Apartamento para alugar em Paris: como encontrar e alugar

Morar em Paris, nem que seja apenas por alguns meses, é sonho de muita gente. No entanto, uma das etapas que mais exigem atenção é a busca por um apartamento. Isto porque, por ser a capital da França, o preço dos aluguéis na cidade é bem elevado, possui muita demanda e também algumas burocracias antes daquele momento inesquecível de pegar as chaves. Por isto, neste artigo vamos falar tudo sobre apartamento para alugar em Paris. Vamos lá?

Como alugar apartamento em Paris?

Se a França é um país repleto de oportunidades, quem mora aqui sabe das inúmeras burocracias francesas. Se para um francês alugar um apartamento já é extremamente burocrático, um estrangeiro é ainda pior. Não estou dizendo que é impossível, mas que é preciso providenciar uma série de documentos.

As duas situações mais comuns em que brasileiros procuram apartamento para alugar em Paris são quando vão a trabalho ou para estudar. Se você tiver um contrato de trabalho em mãos e seu salário representar em média 3 vezes mais do que o valor do aluguel, você não terá problema algum para encontrar um apartamento.

Porém, a situação muda se estiver procurando emprego, mesmo que você tenha dinheiro. Os proprietários simplesmente não querem correr o risco de alugar seu imóvel e ficar na mão, o que é compreensível.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

bairro residencial

Entretanto, se você for estudante, a burocracia não é apenas muito menor, como o aluguel é muito mais barato. Você pode optar por viver em uma residência universitária, casa de família ou até mesmo alugar um quarto em uma república. Neste caso, basta ficar atento com os prazos, já que agosto e setembro costumam ser os meses mais difíceis de encontrar vagas, pois coincide com o início do escolar na França.

Melhores sites para encontrar

Antes de falar dos melhores sites para encontrar apartamento para alugar em Paris, darei uma dica de quem já passou por esta experiência. Enquanto a maioria dos sites lista as ofertas das próprias imobiliárias, o Leboncoin oferece apenas os anúncios que os próprios proprietários colocaram, o que facilita e muito a vida, sobretudo dos estrangeiros.

Leboncoin

O Leboncoin é um dos sites mais utilizados na França e os franceses usam para comprar e vender absolutamente tudo. Desde roupas, móveis e carros, até imóveis. Foi através deste site que eu encontrei o apartamento em que vivo hoje, negociando diretamente com o proprietário, sem precisar passar pelas burocracias de uma agência imobiliária.

Isto sem contar que é mais barato, já que as imobiliárias costumam cobrar uma taxa, que costuma ser um aluguel. Minha dica é: comece procurando por aqui e, somente caso não encontre, passe para os próximos sites que eu vou citar a seguir.

Lodgis

A Lodgis é uma agência imobiliária focada em oferecer apartamentos e casas para locação ou venda em Paris. Seu grande diferencial é atender à demanda internacional por imóveis na capital francesa. Ou seja, perfeita para quem ainda não chegou, mas quer garantir logo um teto na disputada Paris.

Se Loger

O Se Loger é um dos maiores sites de busca de imóveis na França e funciona em praticamente todo o país. O grande diferencial do site é que ele te ajuda a calcular o valor ideal de acordo com o seu orçamento, possui inúmeras dicas fiscais e econômicas e funciona também para venda.

Orpi

O Orpi reúne mais de 1250 agências imobiliárias, ou seja, possui opções para todos os gostos.

Crous Paris

O Crous é um órgão público que depende do ministério da educação nacional e tem como papel gerenciar e organizar a rede de serviços sociais destinados aos estudantes na França.

Neste caso, se você for estudante, comece procurando um apartamento para alugar em Paris através do Crous. É aqui que você encontrará residencias estudantis, que costumam oferecer uma suíte com cozinha compartilhada a um preço muito inferior dos apartamentos.

Vale a pena tentar alugar direto com o proprietário?

Como eu citei acima, vale muito a pena alugar diretamente com o proprietário, basicamente por causa das burocracias e do valor. Na hora de preparar o contrato de aluguel, você precisará entregar os mesmos documentos que se estivesse fazendo com uma imobiliária.

Quando eu falo menos burocracias, é porque quando você fala diretamente com o proprietário, ele pode simplesmente ir com a sua cara e decidir alugar seu apartamento para você. Simples assim. O mesmo não acontece quando passamos por uma imobiliária, que irá pedir uma série de documentos, para aprovar ou não a sua proposta. Além disto, os custos são menores, já que as imobiliárias costumam cobrar uma taxa, que costuma ser o valor de um aluguel.

A minha experiência: tive sorte!

Eu vivo em Lyon, que por ser uma cidade grande, oferece mais ou menos as mesmas dificuldades e burocracias de aluguel do que Paris.

No meu caso, eu mudei recentemente de apartamento e senti na pele as vantagens de alugar diretamente com o proprietário. Meu companheiro é francês, mas não tem um contrato de trabalho no momento, pois no momento trabalhamos como autônomos. E eu, sou brasileira, o que estava dificultando muito a nossa vida em relação às agências imobiliárias.

Sem contrato de trabalho, nossas propostas nunca eram aceitas. Estávamos quase desistindo, quando fomos visitar um apartamento e a proprietária era uma brasileira. Conversamos sobre o Brasil, explicamos que tínhamos adorado o apartamento, mas que não tínhamos contrato de trabalho, pois no momento trabalhamos como freelance, e ela disse na mesma hora que iria alugar o apartamento para a gente.

Dias depois, enviamos toda a documentação e começamos a dar entrada no contrato. O mesmo não aconteceria se estivéssemos passado por uma imobiliária. Por isto a minha dica é sempre procurar algo que possa ser negociado diretamente com o proprietário, por ser menos burocrático, mais barato e muito mais pessoal.

Vale a pena buscar em grupos do Facebook?

Assim como no Leboncoin, é possível encontrar boas ofertas em grupos de Facebook, principalmente se você for estudante e estiver à procura de vaga em uma república.

Sempre faça parte de comunidades de brasileiros no Facebook, lá você vai encontrar dicas valiosas de quem já passou pelo que você está passando hoje. Apenas tome cuidado com golpes virtuais, infelizmente, eles são comuns no mundo inteiro!

Documentos necessários para alugar apartamento em Paris

Os documentos exigidos para alugar um apartamento costumam ser sempre os mesmos, como você pode verificar no próprio site oficial do governo.

  • Documento de identidade, que no caso dos não franceses costuma ser a carte de séjour, a identidade de estrangeiros na França;
  • Comprovante de residência no país, como o recibo dos três últimos meses do aluguel atual ou uma carta do proprietário do imóvel atestando que você está em dia com seus pagamentos;
  • Comprovante de situação profissional na França, como um contrato de trabalho ou documento de estudante;
  • Comprovante de renda, ou seja, os três últimos holerites, sendo que o salário deve ser pelo menos três vezes maior do que o valor do aluguel.

Fiador

Para alugar apartamento na França você deverá também ter um fiador (garant, em francês) e um RIB (documento que indica sua conta bancária na França).

É possível que a imobiliária ou proprietário aceite um fiador que não more no país, mas é importante confirmar essa informação com eles antes de definir uma pessoa da sua confiança.

Caução

Além disso, o proprietário ou imobiliária costuma solicitar um depósito de garantia (dépôt de garantie, em francês), o que chamamos de caução. Esse depósito deve ter o valor de um mês de aluguel no caso de um apartamento vazio e de no máximo dois meses para um mobiliado.

O montante será devolvido a você ao fim do contrato. Se houver algum tipo avaria ou necessidade de reforma no apartamento depois que você devolver as chaves, os custos serão descontados desse valor. Este valor costuma ser cobrado, caso você alugue com imobiliária ou diretamente com o proprietário.

montmartre

Confira as melhores cidades perto de Paris para viver, custos e vantagens.

Quanto custa apartamento para alugar em Paris?

Os preços de apartamento para alugar em Paris costumam variar de acordo com os bairros, mas para ter uma ideia eu pesquisei apartamentos de 1 e 3 quartos na região central de Paris e em um bairro mais afastado.

Ap de 1 quarto no centro Ap de 3 quartos no centro Ap de 1 quarto fora do centro Ap de 3 quartos fora do centro
1,183.82 € 2,657.94 € 845.32 € 1,781.73 €

Cuidados ao alugar apartamento em Paris

Os principais cuidados a se ter quando estiver à procura de apartamento para alugar em Paris são em relação ao contrato e aos golpes online. Para evitar qualquer problema relacionado a isso, sempre leia com atenção o contrato, principalmente se for alugar apartamento na França diretamente com o proprietário.

Caso você receba um documento para analisar e outro na hora de assinar, avalie bem para ter certeza de que não há nada diferente entre eles.

Jamais faça nenhum depósito sem antes ter o contrato em mãos e sempre visite o apartamento. É muito comum as fotos do anúncio mostrarem um apartamento perfeito e na hora não ser nada daquilo.

Outra dica é pesquisar se o aquecimento está incluído nas taxas. Não se esqueça que você irá usá-lo a maior parte do ano e o preço pode acabar ficando alto! E boa sorte na sua busca!

Gabriela é brasileira, jornalista e vive na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada pelo país desde sempre, foi na França que ela se encontrou e aproveita este espaço para dar dicas e contar histórias e curiosidades sobre este país que vive no imaginário de muita gente. Com um gosto particular por cultura e viagens, ela é nômade digital e nunca mais pretende deixar de ser.

Artigos relacionados

Trabalhar na França: salários, visto e como encontrar vaga

Considerando trabalhar na França? Confira tudo que é preciso saber para conseguir um emprego, o valor dos salários, como procurar e se é preciso visto.

Salário mínimo na França: o valor em 2021 e custo de vida

Saiba o valor do salário mínimo na França em 2021, quem recebe o mínimo, qual é o salário médio e se é possível viver com o salário mínimo.

Custo de vida na França: quanto é preciso para viver no país

Veja qual é o custo de vida na França, um dos países mais procurados por estrangeiros para morar. Conheça o custo da alimentação, moradia, saúde e mais.

Sites de emprego na França: conheça os melhores

Você quer um emprego na França? Compartilhamos uma lista com os melhores sites de emprego na França e várias dicas para procurar trabalho por lá.

Como morar na França: guia completo para planejar sua mudança

Veja qual o visto necessário para morar na França, o mercado de trabalho, as melhores cidades para morar, quanto custa e vantagens e desvantagens.

Profissionais em falta na França: veja quais são e os salários

Sabia que existem profissionais em falta na França? Saiba quais áreas que têm maior carência de profissionais e quais os que setores que mais empregam.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube

1