(Atualizado em Maio de 2021). Que tal aproveitar a nova fase da vida com um visto para aposentados na França? Morar no exterior e especialmente neste país pode ser uma forma de encontrar tranquilidade e qualidade de vida. Além, é claro, de aproveitar o tempo livre com uma excelente gastronomia, viagens e muita cultura. Melhor, impossível.

Então confira a seguir tudo o que é necessário para obter o visto para aposentados na França e planejar este sonho.

Existe um visto para aposentados na França?

Para quem não possui cidadania francesa ou europeia, será necessário um visto para morar na França. O país não oferece um visto específico para aposentados, como é o caso do visto D7 para Portugal, portanto a alternativa será o visto de visitante de longa duração (ou long séjour visiteur).

Ele é o mesmo tipo de visto obtido, por exemplo, para estudantes que vão realizar um curso na França. Com o visto de visiteur, no entanto, vale ressaltar que não é permitido trabalhar. Por isso, é uma opção disponível interessante como visto para aposentados na França.

Como conseguir o visto para aposentados na França?

O primeiro passo para solicitar o visto para a França é conhecer bem o processo e reunir a documentação necessária, analisando se cumpre todas as exigências do país. Deste modo, você aumenta as chances de conseguir o visto de long sejour visiteur ou o visto para aposentados na França.

Onde solicitar?

O visto para aposentados na França é concedido pelos consulados da França no Brasil ou na Embaixada da França no Brasil. É preciso, portanto, agendar um horário por meio do site e comparecer no dia e hora marcados levando todos os documentos.

visto de aposentados na França

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →

Requisitos necessários para o visto para aposentados na França

No geral, os principais requisitos estão ligados a garantias financeiras suficientes e regulares, assim como comprovantes de local para estadia e um seguro viagem válido para todo o território Schengen.

Documentos necessários

Confira os principais documentos para compor o seu dossiê. Vale destacar, contudo, que o consulado pode solicitar outras comprovações, dependendo do caso.

  • Formulário de pedido de visto de longa duração preenchido, datado e assinado;
  • Passaporte emitido há menos de 10 anos, com validade de pelo menos 3 meses após a estadia prevista na França e com, no mínimo, 2 páginas em branco para vistos, junto com a cópia das 3 primeiras páginas;
  • 2 fotografias recentes no formato 3,5 cm x 4,5 cm;
  • Certidão de nascimento e/ou de casamento;
  • Comprovante de residência no Brasil;
  • Carta de motivação em francês justificando o motivo da permanência na França;
  • Comprovantes da aposentadoria;
  • Declaração assinada de que não exercerá nenhuma atividade profissional na França;
  • Garantias financeiras regulares e suficientes à duração, como a última declaração de imposto de renda, extratos de contas bancárias ou pagamento da aposentadoria nos últimos três meses;
  • Comprovante de estadia como reserva de hotel, contrato de locação de imóvel ou carta convite de um residente na França;
  • Seguro viagem para o período de permanência na França, você pode realizar a cotação no nosso comparador de seguro viagem.

Quanto custa o visto para aposentados na França?

A taxa é de 99€ convertidos em reais de acordo com a cotação do dia, mais algumas tarifas que poderão ser cobradas. É indicado prever, entre as despesas, eventuais serviços de tradução juramentada de documentos.

Quanto tempo demora para sair?

Em média, o visto demora cerca de 15 dias para ser aprovado. Contudo, é preciso se programar em relação a todos os passos anteriores, que levam tempo. Principalmente organizar todo o dossiê, realizar a tradução do que for necessário e agendar um horário no consulado. Eles nem sempre têm muitas opções disponíveis, a depender da época do ano.

É possível renovar o visto?

Sim. O visto de long séjour visiteur, que é o principal tipo de visto para aposentados na França, vale por apenas por um ano e pode ser renovado.

É difícil conseguir o visto para aposentados na França?

Em geral, não. Se a pessoa atende a todos os requisitos, especialmente de garantia da renda e da moradia, o visto para aposentados na França costuma ser aprovado.

Contudo, cada processo caminha de uma maneira diferente e as análises variam, especialmente em tempos onde a cautela com estrangeiros aumenta.

É possível conseguir cidadania por tempo de residência?

Sim. Para quem está vivendo no país com um visto para aposentados na França, o processo da cidadania francesa pode ser facilitado. Isso porque pode dar entrada no pedido de cidadania quem reside na França de forma regular (ou seja, com visto válido) e ininterrupta por cinco anos.

Outro critério importante para a concessão da cidadania, aliás, é a integração à sociedade francesa. Significa, na prática, ter um nível intermediário de conhecimento do idioma, suficiente para uma conversa fluente. Além disso, eles avaliam se o requerente tem boas noções de história, cultura e civilização francesas, entre outros critérios.

Custo de vida na França para aposentados

Um aposentado brasileiro pode morar na França tranquilamente, mas é preciso considerar que os valores para se manter podem ser extremamente elevados dependendo da localização. Além, claro, de considerar a cotação do real frente ao euro.

Como era de se esperar, a capital Paris é a mais cara, mas pode valer a pena pesquisar as pequenas cidades francesas como uma excelente alternativa. Para quem não abre mão da vida em uma cidade grande, algumas opções são Bordeaux, Lyon e Marselha, que possuem um custo de vida alto, mas não como Paris.

Confira então o valor médio para uma pessoa se manter em uma cidade de médio porte na França.

Despesas Valor
Apartamento com 1 quarto 900€
Despesas de casa (Água, energia, aquecimento e internet) 150€
Transporte mensal 30€
Supermercado 300€
Entretenimento 100€
Total  1.480 €

Considerando a cotação do euro de 18 de maio de 2021, o valor médio necessário para viver no país é de R$ 9.531.

Aproveite e saiba mais neste texto, sobre como receber aposentadoria morando no exterior, para ver como tudo funciona na prática!

Melhores cidades para aposentados na França

Há mais de 40 anos, a revista International Living publica o ranking de Melhores Lugares para se Aposentar, considerando dados baseados em qualidade de vida, serviços de saúde, infraestrutura, sistema de tributação, entretenimento e outros. Para quem busca o visto para aposentados na França, uma boa notícia: em 2021, o país está no top 10 e ocupa a oitava posição, como um dos melhores do mundo para aproveitar essa fase da vida.

Já é um bom começo! Mas selecionamos a seguir algumas das melhores cidades da França para morar durante a aposentadoria, com base no site francês Dossier Familial.

1. Andernos-les-Bains

Localizada no litoral, promete um dia a dia revigorante perto da natureza e com um clima agradável. Há uma boa oferta de parques e espaços verdes – e, aliás, a cidade é conhecida pelo apelo ecológico e não utilizar pesticidas em sua produção de alimentos naturais. Possui um festival de jazz todos os anos, cinemas, lojas e um patrimônio cultural que garante bons momentos.

2. Vannes

A excepcional qualidade de vida chama a atenção para esta cidade, situada no Golfo de Morbihan, uma das mais belas baías do mundo. Entre as atrações estão o centro histórico, os mercados, o porto, os ótimos restaurantes e a arquitetura. A população é de aproximadamente 54 mil habitantes.

cidades para aposentados na França

3. Narbonne

Agradável, dinâmica, com bastante natureza ao redor, já foi reconhecida como a cidade da arte e a história, como a cidade das flores e já recebeu 2 estrelas do guia turístico Michelin. Com 330 dias de sol por ano, é uma opção para quem deseja um clima ameno. Possui cerca de 53 mil moradores.

4. Limoges

Para quem busca uma cidade maior, com mais de 100 mil habitantes, Limoges é uma escolha interessante. Ela alia a proximidade de bons centros médicos, a qualidade de vida com mais de 50 metros quadrados de verde por habitante e a segurança.

5. Nice

Outra opção de cidade grande, com a grande vantagem da localização. Situada na famosa Riviera Francesa, está a poucos minutos de carro de Mônaco ou da Itália. O clima costuma ser mais agradável que no restante do país, o que faz muita diferença!

Veja também como é morar em Paris, se estiver de olho na capital francesa para viver.

Vantagens e desvantagens de morar na França aposentado

Ficou interessado no visto para aposentados na França? Antes de tomar a decisão definitiva, vale a pena ponderar e analisar muito bem os prós e contras de viver no país nesta etapa da vida.

Vantagens

  • A excelente qualidade do sistema de saúde público francês. Os preços dos serviços em geral são inferiores quando comparamos com países como os Estados Unidos;
  • Os idosos não pagam para utilizar o transporte público e ainda ganham vários descontos em atrações culturais;
  • Facilidade de viajar e conhecer outros países da Europa e as belezas do próprio país;
  • Segurança e tranquilidade na maioria das regiões.

Desvantagens

  • Eventuais barreiras com o idioma, caso não fale francês;
  • Alto custo de vida em euros, especialmente nas grandes cidades como Paris e Lyon;
  • Altas taxas e impostos, o que faz vários franceses procurarem países com menores custos, como Portugal, para se aposentar.

O que você achou? Não é impossível conseguir um visto para aposentados na França, mas é preciso ter foco neste projeto de vida. Para inspirar você no processo de mudança, compartilhamos várias histórias e dicas de brasileiros que realizaram O sonho de viver na Europa.