O custo de vida em Paris é um dos motivos pelo qual milhares de pessoas tem receio de morar na incrível cidade luz. Mas, como em qualquer cidade grande, as ofertas de trabalho e salários também são maiores e melhores. Muitas vezes uma coisa compensa a outra, mas o estilo de vida também diz muito nessa conta final. Por conta disso, nós vamos te ajudar a conhecer melhor o custo de vida em Paris.

Qual o custo de vida em Paris?

Essa é sempre a primeira pergunta que escuto quando digo que moro aqui. Além disso, essa era a minha curiosidade também.

Morar em Paris pode parecer um sonho, mas você precisa se planejar para que consiga desfrutar do que a cidade pode oferecer de melhor. Por isso, em busca de mais qualidade de vida e preços mais justos, as cidades perto de Paris se tornam as opções mais procuradas.

Ou seja, há quem prefira passar mais tempo no deslocamento para o trabalho, por exemplo, mas, em contrapartida, morar em uma casa ou apartamento maior. O principal obstáculo de quem quer morar dentro de Paris é o preço do aluguel por metro quadrado. Para morar no centro você vai precisar desembolsar mais dinheiro e se contentar com espaços menores.

Pensando em uma vida de casal, separamos os tópicos mais importantes que você precisa saber sobre o custo de vida em Paris.

Quanto custa alugar apartamento em Paris

Os apartamentos para casal, em sua maioria, são de 50m² e divididos em quarto e sala. Para quem mora dentro de Paris, essa metragem pode ser ainda menor. Alguns casais chegam a dividir um estúdio de 30m². Tudo depende da necessidade e das prioridades de cada um.

Eu moro no 16éme, que é um bairro dentro de Paris e considerado de alto padrão. É onde fica a Torre Eiffel e possui fácil acesso aos outros pontos turísticos da cidade, além de ter um metrô há 5 minutos a pé do meu prédio.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Apesar disso, eu moro em um estúdio super pequeno de 9m² e meu aluguel é de 480€, com as contas inclusas, o que eu considero caro pelo que é oferecido.

A média de aluguel para apartamento em Paris de 1 quarto (50m²) é de:

  • Bairros dentro de Paris: 1.195,18€;
  • Cidades ao redor de Paris: 800€.

Conta de energia elétrica

Normalmente, a conta de energia elétrica para um casal fica entre 15€ e 30€ durante a primavera e o verão. Porém, nos meses mais frios de outono e inverno, sobe para entre 50€ e 100€. Alguns alugueis já incluem a energia elétrica e você paga um preço fixo. Isso é bem comum aqui em Paris.

Custos de supermercado em Paris

Comida foi uma das coisas que eu mais senti diferença de preço quando cheguei em Paris. Eu morava em uma cidade pequena, então era tudo muito barato.

Existem diversas opções de supermercados em Paris. Desde redes mais caras e com produtos exclusivos até as redes mais baratas e populares. Por isso, mais uma vez, o custo final das suas compras vai depender do seu estilo de vida.

Existem alguns truques para diminuir o valor da conta. Onde eu moro, tudo em volta é super caro, então acabo indo fazer compra de supermercado em outro bairro, por exemplo.

Para um casal, o gasto fica na média de 300€ a 500€ por mês.

Como a vida aqui é normalmente bem agitada, algumas pessoas acabam comendo muito na rua para facilitar o dia a dia. Ou seja, acabam gastando menos com supermercado e mais em restaurantes.

O custo de vida em Paris depende muito do seu lifestyle. Para visualizar melhor, separei alguns itens básicos e o preço que você vai encontrar em Paris:

Produto Preço
Arroz (1kg) 1.97€
Ovos (dúzia) 2.37€
Tomate (1kg) 3.20€
Cerveja (pack com 6) 5.77€
Carne moída (500g) 4.50€ (em promoção encontra por 2)
Pão baguete 1€
Batata (1kg) 1.72€
Leite (1l) 1€
Banana (1kg) 1.95€
Água (1,5l) 0.50€
Vinho Branco 2.35€

Quando comparamos com os preços do Brasil até assusta, né? O poder de compra na França é muito alto, principalmente na parte alimentícia. Ainda assim, esses preços são um poucos mais altos do que em outras cidades do país por ser na capital.

Quanto custa comer fora em Paris?

Um dos programas preferidos dos moradores de Paris é comer fora. Com restaurantes estrelados de todas as cozinhas do mundo, a cidade tem uma concentração enorme de comidas típicas dos mais diferentes países.

A vida do parisiense é sentar em uma mesa de calçada, os famosos “terrasse”, e apreciar um bom prato acompanhado de vinho. É uma das características mais marcantes da vida francesa.

Em geral, o preço médio por pessoa para comer em um bom restaurante é de 35€ a 40€ com bebida inclusa. Ou seja, um casal gasta em média 70€. Porém, existem opções mais baratas e mais caras, que podem chegar desde 15€ até 100€ por um prato.

Café em Paris

Custos de transporte em Paris

Há uma vasta linha de transportes públicos na França, ainda mais se tratando de uma capital como Paris, além de aplicativos de locomoção como o Uber, e ambos funcionam perfeitamente. Para quem mora dentro da cidade, dificilmente ter um carro será vantagem. O trânsito de Paris é caótico em alguns horários, como em qualquer cidade grande.

Além disso, você gasta menos tempo usando os meios alternativos. A falta de garagem nos prédios e as ruas estreitas e lotadas de carro também desanimam na aventura de ter um veículo próprio.

Uber e táxi

O Uber é um meio de se locomover bastante utilizado na cidade, principalmente por quem vai sair a noite e consome bebida alcoólica. Com a tarifa mínima de 7,20€, você consegue se locomover, por exemplo, em uma distância de 5.5 km e pagar 11,20€. Porém, utilizando o táxi, você vai fazer a mesma distância e vai gastar em volta de 30€.

Contudo, para situações de emergência, o táxi sempre é a melhor opção, mesmo que seja mais caro. Ele pode transitar pela faixa especial de ônibus, ficando livre do trânsito e qualquer interrupção da via.

Transporte público

O transporte público de Paris é extenso e atende a muitas regiões. Para quem mora dentro da cidade, é uma das melhores opções de locomoção para o centro. A linha de metrô é enorme e atende muitas áreas, além de ter a linha de ônibus, trem e tram. O custo do bilhete é de 1,90€, mas normalmente, quem mora em Paris tem acesso ao Navigo.

O Navigo é um cartão mensal que você paga um valor fixo por mês (75,20€) e pode utilizar infinitamente para transitar em Ilê de France, que é o departamento onde fica Paris. Com o cartão, você pode até visitar algumas cidades vizinhas e sair da rotina sem gastar a mais por isso.

Custos de saúde em Paris

A saúde na França, em geral, não é cara.

Aqui, o sistema de reembolso do governo funciona bem e você ainda tem acesso a um “plano de saúde” adicional, se quiser receber mais de volta.

Em média, o governo reembolsa 70% do valor de consultas e exames. Com a “mutuelle”, que é o plano adicional, você tem até 100% do valor ressarcido. Custa em média de 20€ a 30€ por mês por pessoa, dependendo do plano escolhido e da sua idade.

Além disso, a maioria das empresas fornece esse plano adicional para o empregado, então você acaba gastando muito pouco com saúde. O meu remédio anticoncepcional é um exemplo.

Fui em uma clínica da família que tem em todas as cidades francesas e passei por uma consulta gratuita para pegar a receita.

Fui na farmácia com a minha carta vitale (o cartão do sistema de saúde francês, muito parecido com o do SUS) e paguei 1.78€ por 3 meses de remédio. Se eu tivesse a mutuelle, por exemplo, teria saído de graça.

Assim como em qualquer lugar do mundo, a saúde francesa não é perfeita. Mas, até o momento, não tive nenhum problema grave com o sistema de ressarcimento e consultas.

Custos de lazer em Paris

As contas do custo de vida em Paris também devem incluir o lazer, requisito fundamental para ter uma qualidade de vida saudável. O que não falta na capital são opções de entretenimento.

Famosa por ter muitas atrações culturais e de diferentes países, você pode encontrar aqui desde uma feira de mercado brasileiro até uma sessão de ópera russa. Para todos os gostos e bolsos, Paris é uma capital cultural reconhecida no mundo inteiro.

Museus são fortes elementos culturais da cidade

Paris é a sede de muitos museus famosos e reconhecidos por sua importância no mundo das artes. Com 130 museus, o que não falta são opções para você escolher. Para você ter uma ideia de preço, os dois mais visitados são:

  • Museu do Louvre: com 35 mil obras espalhadas pela sua imensidão, o museu é um dos mais famosos do mundo e tem na sua coleção obras icônicas, como a Monalisa de Picasso e a Vênus de Milo atribuída a Alexandre de Antioquia. O preço da entrada é de 17€ para pessoas acima de 18 anos e não residentes da União Europeia;
  • Museu D’Orsay: obras como o autorretrato de Vincent Van Gogh e a Origem do Mundo de Gustave Courbet, são uma das atrações do museu que tem uma coleção rara de obras centenárias. O preço da entrada é de 16€ para maiores de 18 anos e não residentes da União Europeia.

Piquenique é um passeio imperdível para curtir Paris

Sim, é um dos programas mais famosos de lazer para quem mora em Paris. O piquenique é super tradicional na cidade e reúne família e amigos nas tardes ensolaradas da primavera e do verão.

Com várias opções de parques por toda a capital, é muito comum ver uma roda de pessoas sentadas na grama, em volta de uma toalha de mesa cheia de coisas gostosas para comer.

Quanto custa morar em Paris

As atrações principais ficam por conta da baguete francesa e dos queijos que não podem faltar. Normalmente, cada um leva uma coisa e todo mundo se diverte durante uma tarde toda. É um dos programas mais democráticos e baratos. O vinho branco também é presença confirmada nesse evento. Quer programa mais francês do que baguete, queijo e vinho?

Conheça 5 costumes estranhos da França no cotidiano.

Uma cidade efervescente culturalmente

Outras opções de lazer como cinema, parques, festas e exposições de arte e cultura também estão na rotina dos parisienses. Com salas de cinema espalhadas pela cidade, e até mesmo um cinema a céu aberto em La Villete, muita gente aproveita para colocar a lista de filmes em dia. É um dos programas mais aderidos pelos casais, famílias e amigos.

A cidade oferece muitas atrações gratuitas e é possível se divertir sem gastar muito, ou até mesmo gastando nada. Essa é uma das vantagens de se morar em Paris, você tem acesso a diferentes culturas gratuitamente.

O custo de vida em Paris é caro?

Se considerarmos os gastos do dia a dia, o custo de vida em Paris não é barato. Porém, a cidade oferece muitas ofertas de empregos e salários que são, em média, maiores do que em outros lugares. Morar ao redor de Paris pode ser uma opção viável para quem quer gastar menos.

Comparando com outras capitais europeias

Se compararmos com outras capitais europeias como, por exemplo, Berlim, o valor médio das despesas de rotina vai ser praticamente o mesmo. Porém, o valor do aluguel é mais barato na cidade alemã. Esse é o maior vilão de Paris. Ou seja, morar em Berlim pode ser até 19.09% mais barato do que Paris.

Comparando com as maiores cidades da França

Se compararmos dentro da França, Lyon é uma das melhores cidades do país para se viver. Com uma boa economia e desenvolvimento que crescem a cada ano, é uma opção para quem quer fugir da capital e ainda assim viver em uma cidade cosmopolita. O aluguel em Lyon é em média 41.51% menor do que na capital.

No site Numbeo, você pode encontrar todas as informações sobre custo de vida na maioria das cidades ao redor do mundo.

Vale a pena morar em Paris?

Acredito que se tiver um bom emprego e gosta de viver em cidade grande, Paris é perfeita para você. Morar dentro de Paris tem os seus benefícios. Você tem mais acesso a transporte público em horários alternativos, a prefeitura de Paris funciona com mais agilidade do que as de cidades ao redor e você consegue usar tudo que uma capital oferece.

Porém, provavelmente você vai morar em um apartamento ou estúdio pequeno e vai pagar caro por isso. Se você prioriza a sua casa e a liberdade que pode ter nela, as cidades ao redor de Paris são as melhores opções. Preços mais baixos e espaços maiores.

Como em tudo na vida, precisa saber o que é mais importante para você. Morando dentro ou fora de Paris, você vai ter acesso as mesmas coisas, mas de formas diferentes. Conversei com casais que se sentiram aliviados de sair de Paris e hoje moram melhor, mas levando mais tempo para chegar ao centro. Assim como conversei com casais que não trocam a vida de Paris por nada e são felizes morando em espaços menores, mas mais perto do centro.

Percebeu que não é impossível morar em Paris? Aconselho a leitura do ebook “O sonho de viver na Europa”, onde vários brasileiros compartilham as suas experiências, oportunidades e dificuldades encontradas no caminho de uma nova vida no continente. Vale a pena para se inspirar e refletir sobre a mudança.

Agradeço especialmente às mulheres do grupo Brasileiras em Paris, que me ajudaram com todo amor a ter mais informações sobre a vida parisiense. Esse texto completo e com informações relevantes, só foi possível pelo bate papo que tivemos no Facebook e que me proporcionou diferentes pontos de vista.