Consumir drogas na Holanda, saiba o que é legal e como funciona

Consumo de drogas na Holanda

Holanda  / 

Para muita gente quando se fala em Holanda já vem logo na cabeça “Holanda o lugar onde tudo é liberado!“. Se você é uma dessas pessoas, tenho um fato a revelar: não é bem assim.

Um pouco de história sobre o consumo de drogas na Holanda

A legislação de drogas vigente na Holanda é de 1976, e tem base na diferenciação entre drogas de alto risco e inaceitável a saúde (cocaína, heroína, anfetaminas e LSD) e as de menor risco, como maconha e haxixe.

Já o álcool, um fato curioso, é considerado de alto risco, é liberado, mas controlado pelo governo.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Maconha na Holanda

Maconha na Holanda

Sim, tenho que concordar que a política de drogas na Holanda é muito diferente do Brasil.

Na prática, um turista (maior de 18 anos) pode comprar maconha e derivados (bolinhos, hash e etc) nos Coffee Shop, em Amsterdam, sem nenhuma dificuldade. Já em outras cidades por aqui, essa compra só pode ser feita por residentes e holandeses.

E as pessoas consomem na rua?

Na lei, não é permitido o uso de maconha na rua. Mas no dia-dia, é comum vermos turistas e moradores (nem tanto), consumindo sem cerimônia nas ruas.

A polícia faz uma vista bem grossa. Mas se o policial não estiver num bom dia, você pode receber um sermão, nada vai acontecer de fato, a não ser é claro que seja tráfico e não consumo recreativo (até 5 gramas).

Veja tudo sobre a Holanda que você precisa saber.

Álcool na Holanda

O álcool por aqui, só pode ser comercializado para maiores de 21 anos, e não pode ser consumido nas ruas. O que é bem mais fiscalizado do que o consumo de maconha. Você não verá uma pessoa circulando pelas ruas com uma garrafinha de Heineken.

Existe até uma sinalização especifica em alguns lugares mais turísticos alertando a proibição. Mas fique tranquilo que nos restaurantes e bares você pode tomar a sua cervejinha à vontade.

Precisa enviar dinheiro do Brasil para a Europa?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram e etc), a plataforma que nós recomendamos é a TransferWise.


Com mais de 35.000 avaliações positivas, na TransferWise você vai economizar até 8x nas suas transferências. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Você pode conferir também os melhores lugares para degustar cerveja na Europa.

Outras drogas

São extremamente proibidas as drogas consideradas pesadas (LSD, êxtase, MD, cocaína, ketamina, cogumelos, heroína e etc). Mas polícia holandesa sabe que quem quiser encontrar essas drogas, assim como em qualquer lugar do mundo, encontrará.

Aqui ninguém é preso por consumir droga, a pessoa não é interrogada e nem processada. Ela pode, provavelmente, passar uma noite na delegacia, mas nada acontece. Só que (mais uma vez) isso não é aplicado para quem for pego traficando, aí a lei é bem rígida, a pessoa vai pressa e terá que cumprir pena.

A relação dos Holandeses com as drogas

Consumo de drogas na Holanda
O holandês é um povo bem prático, e eles sabem que se não fosse permitido o uso de maconha, por exemplo, as pessoas dariam um jeito de consumir mesmo assim, exatamente como no Brasil.

Essa abordagem pragmática faz com que as autoridades possam se concentrar nos grandes criminosos, que lucram com o fornecimento de drogas pesadas.

Holandeses não costumam consumir maconha

Eles adotaram essa política, que no meu ponto de vista dá certo, em relação as drogas. Não é comum ver holandeses consumindo maconha, eles adoram uma cervejinha, mas maconha é mais coisa de turista. Eles não reclamam, e desde que não invada o espaço deles, está tudo certo!

Também já compartilhamos um guia para morar na Holanda.

Efeitos positivos

A Holanda tem um índice de consumidores de maconha menor que a média europeia.

E isso também vale para drogas pesadas, então podemos concluir que a política de drogas na Holanda está dando certo, não é mesmo?

Choque cultural

Confesso que quando me mudei, também achava que tudo era liberado, mas me surpreendi quando entendi como funciona na prática.

As leis são claras, quem quiser ir no coffee shop vai e pronto. As ruas não são para consumir drogas nem bebida alcoólica e ponto final. Mesmo com a polícia fazendo vista grossa, as pessoas respeitam, como suas exceções, claro.

Saiba como é a comunidade de brasileiros na Holanda.

Existe turismo duvidoso na Holanda?

A única coisa que me incomoda um pouco nessa história toda, é o tipo de turismo que isso atrai. O turista que vem à procura de drogas na Holanda.

Em Amsterdam, onde moro, chega sexta-feira, a cidade lota com pessoas, que muito provavelmente, não vieram para visitar museus e moinhos, e sim para passar o final de semana nos coffee shops (normalmente europeus).

O turista de “coffee shop” não agrega na cidade

Infelizmente esse tipo de turista não agrega na cidade, além de serem bem barulheiros e porquinhos, as ruas no centro ficam lotadas e com muito de lixo. Mas, nada exagerado, é que amo tanto a cidade que ver as ruas lotadas e sujas, mesmo que por algumas horas, me dá uma dorzinha no coração.

O importante nisso tudo é que cada um seja feliz como bem quiser, dentro dos limites e respeitando os outros.

Katarina Ferreira, Social Media, Designer e Fundadora do Vida Laranja, onde dá dicas e ajuda brasileiros que resolveram, como ela, buscar novos desafios na Holanda e pelo mundo.