Comprar casa na França: documentação, custos e dicas de onde morar

França  / 

Comprar casa na França é a melhor opção para quem deseja investir ou morar no exterior. O principal motivo é que o governo francês não impõe restrições para estrangeiros realizarem esse tipo de investimento.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

No entanto, para conseguir fazer um bom negócio é preciso conhecer todos os procedimentos que envolvem a compra de uma propriedade no exterior. Confira:

Como comprar casa na França: passo a passo

Comprar casa na França pode ser mais simples do que você imagina. Isso porque o governo francês não impõe nenhuma restrição para os estrangeiros que desejam comprar um imóvel no país. No entanto, os compradores precisam lidar com o rigor da burocracia francesa, que envolve uma grande quantidade de documentos e processos. Para esclarecer como esse procedimento funciona, confira o nosso passo a passo de como comprar um imóvel no país.

Acesse os sites para comprar casa na França

O primeiro passo para comprar casa na França pode ser iniciado agora mesmo. Basta acessar sites confiáveis de imobiliárias francesas e pesquisar os imóveis nas condições, valores e regiões que você deseja.

Mas atenção, tome cuidado com anúncios suspeitos e dê preferência para realizar a negociação com imobiliárias e não direto com o vendedor. Apesar do preço do imóvel aumentar um pouco, é um preço que vale a pena pagar para não cair em golpes na França.

Confira abaixo quais são os principais sites para comprar e alugar imóvel no país:

Assine o Offre d’achat

Com os imóveis selecionados, o seu próximo passo é fazer a visita pessoal às casas e iniciar a negociação dos valores. Nessa etapa, é comum que o vendedor solicite a assinatura do Offre d’achat, que consiste em uma reserva para a compra da casa.

Com esse documento você oficializa o seu interesse em comprar o imóvel. Apesar de não precisar pagar nada neste momento, o vendedor pode aplicar penalidades se você desistir da negociação. Por isso, é recomendado ter a assessoria de um advogado ou especialista no ramo.

Lembre-se também que se você for à França para visitar a casa, irá precisar de um seguro viagem Europa para passar pela imigração, é um documento obrigatório. Veja como contratá-lo no nosso guia essencial.

Registre o compromisso de compra e venda (Compromis de vente)

Terminada a fase de negociação de valores, o vendedor irá solicitar a assinatura do Compromis de vente, ou, compromisso de compra e venda. Esse documento será registrado pelo notário no sistema cartorial francês.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Nesse momento, você deverá pagar o equivalente a 10% do valor total do imóvel para o vendedor. Ambos têm um prazo de uma semana para desistir do negócio e reembolsar essa quantia.

Após a assinatura do Compromis de vente, será dado início o processo de averiguação de pendências legais do imóvel, ele pode durar até 3 meses para ser finalizado.

Efetue o pagamento

Por fim, caso o imóvel não tenha nenhuma irregularidade, você deverá pagar o restante do valor negociado para o vendedor. Além disso, reserve uma quantia para o pagamento de taxas de impostos, da imobiliária e de outros gastos cartoriais.

Pode ser preciso fazer uma transferência bancária internacional para esse pagamento, veja neste artigo como fazer em segurança e pagando menos.

edifício localizado em Paris

O que é necessário para comprar casa na França

Como você pode perceber, o procedimento para comprar casa na França é parecido com o realizado no Brasil. No entanto, para evitar dores de cabeça desnecessárias e tornar o processo mais descomplicado, recomendamos que você providencie:

  • Emissão do passaporte;
  • Contratação de uma imobiliária francesa;
  • Abertura de conta na França;
  • Visto de residência – caso você pretenda morar na França.

No entanto, se você pretende comprar um imóvel por meio de um financiamento bancário, é preciso ter crédito pré-aprovado por um banco francês. Normalmente, eles financiam o valor da propriedade em até 80% e oferecem prazos de pagamento de no máximo 30 anos com taxas de juros anuais de 5%.

Precisa de visto para comprar casa na França?

Os estrangeiros que desejam comprar casa no país não precisam ter um visto. Mas esse documento é extremamente recomendado para quem vai morar na França.

Nesse último caso, o viajante precisa entrar em contato com o Consulado Francês no Brasil e dar entrada no processo de solicitação do visto. Atualmente, o governo francês concede vistos nas seguintes modalidades:

Conheça quais são os tipos de visto para França e como obtê-los.

Documentação necessária para comprar casa na França

Para fazer a compra à vista de um imóvel no país você terá que apresentar os seguintes documentos:

  • Cópia da certidão de nascimento com Apostila de Haia;
  • Cópia da certidão de casamento/certidão de divórcio (se for o caso);
  • Cópia do passaporte;
  • Comprovante de fontes de financiamento;
  • Comprovante da conta bancária;
  • Visto de residência.

Vale destacar que a conta-corrente europeia não é obrigatória, mas é recomendado abrir uma conta bancária. Ela irá facilitar os pagamentos internacionais do imóvel e impostos.

Custos

Os custos para comprar casa na França não se limitam apenas ao valor total da propriedade. Pelo contrário, ainda é preciso que haja o pagamento de impostos cartoriais que variam entre 1% a 4% do preço final do imóvel.

Somado a isso, ainda é cobrado o preço da prestação de serviços do notário que custa 1% do valor do imóvel. Adicione também as taxas de representação cobradas pela sua imobiliária. Quem irá morar no país, ainda precisa ficar atento ao custo de vida na França e planejar o orçamento com cuidado.comprar casa na França rua com casas na França

Conheça as 10 melhores cidades da França para morar.

Onde comprar casa na França

O mercado imobiliário na França ainda conta com uma grande variedade de imóveis à venda. Os valores variam de acordo com a região e com as características da casa.

Fizemos uma simulação no site Green Acres e verificamos os preços dos imóveis com 50m² nas principais cidades do país. Confira:

Paris

  • Apartamento de 50m² no centro da cidade: 534.734€;
  • Apartamento de 50m² fora do centro da cidade: 396.428 €.

Como é morar em Paris? Descubra aqui como é viver na capital francesa.

Lyon

  • Apartamento de 50m² no centro da cidade: 229.107€;
  • Apartamento de 50m² fora do centro da cidade: 139.321 €.

Marselha

  • Apartamento de 50m² no centro da cidade: 154.750€;
  • Apartamento de 50m² fora do centro da cidade: 118.333,50 €.

Saiba também como é viver em Marselha.

Cannes

  • Apartamento de 50m² no centro da cidade: 364.350€;
  • Apartamento de 50m² fora do centro da cidade: 220.765 €.

Saiba quais são as cidades mais baratas da França para viver.

Cuidados a ter

Você pode comprar casa na França tanto com o suporte da imobiliária, quanto direto com o vendedor. Mas por medidas de segurança, é recomendado que você contrate uma imobiliária francesa. Principalmente se essa for a primeira aquisição de propriedade no país.

As imobiliárias contam com uma equipe de profissionais qualificados e aptos para realizar a melhor negociação para você. Além disso, elas contam com um portfólio amplo de casas nas principais cidades do país. Além disso, você não domina todos os procedimentos burocráticos que envolvem a compra do imóvel. Assim como também pode ter dificuldades no momento de negociar os melhores preços.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Andrea é uma jornalista curitibana que uniu a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, África e Ásia. Ao lado do filho e do marido foi morar no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a produção de conteúdo e os passeios pelo Reino Unido.