Seguro bagagem: entenda como funciona e se vale a pena

Bagagem extraviada é um caso recorrente. E pode acontecer por vários motivos, principalmente se seu voo tiver muitas escalas. Para que o viajante esteja amparado, um bom seguro bagagem garante um valor para itens de primeira necessidade. Entenda como funciona e qual comprar.

O que é o seguro bagagem?

Primeiro, saiba que você não vai encontrar um seguro bagagem separado. Normalmente, ele consta como item dentro de bons planos de seguro viagem. Isso acontece porque, dentre as dores de cabeça mais comuns quando saímos do Brasil, está a mala extraviada. O seguro bagagem pode ser simples, e incluir apenas a ajuda na localização da mala, como mais completo, incluindo um valor para atraso, mala danificada e, claro, o extravio. Por causa disso, o tipo de o valor do seguro pode variar, de acordo com a seguradora escolhida e na apólice do item. O formato mais comum é o seguro viagem cobrir a indenização no caso da bagagem extraviada. O valor é referente ao que o viajante irá receber, caso a mala não chegue ao destino final junto com o passageiro. Veja um passo-a-passo de como funciona o seguro viagem.

Como funciona o seguro bagagem?

Quando for buscar o seu seguro viagem, preste bem atenção na cobertura do plano. Veja se ele cobre apenas o extravio, ou se existe a opção de atraso da bagagem, por exemplo. Ele funciona basicamente de duas maneiras:

  • A seguradora presta assistência para a localização da bagagem, juntamente à companhia aérea responsável;
  • Dá um valor de indenização, além do recebido pela companhia aérea. Sim, em caso de bagagem extraviada, é a companhia quem tem a obrigação de prover um valor ao passageiro.

A indenização para extravio de bagagem varia de valor e de tipo, dependendo da seguradora e da apólice do plano de seguro viagem adquirido. Pode ser complementar ou suplementar. Todavia, ter um seguro bagagem já garante um reembolso de ambas as partes: da companhia aérea e da seguradora.

Em caso de extravio ou danos, quem é o responsável pela indenização?

A responsável é sempre a companhia aérea do voo onde aconteceu o problema com a bagagem. Seja em casos de danos à mala como extravio. No entanto, a indenização não acontece tão rápido e, por isso, ter um seguro bagagem garante que o passageiro não ficará desassistido. As empresas têm até 6 dias contados, a partir da apresentação dos comprovantes das despesas, para fazer o ressarcimento. Além disso, elas podem estabelecer a forma e os limites diários de valores a serem ressarcidos. seguro bagagem aeroporto Se sua mala chegou, mas veio danificada, a companhia aérea tem como obrigação reparar a avaria ou substituir a bagagem por outra equivalente. Para isso, no entanto, o passageiro precisa comprovar o ocorrido para, posteriormente, solicitar a reparação à empresa. Isso quer dizer que, em todos os casos, o passageiro terá que aguardar a companhia aérea resolver o problema. A vantagem de contratar um plano com seguro de bagagem é que você já saberá o valor a ser recebido, tanto no caso de mala danificada como extraviada.

Por que escolhemos a Goldenergy em Portugal?

O que é seguro bagagem escolher complementar e suplementar?

Quando for contratar o seu seguro viagem, confira se no item de seguro de bagagem a indenização consta como seguro bagagem complementar ou suplementar. Essas duas opções são referentes ao valor pago ao passageiro em caso de extravio da mala. Os dois funcionam de maneiras diferentes. Se a sua apólice constar como complementar quer dizer que o plano complementa o valor da indenização recebido da companhia aérea. Vamos exemplificar: se se o valor da sua apólice for de 1 mil dólares, e a companhia pagar apenas 400 dólares, você receberá a diferença de 600 dólares da seguradora para complementar. Porém, se o seu seguro bagagem for suplementar, em caso de extravio de bagagem você receberá o valor máximo contratado para a cobertura, além do valor pago pela companhia aérea. Portanto, se a sua apólice constar 1 mil dólares e a companhia aérea pagar 400 dólares, você vai receber 1.400 dólares.

Qual deles vale mais a pena?

Ter um seguro de bagagem na sua assistência à viagem já garante que você receberá uma indenização. No entanto, nossa sugestão é que, caso seja possível, o passageiro opte pela opção suplementar pois, assim, você receberá o valor duplicado como ressarcimento do seguro de mala. Saiba, ainda, que o viajante só tem direito à indenização por parte da empresa aérea responsável pelas suas malas despachadas a partir de um atraso superior a 72 horas de seu desembarque. Com um seguro de bagagem, é possível acionar a seguradora de forma mais rápida. Lembre-se de escolher um seguro viagem com boa cobertura para todos os itens necessários para uma viagem. O seguro de mala é, apenas, um desses itens. Seguro viagem gratuito existe? Saiba no nosso artigo.

Qual a cobertura mínima ideal para seguro bagagem?

Para viagens curtas e médias, recomendamos que o seguro bagagem cubra, pelo menos, USD 1 mil na categoria suplementar. Esse valor já é suficiente para compras de primeira necessidade. Em caso de viagens mais longas, sugerimos a cobertura de USD 1.200, pois provavelmente o viajante terá que arcar com mais despesas. Confira uma variedade de seguradoras e planos através do nosso comparador seguro viagem Euro Dicas. Nele, você poderá comparar vários planos, de seguradoras diversas, e escolher aquele que melhor se adequa na sua viagem.

Sua mala foi extraviada? Saiba como receber o seu seguro bagagem

Ao chegar no seu destino e perceber que sua bagagem foi extraviada, siga os seguintes passos:

Passo 1

Assim que notar que sua mala não chegou ao destino, dirija-se ao balcão da companhia aérea, ainda no aeroporto. Leve o comprovante de despacho em mãos e preencha um formulário chamado RIB, o Registro de Irregularidade de bagagem. O mesmo registro vale para bagagens danificadas.

Passo 2

Com o número do RIB, vá ao escritório da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), no caso do Brasil, ou no mesmo órgão responsável no exterior, e registre a ocorrência. Para acionar a sua seguradora, utilize o mesmo número. Tenha consigo a cópia do RG, do CPF e, se estiver fora do Brasil, do passaporte. Autorize o crédito em conta-corrente, para o caso de receber pagamento. Guarde o ticket original da bagagem e o recibo de indenização da companhia aérea.

Como é calculado o ressarcimento por parte da companhia aérea?

O ressarcimento é calculado através do peso da mala. O mesmo que consta no bilhete da companhia aérea, emitido na hora do despacho. Para o caso de malas extraviadas no Brasil, a ANAC ainda prevê uma indenização de 305 reais, para o auxílio nas compras emergenciais. Caso a bagagem não apareça em um período de até 7 dias, o valor máximo previsto é de R$ 3.450. No exterior, o valor varia de acordo, pois o que vale é a legislação do país de origem da companhia. Por isso: mais um motivo para não viajar sem um bom seguro de bagagem.

Ganhe desconto no seu seguro

Para encontrar os melhores planos com seguro de mala incluído, dê uma verificada nas opções do nosso comparador de seguros. Essa plataforma foi desenvolvida pela em parceria com o Portal Seguros Promo, site comparador que nós confiamos e recomendamos aos nossos leitores. Ganhe até 10% de desconto no seu próximo seguro bagagem. Utilize o nosso cupom de desconto EURODICAS5 para pagar 5% menos no seu seguro. Basta aplicar o cupom na parte de pagamento e receber seu desconto direto. O cupom é válido tanto no nosso comparador de seguros quanto no portal Seguros Promo. Caso opte pelo pagamento em boleto bancário, você ainda ganha mais 5% de desconto. Saiba mais detalhes sobre os cupons de desconto do Seguros Promo aqui.

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.

Artigos relacionados

Solicitar PB4 online: passo a passo e documentos necessários

Saiba se é possível solicitar PB4 online, documentos necessários, quanto tempo demora, como solicitar e se ele substitui o seguro viagem.

PB4: como funciona e como solicitar gratuitamente

Saiba o que é o seguro de saúde brasileiro PB4, como funciona, em que países ele é válido, onde solicitar, como solicitar, como usar e qual sua validade.

Seguro Viagem Europa: leia antes de comprar (Guia 2020)

Você já adquiriu seu Seguro Viagem para Europa? Sabe se ele é válido no espaço Schengen? Confira tudo neste guia e ganhe desconto para contratar!

Renovar o PB4: passo a passo para fazer a solicitação

Muitas dúvidas surgem em relação a isso, principalmente sobre como fazer isso em Portugal. Venha descobrir como renovar o PB4.

PB4 precisa ser apostilado? Esclareça suas dúvidas

Entenda como solicitar o PB4 online, verifique se o documento precisa ser apostilado e como fazer o Apostilamento de Haia.

Melhor seguro viagem 2020: o nosso top 7 (guia atualizado!)

Dentre tantas opções, qual é o melhor seguro viagem? Levantamos nosso TOP 7 e separamos dicas para economizar até 60%. Confira!

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube