Visto de trabalho na França: passo a passo para solicitar o seu

Arrumar um emprego e fazer a vida na França é o sonho de muitos brasileiros, já que o país oferece uma super qualidade de vida e diversos benefícios, mesmo para os estrangeiros. Se você tem dúvidas e não sabe por onde começar, nós separamos algumas dicas que irão te ajudar neste desafio de ter um visto de trabalho na França.

Preciso de visto de trabalho para França?

Cidadãos brasileiros, ou seja, que não tenham cidadania europeia, seja da França ou de outros países da União Europeia, só podem permanecer no país até 90 dias no país a turismo. Que quiser estudar no país por um período maior do que esse, ou trabalhar na França, precisam sim de um visto de trabalho.

Como solicitar o visto de trabalho para França?

O procedimento para o visto de trabalho é o mesmo de todos os outros vistos. Através do site do consulado da França você poderá ter acesso ao formulário correto e os modelos de declaração. Vale destacar que é muito importante realizar a mudança apenas com o tipo de visto para França ideal em mãos.

Você pode conseguir um emprego enquanto estiver viajando como turista, mas a única maneira de conseguir um visto de trabalho para França é retornando ao Brasil e indo pessoalmente ao consulado. Mas para isso você já precisará ter o contrato de trabalho em mãos e o comprovante de que terá onde morar, pelo menos nos 3 primeiros meses.

Muitas vezes o próprio empregador pode ajudar a pessoa contratada a encontrar um apartamento, principalmente no caso dos estrangeiros, pois alugar um apartamento enquanto estamos longe é mais difícil. Porém, tendo um contrato de trabalho fica muito mais fácil.

Sonho de Morar na Europa?

Confira nosso livro Sonho de Morar na Europa com as jornadas de vários brasileiros que vivem atualmente na Europa e conheça todos os passos para chegar no Velho Continente e realizar o seu sonho!

Veja quais são os dois tipos de visto de trabalho para a França abaixo.

1. Visto de trabalho França: longa duração (mais de 1 ano)

Para esse caso, é obrigatório que o brasileiro já tenha um contrato de trabalho na França ou, pelo menos, uma carta convite. Para isso existem dois tipos:

CDD – Contrato de duração determinada

Em que você será chamado para trabalhar por um período pré-determinado pelo local. Nesse caso, a empresa pode escolher um contrato de 1 mês a 1 ano, podendo ser renovado ou transformado no CDI.

CDI – Contrato por tempo indeterminado

Para estas situações, após 3 meses de experiência, a empresa pode contratá-lo de fato, como qualquer situação normal de emprego, por tempo indeterminado. Aqui, o solicitante do visto terá direito a todos os benefícios dentro da lei francesa, além de salário fixo ou comissionado.

Este caso pode ser o mais difícil de conseguir emprego, pois as vagas são abertas para pessoas com grau de especialidade alto.

Tire a dúvida de quanto é o salário mínimo na França em 2020.

Onde solicitar?

A solicitação deve ser feita em algum escritório do Consulado Francês no Brasil ou na Embaixada da França no Brasil. Verifique qual atende o Estado onde você mora:

Dependendo de onde você more no Brasil, você deverá ir a um Consulado específico:

  • Consulado da França no RJ: para habitantes do RJ, ES e MG;
  • Consulado da França em SP: para habitantes de SP, PR, SC, RS ou MS;
  • Embaixada da França em Brasília: para os habitantes dos outros estados não citados acima.

A recomendação da Embaixada da França no Brasil é que os interessados, antes de fazer o agendamento no site da Embaixada da França no Brasil para solicitar o visto de trabalho França, acessem o site France-visas, portal oficial dos vistos para a França.

Nele, você irá inserir todas as suas informações para preparar o pedido. O portal irá indicar quais os documentos necessários e a tarifa aplicada. Complete o pedido online e o Frances-visas acompanha todo o processo, inclusive o acompanhamento da sua solicitação.

Faça o agendamento no site oficial da Embaixada da França no Brasil.

Documentos necessários

Para algum dos vistos de trabalho indicados, reúna a seguinte documentação:

  • Formulário preenchido e assinado;
  • Passaporte com 1 ano de validade e cópias das páginas com dados pessoais;
  • 2 fotos 3×4 recentes e com fundo branco;
  • Comprovante de residência no Brasil;
  • Carta de Contrato em que conste as informações de: horas de trabalho, salário, benefícios e duração;
  • Cópia do último diploma;
  • Comprovante Financeiro (este é solicitado em caso de empregos não remunerados ou que o salário seja abaixo da média estipulada pela Embaixada, que é de 615 euros mensais);
  • Comprovante de Residência na França (residência oferecida pela empresa, aluguel de casa ou carta convite de responsabilidade de alojamento, comprovante de residência do responsável e cópia da identidade);
  • Seguro de viagem internacional com cobertura mínima de 30 mil euros em despesas médicas e hospitalares pelo período de 3 meses de estadia.

Veja como tirar o passaporte brasileiro.

Quanto custa?

Segundo a tabela de tarifas em vigor no site da Embaixada da França no Brasil, deve-se pagar o equivalente a 80€ na conversão do dia.

como solicitar visto de trabalho França

2. Visto para o programa Férias-Trabalho: curta duração (até 1 ano)

Desde 2018, a França abriu o Programa Férias Trabalho entre França e Brasil. O programa é válido para jovens brasileiros e franceses, entre 18 e 30 anos, onde um pode trabalhar no país do outro e vice-versa pelo período de 1 ano.

O objetivo é permitir que os jovens tenham experiência profissional adquirida, além de um meio simples de complementar os recursos financeiros iniciais. O intuito entre o acordo dos dois países é que os cidadãos possam vivenciar a cultura e conhecer o modo de vida.

Nesse caso, não é preciso falar francês para aplicar para o visto. Porém, é necessário comprovar recursos financeiros pessoais para se manter no país pelos primeiros meses. O valor a comprovar é de 2.500 euros, ou o equivalente em reais.

Também não é possível prolongar a sua estadia ou solicitar uma autorização de residência na Prefeitura da cidade onde irá residir por esse tempo.

Conheça todos os documentos para morar na França e como obtê-los.

Onde solicitar

Para o visto de Férias-Trabalho, siga as mesmas informações de solicitação dos outros tipos de vistos para atividade profissional no país.

Documentos necessários

  • Formulário de pedido de visto de longa duração preenchido e assinado;
  • Passaporte com 1 ano e 3 meses de validade e cópias das páginas com dados pessoais;
  • 2 fotos 3×4 recentes e com fundo branco;
  • Cópia da identidade;
  • Carta de motivação descrevendo o objetivo da sua viagem, assim como o Currículo Vitae. O conhecimento da língua francesa, apesar de não ser obrigatório, é recomendado;
  • Comprovante Financeiro: último extrato bancário pessoal recente de, pelo menos, 1 mês ou uma declaração do banco comprovando um valor 2.500 euros ou equivalente em reais. Cartão de crédito ou meios financeiros de terceiros não são aceitos;
  • Seguro de saúde internacional para toda a duração da estadia. O seguro deve cobrir riscos de doenças, maternidade, invalidez e repatriamento. Confira algumas opções no nosso comparador de seguro viagem do Euro Dicas;
  • Certificado médico atestando boa saúde;
  • Certidão de antecedentes criminais;
  • Justificar rendimentos suficientes para a compra da passagem aérea de ida e volta (além do comprovante financeiro).

Quanto tempo demora para sair?

Depois de dar entrada no consulado, leva em média 15 dias para a emissão final do visto de trabalho França. Você receberá um protocolo para acompanhar o andamento da sua solicitação.

É possível pedir um visto de trabalho na França já estando no país como turista?

Não. O visto deve ser solicitado fora da França. No caso de brasileiros residentes no Brasil, solicite no Consulado ou na Embaixada do país.

Saiba como morar legalmente na França.

O que fazer depois de chegar na França com um visto de trabalho?

O visto de trabalho só irá permitir que você entre na França, mas não é o documento final. Com validade de 3 meses, o profissional com visto de longa duração terá que dar entrada no pedido permanência e residência no país.

Por isso, ao chegar na França, utilize esse período para entrar em contato com o Office Français de l’Immigration et de l’Intégration (OFII). Marque uma consulta médica e valide o seu visto. Após a validação, você ganhará a carte de séjour.

A carte de séjour, na França, é como se fosse uma carteira de identidade para estrangeiros e é através dela que é possível ter acesso aos benefícios do governo, como auxílio moradia, seguro de saúde, dentre outras coisas.

Caso você renove o contrato de trabalho, o mesmo poderá ser feito na Mairie (prefeitura) de sua cidade. Diferente do pedido do visto, a renovação pode ser feita no país.

Prefeitura na França

Sabia que há profissionais em falta na França? Veja quais os cargos aqui.

Como encontrar emprego na França?

Existem algumas maneiras de encontrar emprego na França e nós vamos te dizer quais são:

  • Busque por vagas em sites de emprego, como Monster, Pole Emploi, Embauche, Cadremploi e EuroJobs;
  • Não se esqueça da melhor ferramenta para encontrar bons empregos hoje em dia: Linkedin. Faça um bom perfil e nunca se esqueça de atualizar a cidade e o país, pois assim receberá ofertas de vagas diretamente na França;
  • Se você conhece franceses ou brasileiros que já moram na França suas chances aumentam, pois muitas vagas são preenchidas através de indicações;
  • Dificilmente você irá encontrar um emprego se não souber falar o mínimo de francês. Por isso, veja aqui nosso artigo de como aprender francês;
  • Quando você já vive na França legalmente (visto de estudante ou de cônjuge) é mais fácil arrumar um emprego, mesmo porque você não precisará solicitar um visto especial de trabalho.

Vale a pena trabalhar na França?

Só você poderá responder a essa pergunta. Se for seu sonho viver em um país rico culturalmente, aprender uma nova língua e viver uma nova experiência, certamente vale a pena trabalhar na França.

No entanto, avalie se o salário que você irá receber compensa. Veja o custo de vida na França, na cidade que você irá morar. Leve em consideração itens como:

  • Moradia (aluguel ou moradia para comprar);
  • Alimentação;
  • Contas da casa;
  • Transporte;
  • Saúde;
  • Lazer.

Os custos podem variar muito entre uma cidade e outra. Se seu trabalho for em Paris, por exemplo, o valor que você irá receber mensalmente deve compensar uma vida na cidade. Se for um local menor, os gastos serão mais baratos.

Faça um planejamento, coloque as contas em uma planilha e avalie o seu desejo com a realidade. Como uma pessoa que já viveu em um outro país, posso recomendar a vivência. Pode ser inesquecível!

Não se esqueça: o seguro viagem é obrigatório

O seguro viagem é um dos itens obrigatórios para solicitar o visto de trabalho França. Sugerimos que você confira os valores no nosso comparador de seguro viagem do Euro Dicas e escolha as melhores opções de seguro para a sua necessidade.

Leitores Euro Dicas podem aproveitar o cupom EURODICAS5 para ganhar ganhe até 10% de desconto. Escolha a opção de pagamento com boleto bancário e já garanta 5%. Insira o cupom ao final da compra e ganhe mais 5% de desconto. Vale tanto para compras no nosso comparador, como diretamente no site do Seguros Promo.

Bonne chance!

Gabriela é brasileira, jornalista e vive na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada pelo país desde sempre, foi na França que ela se encontrou e aproveita este espaço para dar dicas e contar histórias e curiosidades sobre este país que vive no imaginário de muita gente. Com um gosto particular por cultura e viagens, ela é nômade digital e nunca mais pretende deixar de ser.

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.

Artigos relacionados

Salário mínimo na França: o valor em 2020 e custo de vida

Você sabe qual é o salário mínimo na França? Descubra o valor, quando ele aumenta e ainda informações sobre o seguro desemprego no país.

Trabalhar na França: salários, visto e como encontrar vaga

Considerando trabalhar na França? Confira tudo que é preciso saber para conseguir um emprego, o valor dos salários, como procurar e se é preciso visto.

Sites de emprego na França: conheça os melhores

Você quer um emprego na França? Compartilhamos uma lista com os melhores sites de emprego na França e várias dicas para procurar trabalho por lá.

Custo de vida na França: quanto é preciso para viver no país

Veja qual é o custo de vida na França, um dos países mais procurados por estrangeiros para morar. Conheça o custo da alimentação, moradia, saúde e mais.

Profissionais em falta na França: veja quais são e os salários

Sabia que existem profissionais em falta na França? Saiba quais áreas que têm maior carência de profissionais e quais os que setores que mais empregam.

Morar na França: tudo sobre visto, emprego e custo de vida

Veja qual o visto necessário para morar na França, o mercado de trabalho, as melhores cidades para morar, quanto custa e vantagens e desvantagens.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube