Franquias na Espanha: saiba como abrir a sua sendo brasileiro

Muitos brasileiros têm deixado o país por um motivo especial: o empreendedorismo no exterior. Ser dono de uma empresa envolve muitos desafios, mas uma boa alternativa é investir em um modelo que já existe no mercado e está consolidado. Por isso, neste artigo vamos falar sobre as franquias na Espanha e como abrir a sua.

Como abrir franquias na Espanha?

Antes de tirar o projeto do papel e colocar a sua franquia na Espanha em prática é preciso investir em muita pesquisa e planejamento. É necessário familiarizar-se com as leis que nem sempre são fáceis de entender, processos burocráticos locais, conhecer o comportamento do consumidor, além de ter uma reserva financeira considerável.

Mas saiba que a Espanha está entre os países da Europa que mais se destacam por facilitar e incentivar a criação de empresas em seu território.

Legislação de franquias na Espanha

Na Espanha, o contrato de franquia é considerado um contrato atípico. As franquias estão regulamentadas no Real Decreto 201/2010, de 26 de fevereiro – que regulamenta o exercício da atividade comercial em regime de franquia e a comunicação de dados ao registo do franqueador.

Para você abrir uma franquia na Espanha,  três elementos são essenciais no contrato:

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

  • Transferência de uso de uma marca, ou imagem corporativa, ou apresentação uniforme de instalações ou meios de transporte;
  • Contribuição de conhecimento técnico ou experiência (“know-how”);
  • Suporte comercial e/ou técnico do franqueador.

Requisitos e documentos necessários para abrir franquias na Espanha

Ficou interessado em abrir franquia na Espanha? Há excelentes oportunidades no país! Se você não tem nacionalidade espanhola ou de algum outro país da União Europeia, alguns requisitos são necessários como veremos a seguir:

  • Não ter antecedentes criminais, nem restrições de entrada na Espanha ou em outro país do espaço Schengen;
  • Apresentar o passaporte e documentos pessoais, inclusive os de qualificação profissional, como o curriculum vitae e formação na área, se for o caso;
  • Comprovar a viabilidade do negócio;
  • Apresentar o Plano de Negócios, com a descrição de itens como: atividade que será desenvolvida, investimento no negócio e rentabilidade;
  • Demonstrar meios de subsistência;
  • Comprovar que tem capital para colocar o negócio em prática.

Plano de negócios para abrir franquias na Espanha

Os manuais de empreendedorismo são unanimes ao garantir que o primeiro passo para abrir uma empresa é criar um bom plano de negócios, também conhecido como “business plan”.

Logo, o documento é uma espécie de carta de intenções que identifica, descreve e analisa uma oportunidade de negócio. Com ele, será possível ter uma ideia da viabilidade técnica, economia e financeira da empresa, além de estudar o mercado, monitorar as finanças e obter crédito.

Quanto mais detalhado for, melhor. Assim, deverá conter os seguintes elementos:

  • Descrição detalhada do projeto: atividade comercial a ser realizada, local, data de início, impacto econômico do investimento, previsão do número de empregos criados e suas funções, planos de promoção e estratégia de vendas;
  • Descrição do produto e serviço que serão oferecidos;
  • Análise de mercado: evolução esperada, descrição de possíveis fornecedores, concorrentes, características da região, avaliação de potenciais consumidores, oferta e demanda;
  • Por fim, o planejamento financeiro, com a previsão de vendas, faturamento e despesas, fluxo de caixa, capital de giro, análise de risco e retorno do investimento necessário.

Franquias rentáveis na Espanha

Conhecer as franquias na Espanha é um passo importante de análise de mercado do país, vamos dar alguns exemplos, começando pelas mais rentáveis. Primeiramente, é importante saber que uma franquia pode ser considerada lucrativa quando:

  • Possui uma marca consolidada;
  • Encontra nichos de negócios pouco explorados;
  • Tem uma oferta atrativa e diversificada;
  • Possui alta capacidade de compra por volume a bons preços;
  • Oferece os melhores preços a seus franqueados;
  • Dá suporte e treinamento necessário;
  • Possui um modelo de negócios competitivo em seu mercado.

franquia supermercado

Nesse sentido, selecionamos algumas franquias consideradas rentáveis que foram criadas e desenvolvidas na Espanha.

1. Dia

A multinacional espanhola do setor de distribuição de alimentos está com um plano de transformação para acelerar a abertura de 500 franquias em três anos, aumentar a sua rentabilidade e criar um sistema de incentivo às vendas.

Atualmente o Dia possui 4.041 lojas em mais de 800 cidades da Espanha, das quais 1.477 são franquias. O investimento depende do modelo de negócio, da dimensão da loja e do estado das instalações, mas é preciso disponibilizar uma garantia bancária, que varia entre 4.500€ e 25.000€.

O grupo também atua em Portugal, Argentina e Brasil.

2. Mango

A Mango é a empresa de moda espanhola líder em número de franquias. Ela nasceu em 1984, em Barcelona, e começou a sua expansão em 1992. Atualmente possui 2.217 lojas em 110 países.

  • Taxa de inscrição: 30.000€ (incluída no investimento);
  • Duração do contrato: 5 anos;
  • Investimento: 1.200€ por metro quadrado para adaptação das instalações;
  • Faixa de investimento inicial: 300.000€;
  • População mínima: 45.000 habitantes.

3. El Corte Inglés

O El Corte Inglés, com sede em Madrid, é a maior rede de lojas de departamentos da Espanha com um volume de negócios consolidado de 15.261 milhões de euros em 2019. A empresa fundada em 1935, hoje conta com 90 unidades e diferentes formatos comerciais como Supercor (187 lojas), Viajes El Corte Inglés (804 unidades) e El Corte Inglés Seguros (126 lojas), entre outros.

4. Natur House

Criada em 1992, a Natur House é uma marca de produtos dietéticos e serviços de nutrição e se expandiu como poucas no mundo, ultrapassando a marca de 2.200 estabelecimentos em 31 países. A proposta da empresa é reeducar os hábitos alimentares dos clientes para ajudá-los a atingir e manter o peso ideal. Isso é feito com um método próprio, que combina a venda de suplementos alimentares com aconselhamento personalizado gratuito e acompanhamento por um especialista qualificado.

  • Taxa de inscrição: 600€ + IVA;
  • Duração do contrato: 5 anos renováveis;
  • Investimento: 11.570€ (com mobiliário e material).

5. Beep

A Beep tornou-se uma das mais completas e rentáveis franquias de informática do mercado graças à venda de produtos de informática, assistência técnica e reparos e venda de recargas de cartuchos. Com uma rede de cerca de 300 lojas, ela é a franquia número 1 do setor em pontos de venda, faturamento e quantidade de PCs fabricados.

  • Taxa de publicidade: 125€ por mês;
  • Faixa de investimento: 9.000€.

6. Telepizza

A Telepizza nasceu em Madrid, em 1988, como uma empresa familiar e se tornou referência no setor de entrega de alimentos. Atualmente existem mais de 600 estabelecimentos na Espanha e uma força de trabalho de mais de 15.000 pessoas.

  • Taxa de publicidade: 3%;
  • Royalty: 5%;
  • Investimento: 100.000€ + IVA.

Franquias baratas na Espanha

Para quem pensa em como abrir franquia na Espanha aqui vai outra dica. Franquias baratas podem até ser uma excelente porta de entrada para o empreendedorismo, mas ainda assim há riscos. Por isso, há alguns cuidados que você deve ter antes de investir neste negócio.

  • Verifique se o franqueador tem uma unidade própria para saber se ele já testou o modelo que está vendendo;
  • Conheça de perto o empreendedor que está por trás da franquia;
  • Certifique-se de que a franquia, mesmo sendo barata, tenha um suporte oferecido pelo franqueador;
  • Já que você vai investir pouco, esteja consciente de que o resultado pode ser pequeno no início das operações;
  • Leve em consideração todos os custos. Além da taxa de investimento, poderão ser cobrados royalties e taxa de publicidade durante toda a vigência do contrato.

Como em qualquer outro negócio, esse também exige dedicação total e muito trabalho para que o resultado desejado apareça. Na lista abaixo, o Euro Dicas apresenta 5 franquias baratas na Espanha. Uma delas pode caber no seu orçamento.

1. Donpiso

A Franquia espanhola Donpiso é uma rede que atua no segmento de mercado de agência imobiliária e é especializada na venda e locação de imóveis com mais de 30 anos de experiência no setor.

  • Investimento: a partir de 30.000€;
  • Taxa de entrada: depende da área;
  • Taxa de publicidade: incluída;
  • Duração do contrato: 5 anos renovável;
  • Total de estabelecimentos: 70;
  • Tamanho mínimo das instalações: 60 metros quadrados.

2. Eurekakids

A Eurekakids é uma marca espanhola especializada em jogos educativos e pedagógicos que estimulam atividades criativas e lúdicas. Os brinquedos são feitos com madeira e papelão.

  • Investimento: a partir de 25.000€;
  • Taxa de entrada: não tem;
  • Taxa de publicidade: não tem;
  • Duração do contrato: 5 anos renovável;
  • Total de estabelecimentos: 193;
  • Tamanho mínimo das instalações: 50 metros quadrados.

3. Clean & Go

A Clean & Go é uma rede de lavanderias self-service. Cada unidade é totalmente autônoma, não necessita de pessoal e vem equipada com máquinas que dispensam o uso do detergente.

  • Investimento: a partir de 35.000€;
  • Taxa de entrada: não tem;
  • Taxa de publicidade: não tem;
  • Duração do contrato: 5 anos renovável;
  • Total de estabelecimentos: 50.

4. Mascotetes

A franquia Mascotetes é uma oportunidade de negócios no mercado pet. A marca se posiciona como referência em produtos naturais e ecológicos para animais de estimação e em serviços de cabeleireiro e beleza.

  • Investimento: a partir de 26.000€;
  • Taxa de entrada: 4.500€;
  • Taxa de publicidade: não tem;
  • Duração do contrato: 1 ano;
  • Total de estabelecimentos: 3;
  • Tamanho mínimo das instalações: 80 metros quadrados.

5. Capil Clinic

A Capil Clinic é uma empresa especializada em tratamentos estéticos capilares. Atualmente, é líder em transplante de cabelo na Espanha e na Turquia.

  • Investimento: 15.000€;
  • Taxa de entrada: 6.000€;
  • Taxa de publicidade: não tem;
  • Total de estabelecimentos: 3.

Nova geração de franquias na Espanha

O atual cenário econômico e social, provocado pelo coronavírus, potencializa o surgimento de franquias que não precisam necessariamente de um ponto comercial para que a sua atividade seja desenvolvida. Nesse sentido, selecionamos 5 exemplos onde a tecnologia é a protagonista.

1. Zulux

Quem não quer economizar eletricidade? A Zulux é focada no setor elétrico, especificamente na eficiência energética, permitindo às comunidades de proprietários economizar grandes quantias de dinheiro nas contas de luz. A empresa procura franqueados que tenham, antes de tudo, um perfil comercial e se tiverem um portfólio de administradores de imóveis, melhor.

  • Royalties mensais: 25%;
  • Taxa de publicidade: 100€/mês;
  • Duração do contrato: 5 anos;
  • Investimento: até 45.000€.

2. The Simple Rent

A The Simple Rent é uma imobiliária online com foco no mercado de luxo. Ela opera por meio de uma plataforma digital exclusiva, onde seus agentes e parceiros franqueados oferecem gestão de patrimônio imobiliário e serviços de alto padrão, em qualquer lugar do mundo.

  • Taxa de Inscrição: 2.900€ (incluída no investimento);
  • Royalties: 5% sobre o faturamento;
  • Duração do contrato: 1 ano;
  • Investimento: até 20.000€.

3. Sportmadness

A marca possui linhas de negócios com foco na gestão esportiva. Os serviços da Sportmadness são voltados para empresas, setor público, clubes, centros educacionais ou instalações esportivas privadas. Eles buscam parceiros que sejam apaixonadas por esporte e que queiram conciliar a vida pessoal e profissional.

  • Taxa de inscrição: incluída no investimento;
  • Duração do contrato: 3 anos + 2 anos de prorrogação;
  • Investimento: até 20.000€.

4. Aquí tu Reforma

Aquí tu Reforma é a primeira rede espanhola de franquia de reformas e já conta com mais de 10 unidades espalhadas pela Espanha. A empresa prioriza a qualidade e o cumprimento de prazos num mercado que movimenta mais de 17 milhões de euros, segundo a Andimac, Associação Nacional dos Distribuidores de Cerâmica e Material de Construção. Para fazer parte da rede de franquias é preciso demonstrar experiência anterior em reformas, passar por um processo de seleção e por auditorias de qualidade.

  • Taxa de inscrição: incluída no investimento;
  • Royalties mensais: de 7% na publicidade;
  • Duração do contrato: 5 anos;
  • Investimento: até 20.000€.

5. Epic Kids Lab

Epic Kids Lab é uma escola de empreendedorismo voltada para crianças e adolescentes de 5 a 18 anos. Alguns dos projetos que já surgiram dessa instituição são um comércio eletrônico para a venda coletiva de moda, um aplicativo móvel contra o bullying, um portal de videogame e uma rede social de jogadores com torneios de esportes.

  • Taxa de inscrição: 6.000€;
  • Royalties: 30€/mês;
  • Direitos de exploração: 10% sobre as vendas;
  • Duração do contrato: 5 anos;
  • Investimento: 18.000€ (não inclui obras civis).

Franquia brasileira na Espanha de sucesso

Numa época em que milhares de empresas estão fechando as portas diante das incertezas causadas pelo avanço do novo coronavírus, um empreendedor paulista está na contramão da crise e fortalece o seu negócio na Espanha.

Essa história começou em 2015, quando Dado Lima trabalhava como diretor de marketing em uma agência de publicidade, em São Paulo, e recebeu a proposta de um velho amigo.

“Ele me convidou para abrir uma hamburgueria artesanal em Marbella, na Espanha. Eu nunca sequer tinha ouvido falar nessa cidade, nem sabia onde ela ficava no mapa, mas fui atraído pela ideia de sair da minha zona de conforto e ser dono do meu próprio negócio”.

Pesquisa e formação profissional

Logo depois, Dado viajou para Marbella, cidade litorânea do sul da Espanha, para conhecer e explorar um mercado de hamburguerias ainda em crescimento na região. Passou dez dias conversando com empresários locais e voltou para o Brasil com as chaves do novo restaurante nas mãos e a meta de se aperfeiçoar.

Em três meses fez estágio com o chef Marcos Lee China, a quem chama de mentor, e um curso de hambúrguer gourmet, no Senac, para atender até o consumidor mais exigente.

Tempos difíceis

Posteriormente aos estudos, com passagem só de ida, viajou para a Espanha com a esposa. Em maio de 2015, Dado abriu a sua primeira empresa em sociedade com seu amigo brasileiro, cidadão português.

“Por divergência de ideologia, a sociedade se desfez em dezembro de 2015. Eu fiquei sem dinheiro, sem negócio, sem rumo, num país estranho. Mas meus pais resolveram apostar no meu talento. Me apoiaram financeiramente e psicologicamente. Me lembro como se fosse hoje da minha mãe falando: filho, prepare-se para criar o melhor hambúrguer da sua vida e uma marca muito, mas muito forte. Você vai dar a volta por cima”.

A volta por cima

As previsões da mãe foram infalíveis. Em junho de 2016, o empresário brasileiro inaugurou a TORO Burger Lounge, localizada no passeio marítimo de Marbella, e sua proposta ousada e inovadora de Burgers caiu imediatamente no gosto do público, lhe rendendo em tão poucos seis meses de abertura o Prêmio de Profissional do Ano da Andaluzia (província em que a TORO está situada).

toro burguer

De acordo com Dado, além da qualidade e do sabor único dos produtos, a marca se destaca pelo cuidado no atendimento ao cliente. “Nós não fazemos hambúrgueres, nós fazemos amigos, e todos são bem vindos: famílias, casais, amigos e até animais de estimação”, defende o Chef que criou a hamburgueria já pensando em levar a experiência para outros lugares “eu sempre pensei em expandir, mas sem um modelo de franquia essa expansão seria mais difícil, afinal, eu dependeria de capital próprio para abrir mais lojas e tardaria muito mais”, analisa.

Crescimento da empresa

A primeira franquia foi aberta após 2 anos de vida, em 2018, em São Paulo, no Brasil, tornando a TORO uma das poucas hamburguerias criada por brasileiros com presença internacional. Mas a expansão da rede foi impulsionada com o prêmio de “Melhor Cheesburguer da Espanha”, conquistado durante o I Campeonato de Hamburgueres da Espanha.

O melhor cheeseburguer da Espanha

O prato vencedor foi o Maya Burger com pão brioche amanteigado, maionese de bacon, duplo bacon tostado, cream cheese caseiro e cebola caramelizada em açúcar mascavo. Tudo isso debaixo de duas fatias de cheddar derretidas com cerveja. A competição que colocou o brasileiro entre os melhores do mundo, aconteceu em novembro de 2019 com 101 restaurantes inscritos. “Ser considerado o melhor da Espanha e ver a TORO Burguer Lounge se expandindo é a melhor recompensa que esses anos de luta e perseverança poderiam me dar”, festeja o Chef.

Novas unidades inauguradas

Como resultado da façanha, três unidades foram abertas em 2020: Puerto Banús (abril), Madrid (agosto) e Valência (outubro).

“Eu acho que a franquia é um excelente negócio para investimento porque o que você realmente está comprando é uma garantia, um modelo que já deu certo e que te ensinarão a replicar. Na TORO nós procuramos franqueados que estejam na operação para garantir o atendimento genuíno e amável, um dos pilares mais importantes desse projeto”.

Aos amantes do prato e investidores, o chef informa que o valor do investimento para a abertura de uma unidade na Europa parte de 80 mil euros com tempo de retorno previsto para aproximadamente 24 meses. “Eu prefiro focar a expansão na Europa porque estarei mais presente fisicamente para dar todo o suporte necessário, mas se surgir um interessado no Japão eu vou até lá e faço acontecer”, finaliza.

Sites e feiras de franquia na Espanha

Acompanhar os sites especializados e fazer contato com associações, acima de tudo, podem ajudar na tomada de decisões. Por isso, selecionamos alguns portais com muitas informações sobre como abrir franquia na Espanha.

Outra dica é participar das feiras de franquias no país. As principais são:

FranquiShop

Salón Internacional de la Franquicia

Expofranquicia

Visto para abrir franquia na Espanha

Primeiramente, antes de abrir uma franquia na Espanha você vai precisar do visto de empreendedor para morar legalmente no país e abrir seu negócio.

A solicitação pode ser feita em qualquer Consulado da Espanha no Brasil. A taxa é de 60€ e deve ser paga em moeda local.

Raio X das franquias na Espanha

O setor de franquias na Espanha é amplo e variado. Só para exemplificar são 1.381 redes em atuação, de acordo com a Asociación Española de Franquiciadores (AEF). Destas, 1.132 (81,9%) são de origem nacional e as 249 restantes (18,1%) vêm de um total de 26 países.

França (54 marcas), Estados Unidos (46), Itália (44), Reino Unido (16) e Alemanha e Portugal (14) são as nações com mais franquias na Espanha. O Brasil conta com 3. E, sem dúvida, esse é um setor que não para de crescer.

Ano Número de franquias na Espanha
2019 1.381
2018 1.376
2017 1.348
2016 1.298
2015 1.232
2014 1.199
2013 1.087
2012 1.040
2011 947
2010 934

Como resultado desse crescimento, no final de 2019, havia um total de 77.819 locais em funcionamento no país, sendo 19.787 próprios e 58.032 franqueados. Dessa maneira, o volume de negócios obtido por todo o sistema de franquias na Espanha ultrapassou a marca dos 26 milhões de euros. Os setores com maior receita foram alimentação, restaurantes e hotéis, fast food e transportes. Por outro lado, os setores que tiveram mais estabelecimentos abertos foram os listados abaixo.

Setor Novos pontos de vendas em 2019
Alimentação 12.691
Beleza e Estética 4.484
Agências de viagens 3.946
Telecomunicações 3.625

Um aspecto significativo do sistema de franquias na Espanha é a geração de empregos. No final de 2019 o sistema empregava 294.231 pessoas, 359 a mais (0,13%) do que em 2018. Na tabela abaixo você poderá observar as cinco comunidades autônomas do país com o maior número de franquias, unidades, faturamento e empregos gerados.

Comunidade Autônoma Número Franquias Número Unidades Faturamento em Euros Empregos gerados
Madrid 367 26.013 10.832.931.000 117.683
Catalunha 335 23.703 7.275.353.000 80.244
Comunidade Valenciana 177 6.608 1.381.371.000 19.728
Andaluzia 161 6.034 1.123.959.000 16.850
Galicia 50 2.069 413.541.000 6.575

Vale a pena investir em franquia na Espanha?

Sabemos que a economia mundial está passando por um mau momento e que construir um negócio fora do Brasil, em uma cultura diferente, pode ser mais arriscado. Por outro lado, há sempre pessoas cogitando deixar o país em busca de uma vida melhor e um dos caminhos pode ser o empreendedorismo no exterior. Com um crescimento nos últimos dez anos de 45,8% as franquias na Espanha se consolidam como um modelo de negócio seguro para muitos investidores.

Por conta da elevada taxa de desemprego no país, as administrações central, regional e municipal, concedem incentivos para quem quer abrir uma empresa na Espanha. Os benefícios podem variar de acordo com a natureza e o domicílio do negócio. É possível conseguir desde a isenção ou redução da cota de contribuição à seguridade social, redução da taxa do imposto de sociedades, até créditos com juros baixos.

O paulista Dado Lima pesquisou o mercado para abrir sua franquia na Espanha. Com pouco mais de 5 anos de experiência como empreendedor no país, o CEO da TORO Burger Lounge, garante que valeu a pena expandir seu negócio.

“Eu diria que se animem muito. O custo de vida aqui na Espanha é infinitamente menor e o poder aquisitivo muito maior se você ganha em euros, é claro. Além disso, tem a questão da segurança e dos serviços públicos que funcionam muito bem”.

Como se adaptar ao mercado espanhol?

As diferenças de idiomas, costumes locais e práticas empresariais nas diferentes regiões que compõem o território espanhol podem afetar a maneira de se estruturar um negócio ou até mesmo colocar em risco um que já existe. Portanto, é bom conhecer e se adaptar ao mercado local. Enfim, essa é uma competência valiosa.

Horário comercial

De modo geral o comércio na Espanha funciona entre 10:00 e 20:00/21:00, sendo que a siesta vai das 14:00 às 17:00 horas. Não é comum encontrar lojas que permaneçam abertas 24 horas ou que funcionem aos domingos, com exceção daquelas situadas em áreas turísticas.

Idioma

Apesar do país  ser pequeno, há pelo menos uma dezena de idiomas na Espanha e, em alguns caso, a língua falada em uma região é mais utilizada do que o próprio espanhol.

Período de férias

As férias escolares na Espanha são nos meses de julho e agosto. Nesta época é comum que os empreendimentos de menor porte, em especial os de administração familiar, permaneçam fechados por períodos determinados.

Cultura de negócios

Os espanhóis valorizam o contato pessoal entre colaboradores/parceiros. Portanto, visitas regulares, reuniões e entrevistas são princípios fundamentais para quem vai trabalhar na Espanha, seja como empreendedor ou como funcionário. Então ficar atento à essas informações é importante para saber como abrir franquia na Espanha.

E agora que você já sabe como abrir franquia na Espanha, não deixe de ler nosso artigo com as melhores dicas sobre como morar na Espanha.

Saiba também que para entrar na Espanha é obrigatório portar um seguro viagem. Para auxiliar na cotação do seu seguro de forma personalizada sugerimos que você utilize o nosso comparador de seguro viagem. Ele apresenta os principais planos do mercado e ainda garantimos o menor preço aos leitores do Euro Dicas.

Se preferir, você pode utilizar o portal Seguros Promo, comparador online que nós recomendamos e utilizamos para realizar cotações aqui no Portal.

Adriana Levis Alambert trabalha como jornalista há mais de 20 anos. Se formou na UniverCidade, no Rio de Janeiro, com pós-graduação em Mídias Digitais e Interativas pelo Senac-Rio e pós graduação em Mídia, Tecnologia da Informação e Novas Práticas Educacionais pela PUC-Rio. Trabalhou como repórter, apresentadora e editora no Canal Futura, Sportv e na Web TV da Petrobras. Atualmente faz um Master em Direção de Cinema Documental, na Escola de Cine de Barcelona, na Espanha. Também trabalha com turismo, adora viajar, conhecer novas culturas e compartilhar suas experiências.

Artigos relacionados

Como morar na Espanha: todas as dicas para planejar sua mudança

Se morar na Espanha é seu sonho, temos uma boa notícia: existem diversas maneiras de morar na Espanha, e com certeza uma é perfeita para você. Saiba como.

Melhores cidades da Espanha para morar: confira o top 5

Conheça as cidades da Espanha com melhor qualidade de vida, para você morar. Uma dessas cidades da Espanha é perfeita para você viver. Veja a lista!

Profissionais em falta na Espanha: lista de profissões e salários médios

Apesar dos vários anos de crise económica na Espanha e o elevado desemprego, existem profissionais em falta na Espanha. Conheça a lista de profissões.

Cidadania Espanhola: como conseguir o passaporte europeu

Existem 3 situações em que brasileiros podem ter direito à cidadania espanhola. Conheça o processo para solicitar e quais os documentos necessários.

Visto para Espanha: quais são, custos e como conseguir

Conheça quais os tipos de visto para Espanha. Saiba como e onde requerê-los, quanto custa e quais os documentos necessários para dar entrada no processo.

Custo de vida na Espanha: saiba quanto custa viver no país

Conheça o custo de vida na Espanha e quanto precisa para viver bem: quanto custa alugar um apartamento, as principais contas do mês, mercado, lazer e mais.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube