Encontrar emprego na Espanha, veja as dicas dos brasileiros que vivem lá

Como encontrar emprego na Espanha

Espanha  / 

Se você é uma daquelas pessoas que está sonhando morar fora do Brasil e escolheu a Espanha como destino, certamente conseguir um emprego na Espanha está na sua lista de prioridades. Pois bem, a melhor maneira de alcançar o seu objetivo é chegar ao seu destino com todas as informações necessárias.

Então, eu decidi escrever um texto com tudo o que você precisa saber do assunto para ajudar.

Emprego na Espanha

O caminho mais curto para se conseguir um emprego na Espanha, sendo brasileiro, é ter um passaporte europeu. O que diminui muito toda a burocracia. O que não quer dizer que o fato de não tê-lo será uma barreira para conseguir emprego.

Sites para ajudar na busca, agências especializadas, um bom currículo e o visto de trabalho são algumas das principais informações que você deve ter antes de partir para essa nova experiência.

Como faço para conseguir um visto de trabalho na Espanha?

Permissão para trabalhar na Espanha
O visto de trabalho só é concedido se você já o tiver encontrado e quem cuidará de toda burocracia é a empresa que pretende fazer a contratação.

Precisando abrir uma conta bancária na Europa?

Literalmente, em 5 minutos, você pode ter a sua conta bancária no banco N26, um banco digital que funciona na Europa toda.

Você não precisa de comprovar que está trabalhando nem que tem recebimentos mensais. Precisa apenas ter um endereço na Europa e o seu passaporte em mãos. Confira:

CRIAR CONTA NO N26

Na Espanha existem dois tipos de vistos de trabalho: “cuenta ajena” e “trabajo por cuenta propia”. No primeiro caso, é concedida uma residência temporária e quem deverá solicitar a contratação é o empregador. O segundo caso é para quem pretende abrir o próprio negócio. Porém, em ambos, o interessado deve cumprir uma série de requisitos.

Posso trabalhar na Espanha com visto de turista?

É uma pergunta frequente, pois os brasileiros podem entrar na Espanha como turistas e permanecerem por um prazo máximo de 90 dias (Espaço Schengen).

Porém, a resposta é “não”, neste período, como turista, você não poderá trabalhar. Caso encontre trabalho deverá deixar o país, pedir um visto de trabalho no Brasil e ficar aguardando para que seja concedido. Aí sim, poderá voltar para Espanha de forma legal.

Veja um guia completo para visto para Espanha.

Quais os requisitos para se conseguir emprego na Espanha?

Está preparado para conhecer todos os “nãos“?

  1. Não pode estar irregular no país no momento em que se pede o visto;
  2. Não pode ter antecedentes penais no país de origem e países que viveu. (Será um dos documentos exigidos para os trâmites de pedido de visto);
  3. Não pode estar com o nome incluído em nenhuma lista de proibição de entrada na Espanha e em qualquer outro país que a Espanha tenha acordo neste sentido;
  4. Se estiver na Espanha com outro tipo de visto, não pode estar no prazo que teria que estar deixando o país.

No caso de investir ou atividade própria

No caso de investir em uma atividade na Espanha ou abrir uma empresa na Espanha, deve comprovar a situação econômica para manter o projeto empresarial e poder assumir o que foi acordado no contrato.

Também em caso de atividade própria, o governo espanhol exige que você comprove ter capacitação para exercer a profissão do negócio que será iniciado. Além disso, demonstrar que depois de tirar o necessário para começar a empresa, tenha recursos para se manter durante o período inicial do investimento.

Quais os profissionais que faltam na Espanha?

Trabalho na Espanha
Para conseguir emprego na Espanha, esta pergunta é fundamental e fará toda diferença. Explicando melhor, a Espanha só concede visto de trabalho para atividades que estão em uma lista chamada “catálogo de ocupações de difícil cobertura”.

Nos últimos meses, por exemplo, atividades dentro da indústria naval eram as que mais apareciam na lista elaborada pelo SEPE (“Servicio Publico de Empleo Estatal“), que é regularmente atualizada.

Em toda Espanha, existiam muitas vagas para cozinheiros de barco, mecânicos, garçons, porém, também se buscava treinadores para diferentes esportes e atletas.

Veja mais dicas sobre os profissionais em falta na Espanha.

Como se preparar para conseguir emprego na Espanha?

Até agora você já entendeu que há vários requesitos a cumprir para conseguir trabalhar na Espanha. Como estar legal no país, ou ter o visto adequado, assim como as vagas que estão em aberto no país Europeu.

Mas como conseguir emprego na Espanha?” Você pergunta.

As dicas que você vai encontrar a seguir são essênciais para aumentar a chance de você arrumar uma vaga, legalmente, na Espanha.

Para conseguir emprego na Espanha é importante que você aprenda o idioma. O “portanhol” poderá dificultar a sua vida, mesmo que você tenha a sorte de encontrar um emprego que usará somente o português.

Há vagas para “português do Brasil”

Existem sim, algumas vagas que são específicas para quem fala “português do Brasil”, assim diferenciam do português de Portugal ou europeu, como falam na Europa. Porém, todo o processo seletivo, o primeiro contato por telefone para agendar uma entrevista ou por e-mail será feito em espanhol.

Aprenda o idioma

Então, não tem jeito, o primeiro passo para conseguir emprego na Espanha é aprender espanhol básico, que sirva para sua comunicação com as demais pessoas e para se expressar bem durante um processo seletivo para uma vaga de emprego.

Veja como aprender espanhol, de maneira fácil e rápida.

Melhor deixar a documentação preparada

Uma outra dica valiosa é ter seus diplomas validados e traduzidos, para não ter que fazer nada correndo quando conseguir o emprego na Espanha. O primeiro passo é levar os diplomas para serem legalizados no cartório. Você deve fazer o “apostilamento”, um novo procedimento de legalização de documentos exigidos pela Espanha.

Isso vai ajudar a convencer a empresa, na hora de decidir entre você ou outra pessoa, pois ela sabe que você já se precaveu e está pronto a trabalhar em breve.

Faça a tradução

Em seguida, faça a tradução, que deve ser feita por um tradutor juramentado. Nesta lista, será possível encontrar opções na sua cidade.

Vale ressaltar que o valor cobrado por esse profissional não é tabelado. Por esse motivo, faça uma pesquisa com pelo menos 2 ou 3, ou até mais tradutores, se quiser economizar.

Um bom currículo fará a diferença na busca por trabalho na Espanha

Não é só a documentação pronta com antecedência que facilitará a sua vida na hora de conseguir um emprego na Espanha. Um bom currículo poderá ser a sua porta de entrada para uma empresa.

A estrutura a seguir é a mais usada pelos candidatos espanhóis no momento:

  • Colocar uma fotografia no currículo na Espanha é praticamente obrigatório.
  • Informações pessoais: nome, sobrenome, endereço, e-mail, data de nascimento, nacionalidade (se tem passaporte europeu).
  • Experiência profissional: comece da mais recente e coloque uma breve descrição para cada uma delas. Evite as experiências não relevantes para o cargo que está concorrendo.
  • Formação acadêmica: com a data do início e a data de conclusão.
  • Cursos extracurriculares: atividades complementares, como cursos de informática, por exemplo.
  • Idiomas: colocando o nível falado, escrito e de compreensão de cada um deles.
  • Outra informação de interesse: pode colocar sua disponibilidade de horário, de viajar, de se mudar, se possui veículo, isto é, qualquer informação que seja relevante para o cargo que está concorrendo.

Onde buscar emprego na Espanha?

Onde buscar emprego na Espanha

Saber onde buscar emprego na Espanha também pode ajudar a encontrar emprego na Espanha e ajuda você a poupar tempo.

Os motores de busca mais usados são Infojobs e Indeed, ambos, principalmente o segundo, se faz um filtro na pesquisa, por exemplo, “trabalho para brasileiros”, e chegaram alertas no seu e-mail. São motores de busca que direcionam para ofertas em diversos outros sites.

Veja outros sites para buscar emprego na Espanha:

Você pode ver uma lista completa dos sites de emprego na Espanha.

Estando na Espanha, uma outra alternativa é buscar ajuda nas “agências de colocação”. Existem muitas associações que não só ajudam o estrangeiro a encontrar trabalho, como oferecem curso de formação, como por exemplo, em Madrid, a Fundación Pueblos Unidos ou a Apla (Amigos de las Personas Immingrantes).

Lembre-se que o mais importante para conseguir emprego na Espanha é se preparar com antecedência e ter toda documentação exigida pelo país em mãos para não perder a oportunidade quando ela aparecer.

Como garantir as chances de ficar com a vaga?

Ok, agora você já sabe algumas dicas para se encontrar e candidatar a vagas, o próximo passo é saber conhecer e adaptar-se aos processos de recrutamento na Espanha. E isso também vai ajudar você a ganhar um emprego na Espanha.

Como é o processo de recrutamento na Espanha? É parecido com do Brasil?

Entrevista e recrutamento na Espanha

Podemos dizer que sim, o processo de recrutamento na Espanha é bem parecido com o do Brasil. Para começar o candidato passará por fases, uma vez que o seu currículo tenha sido selecionado.

Alguns processos de recrutamento na Espanha são bem rápidos

Currículo este que pode ter sido enviado direto para empresa ou para uma consultoria externa, que acontece mais vezes. Normalmente, as vagas são publicadas por agências de trabalho que selecionam pessoal para todo o tipo de empresa.

Para a fase seguinte, seguem somente os candidatos que atendem todos os requisitos. Assim é quando se trata do caminho mais curto: currículo, agência e pessoa da empresa que é responsável pela vaga.

Mas alguns processos de recrutamento são longos

Porém, existem processos bem mais longos. Se envia o currículo, se aprovado, a agência faz uma primeira entrevista, seleciona os melhores que vão prosseguir com o processo na empresa.

Os selecionados participam de uma dinâmica de grupo e alguns aprovados são selecionados para a próxima entrevista, nesta segunda fase, com alguém do setor responsável pela vaga.

Confira um guia para trabalhar na Espanha.

Alguns processos podem ter até quatro entrevistas

Dependendo da vaga que se está concorrendo, dois ou três candidatos podem ainda passar pela terceira e última entrevista dentro da empresa. Dessa vez, irão falar diretamente com aquele que é o chefe do setor.

O processo de recrutamento depende do trabalho e da cultura da empresa

Falando de trabalhos como vendas, call center, garçom, entre outros similares, se quem publicou a vaga foi uma agência, normalmente, será uma entrevista com eles e a outra na empresa com o responsável pela vaga e nada mais.

Para estas vagas também é possível fazer uma única entrevista no local onde se irá trabalhar, diretamente com aquele que será seu chefe direto.

Depois de você arrumar um trabalho legalmente será necessário pedir o número de identificação de estrangeiro. Veja como funciona.

Danielle é brasileira, jornalista e já viveu em Milão, na Itália e Linz, na Áustria, somando 5 anos na Europa. Atualmente, mora em Madrid e está cursando Cinema no Instituto del Cine de Madrid. Apaixonada por viagem e moda, deu início ao projeto Italy Fashion Time, em Milão, cujo objetivo é proporcionar aos brasileiros uma experiência no mundo da moda italiana.