Passaporte Europeu, quem pode solicitar e vantagens

Europa  / 

Viajar ou sair do Brasil sendo brasileiro apresenta alguns desafios, mas existe uma maneira de tudo ser mais simples e fácil, o passaporte Europeu. Acompanhe-me nessa leitura para ver tudo o que você precisa saber sobre o passaporte Europeu, quem tem direito e as vantagens.

Passaporte Europeu, o que temos de saber

Em algum momento da vida você com certeza já pensou em largar tudo e viajar pelo mundo, ou pelo menos recomeçar em um país diferente e com melhores oportunidades. Se deseja colocar isso em prática saiba que o passaporte europeu é o melhor meio de visitar o Velho Continente livremente e trabalhar, estudar e até morar por lá.

Esse documento, que te livra das filas na alfândega e te dá os mesmos direitos dos cidadãos europeus, é de fácil acesso para os brasileiros, já que a grande parte é descendente de europeus.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

O que é o passaporte europeu?

De capa vermelha, o passaporte europeu é o documento emitido pelos países membros da União Europeia para seus cidadãos terem permissão de cruzar fronteiras.

A vantagem de tirar o documento é passar com facilidade pela alfândega e não precisar de visto para entrar em outros países não europeus, além da proteção diplomática. Mesmo estrangeiro o cidadão passa a ter os mesmos direitos de alguém nascido no país europeu.

Tenho direito ao passaporte europeu?

Se você for brasileiro, existe uma grande probabilidade. O Brasil foi um dos países mais buscados pelos imigrantes europeus, especialmente os portugueses nos séculos XVII e XVIII. A partir de 1808 o fluxo imigratório aumentou e mais tarde, no período entre 1890 e 1900, mais de 1,4 milhão de imigrantes chegaram no Brasil – o dobro do período entre 1808 e 1888.

Para solicitar o documento é necessário ser descendente europeu, como pai, avô ou até bisavô. Cada país tem suas regras específicas sobre o que é necessário para tirar o passaporte europeu, mas de modo geral todos exigem parentesco com qualquer nacionalidade.

Critérios e requisitos para ter passaporte Europeu

O primeiro passo é buscar um parente de nacionalidade europeia. Informe-se sobre o nome completo, data de nascimento e data de chegada do seu parente ao Brasil.

Documentos e dados – que devem ter tradução juramentada antes de ser enviados para os consulados – podem incluir:

  • Cartório onde o parente foi registrado ao chegar em terras tupiniquins;
  • Certidão de nascimento ou batismo;
  • Certidão de casamento
  • Certidão de óbito;
  • Carteira de identidade;
  • Certidão negativa de naturalização.

Como os requisitos variam de nação para nação é recomendado entrar em contato com o consulado do país o qual você possua ascendência para se informar sobre a necessária. Veja o que é preciso para solicitar o passaporte europeu italiano, espanhol e português.

Saiba também quais são os melhores países para trabalhar na Europa.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Passaporte da Itália

O passaporte europeu pode ser solicitado por quem possui qualquer ascendência italiana, mas descendentes maternos nascidos antes de 1948 no Brasil não conseguem solicitar a documentação.

O benefício também é permitido para quem vive no país de forma legal há pelo menos dez anos sem antecedentes criminais e para conjugues residentes na Itália há pelo menos seis meses – no caso de viver no exterior, ser casado há pelo menos três anos.

Veja tudo o que precisa saber sobre o passaporte Italiano.

Passaporte de Espanha

Basta ter pais ou avós espanhóis, mesmo que esses tenham nascido fora da Espanha porém possuam cidadania espanhola, ou ser bisneto de espanhol com menos de 18 anos. Casar com um espanhol também dá direito ao passaporte europeu, desde que resida no país por pelo menos um ano.

A documentação inclui certidão de nascimento e de casamento (no caso do conjugue ser espanhol), certidão de casamento dos pais, documento espanhol dos pais ou avós e carteira de identidade (no caso de viverem no Brasil) dos mesmos.

Você pode conferir algumas dicas sobre quem tem direito e como solicitar a cidadania Espanhola.

Passaporte de Portugal

Filhos de mãe ou pai nascidos em Portugal, netos de portugueses, conjugues de portugueses há mais de três anos e imigrantes que vivem no país há mais de seis anos têm direito ao passaporte europeu.

Prepare o bolso, pois além dos documentos já descritos será necessário ainda cópia do comprovante de residência, carteira de identidade, formulário preenchido do consulado e certidões criminais negativas reconhecidos em cartório.

Já compartilhamos o passo a passo para pedir o seu passaporte português.

Países em que você pode obter um passaporte Europeu

Todos os que fazem parte da União Europeia – ou seja:

  • Alemanha;
  • Áustria;
  • Bélgica;
  • Bulgária;
  • Chipre;
  • Croácia;
  • Dinamarca;
  • Eslováquia;
  • Eslovênia;
  • Espanha;
  • Estônia;
  • Finlândia;
  • França;
  • Grécia;
  • Hungria;
  • Irlanda;
  • Itália;
  • Letônia;
  • Lituânia;
  • Luxemburgo;
  • Malta;
  • Países Baixos;
  • Polônia;
  • Portugal;
  • Reino Unido;
  • República Tcheca;
  • Romênia;
  • Suécia.

Veja mais sobre os países e capitais da Europa.

Vantagens em ter o passaporte Europeu

O passaporte europeu permite muito mais do que viajar pelos países da União Europeia e enfrentar menos burocracia na alfândega. Quem consegue o passaporte adquire os mesmos direitos e deveres de um cidadão europeu e pode morar, trabalhar e estudar no país para o qual solicitou o documento.

Entre os direitos dos cidadãos europeus estão a permissão para votar, livre circulação entre os países, possibilidade de usar o serviço público de saúde e proteção diplomática.

Além disso, vários países além da União Europeia aceitam o passaporte europeu e não exigem visto de entrada, como EUA, Canadá, Emirados Árabes Unidos, Japão, Austrália e Nova Zelândia.

Viajar para Europa

Ao chegar no Velho Continente portando um passaporte europeu você simplesmente irá para a fila de imigração dos europeus; fácil e rápido, sem burocracia e sem necessidade de apresentar documentos adicionais.

Viajar para os EUA

Antes de pousar na terra do Tio Sam você precisa preencher uma solicitação e tirar o ESTA (Eletronic System for Travel Authorization). O valor é 14 dólares e será preciso informar o número do passaporte europeu e um cartão de crédito internacional. Não é preciso tirar visto.

Viajar para o Canadá

Se o turista for ficar no país por menos de 180 dias não precisará de visto, mas precisará preencher o eTA (Eletronic Travel Authorization), semelhante ao documento para entrar nos EUA.

Será preciso ainda realizar exame médico prévio em uma clínica autorizada pelo governo canadense e comprovar renda para o período que permanecerá no país.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Clara é natural do interior de São Paulo e tem muito orgulho do sotaque caipira. Jornalista que adora gatos, tatuagens e livros, vê o mundo de cabeça para baixo e tem como vícios memes da internet e soltar piadas inesperadas no meio de uma conversa.