Burocracia na Espanha, descubra como as coisas funcionam na Espanha.

Burocracia na Espanha

Espanha  / 

Estamos acostumados com a burocracia brasileira e já vou logo avisando, prepare-se para enfrentar a burocracia na Espanha. Tenha paciência e aos poucos conseguirá vencer cada obstáculo imposto por papéis e mais papéis.

burocracia na Espanha

Como em qualquer país do mundo, a Espanha tem suas leis e regras que devem ser respeitada. As exigências para estrangeiros existem e muitas vezes a dificuldade de conseguir fazer um documento está na falta de informação ou na informação desencontrada, errada. Superado este problema, aos poucos, você consegue ter todos os documentos.

O que é preciso para viver na Espanha?

Um brasileiro com passaporte europeu pode “decidir” viver na Espanha aproveitando do acordo entre os países da União Europeia. O que não quer dizer que não terá que fazer:

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »
  • NIE – chegou na Espanha tem que fazer
  • TIE (documento de estrangeiro) – somente se estiver trabalhando ou estudando com carga horária de muitas horas
  • Seguridad social (seria como o nosso INSS) – bem simples de fazer, ir com passaporte até uma agência de Seguridad Social. Será necessário ter este número quando for assinar um contrato de trabalho. Não precisa esperar para fazê-lo.
  • Empadronamiento (declarar onde está morando) – documento que pode ser exigido em algum momento, por exemplo, para fazer a carteira para atendimento de saúde pública.
  • Tarjeta sanitária – para ter atendimento de saúde pública, porém, mesmo com o passaporte europeu é necessário ter contrato de trabalho, caso contrário, ver se o país europeu de sua procedência tem um acordo com a Espanha (mais burocrático ainda)

No caso de brasileiros com passaporte brasileiros, a burocracia começa no Brasil, com o pedido do visto para Espanha, seja de estudante ou de trabalho.

burocracia na Espanha, no seu dia a dia

Superada a fase “fazer documentos na Espanha” e você pensa “que alívio”, mais ou menos. Algumas coisas serão bem fáceis e outras nem tanto.

Internet em casa x conta em banco

Para começarmos de maneira positiva, uma coisa bem simples é contratar um plano de internet em casa. Escolha a empresa, entre no site, preencha com dados: nome, endereço, NIE, telefone, conta bancária e pronto.

No mesmo dia uma telefonista liga pra você e agenda a instalação. Fácil? Sim, se você abriu a conta bancária, não, pode esquecer, se você não tem a conta bancária. Sem ela, já é um serviço que não vai dar para fazer.

A conta bancária na Espanha sim é um grande problema e por isso, dedicamos aqui um artigo somente sobre o assunto. Alguns bancos vão exigir contracheque (nóminas), outros um valor alto de mínimo para deixar na conta, será obrigado a fazer um seguro de saúde privado ou um seguro de vida e por aí vai.

Compras financiadas

Aqui de novo vamos ter que falar da conta em banco. Pensou em comprar algo financiado ou pagar contas mensalmente, o primeiro passo é ter a conta bancária, para que o valor seja debitado a cada mês.

Sem ela, não precisa nem perder o seu tempo.
Se o financiamento é de algo grande, como um carro, a burocracia na Espanha só vai começar a aumentar.

Precisa enviar dinheiro do Brasil para a Europa?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram e etc), a plataforma que nós recomendamos é a TransferWise.


Com mais de 35.000 avaliações positivas, na TransferWise você vai economizar até 8x nas suas transferências. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Para comprar um carro na Espanha

Antes de comprar: se for um carro usado, conferir determinadas taxas que o vendedor deve pagar, como “impuesto de circulación”, por exemplo.

Caso não queira comrpar um carro, veja o que já falamos sobre o transporte público da Espanha.

Pagar taxa de troca de titularidade

Contrato de compra e venda que devem ter os seguintes dados: documentação completa de vendedor e comprador. Dados do veículo: marca, modelo, matrícula, preço, prazo de entrega e forma de pagamento.
Depois cumprir com todos os trâmites burocráticos para concluir a compra.

Veja também quais os tramites necessários para trocar sua carteira de motorista na Espanha.

Para alugar um apartamento na Espanha

A burocracia na Espanha é exatamente a mesma que no Brasil, sendo mais complicado se a tentativa de alugar um apartamento na Espanha for através de trâmite em uma agência imobiliária.

Sendo que, em cidades menores é mais fácil encontrar um apartamento vazio para alugar, em cidades como Madri e Barcelona a oferta é bem menor do que a procura, dificultando e aumentando as exigências.

Conversando com os espanhóis, o que acontece na Espanha que faz com que os proprietários exijam tanto para alugar um imóvel é que a lei é muito branda com quem não paga aluguel. Se uma pessoa entra em uma casa e não paga, o dono pode levar até 2 anos para conseguir tirá-la. Então, natural que tenham tanta precaução ao alugar.

Conto rapidinho a experiência em Madri. O primeiro impasse é que exigem os últimos três contracheques para alugar o apartamento. Se você acabou de chegar e não tem trabalho. Aceitam fiador, porém, deve ser um espanhol que viva em Espanha e que tenha os 3 últimos contracheques.

Alugar apartamento na Espanha

Minha experiência em Madri

Quando se trata de imobiliária é muito pior. Vai exigir o contrato de trabalho e além de pagar um mês de aluguel, o mês em vigor, você paga um mês para agência. Algumas agências podem ser bem “legais”, eu por exemplo, tive a “super oferta”: “se você deixar 6 meses de fiança”.

Agora o pior deixo para contar no final, aconteceu com um casal de amigos da Rússia. A agência bem bacana deixou que eles alugassem sem contracheque e contrato de trabalho desde que pagassem 1 ano de fiança. Com a ajuda da família e o desespero de não estar encontrando nada, aceitaram.

No dia de assinar o contrato, eles receberam uma ligação da agência e que dizia “que a proprietária estava com medo de alugar para eles, pois eles poderiam ser da máfia russa”. Sem comentários.

Conheça também nosso post sobre brasileiros na Espanha.

Espanha é mais burocrática que o Brasil?

Eu diria que a burocracia na Espanha e no Brasil são bem parecidas. Porém, na Espanha, uma vez que você entende o que tem que fazer, as coisas funcionam, o atendimento é rápido e eficiente e ninguém tenta nos enrolar de alguma maneira.

Dicas para lidar com a burocracia na Espanha

Para enfrentar a burocracia na Espanha o primeiro passo é buscar as informações corretas. Aliás, a informação errada é o grande problema e o que atrasa tudo e nos faz perder tempo.

Saiba mais sobre o custo de vida na Espanha.

Mas fique atento

Cuidado com as fontes de informação que você busca. Uma coisa muito boa na Espanha é que qualquer dúvida que você tenha e mande um e-mail para o “info” daquela repartição, eles respondem em menos de 48 horas.

Outro problema é entender o que tem que ser feito antes de alguns processos. Lembre-se que para começar o NIE, não é o TIE. Claro que havendo dúvidas, você pode consultar esse texto novamente, e se a dúvida persistir, nos deixe um comentário.

Danielle é brasileira, jornalista e já viveu em Milão, na Itália e Linz, na Áustria, somando 5 anos na Europa. Atualmente, mora em Madrid e está cursando Cinema no Instituto del Cine de Madrid. Apaixonada por viagem e moda, deu início ao projeto Italy Fashion Time, em Milão, cujo objetivo é proporcionar aos brasileiros uma experiência no mundo da moda italiana.