Morar na França é, inegavelmente, o sonho de muitas pessoas. De fato, são muitos os atrativos, entre segurança, qualidade de vida, direitos básicos ou estar simplesmente mergulhado em uma das mais ricas culturas do mundo. No entanto, é preciso ter um bom planejamento para que este sonho seja possível. É por isso que neste artigo apresentamos tudo sobre o custo de vida na França.

Começamos este artigo com três respostas diretas às perguntas que o texto responderá em profundidade nos próximos parágrafos.

Perguntas Respostas
Quanto é preciso por mês para viver na França? A partir de 1.463€ é possível viver na França.
Qual é a cidade com menor custo de vida na França? Saint-Étienne, na região Auvergne-Rhône-Alpes.
Qual o custo de vida na França para duas pessoas? Duas pessoas conseguem viver com uma renda mínima de aproximadamente 1.600€ na França, o valor depende da cidade e estilo de vida.

Qual é o custo de vida na França?

É preciso esclarecer que o custo de vida na França depende de muitos fatores e está primordialmente relacionado com nossa maneira de viver e com a cidade que escolhemos morar. Por exemplo, uma família de quatro pessoas em Paris tem um gasto de, em média 3.576,70€, sem contar o aluguel

Todavia, em Rennes, esse valor cai para 2.926,50€, também sem contar o aluguel.

Portanto, o custo de vida em Paris, que atrai grandes quantidades de turistas todos os anos, será sempre maior do que uma cidade sem uma vocação tão turística, como é o caso de Rennes, na região da Bretagne.

Há ainda outros aspectos que também influenciam o valor final dos gastos como, por exemplo:

  • A localização da sua residência, dado que quanto mais próxima do centro, mais cara ela será;
  • O mercado onde você realiza as suas compras;
  • Atividades de lazer;
  • Formas de locomoção;
  • E outros detalhes, como o costume de frequentar restaurantes ou não.

Para que possamos determinar a média do custo de vida na França e, como resultado, te ajudar a colocar todos os gastos na ponta do lápis, vamos apresentar alguns indicadores.

Comprar euro mais barato?

A melhor forma de garantir a moeda europeia é através de um cartão de débito internacional. Recomendamos o Cartão da Wise, ele é multimoeda, tem o melhor câmbio e você pode utilizá-lo para compras e transferências pelo mundo. Não perca dinheiro com taxas, economize com a Wise.

Cotar Agora →

Os dados a seguir têm como base as estimativas realizadas pelo Numbeo, portal especializado em comparar custos de vida em diferentes cidades ao redor do mundo. Com o intuito de retratar a realidade atual, os valores que vamos apresentar foram coletados em setembro de 2023.

Custo de vida na França e inflação

Investigar o custo de vida antes de decidir viver na França é essencial em um contexto de inflação, como o que o país – e toda a Europa – está vivendo agora.

A título de ilustração, o Institut national de la statistique et des études économiques (INSEE) identificou que o índice de preços harmonizado (IPCH) acumulado em agosto de 2023 atingiu 5,7%, 0,4% acima da média para o bloco europeu. Para o cenário do velho mundo, essa inflação é alta.

Portanto, se você quer morar na França, conhecer o custo de vida real do país é o primeiro passo a ser dado para realizar o seu sonho. É a partir dessas informações que você poderá saber quanto precisará ganhar como salário e quais os padrões de consumo você pode ter no país.

Caso você já tenha recursos próprios para custear sua mudança para o país sem precisar trabalhar, será preciso garantir que seus investimentos no Brasil tenham rendimento igual ou superior à inflação do país (algo como IPCA da França + 5,7%).

Além disso, é preciso considerar que, neste cenário de conversão de divisas (real para euro) as taxas de câmbio irão corroer uma parte do seu poder de compra.

Principais despesas no custo de vida na França

No momento de calcular a estimativa do seu custo de vida na França, as principais despesas que precisam entrar no seu orçamento são, principalmente:

  • Moradia;
  • Alimentação;
  • Contas da casa;
  • Transporte;
  • Saúde;
  • Lazer.

A seguir, detalharemos cada um desses gastos, seu peso no orçamento mensal e o quanto influenciam no custo de vida.

Custo de moradia na França

Assim como em qualquer outra cidade do mundo, o valor despendido com a moradia costuma ser a principal despesa, seja por conta do aluguel, seja por conta das parcelas dedicadas à compra imóvel na França.

Desse modo, vale pensar o que você espera do lugar onde irá morar. Para exemplificar, um apartamento no centro da cidade costuma ser mais caro, mas, ao mesmo tempo, você também terá a vantagem de gastar menos com transporte — isso se ainda não entrou para o universo do trabalho remoto.

Seja como for, todos esses detalhes precisam ser considerados antes de fazer uma escolha.

Custo de aluguel na França

Com a finalidade de retratar os valores médios para alugar apartamento na França, comparamos os valores de Paris, a cidade mais cara da França, com Toulouse, uma boa cidade para se morar, mas que possui um custo de vida menor.

Os dados se baseiam em simulações realizadas no valor do m² estimado pelo site Seloger, um dos principais portais do mercado imobiliário da França.

Número de quartos e localização do apartamento Paris Toulouse
Apartamento T1 no centro da cidade 1.332,20€ 685,30€
Apartamento T1 fora do centro da cidade 968,70€ 525,13€
Apartamento T3 no centro da cidade 3.003,00€ 1.438,60€
Apartamento T3 fora do centro da cidade 1.999,70€ 1.022,00€

Por conseguinte, uma forma de ter uma noção do quanto você poderia gastar com o aluguel é por meio do cálculo que considera a proporção entre a sua renda e esse gasto. Para que você tenha uma ideia, a sugestão do site BailPdf é a de que você tenha um salário pelo menos 3 vezes superior ao montante do seu aluguel.

Dessa forma, por exemplo, se você ganha um salário de 1.200€, o ideal é que o seu aluguel não ultrapasse os 400€ mensais. Todavia, se você tem um salário de 3.000€, o seu aluguel pode ser de até 1.000€ mensais.

É bom saber: na França, diferente do Brasil, o salário considerado é o líquido e não o bruto.

Compra de imóvel na França

Eventualmente, caso você prefira fazer um financiamento junto ao banco e comprar casa na França ao invés de alugar, saiba que também é possível.

Imóveis residenciais tradicionais na França
Preço do metro quadrado em metrópoles como Paris é dos mais altos da França

A França é conhecida por ser um dos países que mais facilitam a compra de um imóvel em virtude das suas taxas de juros baixas (em relação ao Brasil, que fique claro). Para isso, é necessário fazer um cálculo em relação ao seu salário, mas saiba que o preço varia muito de acordo com a cidade.

Por outro lado, caso você queira morar em Paris, saiba que o preço do metro quadrado na cidade é um dos mais caros da França.

Só para ilustrar o nosso argumento, dê uma olhada na nossa tabela comparativa, que apresenta o preço do metro quadrado em algumas cidades do hexágono. Todas as opções consideram apartamentos no centro da cidade:

Cidade Preço do metro quadrado
Paris 12.194,47€
Toulouse 4.325,00€
Rennes 5.366,44€
Saint-Étienne 2.375,00€

Uma opção, entretanto, para quem pensa em adquirir um imóvel, mas achou o metro quadrado muito caro (e realmente é), é buscar por um financiamento de casa na França.

Alimentação na França

Em segundo lugar, vamos falar dos gastos com alimentação. Como não poderia ser diferente, o preço da alimentação também varia conforme a cidade. Para exemplificar, na tabela abaixo comparamos os gastos de Paris com Toulouse:

Alimento Preço em Paris Preço em Toulouse
Leite (1L) 1,25€ 1,10€
Pão branco (500g) 1,81€ 1,78€
Arroz Branco (kg) 2,12€ 1,39€
Queijo Regional (kg) 17,51€ 18,67€
Carne de boi (kg) 22,34€ 18,33€
Banana (kg) 2,23€ 2,19€
Cebola (kg) 2,25€ 1,70€
Alface (pé) 1,52€ 1,15€
Vinho (750ml, de qualidade ótima) 8€ 6€

O custo de vida relacionado à alimentação na França depende muito dos seus hábitos alimentares e, sobretudo, dos supermercados na França que você costuma fazer compras.

Como resultado, a nossa dica é: se você precisar economizar, priorize redes como Lidl, Casino, Auchan e Leclerc, consideradas as mais baratas. Em contrapartida, os famosos Monoprix, Franprix e Carrefour costumam ser mais caros.

Nesse sentido, considerando que, segundo o INSEE, os gastos com compras representam aproximadamente 16,1% da renda de um domicílio, o montante global de despesas para duas pessoas na França é de, em média, 400€. Entretanto, se estamos falando de uma família de 4 pessoas (dentre as quais duas são crianças), o valor se eleva para até 1.472,70 euros mensais.

Uma dica para economizar é instalar o aplicativo Too Good To Go, que em parceria com restaurantes e mercados locais, oferecem alimentos bons para consumo com um valor reduzido para evitar o desperdício. Se você for estudante, alguns mercados oferecem 10% de cashback em suas compras.

Aproveite para se cadastrar em programas de fidelidade das redes de supermercado e aproveitar descontos exclusivos para adquirir descontos direto no caixa.

Contas de casa na França

Uma vez que você já sabe o custo de vida na França com moradia e alimentação, em terceiro lugar vamos falar dos gastos com as contas de casa.

Em geral, os custos com água, taxa de lixo e aquecimento já vêm embutidos no valor do aluguel, por outro lado, não podemos esquecer da eletricidade, internet e telefone celular. Confira abaixo o quadro comparativo:

Conta Preço em Paris Preço em Toulouse
Eletricidade, aquecimento, climatização e água (apartamento de 85m²) 206,50€ 174,40€
1 minuto de telefone pré-pago para chamada local 0,19€ 0,08€
Internet (a partir de 60 Mbps) 30,50€ 31,50€

Transporte público na França

Em seguida, vamos pensar sobre os custos com o transporte público na França. Antes de tudo, é preciso saber que cada cidade possui as suas próprias tarifas de transporte público e, por consequência, a possibilidade de aderir a diversos planos, sejam eles diários, mensais ou anuais. Para ilustrar, confira o comparativo de valores na tabela a seguir:

Conta Preço em Paris Preço em Toulouse
Ticket unitário 2,10€ 1,80€
Passe mensal 84€ 56€
Aluguel de bicicleta (30 min)* 1€ (a partir) 0,50€ (a partir)
Aluguel de patinete (30 min)** Não disponível Não disponível

Não raramente, algumas cidades oferecem facilidades como descontos para menores de 26 anos, famílias com três filhos ou mais, desempregados, entre outros casos.

* A operadora de bicicletas em Toulouse cobra uma taxa de assinatura para habilitar o usuário a utilizar seus equipamentos. O valor começa em 1,20€. Os valores apresentados na tabela são para o uso a cada meia hora.

** O valor do patinete elétrico em Paris e em Toulouse não está disponível. Em votação realizada pela prefeitura de Paris em abril de 2023, os habitantes votaram fortemente contra a manutenção da locação deste meio de transporte. Em Toulouse, a locação é proibida.

Entrada do metrô parisiense, importante fator no custo de vida na França
Ao optar pelo transporte público é possível economizar nos deslocamentos; passes mensais são vantajosos

O seu custo de vida na França pode ser menor se você optar por comprar pacotes mensais de bilhetes de transporte, em vez dos bilhetes unitários. Embora diversas empresas estejam abraçando cada vez mais o trabalho remoto, a tendência aponta para o formato híbrido. Deste modo, os custos com transporte precisam ser colocados no orçamento.

Em outras palavras, mesmo que você trabalhe parcialmente em casa, eventualmente você precisará se locomover, seja para a universidade, para uma reunião importante ou como forma de lazer.

Gastos carro na França

Se seu plano é adquirir um carro, seja para se deslocar diariamente, para trabalhar como motorista de aplicativo ou apenas para momentos de lazer, alugando um carro na França, é importante conhecer os custos com o valor dos combustíveis e, também, da recarga de carro elétrico.

A tabela a seguir mostra os valores médios calculados no portal Carbu e EDF. Há uma forte tendência pela eletrificação da frota de automóveis na França.

Combustível/fonte de energia Preço médio por l/kWh
Diesel 1,75€
SP98 (E5) 1,70€
SP95 (E10) 1,60€
E85 1,05€
Recarga elétrica (kWh) 0,26€

Custo com educação na França

Se você pretende se mudar com a família, o que pode incluir filho(s), é importante considerar os custos com o ensino na França. Caso você esteja indo perseguir seus próprios estudos em nível superior, estes também devem entrar na sua conta.

Ensino básico

O ensino básico na França é gratuito por lei, mas há famílias que podem optar por escolas particulares em busca de um ensino diferenciado, um maior aprofundamento em idiomas estrangeiros ou por comodidade, como a distância entre o colégio e a residência, por exemplo.

Em linhas gerais, o ensino básico na França pode variar de gratuito até 3.000€ por ano para escolas dos ricos franceses.

Ensino superior

O ensino superior na França para estudantes sem cidadania francesa (ou de qualquer outro país do bloco) pode chegar até 3.770€ dependendo do nível. Os valores são divididos da seguinte forma e as taxas são anuais, não mensais, conforme informações da Campus France:

  • Graduação (license): 2.770€;
  • Mestrado (master): 3.770€;
  • Doutorado (doctorat): 380€.

Saúde pública na França

Apesar de ser considerada gratuita e universal, o sistema público de saúde na França costuma reembolsar 78% dos gastos. No entanto, a depender do serviço utilizado e da sua situação, ela pode reembolsar até 100%. Só para ter uma ideia de valores, uma consulta com clínico geral custa a partir de 25€.

Em resumo, ela funciona da seguinte forma: primeiro arcamos com os gastos e, por intermédio da Carte Vitale, uma porcentagem deste valor é depositada na nossa conta bancária, como forma de reembolso.

Certamente, uma grande vantagem de morar na França é que, caso você tenha uma receita com um ou mais remédios, uma vez em posse da Carte Vitale, você pode retirá-los gratuitamente nas farmácias da sua cidade, independente do seu preço.

Mutuelle e o custo de saúde na França

Entretanto, mesmo que o sistema de saúde seja acessível e excelente, muitos habitantes ainda optam por pagar uma Mutuelle, serviço que funciona de maneira similar ao plano de saúde privado no Brasil.

Em grandes linhas, a Mutuelle se responsabiliza por pagar a porcentagem dos seus gastos que o governo não te reembolsa. Entretanto, vale dizer que a porcentagem reembolsada depende da sua idade e dos serviços que você pretende utilizar.

Lazer na França

Sobretudo durante o verão, atividades ao ar livre são as mais realizadas pelos franceses e pelos turistas de passagem pela cidade. Seja como for, é comum ver famílias inteiras e grupos de amigos aproveitando essa atividade gratuita, fazendo piqueniques nos parques e jardins.

Contudo, quando as estações mais quentes passam, as pessoas buscam ter os seus momentos de lazer em lugares fechados como, por exemplo, museus, teatros, cinemas e restaurantes. Dessa forma, vale também se precaver com o custo de atividades de lazer na França:

Atividade Preço em Paris Preço em Toulouse
Academia (mensal) 36,80€ 32,12€
Aluguel de quadra de tênis (1h) 16,20€ 12,57€
Cinema 12,00€ 12,00€
Refeição em um restaurante (para duas pessoas) 64,50€ 60€
500ml de cerveja local 6,99€ 6€

Resumo do custo de vida na França

Agora que você já tem uma ideia do custo de vida na França, preparamos um resumo com as principais despesas mensais. Saiba que aqui estamos considerando, proporcionalmente, o gasto para um casal sem filhos.

No entanto, não esqueça que esta é uma estimativa e que, a depender do estilo de vida do casal e do padrão de consumo, esses gastos podem ser maiores ou menores.

Custos Preço em Paris Preço em Toulouse
Aluguel (T1, fora do centro da cidade) 968,70€ 525,13€
Compras 480,20€ 450€
Contas da casa 87,80€ 85€
Transporte público 168€ 108€
Saúde 100€ 100€
Lazer 200€ 195€
Total 2.004,70€ 1.463,13€

Da mesma forma, você pode especificar ainda mais a suas contas conhecendo as melhores cidades para morar na França.

Por outro lado, se você deseja saber um pouco mais sobre o custo de vida de um casal vivendo na França, confira o vídeo da nossa colaboradora Nathane:

O custo de vida no interior da França é mais barato?

Sim, é mais barato.

Grandes cidades, em especial Paris, são necessariamente mais caras de se viver. Isso é influenciado pelo volume de turistas, pela densidade demográfica, pela escassez de imóveis e pelas facilidades oferecidas (há tudo em todo lugar e a toda hora). A comodidade aliada ao desejo de pessoas viverem nesses locais fazem o custo de vida decolar.

Na contramão, a vida no interior na França oferece menos comodidades, maior distância entre equipamentos culturais, oportunidades de trabalho e grandes centros comerciais, o que se reflete automaticamente num custo de vida essencialmente mais baixo.

O aluguel por si só já revela a disparidade de preços, podendo chegar a custar 1/3 dos valores praticados nas metrópoles. É um atrativo e tanto, é verdade, mas é preciso avaliar se seu estilo de vida se adequaria à realidade de uma pequena cidade da França.

Qual o custo de vida de um estudante na França?

Em média, o custo de vida para estudar na França é de 900€ mensais.

Contudo, perceba que esse valor acaba sendo consideravelmente menor em relação ao que foi apresentado anteriormente. Isso ocorre pelo fato de ser comum a existência de algumas facilidades destinadas aos estudantes, principalmente aos menores de 26 anos.

Assim, mesmo em uma cidade mais cara como Paris, alguns dispositivos, como residências universitárias e descontos em transportes e alimentação, ajudam a driblar os valores altos da capital francesa.

Quanto é um bom salário para morar na França?

Em média 2.683€ líquidos por mês e por pessoa, segundo a percepção dos próprios franceses.

Isso é o que informa uma pesquisa encomendada pela M6-Capital e realizada pelo Institut CSA, com dados de 2019. O valor é uma média entre a percepção dos franceses mais alinhados à esquerda (2.506€) e aqueles à direita (3.046€).

Em seguida, com um salário de 4.000€ você já faz parte dos 10% dos franceses mais bem pagos. Por fim, uma pessoa que ganha um salário a partir de 5.000€ por mês, pode se considerar um privilegiado!

Multidão em rua fazendo compras
Pesquisas indicam que cerca de 2.600 euros por mês é um bom salário; grande parte do valor vai para moradia

Com toda a certeza, uma das diferenças da França em relação ao Brasil é que os habitantes do primeiro país possuem um ótimo poder de compra com a sua moeda. Em outras palavras, embora a renda tenha sofrido queda considerável ao longo de 2022, o poder de compra do euro na França segue incomparável com o poder de compra do real no Brasil.

Isso significa, por exemplo, que uma pessoa que ganha um salário mínimo na França possui uma qualidade de vida melhor do que uma pessoa que ganha um salário mínimo no Brasil.

Salários médios de algumas profissões na França

Se você deseja trabalhar na França e quer garantir que terá um bom salário no país, confira a seguir algumas profissões com os respectivos salários médios:

Profissão Salário
Cirurgião 8.580€
Radiologista 10.600€
Vendedor 1.547€
Esteticista 1.828€
Advogado 6.775€

Qual o salário mínimo na França?

Saiba que em 2023 o salário mínimo na França é de 1.747,20€ mensais. Em outras palavras, isso é o equivalente a 11,51€ por hora e 20.966,40€ anuais, pensando em um valor bruto.

Em contrapartida, o salário médio na França no setor privado, segundo o INSEE, é de 2.587€ líquidos por mês.

Conclusão sobre o custo de vida na França

Por fim, determinar o custo de vida na França exige que seja considerado uma série de fatores, mas sobretudo o custo com a moradia. Em síntese, neste artigo pudemos observar qual o impacto dos gastos básicos no montante final do custo de vida.

Logo, o que fica claro é que, a depender da cidade em que você vai morar, o valor final varia imensamente. No exemplo que demos, a partir da nossa estimativa para uma pessoa, vimos que a diferença do custo de vida entre Paris e Toulouse supera os 500€ mensais. São 6.000€ a mais por ano.

Àqueles que pretendem morar na França vivendo com rendimentos em real, é preciso considerar, acima de tudo, a cotação do euro atualmente. E como sabemos, essa cotação não é uma das mais amigáveis aos brasileiros.

No entanto, vale considerar que o sistema de saúde é gratuito (sem contar a Mutuelle, que é opcional), bem como a educação na França. Seja como for, definitivamente o país oferece inúmeras oportunidades incríveis tanto para jovens, quanto para adultos já inseridos no mercado de trabalho.

Agora, que você já conhece o custo de vida na França, indicamos o ebook “O sonho de viver na Europa”. Em síntese, a sequência de histórias de brasileiros que se mudaram par ao velho continente e as suas respectivas impressões, assim como as suas dificuldades e oportunidades encontradas serão, afinal, uma fonte de inspiração para os que desejam se mudar para a França!