Conheça a cultura da Holanda

Holanda  / 

Uma das principais dificuldades encontradas por expatriados são as diferenças culturais de cada país. Aqui na Holanda não foi diferente. Imagine um lugar onde as pessoas não comem “comida de verdade” no almoço e onde o Papai Noel não é importante. Pois é, aqui é assim e eu vou contar um pouco mais sobre a cultura da Holanda nesse artigo.

O Holandês e a comida

Alimentacão na Holanda

Se colocarmos em uma escala, a dieta do holandês é basicamente pão e batata. Eles amam! No café da manhã (no almoço também) existe uma “comida típica” que posso descrever como pão, manteiga e hagelslag (chocolate granulado) que é generosamente servido por cima da manteiga. Estranho não é? Mas é a cultura da Holanda!

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Almoço para quê?

No Brasil a gente está acostumado com aquele “PF” na hora do almoço: arroz, feijão, legumes, alguma carne e ainda tem um docinho no final. Aqui na Holanda, para mim, essa é uma das diferenças culturais mais aparentes.

Eles mesmos fazem piada com isso, almoço de holandês é pão, pão com qualquer coisa que tenha disponível. Pão com creme de avelã e chocolate, pão com queijo, pãomcom húmus, PÃO.

Tudo bem que colocam uma saladinha de tomate e alface dentro, mas imagina seu almoço da vida toda ser pão todo santo dia!

A hora do jantar

O jantar salva o dia. Na cultura da Holanda, é nessa parte do dia em que é servida a refeição mais saudável. Pode ser uma carne com saladas, sopas variadas, ou até o famoso Stamppot, que nada mais é que batata amassada com legumes e verduras adicionados.

Se este assunto muito te interessa, vai gostar de conhecer as 10 comidas típicas da Holanda.

Mas e a saúde dos holandeses?

Apesar dessa enorme diferença, os holandeses têm uma saúde muito boa, provavelmente por fazerem muito exercícios e por sempre adicionarem no dia-dia muitas frutas e saladas.

Locomoção na Holanda

Locomoção no Holanda

Andar de bicicleta na Holanda é uma coisa que você aprende antes mesmo de falar. Quando me mudei não sabia nem me equilibrar na magrela e hoje em dia não imagino minha vida sem. É uma facilidade de vida que os holandeses souberam aproveitar. São centenas de quilômetros de ciclovias espalhados pelo país.

Precisa enviar dinheiro do Brasil para a Europa?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram e etc), a plataforma que nós recomendamos é a TransferWise.


Com mais de 35.000 avaliações positivas, na TransferWise você vai economizar até 8x nas suas transferências. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Aqui, pelas cidades serem pequenas, com ruas estreitas, é muito mais fácil chegar ao seu destino de bike do que em um carro, por isso que todo mundo é magrinho.

Religião na Holanda

É muito comum encontrar igrejas grandiosas e lindíssimas espalhadas pela Holanda. Mas não espere que dentro delas tenha missa. Isso porque 43% da população holandesa é ateia, transforma igrejas e templos em livrarias, cafés e casas de shows.

Jopenkerk: a cervejaria de Haarlem construída em uma igreja

Kopenkerk, cervejaria na Holanda

Um dia desses “fomos a igreja” tomar uma cervejinha e comer batata frita. A cervejaria Jopenkerk, no Haarlem funciona nos instalações de onde antes era uma igreja, e isso é muito comum por aqui.

Exceção à regra

Se você é católico e quer ir à missa na Holanda você encontra uma igreja ou outra que está em função normal, mas isso não é a regra, mas sim exceção.

Educados mas sem paciência

Os holandeses são muito educados, mas também, muito diretos. Isso às vezes pode parecer rude. No Brasil estamos acostumados a “dar um jeitinho” em tudo. Aqui não funciona assim. Se não pode, não pode. Se pode, pode. Não tem meio termo.

Por exemplo, se você quer adicionar ou retirar algo do seu prato no restaurante e eles falam que não é possível, mesmo parecendo ridiculamente fácil de resolver, não insista, só vai perder seu tempo.

São muito “gente boa”

Tirando algumas situações de estresse com o pessoal sem paciência, os holandeses são um povo bastante amigável e simpático. Só não espere um abraço ou contato físico, não é comum na cultura deles.

Outras curiosidades sobre a cultura da Holanda

  • Eles não se importam com o Oscar, Super Bowl. Nem é possível acompanhar na tv;
  • As saunas são mistas, e todo mundo fica peladão mesmo;
  • Holandeses são muito educados e dizem “por favor”, “desculpas” e “obrigada” compulsivamente;
  • Fumantes na Holanda são muitos, especialmente entre os jovens;
  • Na Holanda não existem cachorros de rua;
  • Pessoas com boa situação financeira muito dificilmente tem empregadas domesticas. Cada um cuida da sua casa, sendo classe baixa até média alta;
  • É muito difícil encontrar um prédio com lixeira própria, o lixo aqui é jogado na rua, e tem dia certo para colocar;
  • Se você jogar o saco do lixo na rua em um dia não permitido, pode receber uma multa do governo (reza a lenda que eles reviram o seu lixo para tentar encontrar um documento que ligue o lixo a pessoa);
  • As crianças fazem muitas atividades extracurriculares (futebol, musica, natação, hockey, dança…);
  • Não confunda Coffee Shop com Cafés, na Holanda coffee shops são locais onde se vende maconha;
  • Os holandeses consomem muito café e cerveja. Um dos índices mais altos do mundo;
  • Eles aqui praticamente ignoram a “existência” Papai Noel. Por aqui ele não participa das celebrações natalinas. O que foi um choque para mim.

O Sinterklass

Na cultura da Holanda existe o Sinterklaas. É tipo uma pegadinha do malandro para quem é estrangeiro na Holanda. Isso porque ele parece com o nosso bom velhinho, mas não é.

Ele é na verdade, São Nicolau e é celebrada em 5 de dezembro, véspera da data da morte do Santo. Em algumas tradições, há quem dia que o Sinterklaas é bonzinho e magnânimo, porém também existem boatos que ele pega as criancinhas malvadas, coloca no saco e leva elas para Espanha. Tipo sequestro mesmo. Ou seja, bem doido né?

Como é comemorado o Sinterklass

A noite de Sinterklaas, 5 de dezembro, é sempre celebrada em família com muita festa. As crianças ganham presentes, e adultos e adolescentes trocam presentes com embrulhos engraçados acompanhados de um poema (Sinterklaasgedicht) em uma espécie de amigo oculto. É tradição também cantar musiquinhas típicas e ganhar chocolates com suas iniciais. 

Mas e o Natal?

Cultura da Holanda, natal

Ah, o natal também é celebrado aqui, mas a tradição não é forte como no Brasil, e as pessoas curtem bem mais o Sinterklaas. Mas o dia oficial de ganhar presente é no dia 5 de Dezembro mesmo. Holandeses e suas peculiaridades! 

Deu para percebeu que a cultura da Holanda é bem peculiar, mas o mais legal de viver outras experiências é exatamente isso: conhecer e aprender com culturas completamente diferentes da nossa. Concorda?

Veja mais sobre o país no artigo tudo sobre a Holanda .

Em destaque na Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é a TransferWise. Com mais de 35.000 avaliações positivas, na TransferWise você vai economizar até 8x nas suas transferências. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE

Katarina Ferreira, Social Media, Designer e Fundadora do Vida Laranja, onde dá dicas e ajuda brasileiros que resolveram, como ela, buscar novos desafios na Holanda e pelo mundo.