falta na Espanha: lista de profissões e salários médios

Apesar dos vários anos de crise económica na Espanha e o elevado desemprego, existem profissionais em falta na Espanha. Conheça a lista de profissões.

Visto para Espanha: quais são, custos e como conseguir

Conheça quais os tipos de visto para Espanha. Saiba como e onde requerê-los, quanto custa e quais os documentos necessários para dar entrada no processo.

Cidadania Espanhola: como conseguir o passaporte europeu

Existem 3 situações em que brasileiros podem ter direito à cidadania espanhola. Conheça o processo para solicitar e quais os documentos necessários.

Custo de vida na Espanha: saiba quanto custa viver no país

Conheça o custo de vida na Espanha e quanto precisa para viver bem: quanto custa alugar um apartamento, as principais contas do mês, mercado, lazer e mais.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube