Bélgica

Custo de vida na Bélgica: saiba quanto custa viver no país

Se você procura países da Europa para morar e ainda não se decidiu, a Bélgica pode ser a escolha acertada. Leia esse artigo e conheça o custo de vida na Bélgica.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Segundo o OECD Better Life Index, índice que avalia a qualidade de vida segundo 11 critérios essenciais, a Bélgica está acima da média nos quesitos “equilíbrio vida-trabalho”, “renda e riqueza”, “engajamento cívico”, “educação e qualificações”, “bem-estar subjetivo”, “condições de saúde”, “conexões sociais” e “segurança pessoal”.

Os números são positivos, mas a qualidade de vida tem seu preço. A Bélgica é conhecida pela arquitetura, gastronomia e por suas belas cidades medievais. Para quem procura uma nova oportunidade fora do Brasil, pode ser uma boa alternativa, afinal a excelente qualidade de vida é um atrativo a mais.

Custo de vida na Bélgica: Bruxelas, uma das cidades mais caras da Europa

Morar na Bélgica é poder desfrutar de excelente qualidade de vida. O país faz parte da Europa Ocidental e é a sede da União Europeia.

Fatores como saúde, segurança, educação, emprego e renda, colocam o país acima da média de outros países europeus. Morar na Bélgica é conviver com uma realidade bem diferente da que os brasileiros conhecem. Além disso, a capital Bruxelas é considerada uma das cidades mais seguras da Europa. Mas tudo tem um preço e o custo de vida na Bélgica é elevado.

Como em outros países, os custos variam de cidade para cidade e conforme o estilo de vida que cada morador adota. De acordo com o site Expatistan, Bruxelas é a cidade com o custo de vida mais alto, seguida por Gent, Antuérpia e Leuven.

O salário local compensa o custo de vida elevado

Ou seja, o custo de vida na Bélgica não é dos mais baixos, mas segundo relatos de quem vive por lá é possível pagar as contas do dia a dia e ter um certo conforto recebendo apenas um salário mínimo.

O maior vilão das contas, sem dúvidas, é o aluguel, que é bem salgado mesmo nas regiões mais distantes do centro. Em compensação, despesas com supermercado e transporte público são mais em conta.

Custo de vida na Bélgica: salário mínimo e médio

O salário mínimo na Bélgica é alto, cerca de 1.600€. A média do salário líquido mensal no país é de 2.255,58€, segundo o site comparador de dados PreciousMundi, valor de dezembro de 2019. Esse valor possibilita que o morador, mesmo que ganhe o mínimo, possa custear as despesas de moradia, saúde, alimentação e lazer.

Na Bélgica existe uma diferenciação salarial menor entre os cargos. Por exemplo, é possível que um recém formado seja contratado com um salário bruto inicial de 3.000€, enquanto o diretor de uma grande empresa recebe em torno de 6.000€. Você tem ideia de quanto é o salário mínimo na Europa? Confira os valores por país.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Carga tributária

A carga fiscal na Bélgica é alta, mas o dinheiro é muito bem investido no sistema de saúde, previdência social e educação. O sistema de tributação é complexo e leva em consideração a cidade onde a pessoa mora, estado civil e número de filhos. Em resumo, quanto mais alto o salário recebido, maior será a carga tributária.

Custo de vida na Bélgica: custos com aluguel

Certamente o custo com o aluguel é o que mais impacta o custo de vida na Bélgica. Os valores dos aluguéis variam e seu valor depende da região escolhida para morar. Se a cidade escolhida for a capital Bruxelas, certamente você desembolsará um valor mais alto do que em outras cidades. Confira na tabela abaixo, os valores para alugar apartamento em Bruxelas:

Localização e número de quartos Custo
1 quarto na região central 829,04€
1 quarto fora da região central 689,09€
3 quartos na região central 1.439,86€
3 quartos fora da região central 1.139,08€

Na cidade de Leuven, próxima a Bruxelas, os valores do aluguel são mais baixos:

Localização e número de quartos Custo
1 quarto na região central 678,33€
1 quarto fora da região central 570,91€
3 quartos na região central 1.155,00€
3 quartos fora da região central 914,29€

Normalmente na locação do imóvel é cobrada uma garantia de até 2 meses o valor do aluguel. É uma garantia para o proprietário e no final do contrato, se o imóvel for devolvido em perfeitas condições, o valor é devolvido.

Custo de imóvel para compra

Se você optar por comprar um imóvel na Bélgica, poderá pesquisar nos sites Immovlan, Century21 ou Imoweb.

Se a cidade escolhida for a capital Bruxelas, os valores do metro quadrado para compra de um apartamento no centro da cidade custam 3.208,33€. Já mais distante da área central, o valor do metro quadrado cai pra 2.565,00€.

Mas, se você procura uma cidade mais em conta, o custo do metro quadrado de um apartamento no centro da Antuérpia, sai por 2.636,55€.

A taxa de juros hipotecários anual, para um período de 20 anos é de 1,89%.

Despesas da casa

Se o imóvel for locado, a taxa de condomínio é cobrada juntamente com o aluguel. Normalmente o custo se baseia no consumo de água do imóvel, limpeza das áreas comuns, gasto elétrico dos elevadores e áreas comuns.

O valor a ser pago pela eletricidade é elaborado através de uma pesquisa. Nela o morador informa a metragem da casa, quantas pessoas vão residir, entre outras perguntas. Desta forma é feita uma previsão mensal de gastos e um valor fixo é cobrado. No final de 1 ano, o cálculo é feito e se o consumo for menor que a previsão, o valor é reembolsado.

O valor básico mensal (eletricidade, aquecimento, água, lixo) para um apartamento de 85 m², segundo o site comparador de preços Numbeo, é de 136,06€.

E quanto custa o acesso a internet? Impossível ficar sem, não é mesmo? O valor para um plano de 60 Mbps ou mais, com dados ilimitados sai por 46,13€ mensais.

Transporte, carro e gasolina

O transporte público na Bélgica é muito organizado e cada região possui uma companhia de transporte específica. Uma facilidade é que o sistema de transporte é integrado, assim pode-se fazer com facilidade conexões entre metrô, trem e ônibus.

Importa notar que há quatro companhias de transporte público:

  • STIB: responsável pela região metropolitana de Bruxelas;
  • De Lijn: responsável pela Flandres (comunidade neerlandófona);
  • TEC: responsável pela região Valônia (comunidade francesa);
  • SNCB: coordena as linhas férreas em todo território nacional.

O cartão MOBIB é o que permite o uso do transporte público na capital e custa cinco euros. O tíquete custa 2,10 euros nas máquinas e 2,50 dentro do transporte, tem duração de uma hora e dá acesso a todos os meios de transporte da STIB.

Quem depende do transporte público pode usar os pacotes conhecidos como “abonnements“, que são mensais ou anuais. A STIB oferece duas opções:

  • Abonnement STIB: 49 euros (mensal) ou 499 euros (anual);
  • Abonnement MTB: 55,50 euros (mensal) ou 583 euros (anual).

Mas, se a intenção for utilizar o táxi, o valor de início da tarifa normal começa em 4€, e a cada quilômetro rodado é cobrado 2€.

Compra de carro na Bélgica

Para a compra de um carro Volkswagen Golf 1.4 Trendline de 90 KW, o interessado deverá desembolsar cerca de 21.795,00€. Se a escolha for por um carro Toyota Corolla 1.6 97KW Conforto o valor sai por 22.784,74€. Dados coletados no site Numbeo, em dezembro de 2019.

A gasolina, segundo o Precios Mundi, sai por 1,32 euros o litro em média. O valor inicial de uma corrida de táxi (bandeira 1) fica em torno de 4,94 euros e uma corrida de uma hora pode sair por até 38 euros.

custo de vida na Bélgica: lazer

Se estiver viajando e preferir seu próprio veículo, veja quanto custa o aluguel de carro na Europa.

Custo de vida na Bélgica: lazer

Os belgas sabem conciliar muito bem lazer e trabalho. O país é muito rico culturalmente, e as opções de entretenimento são enormes. São famosos os festivais de música e cinema.

Também há muitas exposições de arte e inúmeros museus. Se você escolher assistir a um filme, o ingresso para uma sessão de cinema sai por 11€. Mas, se você preferir assistir uma peça de teatro, o valor do ingresso custa cerca de 35€.

Além disso, conhecer as comidas típicas da Bélgica é uma experiência imperdível. Impossível não se deliciar com as batatas fritas, waffles e os deliciosos chocolates belgas. Para quem gosta de cerveja, por 4,27€ é possível tomar uma caneca em algum dos inúmeros bares espalhados pelo país.

Para manter a atividade física, o custo mensal de uma academia de ginástica na Bélgica custa em média 25,54€.

Conheça também 10 curiosidades sobre Bélgica.

Alimentação

É um dos itens mais importantes quando se fala em custo de vida. Se a ideia for fazer as refeições fora de casa, o valor gasto é bem mais alto do que comprar os itens no supermercado. Normalmente para compras básicas em supermercado, o gasto mensal é de 150€ para uma pessoa.

Uma refeição em um restaurante barato saí em média por 15€. Um lanche no Mc Donalds custa a partir de 8 €.

Elaboramos uma tabela com os preços dos principais itens de alimentação, confira:

Alimento Preço
Arroz Branco (1kg) 1,87€
Água (1,5 litros) 0,85€
Batata (1kg) 1,39€
Leite (litro) 0,97€
Maçã (1kg) 2,19€
Ovos (1 dúzia) 2,58€
Peito de frango (1kg) 8,83€
Pão branco fresco (500g) 1,62€
Tomate (1kg) 2,04€

Se você quer economizar, uma boa alternativa é consumir os produtos da linha própria dos supermercados. Eles são de boa qualidade e muito mais em conta do que os produtos das marcas mais conhecidas.

Alimentação em restaurantes

Segundo o Precios Mundi, o custo de vida na Bélgica com restaurantes está na mesma média de outros países.

Um restaurante barato cobra 15 euros por refeição, enquanto um restaurante médio, com almoço para dois e sobremesa, sai por 60 euros. Se quiser uma Coca-Cola ou Pepsi de acompanhamento vai desembolsar mais 2,21 euros.

As cervejas custam entre 3 e 3,50 euros, enquanto o cappuccino sai por 2,66 euros. A água é cara nos restaurantes: 1,96 euros pela garrafa de 330 ml.

Despesas de saúde

É indiscutível que a saúde é um fator de extrema importância na Bélgica. Segundo o ranking do Health Consumer Powerhouse, a Bélgica se encontra entre os 10 países europeus com melhor sistema de saúde.

Considerando que você precise de uma consulta particular, segundo o site Expatistan o valor de 15 minutos de consulta sairá por 28€.

Como é o sistema de saúde na Bélgica?

O sistema de saúde é diferente do que conhecemos no Brasil. Não existe um atendimento totalmente gratuito. Como o custo do atendimento médico é bastante elevado, uma prática adotada é a coparticipação. Isso garante a todos, o acesso aos serviços médicos.

Mas como funciona? Bem, os residentes se associam a organizações privadas, chamadas de “mutuelles”. Estas organizações reembolsam os valores gastos. Normalmente esse reembolso é de até 80% do valor gasto com o atendimento.

Caso você esteja trabalhando, seu empregador descontará o valor deste plano direto do salário. Também é possível escolher o plano que mais se adapta a sua necessidade.

Mas se a pessoa não dispor desse serviço, pode procurar os Centros Públicos de Assistência Social, onde será atendida. Em caso de urgência, pode-se procurar qualquer hospital que o atendimento é garantido. Após o tratamento, os custos podem ser negociados com o hospital.

Saiba também como funciona o cartão europeu de saúde.

Custo de vida na Bélgica: comunicações

Eis os preços fornecidos pelo Precios Mundi para serviços de internet e celular na Bélgica em 2019.

  • Internet (6 Mbps, plano, a cabo / ADSL): 42,30€;
  • Preço por minuto de ligação local de celular pré pago: 0,19€.

Envio de Dinheiro Bélgica – Brasil

Todo imigrante sabe: o envio de dinheiro do país de moradia para o país de origem ou vice-versa é algo muito recorrente.

Seja para enviar dinheiro para a família, para o sustento de alguém ou mesmo para um poupança no Brasil, a transação financeira se faz necessária. Mas logo vem a preocupação: e as taxas? Vou perder muito dinheiro com isso?

Normalmente as transferências internacionais realizadas pelos bancos têm taxas altas, além dos impostos que são obrigatórios, como o IOF. Mas não é preciso perder dinheiro com isso, atualmente é fácil e seguro utilizar plataformas online.

Plataformas online para envio de dinheiro

Aqui no Euro Dicas nós já testamos as mais diversas plataformas para envio de dinheiro. Dentre todas, as que nós consideramos as melhores são: Remessa Online, TransferWise e Western Union. Todas são confiáveis, seguras e possuem taxas muito menores que os bancos.

Dentre elas, a Remessa Online, uma fintech brasileira, é a que apresenta os melhores preços, por isso recomendamos aos nossos leitores. Basta fazer um cadastro online rapidamente e enviar o seu dinheiro, que normalmente cai em 1 dia útil.

Comparativo do custo de vida da Bélgica e outras cidades

Para ilustrar melhor, usamos os dados fornecidos pelo site Numbeo, que avalia o custo de vida nas cidades com base em contribuições dos usuários.

Comparamos o custo de vida em Bruxelas (principal cidade e capital da Bélgica) com o de São Paulo, no Brasil, de Porto, em Portugal, e Milão, na Itália, que são cidades bem frequentadas pelos brasileiros. Confira.

Bruxelas X Milão

O custo de vida em Bruxelas, é praticamente o mesmo que em Milão. Confira os dados de dezembro de 2019, segundo o site Numbeo.

Despesa Bruxelas Milão
Custo de refeição em restaurante barato 15€ 15€
Custo de refeição em restaurante intermediário (2 pessoas) 60€ 60€
Bilhete de ida (transporte local) 2,10€ 2€
Básico (eletricidade, aquecimento,água, lixo) para apartamento de 85m² 123,29€ 162,43€
1 minuto de tarifa local móvel pré-paga (sem descontos ou planos) 0,19€ 0,22€
Internet (60 Mbps ou mais, dados ilimitados, cabo/ADSL) 44,60€ 28,89€
Escola primária internacional para 1 criança 18.342,86€ 11.050,00€
Preço por m para compra de apartamento no centro da cidade 3.208,33€ 8.156,41€
Salário líquido mensal médio (após impostos) 2.248,69€ 1.608,12€

Bruxelas X Porto

Segundo o site Numbeo, para você se manter na cidade do Porto, pagando aluguel, você precisaria de 2.697,47€. Para manter esse mesmo padrão de vida em Bruxelas seria necessário 3.700€. O custo de vida em Bruxelas é 31% mais caro do que no Porto.

Despesa Bruxelas Porto
Custo de refeição em restaurante barato 15€ 7,50€
Custo de refeição em restaurante intermediário (2 pessoas) 60€ 30€
Bilhete de ida (transporte local) 2,10€ 1,30€
Básico (eletricidade, aquecimento,água, lixo) para apartamento de 85m² 123,29€ 101,38€
1 minuto de tarifa local móvel pré-paga (sem descontos ou planos) 0,22€ 0,15€
Internet (60 Mbps ou mais, dados ilimitados) 44,60€ 30,61€
Escola primária internacional para 1 criança 18.342,86€ 5.975,00€
Preço por m para compra de apartamento no centro da cidade 3.208,33€ 2.668,62€
Salário líquido mensal médio (após impostos) 2.248,69€ 809,14€

Bruxelas X São Paulo

Quem pretende morar na Bélgica, mais especificamente na capital Bruxelas, gastará 35% a mais do que se estivesse residindo em São Paulo.

Despesa Bruxelas São Paulo
Custo de refeição em restaurante barato 15€ 6,52€
Custo de refeição em restaurante intermediário (2 pessoas) 60,00€ 28,27€
Bilhete de ida (transporte local) 2,10€ 0,94€
Básico (eletricidade, aquecimento,água, lixo) para apartamento de 85m² 123,29€ 53,32€
1 minuto de tarifa local móvel pré-paga (sem descontos ou planos) 0,22€ 0,34€
Internet (60 Mbps ou mais, dados ilimitados) 44,60€ 23,57€
Escola primária internacional para 1 criança 18.342,86€ 10.481,97€
Preço por m para compra de apartamento no centro da cidade 3.208,33€ 2.296,10€
Salário líquido mensal médio (após impostos) 2.248,69€ 445,64€

A Bélgica é um destino muito interessante, apesar de ter um custo de vida alto, viver em um país que oferece alta qualidade de vida, é uma excelente escolha. Esperamos que nosso artigo ajude você a planejar uma viagem ou até uma mudança. Tenha certeza que a experiência será incrível.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE

May Bell

May Bell é brasileira, formada em Zootecnia. Adora história mundial, literatura, música e artes, além de viajar e conhecer outras culturas. Hoje divide seu tempo entre produção de conteúdos e a família.

Clara Grizotto

Clara é natural do interior de São Paulo e tem muito orgulho do sotaque caipira. Jornalista que adora gatos, tatuagens e livros, vê o mundo de cabeça para baixo e tem como vícios memes da internet e soltar piadas inesperadas no meio de uma conversa.

Artigos Relacionados

Fechar