Empreender na Espanha: como ter visto e onde investir o seu dinheiro

Espanha  / 

Se você está pensando em empreender na Espanha, temos boas notícias. Com o objetivo de fomentar a economia do país, a Espanha aprovou uma série de benefícios para estrangeiros que desejam investir em um negócio próprio por lá.

Além de facilitar a abertura da empresa e oferecer alguns incentivos fiscais, essas medidas também preveem a autorização para morar legalmente no país. Então, se você possui um perfil empreendedor e dinheiro guardado, essa pode ser uma excelente oportunidade.

Quem pode empreender na Espanha?

Você pode empreender na Espanha de duas maneiras diferentes. A primeira é através do regime geral, que é direcionado a trabalhadores autônomos, pequenos e médios empresários. Já na segunda opção, enquadram-se os investidores de grande porte, que são amparados pela Lei de Empreendedores.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Em ambos os casos, o candidato a empreendedor deve possuir bons antecedentes criminais e possuir dinheiro suficiente para abrir uma empresa e se manter no país durante a fase inicial.

Ainda, é necessário apresentar às autoridades fiscais espanholas o visto de empreendedor estrangeiro, que pode ser obtido no Consulado da Espanha no Brasil.

Descubra aqui como abrir uma empresa na Espanha.

Como solicitar o visto para empreender na Espanha?

Para solicitar o visto de empreendedor, você precisará se dirigir até o Consulado da Espanha no Brasil munido de documentos de identificação. E também será necessário um plano de negócios que comprove o objetivo de contribuir para o crescimento econômico do país.

Veja a seguir, quais são os documentos exigidos:

  • Formulário de solicitação devidamente preenchido com foto 3X4;
  • Ter um plano de negócios detalhado que contenha a descrição da atividade principal da empresa, o orçamento previsto e postos de trabalho gerados. Ainda, estudo de mercado, rentabilidade esperada, plano financeiro;
  • Formação e experiência profissional do futuro empreendedor;
  • Xerox do passaporte;
  • Tipo de interesse econômico.

Vistos

Atualmente pode-se obter o visto para empreender na Espanha por investimento financeiro:

  • 2 milhões de euros em dívida pública espanhola;
  • 1 milhão de euros em ações ou participações sociais de empresas espanholas.

Também se pode conseguir o visto pela compra de 500 mil euros na aquisição de imóveis localizados na Espanha ou ainda, para realizar atividades econômicas no país.

Conheça também os outros tipos de visto para Espanha.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

procedimentos para empreender na espanha

Qual é o procedimento para empreender na Espanha?

Após entregar os documentos, eles serão analisados pelo escritório econômico e comercial do Consulado Espanhol no Brasil. O prazo para a resposta costuma levar três meses. Ao realizar a solicitação, você recebe um número de protocolo para consultar o andamento da solicitação através do site do consulado.

Quando o estado da sua solicitação constar como “Resuelto”, então você deverá voltar ao Consulado para retirar o visto. Nessa etapa, você deverá pagar a taxa do visto, além de apresentar outros documentos, como os listados a seguir:

  • Passaporte original válido por toda a estada no país;
  • Atestado de antecedentes criminais, com menos de seis meses de expedição;
  • Atestado médico;
  • Seguro público ou particular de doença, contratado com uma companhia seguradora autorizada para operar na Espanha (original e cópia A4).

Você também pode consultar maiores informações sobre os procedimentos para autorizações para empreender na Espanha no site Secretaria Geral de Imigração e Emigração do Ministério de Emprego e Segurança Social (em espanhol).

O visto tem prazo?

O visto para empreender na Espanha possui validade de dois anos e pode ser prorrogado para cinco anos. Contudo, vale mencionar que após o primeiro prazo de validade, o empreendedor estrangeiro pode dar entrada no pedido de cidadania espanhola.

Descubra também como é o procedimento para renovar o passaporte.

Consegui o visto. E agora, o que devo fazer?

Depois de ter conseguido o visto para empreender na Espanha, o próximo passo é aterrissar em solo espanhol.

Ao chegar lá, você deverá dirigir-se até a Comisaría General de Extranjería y Fronteras (DGP – Espanha) para solicitar o NIE (Número de Identificação de Estrangeiros). O NIE funciona de forma semelhante ao RG no Brasil e é obrigatório para todos os estrangeiros que irão permanecer por mais de três meses na Espanha.

Saiba mais sobre os documentos para morar na Espanha definitivamente.

Empreender na Espanha: onde investir?

Seja no Brasil, na Espanha ou em qualquer outro país do mundo, deve-se pensar bastante antes de investir em qualquer negócio. É preciso ponderar se existem pessoas dispostas a pagar pelo seu produto ou serviço, analisar concorrência, preços de mercado, espaço para funcionar e vários outros fatores.

Veja a seguir algumas opções bem rentáveis para você investir o seu dinheiro e se tornar dono de um negócio bem-sucedido:

Começando do zero

Algumas ideias de negócios para você começar do zero:

  • Alimentação fitness;
  • Restaurantes no estilo self-service;
  • Cerveja artesanal;
  • Desenvolvimento de aplicativos;
  • Lojas de roupas;
  • Serviços de cabeleireiro e estética.

Investindo em franquias

Se você não quiser iniciar uma empresa própria, que tal investir em franquias de grandes marcas? Certamente a vantagem é contar com uma ideia já conhecida no mercado e pelo público.

  • Franquia Subway (restaurante fast food – investimento inicial de cerca 130 mil €);
  • Franquia Homebox (serviço de guarda volumes – investimento inicial de 70 mil €);
  • Franquia Be Beauty (estética e beleza – investimento de 24 mil €);
  • Franquia Adaix Group (imobiliária – investimento inicial de 1.400 €).

Clique aqui para saber mais sobre franquias na Espanha.

Melhores cidades para começar um negócio e empreender na Espanha

Se você está em busca de independência financeira na Espanha, abrir sua própria empresa pode ser a solução. Entretanto, é preciso pesquisar bem a cidade e o bairro que vai receber o seu empreendimento.

Veja a seguir as melhores cidades espanholas para começar o seu negócio:

Madrid

Madrid é a capital da Espanha e o centro financeiro do país. Trata-se de uma cidade composta por uma população com bom poder aquisitivo, disposta a gastar seus euros com produtos e serviços diversos.

Então, se você vai empreender nas áreas de moda, beleza e tecnologia, por exemplo, Madrid pode ser uma escolha bem interessante. Descubra também quanto é o custo de vida em Madrid e planeje-se bem.

Barcelona

Barcelona é uma cidade bem criativa, que respira cultura e moda. Além disso, a cidade tem ganhado posição de destaque em pesquisa científica no país, com o apoio de universidades espanholas e empresas do setor privado.

Se você vai para a Espanha para inovar, Barcelona é uma excelente alternativa.

Gijón

Uma cidade com um pouco mais de 270 mil habitantes e que se destaca no país pelos investimentos nos setores de comunicação. Mesmo não sendo tão conhecida como Madrid e Barcelona, Gijón também é ótima opção para começar um empreendimento.

É lá que fica o Parque Tecnológico da Ciência de Gijón, criado em parceria com Portugal e Itália, e que abriga mais de 30 empresas voltadas para o desenvolvimento tecnológico.

Então, se você pretende investir em negócios online, comunicação e tecnologia, conhecer Gijón poderá ser o pontapé inicial para um negócio de sucesso. Saiba mais sobre como está a economia na Espanha.

Dicas para empreender na Espanha

Acompanhe as dicas abaixo para garantir um negócio de sucesso.

Negócio de baixo custo

Apesar de existirem cidades na Espanha repleta de pessoas com alto poder aquisitivo, investir em um negócio de baixo custo pode ser uma boa opção para evitar ficar endividado.

Tenha em mente que ao começar um negócio, existe um prazo para retorno do investimento financeiro. Enquanto esse retorno não acontece, é você quem deverá custear os gastos da sua empresa e também os seus gastos pessoais.

Conheça também as cidades mais baratas da Espanha.

Conheça o país

Antes de solicitar o visto para empreendedores estrangeiros, faça uma viagem de curta permanência para conhecer a cultura e as tradições espanholas.

Avalie qual é o relacionamento que eles têm com o dinheiro, quais empresas já existem e quais faltam.

Fale o idioma

Aprenda pelo menos o básico do idioma. Isso mesmo. Você não precisa se tornar bilíngue da noite para o dia, mas se deseja empreender na Espanha, falar a língua é muito importante. Por isso, saiba como como aprender espanhol.

E não se esqueça: para entrar na Europa o seguro viagem é obrigatório! Para fazer a cotação do seu e garantir o melhor preço, utilize a nossa calculadora de seguros. Mostramos as melhores opções de seguro viagem do mercado e ajudamos você a encontrar o mais adequado à sua viagem à Espanha.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Andrea é uma jornalista curitibana que uniu a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, África e Ásia. Ao lado do filho e do marido foi morar no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a produção de conteúdo e os passeios pelo Reino Unido.