Dependendo do motivo da sua viagem ao exterior, pode ser necessário realizar a tradução certificada de documentos, para que eles sejam válidos no fora do Brasil e aceitos por entidades estrangeiras.

E, neste artigo, vamos falar sobre o que é a tradução certificada, quando é necessário realizá-la, como fazê-la, entre outros assuntos. Ao final do conteúdo, explicaremos a diferença entre tradução certificada e juramentada.

O que é tradução certificada?

A tradução certificada é uma tradução livre simples, feita por tradutores certificados por uma empresa, que serve para atestar a validade e a qualidade do documento traduzido. Para ter valor legal, deve ser apresentada juntamente com um atestado de certificação (affidavit), com a assinatura do tradutor que executou a tradução e a data.

É necessário, entretanto, que esse tradutor tenha comprovada experiência em tradução e informe se é membro ou afiliado de alguma associação de tradutores no Brasil ou no exterior, como a American Translators Association ou Associação de Tradutores Americanos, por exemplo.

Quando é preciso fazer uma certificação de tradução?

Geralmente, a certificação de tradução é exigida nos seguintes casos:

  • Documentos de imigração;
  • Processos de pedido de cidadania ou visto;
  • Documentos comprobatórios, como certificados, diplomas e históricos acadêmicos, para casos de aceitação de documentação em universidades estrangeiras para intercâmbio, por exemplo;
  • Transcrições judiciais;
  • Passaportes;
  • Certidão de nascimento, de casamento ou de óbito;
  • Carteira de motorista (CNH);
  • Carteira de identidade, entre outros.

É importante mencionarmos que a maioria dos países aceitam documentos com tradução certificada. No entanto, é necessário que a pessoa sempre verifique se a documentação foi traduzida corretamente e se está de acordo com as exigências das instituições que solicitaram a tradução, assim como as regras dos países.

Preço de uma tradução certificada

Não existe um preço fixo a ser cobrado para essa tradução. O custo do serviço fica a critério do tradutor, diferentemente do caso da tradução juramentada, que deve respeitar a tabela da Junta Comercial de cada Estado do Brasil.

Mas é importante destacarmos, aqui, que o preço da tradução certificada depende alguns fatores, como o tamanho do arquivo e o prazo para a entrega da documentação traduzida. Desta forma, é essencial enviar para o tradutor toda a documentação que você precisa que seja traduzida e solicitar um orçamento.

Com a Yellowling você recebe o orçamento online, em até um minuto, com o preço justo a ser cobrado pelo serviço. Se você ainda não conhece essa empresa, veja esse artigo sobre a Yellowling que escrevemos e veja se ela é de confiança.

Como fazer a tradução certificada?

Esse tipo de tradução de documentos deve ser realizado por meio da junção de três peças, que nem sempre têm a mesma ordem:

  • Documento, assinado e carimbado, do tradutor e do notário;
  • Original, assinado e carimbado, pelo tradutor e pelo notário;
  • Tradução, assinada e carimbada, pelo tradutor e pelo notário.

Primeiramente, você precisa enviar a documentação para um tradutor, para que este faça a tradução certificada, atestando a validade do documento. Quando a instituição exigir, o tradutor deve reconhecer firma em cartório. Ele deve inserir o seu carimbo e a sua assinatura nos documentos traduzidos, visando certificar a qualidade do processo e validar o documento.

A certificação exige, também, a validação de um tabelião ou de um funcionário da prefeitura para concluir o processo.

Os documentos são enviados juntamente com uma carta com o selo da Associação Americana de Tradutores e com o nome e o número de registro do tradutor.

Uma maneira mais simples de fazer essa tradução é por meio de empresas especializadas no serviço de tradução. Entre elas, o Euro Dicas recomenda a Yellowling e a e-Traduções empresas líderes quando o assunto é tradução. Com elas, fica bem mais simples, rápido, preciso, seguro e menos burocrático realizar as traduções e apostilamento de seus documentos.

Tradução de certificados e diplomas

Se você pretende estudar no exterior, provavelmente a instituição de ensino exigirá que os seus certificados e diplomas sejam traduzidos do português para a língua do país, para que eles sejam “entendidos” e válidos no local onde você ingressará.

O certificado de conclusão de curso comprova que você terminou determinado curso. Ele pode ser exigido para uma vaga de emprego ou para uma matrícula em um novo curso, por exemplo, que precise de comprovação de que você estudou determinado conteúdo.

A apresentação da tradução de certificados de conclusão de curso e diplomas é obrigatória na maioria das instituições de ensino e empresas estrangeiras.

Quem pode fazer uma tradução certificada?

Esse tipo de tradução deve ser feito por um tradutor que comprove experiência em tradução no idioma para o qual o documento precisa ser traduzido e, se possível, informe se é membro ou afiliado de alguma associação de tradutores no Brasil ou no exterior, como a American Translators Association ou Associação de Tradutores Americanos, por exemplo.

Em outras palavras, podemos dizer que apenas os tradutores qualificados, certificados e com muita experiência podem fazer a tradução certificada.

mulher pesquisando no notebook
A tradução certificada serve para atestar a validade e a qualidade do documento traduzido

Mas essa tradução pode ser realizada por conta própria, com base nos modelos prontos. Neste caso, todos os documentos devem ser submetidos a um tradutor, para que este verifique a validade dos mesmos e os certifique.

Qual a diferença entre tradução certificada e juramentada?

Para evitar que os dois tipos de traduções sejam confundidos, veja as diferenças entre elas.

Tradução certificada

A tradução certificada atesta a qualidade e a veracidade da tradução em relação ao documento original, contendo a certificação de tradutores profissionais, certificados por um órgão.

Esse tipo de tradução eleva o nível da autenticação e garante um processo bem mais preciso do que se as traduções fossem feitas por pessoas nativas de determinado idioma ou, mesmo, por tradutores profissionais. Desta forma, somente tradutores qualificados, certificados e com vasta experiência no assunto podem fazê-las.

Entenda como fazer uma tradução certificada para inglês.

Tradução juramentada

Assim como a tradução certificada, a tradução juramentada é feita por um profissional com bastante experiência. No entanto, no caso da tradução juramentada, este profissional deve ser um tradutor público habilitado (juramentado habilitado na Junta Comercial do Estado) na instituição certificadora do país.

O tradutor deve fazer e assinar o documento. Assim, ele passa a ter validade oficial para as autoridades públicas (órgãos ou instituições públicas).

As traduções juramentadas devem ser impressas em papel timbrado e reconhecidas em cartório com validade nacional (e, muitas vezes, internacional).

Veja, em detalhes, a diferença entre tradução juramentada, técnica, certificada e jurídica.