Pensando em se mudar para a Espanha?

Conheça o nosso Ebook Como Morar na Espanha, um guia completo com tudo que precisa saber para preparar sua mudança para o país de forma segura, legal e tranquila! Faça seu planejamento com a segurança da melhor informação do nosso livro digital.

SABER MAIS →

Para conseguir um emprego na Espanha, você precisa ter bastante foco e, dependendo do caso, cumprir com alguns requisitos administrativos específicos. Por isso, preparamos algumas dicas básicas e importantes que poderão auxiliar nesse processo.

O que é preciso para conseguir emprego na Espanha?

Veja o passo a passo que montei abaixo:

1. Solicitar o visto de trabalho

A primeira orientação relevante para quem deseja conseguir um emprego na Espanha é saber quais tipos de vistos são possíveis e em qual você se encaixaria.
Saber com antecedência qual seria o melhor visto para você, dentre as modalidades que permitem trabalhar, vai ser importante para guiar a própria busca por um emprego na Espanha. Portanto, você precisará entender e se preparar com maior antecedência para tramitar o visto correto de trabalho e residência no país.
Sendo assim, preparamos uma lista com os tipos específicos de cada visto que se aplicam a diferentes situações.

Visto de residência para trabalhador subordinado na Espanha

Vamos começar falando do visto de residência para trabalhador subordinado, ou, como é chamado na Espanha, visado de residencia y trabajo por cuenta ajena.

Como o próprio termo já indica, esse visto está orientado a quem será contratado para trabalhar em uma empresa na Espanha. Dessa forma, é o visto aplicável para a realização de trabalho subordinado no país.

Nesse caso, o interessado já deve possuir um contrato ou proposta de trabalho para solicitar o visto. Ademais, o empregador deverá realizar um trâmite prévio, para que seja autorizada a contratação do trabalhador estrangeiro.

Vale a pena citar que netos de espanhóis podem ter vantagens nesse processo. Ademais, filhos de espanhóis desfrutam de facilidade imigratória para morar na Espanha.


Visto de residência e trabalho autônomo (para empreendedores) na Espanha

O segundo tipo é o visto de residência e trabalho autônomo, ou visado de residencia y trabajo por cuenta própia.

Esse tipo de visto está orientado para empreendedores, ou seja, pessoas que desejam abrir seu próprio negócio na Espanha.

Para solicitar esse visto, o interessado deverá apresentar um plano de negócios com a definição da atividade, estudo de mercado e análise financeira. Tudo isso é necessário para provar a viabilidade do projeto a ser instalado na Espanha.

Ademais, o projeto também deverá passar por uma provação prévia.


Visto para trabalhadores altamente qualificados na Espanha

O visto para trabalhadores altamente qualificados é um tipo de visto de trabalho subordinado aplicável a algumas situações específicas.

Para solicitar esse visto o trabalhador deve ter Ensino Superior completo ou possuir pelo menos cinco anos de experiência profissional.

Se você se enquadra nestes requisitos, o seu processo imigratório pode ser mais célere, já que há uma regulação própria que privilegia a contratação desse tipo de trabalhadores.

Por isso, já sabendo previamente dessa informação, você pode começar a buscar uma oferta de emprego compatível com estes requisitos.


Visto para trabalhadores que realizem movimentos intraempresariais na Espanha

Esse tipo de visto pode ser solicitado pelos trabalhadores que são transferidos dentro de uma mesma empresa ou grupo empresarial para trabalhar na Espanha.

Assim, o profissional que trabalha fora da Espanha e é transferido para trabalhar na mesma empresa, que atue também dentro do território espanhol, deve solicitar esse tipo específico de visto.

O processo também será mais célere e privilegiado, como no caso anterior.


Visto de residência e trabalho isento de autorização prévia na Espanha

Lembra que falamos no início que o empregador precisa tramitar uma autorização prévia para contratação do estrangeiro?

Em certos casos, isso não é necessário. Isso ocorre no caso deste visto, por exemplo, específico para artistas, ministros religiosos, professores, cientistas ou funcionários civis e militares.

Normalmente, estes profissionais são chamados para exercer sua profissão durante um período na Espanha, como no caso de artistas que farão alguma turnê ou espetáculo, por exemplo.

Mas, também se aplicaria para professores universitários convidados, etc.

2. Validar o diploma brasileiro

A segunda dica depende da sua situação entre as opções anteriores. Se você vai exercer alguma atividade que exija inscrição em algum conselho profissional regulador, será necessário validar seu diploma na Espanha.
Isso ocorre, por exemplo, se você é arquiteto ou advogado e deseja exercer sua profissão na Espanha, seja por conta própria ou de maneira subordinada, será importante realizar o processo de validação do diploma para exercer a profissão na Espanha.
Esse procedimento deve é realizado junto ao Ministério de Universidades na Espanha. Após a finalização, você receberá uma credencial através da qual se reconhece a validade do seu diploma e, assim, da sua formação universitária. A boa notícia é que este Ministério anunciou, recentemente, a implementação de melhorias para deixar a homologação de diplomas estrangeiros mais rápida e fácil.

existem empregos na Espanha para brasileiros
Você pode iniciar esse processo logo, antes da sua mudança, o que poderá facilitar muito a busca de emprego na Espanha. Em alguns casos, é também necessário realizar um mestrado profissionalizante, como ocorre nos exemplos citados acima.

3. Dominar o idioma local

A terceira está relacionada ao que muita gente costuma achar irrelevante ou secundário em todo esse processo. Saiba que para trabalhar ou buscar um emprego na Espanha, o domínio do idioma é muito relevante.
Com efeito, este é um dos critérios que mais eliminam candidatos estrangeiros. Esse tema está entre as coisas que os espanhóis não gostam nos brasileiros, que é o fato de, em um ambiente profissional, achar que o “portunhol” é suficiente para se comunicar bem.
Portanto, estude o espanhol e empenhe-se em demostrar que domina e valoriza o idioma.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a Wise. É seguro, rápido e fácil de utilizar.

Ver Cotação →
Procura assessoria para morar na Espanha?

Para solicitar a sua cidadania espanhola, visto, documentos, validação de diploma ou acompanhamento jurídico recomendamos o Escritório Madeira da Costa. Agende a sua consultoria e mude para a Espanha com segurança e tranquilidade.

SABER MAIS →

Existem empregos na Espanha para brasileiros?

Sim, existem empregos na Espanha que podem ser ocupados por brasileiros. Além disso, existem ofertas para estrangeiros que possuam determinadas qualificações e se privilegia os profissionais considerados altamente qualificados.
Entretanto, o processo pode ser um pouco burocrático e até demorado, dependendo do caso. Mas, existem algumas situações que podem facilitar o seu processo, caso você preencha alguns requisitos.
Isso ocorre como nos exemplos de vistos que citamos acima, bem como para preencher vagas cujos profissionais estão em falta na Espanha.
Então, se você pretende encontrar um emprego na Espanha, abaixo destacamos orientações importantes para facilitar esse processo.

Vagas de emprego na Espanha para brasileiros

Todos os brasileiros que desejam trabalhar na Espanha podem se candidatar e passar pelo processo de seleção das empresas.
Você precisa seguir um planejamento para conseguir seu emprego na Espanha. Por isso, para auxiliar nesse processo, preparamos mais algumas dicas para você.

Como conseguir emprego na Espanha estando no Brasil?

Uma das principais vantagens de se candidatar a vagas de emprego através dos sites é o fato de poder fazer isso de qualquer lugar do mundo. Portanto, se você ainda está no Brasil, você pode e deve se candidatar para vagas na Espanha por duas razões principais.
A primeira é ganhar conhecimento do mercado e começar a sentir em que regiões as oportunidades são melhores ou piores para você.
A segunda razão é que, em decorrência da pandemia, muitas empresas adotaram o teletrabalho. Por isso, você poderá participar de entrevistas por videoconferência, que é algo que está tornando-se muito comum.
Atualmente, é ainda mais fácil conseguir um trabalho remoto. Dessa maneira, existe uma grande possibilidade de você conseguir seu emprego ainda estando no Brasil.

Vagas de emprego na Espanha

A perspectiva para criação de vagas de emprego na Espanha para este ano de 2021 são excelentes. Ainda com as questões relacionadas aos impactos gerados na economia pela crise da Covid-19.
O informe realizado anualmente pela Guia do mercado laboral de Hays indica que pelo menos 61% das empresas tem a previsão de realizar novas contratações para esse ano corrente.
Dessas novas contratações os setores que mais se destacam são os de Tecnologia da Informação, Farmacêutico e Saúde. O informe também indica que os setores que menos contratarão no ano de 2021 são os de comércio, hotelaria, entre outros.

Como procurar emprego na Espanha?

Uma boa sugestão para quem deseja arrumar um emprego na Espanha é começar a buscar o quanto antes, antes mesmo de se mudar para o país. Isso ajudará a entender onde estão as melhores vagas e os principais requisitos solicitados para a sua área.
Além disso, já com determinado emprego em vista, você poderá ir para determinada cidade, já se preparando com antecedência. Na Espanha há diferentes regiões, cada uma com suas características e, em alguns casos, até com línguas próprias.

Hoje em dia não é mais necessário levar seu currículo de porta em porta e apresentar-se pessoalmente nas empresas onde você deseja trabalhar.
Por isso, vamos recomendar os principais sites para você começar a buscar emprego na Espanha já, que são:

Infojobs

Infojobs é o maior portal de emprego na Espanha e o que garante esse status é a quantidade de ofertas e de acessos ao site. São muitas ofertas publicadas em todo o país.
Por isso, a possibilidade que você tem de encontrar uma vaga de trabalho é maior se você usar essa ferramenta. Além disso, você poderá observar quais as regiões que são melhores para você em termos de quantidade de oferta de emprego e média salarial.

Infoempleo

Outro site bastante utilizado para buscar emprego na Espanha é o Infoempleo. Seu funcionamento é muito similar ao Infojobs, já que você também pode montar seu currículo na página e se candidatar à vagas de forma mais rápida.

Indeed

Um dos maiores portais de busca de emprego no mundo pode e deve ser usado também na Espanha. Indeed é uma ferramenta fácil de usar e funciona através de palavras-chave, onde você insere o cargo pretendido.

LinkedIn

Uma ferramenta que costuma ser ignorada por muitos candidatos é o LinkedIn. Entretanto, muitas ofertas são publicadas pelas empresas nesta plataforma.
Assim, além de auxiliar a encontrar um emprego na Espanha, Linkedin te ajuda a formar uma rede de contatos e participar de fóruns e eventos na sua área de atuação. Ou seja, uma ferramenta que deve ser utilizada por quem busca uma oportunidade na Espanha.

Como preparar o currículo para a Espanha

E aí, gostou das dicas dadas até aqui e quer enviar seu currículo para alguma vaga de emprego na Espanha? Então, preste bastante atenção às sugestões a seguir, para que você possa montar o seu currículo da melhor forma, para buscar emprego na Espanha.

1. Informações básicas

Comece seu currículo com informações básicas, como nome, endereço e informações de contato.
Vale ressaltar que é importante que você coloque seu nome completo no seu currículo, mas, se você não quiser indicar o seu endereço completo, basta dizer o seu código postal e em que cidade e país você vive.

como preparar o currículo para a Espanha
Outro ponto importante é que na Espanha, normalmente, os candidatos colocam uma foto de perfil profissional nesta parte do currículo. Essa prática ocorre porque é bem vista pelos selecionadores, mas, se você não quiser enviar o currículo com foto, esse critério não é eliminatório, apesar de ser comum.

2. Apresentação

Após as informações básicas, algo muito valorizado na Espanha é o uso de uma pequena introdução onde você poderá falar das suas qualidades que podem se relacionar com o trabalho em questão.

3. Experiência profissional, formação acadêmica e complementária

O próximo passo é acrescentar conteúdo ao seu currículo, e você deverá escolher a ordem desses itens em função da vaga.
Na maioria das situações é recomendável posicionar a experiência profissional antes, já que as empresas estão mais interessadas em saber sobre suas passagens por outras companhias, principalmente se forem do mesmo setor.
A exceção ocorre quando você concorre a uma vaga para trabalhar em uma Universidade, por exemplo, onde a formação acadêmica ganha mais relevância e conta como experiência.

4. Boa redação em castelhano

Por último, mas não menos importante é que o seu currículo não deve conter erros de Espanhol. Os espanhóis são pouco tolerantes com quem não sabe ou não demostra interesse no seu idioma. Assim, erros no currículo podem lhe eliminar de um processo seletivo.

É fácil conseguir emprego na Espanha?

É verdade que o cenário atual não é dos melhores para quem deseja encontrar emprego na Espanha, principalmente por conta da pandemia.
O processo pode ser bastante burocrático e em alguns casos, demorado. Entretanto, seguindo todos os passos corretamente e com um bom planejamento imigratório, é possível.

Algumas das áreas mais procuradas por empregadores atualmente são as seguintes:

Profissionais da área da saúde

Com a atual crise sanitária no mundo, a necessidade de contratação de profissionais da área da saúde ficou muito evidente na Espanha.
Médicos e enfermeiros, principalmente, possuem um bom cenário para ingressar no mercado de trabalho no país.
Portanto, se o seu desejo é trabalhar nos hospitais espanhóis ou até mesmo em sua clínica particular, informe-se sobre a validação do seu diploma brasileiro na Espanha e planeje a sua mudança.

Profissionais da área de Tecnologia da Informação

Além dos profissionais da saúde, outro setor que está em destaque é a área da Tecnologia da Informação.
Profissões como programadores ou especialistas em Cibersegurança estão com muita demanda nas empresas espanholas em razão das mudanças na dinâmica as empresas ocasionadas pela pandemia.

Especialista em Marketing Digital

Mais uma vez em razão da pandemia, outro setor que cresceu muito e oferece muitas vagas de emprego na Espanha é o Marketing Digital.
Com a necessidade das empresas em mudar de estratégia de venda e captação de clientes, especialistas em Marketing Digital estão encontrando um campo aberto e pouco explorado no país.

Salários para trabalhar na Espanha

Na Espanha as empresas pagam 14 salários por ano aos seus funcionários, algo que se instalou no país há algumas décadas. A finalidade é fazer com que as pessoas tenham mais recursos em determinadas épocas específicas, nas férias de verão e no período de natal.
Portanto, Atualmente, o salário mínimo na Espanha é de 13.300 euros anuais, o que representa um valor de 950 euros mensais.
Entretanto, se paramos para analisar o salário médio de um profissional na Espanha, esse valor sobe, variando entre 1.500 e 1.900 euros por mês. Sendo assim, a média nacional de um trabalhador na Espanha se mantém por volta 24.000 euros anuais.
Das profissões que citamos nesse artigo, quem recebe o maior salário na Espanha são os médicos. A média nacional para a categoria situa-se em 53.000 euros por ano variando em decorrência da experiência, especialidade e Comunidade Autônoma.
Sendo assim, os salários dos médicos na Espanha podem variar entre 2.543 euros mensais em Navarra a 6.423 euros mensais em Ceuta e Melilla.

Perguntas frequentes de brasileiros que querem trabalhar na Espanha

Quanto ganha um profissional de TI na Espanha?

Uma das profissões mais demandadas na Espanha atualmente, um profissional de TI, recebe uma média de 22.000 euros por ano.

Sendo assim, esse total de 22.000 euros dividido entre 14 pagamentos resulta em um salário mensal de aproximadamente 1.571 euros.


É possível entrar como turista e pedir uma residência para trabalhar na Espanha?

Não. Ainda que você encontre um trabalho, você não poderá pedir uma autorização de residência diretamente na Espanha.

Entretanto, em circunstâncias excepcionais, depois de três anos de permanência em território espanhol, é possível trabalhar de forma regular no país.


Como é o processo de recrutamento na Espanha

O processo de recrutamento na Espanha, em geral, é muito similar ao processo realizado no Brasil.

Primeiro, o candidato deve enviar sua candidatura para a empresa. Logo, após uma avaliação positiva do seu currículo a empresa entra em contato com você para agendar uma entrevista individual.

Dependendo da empresa e do cargo, podem ocorrer entrevistas coletivas e dinâmicas de grupo. Entretanto, com a questão relacionada à Covid-19, as entrevistas estão sendo realizadas individualmente e na maioria das vezes por videoconferência.

Dicas para conseguir emprego na Espanha

Existem algumas dicas que podem ser bastante úteis e facilitar o processo de conseguir um emprego na Espanha, que são as seguintes:

Trabalhar em uma profissão de difícil cobertura na Espanha

Existem alguns cargos que são considerados como profissões de difícil cobertura e essa é a primeira dica para conseguir emprego na Espanha.
Trimestralmente, o portal do SEPE (Serviço Público de Empleo Estatal) divulga uma lista atualizada dos profissionais em falta por Comunidade Autônoma.
Os estrangeiros contratados para vagas incluídas nessa lista enfrentarão menos burocracias no processo de contratação e de pedido de autorização de residência.

Possuir nacionalidade europeia

A segunda dica para quem está buscando emprego na Espanha é para quem possui dupla nacionalidade.
Se você, além de brasileiro, possui a nacionalidade espanhola ou é nacional de algum outro país da União Europeia, o processo para trabalhar na Espanha pode ser bem mais simples.
Haverá uma burocracia a ser cumprida, mas não é necessário solicitar um visto antes, já que os europeus possuem livre circulação na União Europeia.
Lembre-se também que filhos e netos de espanhóis podem usufruir de uma facilidade imigratória e para conseguir emprego na Espanha.

Falar outros idiomas pode ajudar a conseguir um emprego na Espanha

Uma questão que pode fazer com que você se destaque em um processo seletivo é o domínio de outros idiomas, principalmente do inglês.
Esse não é o ponto forte dos espanhóis, que normalmente possuem problemas em desenvolver habilidades linguísticas.
Portanto, falar fluentemente outros idiomas, além do espanhol, claro, pode ser um grande diferencial para quem deseja ocupar uma vaga de emprego na Espanha.
Se morar na Espanha é o seu sonho você precisa conhecer o nosso Ebook Como Morar na Espanha. Ele será o seu guia mais completo e aliado na hora de preparar a sua mudança: desde a tomada de decisão, como avisar os familiares, documentos a tratar no Brasil, visto ou cidadania, custo de vida, escolha da cidade, a chegada na Espanha e até a adaptação ao país! Vale a pena garantir essa tranquilidade para realizar o seu sonho da melhor maneira. E boa sorte!