O que é e como solicitar um visto de trabalho

Europa  / 

Mesmo que você pense que a única forma de trabalhar no exterior é encarando carreira de imigrante ilegal ou então tentar ser um empreendedor digital, fazendo da internet o seu negócio, como se estivesse no Brasil, você está enganado.

 

O guia para trabalhar no exterior

Se você quer trabalhar por um tempo, como, por exemplo, sendo um atendente em algum hostel, limpando bares ou até mesmo trabalhando de garçom ou bartender, apenas para garantir um dinheiro enquanto viaja, legalmente, é possível.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

É possível também que você trabalhe de forma permanente em outro país, em áreas interessantes e com salários atrativos, sabia?

Também já compartilhamos um guia de como trabalhar na Itália.

A questão do visto é muito importante

Fica ainda mais fácil de trabalhar em outros países se, por exemplo, você já tiver recebido uma proposta de emprego. Porém, mesmo que não tenha, ainda existem alguns países que facilitam o visto de trabalho para brasileiros.

Não sabe quais são? Quer muito saber e tentar a vida em outro país ou até mesmo conseguir trabalhar legalmente para continuar viajando?

Então, continue lendo esse artigo, pois nós vamos te ajudar a entender como conseguir o visto de forma global, com base nos critérios que a maioria dos países analisam na hora de aceitar ou não um trabalhador de estrangeiro.

Saiba também como solicitar o visto permanente para brasileiros em Portugal.

Mas, o que é o visto de trabalho?

O visto de trabalho é a sua permissão para trabalhar em outro país. Sem ele você simplesmente não conseguirá trabalhar de forma legal no exterior.

Falar o idioma

Nesse caso, um bom primeiro passo será saber falar inglês fluentemente, independente de qual país que você esteja querendo ir. Outro passo importante é falar a língua nativa do país, o que mesmo que você pense que não, conta pontos bem positivos na hora de pedir o visto.

Precisa enviar dinheiro do Brasil para a Europa?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram e etc), a plataforma que nós recomendamos é a TransferWise.


Com mais de 35.000 avaliações positivas, na TransferWise você vai economizar até 8x nas suas transferências. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Analise cada situação

Os outros passos vai depender muito de qual tipo você deseja, coisa que é estabelecida pelo órgão responsável de cada país para a emissão de vistos a estrangeiros.

Use referências e pesquise diretamente no consulado do país

Agora, se você quer saber quais são os tipos de vistos que você pode obter, pegue como base os vistos emitidos pelos Estados Unidos para estrangeiros. Se bem que, ainda sim, te aconselho a conferir o site do consulado do país que quer ir e, de lá, pesquisar suas exigências.

É fácil pedir o visto de trabalho? Como e onde faço?

Como pedir visto de trabalho
De fácil, só está no pedir. Porque conseguir um visto é uma tarefa árdua, te digo que a forma que mais se aproxima da palavra “fácil” é recebendo uma carta ou contrato assinado pela empresa que você irá trabalhar no outro país.

Saiba mais sobre pedir visto de trabalho em Portugal e também pode ser útil conferir um guia sobre como trabalhar em Portugal.

A proposta de uma empresa pode não garantir visto

Mas, não é garantido, porque os vistos possuem exigências que precisam ser seguidas à risca, como, por exemplo a disponibilidade de trabalhadores qualificados no país de origem da empresa.

O processo para obter visto é muito relativo

Na verdade, as exigências não são o maior problema da liberação do visto de trabalho, o ruim mesmo é que o processo para que você consiga o visto de trabalho é muito subjetivo e cada situação é uma situação.

O que significa que você pode ter em mãos todos os seus dados, contratos assinados e vários outros documentos e ainda não ser o bastante para conseguir a sua tão sonhada “permissão de trabalho”.

Veja quais os tipos de visto para Espanha.

Ter um “cadastro” limpo é muito importante

Para que você consiga o visto é importante saber que não pode ter sido imigrante ilegal, nem ter antecedentes criminais. Justo, não?

Você pode fazer o pedido de visto por correio

Você pode mandar o seu pedido de visto por meio do correio para o Consulado do país que você deseja trabalhar ou fazer o pedido no Consulado do país no Brasil com todos os documentos necessários em mãos.

As empresas que contratam o estrangeiro ajudam no visto de trabalho?

Por vezes sim, outras não. Por exemplo, nos EUA, se você recebeu uma proposta de emprego, a empresa que está disposta a te contratar precisa fazer um pedido junto ao USCIS (United States Citizenship and Immigration Service).

Na verdade, acredito que não saiba, mas os processos para a emissão dos vistos sempre começa por lá não no consulado ou até mesmo na embaixada, como acontece normalmente com o visto para turistas.

Muitas empresas estão habituadas a este processo

É normal que a empresa para qual vai trabalhar conte com advogados especializados em imigração para ajudar, por conta da complexidade do processo.

Obviamente, para conseguir correr com todo o processo, a empresa pode te solicitar várias informações, como os seus dados pessoais, cópias do passaporte, diplomas, históricos escolares e respostas para perguntas sobre a vaga de trabalho.

Verifique se a empresa garante as despesas

E a parte que mais te interessa é saber se você ou a empresa irá arcar com os custos do visto de trabalho certo? E sim, geralmente é o empregador que fica com as despesas, como os advogados, visto e tudo que mais for pago.

Mas, não é incomum acontecer de funcionários que estão extremamente interessados em ir para um outro país, pagarem todas as despesas do visto. Porém, isso é algo que dependerá muito do combinado entre a pessoa e a empresa.

Conheça o top 5 países da Europa que facilitam visto de trabalho para Brasileiros

Países que facilitam o visto
Você pode tentar conseguir o visto de trabalho para qualquer país no exterior que desejar, mas tem alguns país da europa que facilitam muito a emissão do visto para os brasileiros, sabia? Além, é claro, de contarem com excelentes oportunidades de empregos. Dá só uma olhada:

  • Irlanda;
  • Portugal;
  • Nova Zelândia;
  • Londres;
  • Itália.

Mas, dentre esses cinco, o país que consegue ser ainda mais fácil é a Nova Zelândia.

Não sabe o motivo? Eu te explico.

Nova Zelândia é um país aberto à diversidade

Na Nova Zelândia para que o brasileiro consiga um visto de trabalho e até mesmo o de residência é muito mais simples do que em outros países. Isso porque o país é aberto à diversidade de culturas.

Os profissionais vindos de outros países, com muita experiência e enxergando além, andam contribuindo bastante para setores de alta importância, como, por exemplo, as áreas relacionadas com a criatividade e inovação.

Brasileiros contribuem para a economia do país

E os brasileiros estão na lista dos profissionais que estão contribuindo com o país, visto que apenas no final de 2016, pouco mais de 200 brasileiros não apenas conseguiram o visto de trabalho como conquistaram o visto de residência.

Nova Zelândia procura profissionais qualificados

Como a Nova Zelândia precisa de profissionais estrangeiros para assumir áreas importantes, existe essa facilidade. Consulte mais informações no site oficial da imigração da Nova Zelândia (em inglês).

Na Irlanda acontece o oposto

O que é bem diferente na Irlanda, por exemplo, onde possui uma enorme demanda interna vinda do leste Europeu. E o que isso significa? Ué, simples, mais dificuldade para o brasileiro, já que a concorrência é extremamente grande.

Confira um guia completo para morar na Irlanda

Precisa esperar muito por um visto de trabalho?

E para finalizar, entenda que é necessário paciência para conseguir ter o visto de trabalho. Na verdade, se você quiser o visto de trabalho com urgência, é melhor lidar com o fato de que vai demorar um pouquinho mais do que está pensando.

Cerca de 80% dos pedidos de visto de trabalho são processados em, mais ou menos, 28 dias úteis. Mas, segundo o consulado, esse prazo é levando em consideração que você já tenha uma proposta de emprego.

Tempo máximo de decisão

Mas, se te consola, o prazo máximo para que você consiga obter uma resposta, com todos os requisitos cumpridos, são 30 dias úteis (pelo menos na maioria dos países). Não é um prazo curto, mas se você pensar em toda a burocracia do visto, é até razoável.

Duração do visto de trabalho

O visto de trabalho é concedido por até dois anos e, em alguns países, o visto inicia com apenas três meses. Porém, nesse caso, é claro que você prorrogar para mais tempo e até transformar em permanente.

Independente do seu caso, é bom que você sempre confira como funcionará para o país que estiver indo, tudo bem?

Também pode ser útil ver o que escrevemos sobre se é preciso visto para a Europa.

Em destaque na Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE

Português nascido na pequena cidade de Aveiro em Portugal, vive atualmente no Porto. Adora surfar, churrasquinhos e claro, viajar. Já viveu na Bélgica e viajou praticamente para todos os países da Europa.