Tudo sobre a Holanda: conheça tudo sobre o país das tulipas

Holanda  / 

A Holanda é um lindo país, com bastantes paisagens planas, clima ameno, canais, belos campos de tulipas, moinhos de vento e rotas de ciclismo. Com 412,1 habitantes por km2 (estimativa/ano de 2018), é também conhecida como Países Baixos, seu nome oficial. O país não está entre os mais escolhidos pelos brasileiros para viagens. Por isso, hoje você vai conhecer tudo sobre a Holanda e se encantar.

Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil.


Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem. Faça uma cotação online sem compromissos e confira as várias opções de seguro para a sua viagem.

FAZER COTAÇÃO »

Tudo sobre a Holanda: onde fica o país

A Holanda (ou Países Baixos) se localiza na Europa Ocidental e faz fronteira com a Bélgica e a Alemanha.

País de baixa altitude

É um país de baixa altitude, e boa parte da população vive em áreas abaixo do nível do mar. Por conta disso, os holandeses desde cedo tiveram que aprender a domar a água, construindo diques e otimizando os recursos naturais, inclusive uma província inteira foi feita artificialmente, empurrando a água.

Flevoland foi feita entre os anos 50 e 60, e oficialmente estabelecida como província em 1986.

Saiba também como é a comunidade brasileiros na Holanda.

Tudo sobre a Holanda: breve história

Se você pretende saber tudo sobre a Holanda, deve conhecer um pouco a história do país.

No século I a.C., a Holanda era habitada por germânicos. Entre os séculos IV e VIII, grande parte do território foi conquistada pelos francos e, um tempo depois, a passou para as mãos da Casa de Borgonha e dos Habsburgos austríacos.

Em 1579, as sete províncias do norte holandês se tornam a República das Sete Províncias Unidas dos Países Baixos. O século XVII é considerado a “época de ouro” dos Países Baixos. Neste período, se tornam uma grande potência marítima e colonial.

Entre outras conquistas, surgiram as pinturas de “Velhos Mestres”, incluindo Rembrandt e Vermeer. Suas obras, juntamente com as de artistas como Mondrian e Van Gogh, estão atualmente sendo exibidas em museus da Holanda e do mundo.

Ápice e declínio

No século XVII, os holandeses se tornaram uma potência marítima e comercial, com assentamentos e colônias em todo o mundo.

O declínio dos Países Baixos aconteceu com a perda gradual da superioridade tecnológica, assim como as guerras com a Espanha, a França e a Inglaterra no século XVII e XVIII.

Dominação francesa

A Holanda passa um tempo de dominação francesa, com o nome de República Batava, e posteriormente, como Reino da Holanda, governada por Luís Bonaparte. E, finalmente, é anexada pela França.

Depois da derrota de Napoleão, em 1815, a Holanda e a Bélgica se tornaram o “Reino Unido dos Países Baixos” sob o rei Willem I. Os belgas se recolheram da união em 1830 para compor seu próprio reino.

Guerras Mundiais

A Holanda ficou neutra na Primeira Guerra Mundial, mas foi invadida e ocupada pela Alemanha na Segunda Guerra Mundial.

Atualidade

No decorrer do século 20, grande parte das colônias holandesas conquistou a independência. Em 2010, o Reino da Holanda passou a ser formado por quatro países: Holanda, Aruba, St. Maarten e Curaçao.

Capital da Holanda

A capital da Holanda é Amsterdam, cidade com aproximadamente 825 mil habitantes (estimativa 2019).

Tudo Sobre a Holanda Amsterda

O país inteiro tem em torno de 17,3 milhões de habitantes (estimativa 2018), o que pode não ser muito em números absolutos, mas por conta da área pequena, torna a Holanda um país bem densamente povoado, sendo um dos mais populosos da Europa.

Onde fica Amsterdam

A cidade de Amsterdam está localizada na província da Holanda do Norte, no lado oeste do país.

A sede do governo não fica em Amsterdam

Uma curiosidade do país é que apesar da capital ser Amsterdam, a sede do governo fica em Haia. A vantagem é que quem quiser conferir o Binnenhof, o prédio do parlamento holandês, não precisa disputar espaço com os milhares de turistas que Amsterdam sempre recebe.

Qualidade e custo de vida

A terra dos artistas Vicent van Gogh e Rembrandt tem um custo de alimentação e atrações turísticas bem mais baratos que em cidades como Londres e Paris.

Para você ter uma noção do custo de vida no país, seguem alguns dados, com base no site Numbeo, pesquisados em setembro de 2019.

Refeição em restaurante econômico 15 €
Refeição para duas pessoas 60 €
McMenu no McDonalds (ou refeição equivalente) 8 €
Água (garrafa de 330 ml) 1,88 €
Transporte público, passe mensal (preço normal) 80 €
Contas básicas (eletricidade, aquecimento, arrefecimento, água, lixo) para um apartamento de 85m2 158,53 €
1 minuto de ligação em um telefone celular pré-pago para chamada local 0,14 €
Internet (60 Mbps ou Mais, Dados Ilimitados, Cabo/ADSL) 38,43 €
Mensalidade para um adulto em uma academia 28,42 €
Creche (ou Jardim de Infância), integral, privado, mensal para uma criança 1.362 €
Apartamento (1 quarto) no centro da cidade 992,22 €
Salário líquido mensal médio (após impostos) 2.294,93 €

Veja ainda o que escrevemos sobre como alugar apartamento na Holanda.

Além da beleza, a Holanda oferece uma das melhores qualidades de vida à sua população e tem um alto Índice de Desenvolvimento Humano (0,931 – Pnud 2017).

Tudo sobre a Holanda: língua e cultura

Língua da Holanda

Qual língua se fala na Holanda? A língua oficial é o holandês. Porém, boa parte da população se comunica também em inglês. Por isso, se você vai apenas fazer turismo no país e sabe falar inglês, não se preocupe, pois a população em geral fala o idioma.

Caso você vá morar no país, recomendamos que aprenda o holandês. E é interessante notar também que, assim como no Brasil, o sotaque e certas expressões também mudam de região para região.

Cultura da Holanda

Como vimos, a língua oficial é o holandês (neerlandês), mas quase toda população fala inglês e recebe muito bem os turistas. A Holanda é conhecida pelas belas tulipas, moinhos de ventos, os famosos tamancos coloridos de madeira, pelos deliciosos queijos (Gouda e Edam) e pelas várias bicicletas.

Bicicletas e transportes públicos

Em todas as estações de trem e pela cidade, existem enormes estacionamentos de bicicletas e há um controle do governo para que as bicicletas tenham circulação e não sejam abandonadas. Todos os meses, as bicicletas são fiscalizadas e as que foram abandonadas são retiradas para liberar espaço.

Se você estiver a passeio, também pode alugar bicicletas e experimentar como é ser um cidadão holandês. Aproveite que o país é extremamente plano e fácil de se localizar.

O deslocamento também é eficiente por meio dos transportes públicos, que são limpos, seguros e de qualidade.

O país da liberdade e tolerância

A Holanda também é conhecida pela liberdade e tolerância. O país é muito liberal em relação às drogas, à homossexualidade, ao aborto e à prostituição. Na capital Amsterdam, existe o Red Light District, onde as garotas de programa ficam nas vitrines esperando os clientes, que são atendidos ali mesmo (com as cortinas fechadas, é claro!).

Em todo país existe um clima de extrema segurança, respeito e muita liberdade. As pessoas se vestem como querem, comem nas ruas, passeiam e são livres.

Tudo sobre a Holanda: outros dados culturais e sociais relevantes

  • População (grupos étnicos): neerlandeses 96%, indonésios, guianeses e outros 4%;
  • Religião: cristianismo 54% (católicos 33%, Igreja Reformista Holandesa 14%, calvinistas 7%), islamismo 4,1%, hinduísmo 0,5%, sem filiação 39%, outras 2,4%;
  • Expectativa de vida ao nascer: 82 anos (Pnud 2017);
  • Taxa de analfabetismo: 0,85% (referência: ano de 2017).

Tudo sobre a Holanda: moeda e economia

A moeda oficial da Holanda é o euro (desde 2002) e a renda per capita (PIB per capita) no país é de USD 55 mil (referência: ano de 2018).

A economia do país é uma das maiores da zona do euro, sendo conhecida por suas relações industriais estáveis, inflação e desemprego moderados. Confira os principais dados da economia na Holanda:

  • Produtos agrícolas: beterraba, batata, cereais, legumes e frutas;
  • Pecuária: bovinos, suínos e aves;
  • Mineração: gás natural e petróleo;
  • Indústria: alimentos, química, petroquímica e máquinas.

Mapa da Holanda e divisões

A Holanda é dividida em 12 províncias, incluindo a província artificial de Flevoland.

Confira o mapa da Holanda a seguir.

Províncias e capitais

Cada província tem a sua respectiva capital, que não necessariamente vai ser a maior cidade da região. Veja os nomes das províncias e suas respectivas capitais:

  • Noord-Holland – Haarlem;
  • Zuid-Holland – Den Haag;
  • Noord-Brabant – Den Bosch;
  • Limburg – Maastricht;
  • Flevoland – Lelystad;
  • Gelderland – Arnhem;
  • Utrecht – Utrecht;
  • Groningen – Groningen;
  • Friesland – Leeuwarden;
  • Zeeland – Middelburg;
  • Drenthe – Assen;
  • Overijssel – Zwolle.

Cidades da Holanda: maiores, melhores e mais caras

Maiores cidades

  • Amsterdam;
  • Rotterdam;
  • Haia;
  • Utrecht;
  • Eindhoven.

Cidades com mais qualidade de vida

  • Amsterdam;
  • Haia;
  • Rotterdam;
  • Utrecht;
  • Eindhoven.

Descubra quais são as 5 melhores cidades para morar na Holanda.

Cidades mais caras

Entre as cidades mais caras da Holanda estão Amsterdam, Haarlem e Haia, cidades grandes e/ou próximas da capital.

Quer saber mais sobre a Europa? Conheça os países e capitais da Europa.

Clima da Holanda

O clima holandês é classificado como marítimo moderado, tendo as quatro estações do ano bem definidas. Mas não espere três meses de verão com um calor de rachar, ou um inverno branquinho, cheio de neve.

No geral, as estações do ano são bem mais amenas em comparação com outros países europeus. O verão não é tão quente e o inverno não é tão frio. Possui temperaturas médias entre 3º (no inverno: entre dezembro e fevereiro) e 20º (no verão: em junho e julho).

A maior constante em todas as estações é a chuva. Uma boa capa de chuva ou um casaco impermeável serão os seus melhores amigos. A galocha é opcional.

Bandeira da Holanda

Vê-se que a bandeira da Holanda não é das mais criativas. Constituindo de 3 listras horizontais do mesmo tamanho: vermelho (no topo), branco (no meio) e azul (embaixo). É a bandeira tricolor mais antiga em uso.

Por que laranja é a cor oficial da Holanda

Se na bandeira da Holanda não tem a cor laranja, nos vem na cabeça a pergunta: por que o laranja é a cor oficial do país?

Essa é a cor oficial da família real, a Oranje-Nassau (vê-se pelo próprio nome, né? Oranje… laranja). Por conta disso, ela acabou sendo adotada como a cor da Holanda. Tanto que no dia do rei, o país inteiro se veste de laranja e sai às ruas para comemorar o aniversário do rei Willem-Alexander, e essa é simplesmente a festa do ano no país.

Gostou de saber tudo sobre a Holanda? Então descubra também tudo sobre a Grécia. Lembramos também que parar entrar na Holanda, seja para visitar ou para morar, é obrigatório apresentar um Seguro Viagem Europa. O documento pode ser exigido pela imigração ainda no aeroporto. Leia nosso artigo e saiba como contratar o seu pelo melhor preço.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autores

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.

Paulista de 25 anos, decidiu fazer as malas e estudar na Holanda. Atualmente faz mestrado na Universidade de Leiden e procura explorar o país nas horas vagas. Escreve no seu blog The Nerdylands tudo sobre a vida de estudante na Holanda.