Oportunidades de trabalho, viver uma aposentadoria mais confortável, uma nova cultura, ter um custo de vida mais baixo, ou ganhar mais, mas, em compensação, gastar mais para ter mais qualidade de vida são alguns motivos pelos quais cada vez mais brasileiros se planejam para morar no exterior. De acordo com dados do Ministério do Exterior, 3,5 milhões de brasileiros emigraram nos últimos anos. Se você tem planos de morar em outro país, confira neste artigo os melhores países para trabalhar e morar.

A lista está baseada no Índice de Qualidade de Vida apresentado pela The Expat Hub, um site para expatriados que buscam aconselhamento, suporte e informações para a mudança de país. O ranking tem por base números econômicos e do PIB, assim como dados de qualidade de vida relacionados às principais métricas que originam a felicidade. Outros dados deste artigo foram pesquisados em fontes confiáveis diversas.

Qual é o melhor país para trabalhar e morar?

A Suíça aparece no topo da lista de melhor país para trabalhar e morar. O país aparece com um índice de felicidade alto, salário médio mensal extremamente elevado, além de nível de paz também alto.
Veja todos os detalhes na lista a seguir.

5 melhores países para trabalhar e morar

1. Suíça

Como adiantamos, a Suíça aparece no topo da lista quando se trata de melhores países para trabalhar e morar. O país é um dos mais ricos e desenvolvidos do mundo todo e oferece um salário médio mensal elevado, de 4.792,89 euros. O custo de vida também alto. Além disso, o país apresenta elevada qualidade de vida, o que atrai muitos brasileiros, boa qualidade de saúde e um nível de paz elevado, de 1,375.

Como trabalhar na Suíça

Você pode ficar legalmente na Suíça por até 90 dias enquanto procura trabalho, ou enquanto aguarda o seu visto de residência. Se você quiser trabalhar e morar na Suíça, deverá, primeiramente, arrumar um emprego. Você pode procurar trabalho enquanto ainda estiver no Brasil ou procurar durante sua estada na Suíça.

Para se candidatar a uma vaga no país, é preciso apresentar o seu currículo, juntamente com uma carta de motivação, além da documentação solicitada pela empresa, e dominar pelo menos o idioma alemão, francês ou inglês.

Melhor países para morar e trabalhar Suíça

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

A partir do momento em que você consiga uma proposta de emprego na Suíça ou um contrato de trabalho, será necessário apresentá-la(lo) e solicitar uma Autorização de Permanência. Se ela for aceita, terá validade de 5 anos, podendo ser prorrogada por mais 5 anos. Depois que passarem os primeiros 5 anos, você também poderá solicitar uma Autorização de Residência.

O site JobAgent é o maior agregador de procura de empregos na Suíça.

Quais são as melhores áreas de trabalho no país

Há muitos brasileiros interessados no mercado de trabalho na Suíça, pois, além dos salários médios altos, o país se destaca pela estabilidade e pelo baixo índice de desemprego.
As áreas que mais se destacam na Suíça são:

  • Tecnologia da Informação (TI);
  • Tecnologia;
  • Pesquisa e desenvolvimento;
  • Farmácia;
  • Finanças;
  • Seguros;
  • Gerenciamento;
  • Consultoria;
  • Setor bancário;
  • Inovações de tecnologia financeira digital, como as fintechs, por exemplo.

Relação custo de vida / salário

O custo de vida na Suíça é muito elevado, mas o salário também, o que compensa (como mostramos acima). Mas os custos e as principais despesas com moradia, alimentação e transporte, por exemplo, dependem da região que você escolheu para trabalhar e morar.

O país que proporciona excelente qualidade de vida para seus moradores, elevado poder de compra, segurança e saúde. Além disso, o preço da propriedade em relação à renda é moderado.

2. Dinamarca

A Dinamarca aparece em segundo lugar na lista de melhores países para trabalhar e morar. Com excelente qualidade de vida, a população do país costuma usar bicicleta para se locomover, dá prioridade para alimentos orgânicos e geralmente possui uma residência funcional.

Para os dinamarqueses e as pessoas que optam por morar na Dinamarca, deve haver tempo para atividades pessoais e também para o trabalho. Além disso, o país oferece uma remuneração boa para todas as profissões, dando oportunidades para todos, não é à toa que o país é um dos mais felizes do mundo.

Melhores países para trabalhar e morar Dinamarca

Como trabalhar na Dinamarca

De acordo com o Ministério das Relações Exteriores da Dinamarca, a Agência para Retenção de Trabalho e Recrutamento Internacional considera o grau de especialização do trabalho e a disponibilidade de profissionais da mesma área morando na Dinamarca/União Europeia/EEA quando o assunto é uma solicitação de visto de trabalho e residência.

No entanto, sempre é preciso que você tenha um contrato ou uma oferta de trabalho, especificando salário e condições do trabalho, que devem corresponder aos padrões dinamarqueses. Para isso, é preciso apresentar carta de motivação, documentação requisitada pela empresa, assim como saber, no mínimo, inglês fluente.

De acordo com o Ministério, você poderá receber uma permissão de residência com validade de 1 mês antes de iniciar o trabalho, caso possa financiar suas despesas e a de sua família por esse período, sem receber assistência pública. De outra forma, ela terá validade por somente 14 dias de antecedência ao início do trabalho.

Caso você encontre um novo emprego ou seu contrato tenha acabado, deverá solicitar novamente o visto de trabalho e residência. No site do Ministério há todas as informações de como proceder.

É válido frisar que, assim como na Suíça, brasileiros podem permanecer legalmente na Dinamarca por até 90 dias. Alguns bons sites para procurar emprego na Dinamarca são:

Quais são as melhores áreas de trabalho no país

De acordo com o Global Visa, especialistas altamente qualificados são sempre requisitados na Dinamarca. As áreas que mais se destacam no país são:

  • Tecnologia da Informação;
  • Serviços médicos e de saúde;
  • Biotecnologia;
  • Engenharia em geral.

Relação custo de vida / salário

O salário médio na Dinamarca é alto (2.845,10 euros) e o custo de vida é moderado. A Dinamarca é um dos países com melhor qualidade de vida do mundo, pois os indicadores de segurança e de saúde são elevados.

Além disso, o preço da propriedade em relação à renda é baixo, o que significa que as pessoas que vivem no país normalmente têm condições de comprar ou de alugar um imóvel para morar, independentemente do emprego que têm.

3. Islândia

Os países nórdicos são os líderes em qualidade de vida no mundo. E a Islândia aparece na terceira posição dos melhores países para trabalhar e morar. Com uma paisagem fabulosa, o país é o mais seguro do mundo, de acordo com o Global Peace Index (GPI).

A Islândia apresenta, baixo índice de desigualdade social, o que, consequentemente, influencia na baixíssima taxa de criminalidade. Esse é um dos motivos pelos quais muitas pessoas querem morar no país.

Como trabalhar na Islândia

A Islândia é 1° país do mundo a impor igualdade salarial entre homens e mulheres. E, assim como nos países mencionados, é necessário possuir um contrato de trabalho ou um comprovante de estudo para morar na Islândia.

Ter a cidadania europeia facilita – e muito – o processo de imigrar. Brasileiros podem permanecer no território por até 90 dias sem a necessidade de visto. Porém, não podem exercer nenhuma atividade remunerada neste período.

É muito importante dominar o idioma islandês para conquistar uma boa oportunidade de trabalho na Islândia. Apesar de a maioria da população falar inglês, os contratantes geralmente têm preferência por colaboradores que conseguem se comunicar no idioma nativo do país.

Um bom currículo e uma boa carta de apresentação são instrumentos fundamentais para conseguir trabalho na Islândia. Além disso, o networking é a melhor ferramenta para conseguir uma oportunidade.

Alguns bons sites para procurar emprego na Islândia são:

Quais são as melhores áreas de trabalho no país

De acordo com o European Commission (EURES), os setores que se destacam na Islândia são:

  • Indústrias de serviços, como viagens;
  • Serviços financeiros e de saúde;
  • Agricultura.

Médicos e profissionais de TI são profissões muito valorizadas no país.

Relação custo de vida / salário

O custo de vida na Islândia é alto (100,48) em relação ao salário médio da população (2.275,14 euros). Porém, o país oferece elevada qualidade de vida à população, segurança, saúde. Outro ponto a favor de morar no país é o baixo preço da propriedade em relação à renda.

4. Noruega

Morar na Noruega é o sonho de quem busca paz e felicidade – o país está entre os países mais seguros e felizes do mundo! Com os indicadores de saúde e segurança elevados, baixo índice de desemprego, bons salários, ótimas e eficientes políticas de licença-maternidade e paternidade, além de igualdade de gênero e mais iniciativas (como o equilíbrio entre o trabalho e o tempo livre) que têm influência direta na excelente qualidade de vida do país, a Noruega é um dos melhores países para trabalhar e morar.

Como trabalhar na Noruega

Uma das formas mais simples de começar a trabalhar na Noruega é por meio de uma indicação ou ser selecionado por alguma empresa no país. Mas, se você tem planos de trabalhar na Noruega, precisa saber falar inglês e norueguês ou outra língua escandinava, para ter mais chances de conquistar uma oportunidade.

Além disso, para ter direito a solicitar o visto de permanência no país, é preciso comprovar, pelo menos, 300 horas de estudo da língua norueguesa.

Você pode procurar oportunidades de trabalho na Noruega em sites, como:

Quais são as melhores áreas de trabalho no país

De acordo com o site da Embaixada Real da Noruega em Brasília, a Noruega possui competências específicas em áreas ligadas ao petróleo e gás, à energia, às indústrias marítimas e aos frutos do mar.

As áreas que possuem alta demanda, como as de óleo e gás, saúde, educação, negócios e TI são também as que mais contratam estrangeiros.

Relação custo de vida / salário

O salário médio é bom na Noruega (2.551,05 euros). Em compensação, o custo de vida no país acompanha, também é alto (101,43) e o poder de compra da população – e também a proporção de preço de uma propriedade para o rendimento – são moderados.

5. Austrália

O continente europeu é o que possui os melhores países para trabalhar e morar. A Austrália é o primeiro país fora da Europa, que entra na lista dos que oferecem melhor qualidade de vida para a população.

Exemplo disso é que, em plena pandemia (em março de 2021), a Austrália não apresenta nenhuma morte por Covid-19 desde dezembro de 2020 e promove eventos para milhares de pessoas.

Austrália é um dos melhores países para morar e trabalhar

Como trabalhar na Austrália

Existem muitas maneiras de conseguir trabalhar na Austrália, mas a mais recomendada é a conciliação entre estudo e trabalho, pois você ganha seu salário, aprende um idioma e ainda consegue o seu visto, que é preciso para morar no país.

Para trabalhar na Austrália, e necessário o Tax File Number (TFN), como o CPF no Brasil. Trata-se de um documento que permitirá que você tenha um emprego formal no país. Este documento será solicitado pelo seu empregador no momento da sua contratação, e é por meio do TFN que impostos de seu salário e seu fundo de garantia serão descontados.

Para obter o TFN, você deverá acessar o site do governo da Austrália. Todo o procedimento pode ser feito pela internet, e você receberá seu documento em sua residência em um prazo médio de 28 dias.

Você pode procurar oportunidades de emprego na Austrália em sites, como:

Quais são as melhores áreas de trabalho no país

As seguintes profissões estão em alta na Austrália:

  • Saúde;
  • Tecnologia;
  • Meio ambiente, como Consultor e Cientista Ambiental;
  • Construção civil, com foco em engenharia;
  • Chefs de Cozinha.

Economista, químicos e bioquímicos, assim como Geofísicos também são profissões promissoras na Austrália.

Relação custo de vida / salário

O salário médio é bom na Austrália (2.716,87 euros) e o custo de vida no país é moderado (73,54), o que faz com que o poder de compra da população seja elevado e, consequentemente, o preço da propriedade em relação à renda seja baixo. Com indicador de saúde elevado e nível de segurança considerado moderado, a Austrália oferece excelente qualidade de vida à população.

Outros países que entram na lista de melhores países para trabalhar e morar

Apresentamos os 5 melhores países para trabalhar e morar. Veja os demais, na ordem, que entram na lista divulgada pela The Expat Hub:

  • 6º – Finlândia;
  • 7º – Nova Zelândia;
  • 8º – Países Baixos;
  • 9º – Áustria;
  • 10º – Canadá;
  • 11º – Cingapura;
  • 12º – Suécia;
  • 13º – Japão;
  • 14º – Bélgica;
  • 15º – Alemanha;
  • 16º – Irlanda;
  • 17º – Catar;
  • 18º – Reino Unido;
  • 19º – França;
  • 20º – Estados Unidos da América;
  • 21º – Coreia do Sul;
  • 22º – Emirados Árabes Unidos;
  • 23º – Israel;
  • 24º – Taiwan;
  • 25º – Espanha.

É fácil encontrar emprego fora do Brasil?

Não é fácil encontrar emprego em lugar nenhum. Temos sempre que batalhar para isso, e fora do Brasil temos que pensar que estamos um pouco em desvantagem, pois existe a questão da língua, que temos que saber falar (e preferencialmente dominar).

Temos que ter um visto de trabalho, para algumas profissões temos que validar diploma, ou seja, não é fácil ir para um melhor país para trabalhar, mas também não é impossível!

Como conseguir emprego para morar no exterior?

Se você deseja mesmo sair do Brasil e morar num dos melhores países para trabalhar, saiba que existem algumas coisas que você pode fazer que vão aumentar as chances de você arrumar um emprego.

Confira as vagas de emprego

Confira as vagas de emprego na empresa que você quer trabalhar e veja se o seu currículo se encaixa naquela vaga, e se não encaixar, veja o que está faltando, se é uma formação a mais, um curso de línguas, uma especialização, e corra atrás disso. Acompanhe sites como o Monster, ou da Europa, como o EURES, por exemplo, Governos e fundações também costumam publicar vagas; é importante ficar atento.

Atualize o seu currículo

Uma opção boa é preparar o seu currículo de preferência na língua do país em que você está interessado, ou em inglês. Faça uma pesquisa e veja o que as empresas pedem nos anúncios para você poder adaptar o seu currículo de acordo com essas informações.

Não se esqueça do Linkedin

Mantenha o seu Linkedin atualizado. Muitas empresas utilizam essa plataforma para encontrar colaboradores e é uma ótima maneira de se manter atualizado sobre vagas de emprego.
Aliás, você pode até usar o LinkedIn para entrar em contato com profissionais ou potenciais empregadores e pedir informações, dar sugestões ou até pedir ajuda para conhecer o mercado.

Fique de olho no Facebook

Veja grupos no Facebook de pessoas que moram no país que você quer morar, para saber como são as condições de trabalho e tirar as suas dúvidas.

Veja ainda mais dicas sobre como conseguir emprego no exterior estando ainda no Brasil.

Aprenda o idioma local

Sim, eu sei que não é fácil aprender um novo idioma, especialmente quando já não somos tão novos assim, mas se você se esforçar você vai conseguir e até pode ser uma experiência bem divertida!

Além disso, se você falar a língua local será muito mais fácil comunicar e adaptar-se ao país, para não falar que aumenta suas chances de ter um bom emprego.

Networking também conta

Outra dica: networking é a ferramenta mais eficaz para conquistar a sua oportunidade de emprego. Então, se possível, peça indicação a amigos e familiares que morem no exterior ou que trabalhem em uma empresa multinacional. Vale lembrar que você deve embarcar somente quando estiver com o devido visto em mãos.

Quanto tempo demora a encontrar um emprego no exterior?

Isso vai depender muito da sua área e do país que você quer trabalhar. Normalmente na área de TI as pessoas conseguem emprego com mais facilidade, nas outras áreas é mais difícil.
No melhor país para trabalhar, a Suíça, as áreas que mais têm emprego para estrangeiros são saúde, construção civil e hotelaria e se você tiver cidadania europeia é relativamente fácil e rápido arrumar um emprego nessas áreas.

Tempo é relativo

E, na verdade o tempo que demora a encontrar um emprego no exterior depende muito do país. Por exemplo, na Alemanha as empresas são bastante velozes a acompanhar e fechar uma vaga. No entanto, em Portugal é normal ter processos de recrutamento que demoram 3 ou mais meses. Tudo depende da área, empresa, país, etc.

Se você ainda está em dúvida sobre morar no exterior, confira 10 motivos para você não morar fora.

Não fique à espera de respostas positivas

O que eu fiz aqui em Portugal, por exemplo, foi começar a trabalhar em uma área que não era a minha, e continuar procurando um emprego na minha área, até encontrar. Não tem como falar exatamente quanto tempo vai demorar para encontrar um emprego.

Você não pode é ficar parado esperando ele cair do céu, e nem desanimar quando receber o seu primeiro (ou décimo) não.

Ficou com vontade de morar na Europa? Então você vai gostar do nosso Ebook Sonho de Viver na Europa. Nele você vai encontrar histórias de vários brasileiros que vivem na Europa e te contam as dores e as delícias de ser um imigrante brasileiro no Velho Continente!