Você sabia que o Dia dos Pais na França é celebrado em um mês diferente do que o do Brasil? No artigo de hoje, vamos explicar o motivo e quais as tradições mais comuns para esta data especial para muitas famílias. Allons-y!

Quando é o Dia dos Pais na França?

O Dia dos Pais na França é comemorado no 3º domingo de junho. Portanto, não cai na mesma data todos os anos e não faz parte da lista de feriados do país.

É uma celebração que remonta a Idade Média, resgatada nos anos 1950 como uma estratégia de marketing por uma marca famosa de isqueiros no país.

Além da França, cerca de 70 países fazem a comemoração no 3º domingo de junho. Dentre eles:

  • Estados Unidos;
  • Canadá;
  • Bélgica;
  • Japão;
  • Reino Unido;
  • Holanda;
  • África do Sul.

Por que é comemorado em junho?

A data segue a tradição dos Estados Unidos, mas o motivo de ser no terceiro domingo do mês deve-se apenas a uma falta de planejamento na época em que foi criada. Conta-se que a data escolhida seria 5 de junho, dia que o pai da americana Sonora Louise Smart Dodd faleceu.

Porém, como os pastores da festa foram avisados tarde demais, pediram para mudar para o dia 19 de junho. Sendo celebrada no terceiro domingo de junho desde então.

A celebração foi oficializada em 1924, no mandato do presidente Calvin Coolidge, que afirmou que a data seria para estreitar os laços entre pais e filhos, além de inspirar os pais sobre os seus deveres com a família. Mas só se tornou feriado nos Estados Unidos em 1972, pelo presidente Richard Nixon.

Comprar euro mais barato?

A melhor forma de garantir a moeda europeia é através de um cartão de débito internacional. Recomendamos o Cartão da Wise, ele é multimoeda, tem o melhor câmbio e você pode utilizá-lo para compras e transferências pelo mundo. Não perca dinheiro com taxas, economize com a Wise.

Cotar Agora →

Apesar da linda mensagem da data original, na França, a comemoração foi resgatada como uma estratégia da marca Flamiare para aumentar a venda dos isqueiros a gás no país, já que o período de junho registrava um faturamento muito baixo em relação aos outros meses do ano.

Como surgiu o Dia dos Pais na França?

No século XV, o Dia dos Pais na França era celebrado em 19 de março em homenagem a São José, o pai do menino Jesus. Porém, após a Revolução Francesa e a separação entre a Igreja e o Estado, a comemoração desapareceu por um tempo.

Em 19 de junho de 1910, o Dia dos Pais foi lançado nos Estados Unidos pela jovem americana, Sonora Louise Smart Dodd, em Spokane, Washington. A data foi uma homenagem para o pai, veterano da Guerra Civil, que criou os seis filhos sozinho, após ficar viúvo.

A celebração se espalhou e foi oficializada em outros países. E a França não ficou de fora. Marcel Quercia, o inventor do primeiro isqueiro a gás do mundo e diretor da empresa Flaminaire, na região da Bretanha, resgatou a data no início dos anos 1950 para estender a celebração do Dia das Mães aos pais. E divulgar o seu produto como o presente ideal, é claro.

“Nos papas nous l’ont dit, pour la fête des pères, ils désirent tous un Flaminaire” (Nossos papais nos disseram, para o Dia dos Pais, todos eles querem um Flaminaire), slogan da campanha da Flaminaire para o Dia dos Pais na França.

Pois, como falamos, junho não era um mês de muito faturamento para a marca de isqueiros, sendo a criação comercial da data, o que a empresa precisava para alavancar as vendas do produto, pois naquela época, era muito comum os homens fumarem cachimbo.

O Dia dos Pais foi oficializado na França em 1952. Na ocasião, foi criado um comitê para premiar os melhores pais com o prêmio “Père le plus méritant de France”, geralmente para aqueles que criaram muitos filhos sozinhos.

Dia das Pessoas que Amamos

Assim como no Dia das Mães, muitos grupos vêm solicitando o fim do Dia dos Pais na França. O motivo é que essas datas acabam excluindo as crianças que perderam um dos progenitores ou são criadas por famílias homoparentais, com responsáveis do mesmo sexo.

A sugestão é uma data única, o “dia das pessoas que amamos”, para celebrar o amor por quem cuida da criança, prática, que já está sendo aderida por algumas escolas francesas.

Saiba como se dão as comemorações do Dia dos Pais na Espanha.

Como é comemorado o Dia dos Pais na França?

O Dia dos Pais na França não tem tanta força quanto a celebração do Dia das Mães, mas para as famílias que fazem questão de comemorar, sempre há algo especial a se fazer para expressar seu amor e carinho.

Conheça algumas tradições e presentes populares entre as famílias francesas.

Tradições do Dia dos Pais na França

No Dia dos Pais na França, assim como em todos os países do mundo, as tradições incluem oferecer um presente ao pai.

Nas escolas, as crianças preparam um presente artesanal, seja um desenho, um cartão ou uma foto para homenagear o pai. É um momento para elas liberarem o lado criativo e também de demonstrar sua gratidão com essa representação de carinho.

O almoço em família é uma tradição que não pode faltar, pois na cultura francesa, reunir pessoas para desfrutar uma refeição e passar um bom momento juntos é sempre uma boa pedida. Então, em datas especiais não pode faltar aquele almoço caprichado e uma boa garrafa de vinho.

Quais os presentes mais populares na França para os pais?

Entre os franceses, o orçamento médio para um presente de Dia dos Pais é de cerca de 50€, de acordo com a pesquisa realizada pela YouGov, sendo os presentes mais populares na França:

  • Refeição em família em restaurante;
  • Perfume;
  • Vinho;
  • Roupas.

Lembrando que no fim das contas o que importa é passar um tempo de qualidade com o pai e retribuir todo o carinho que ele teve com você durante a vida.

Saiba quais são as tradições e celebrações do Dia dos Pais na Itália.

Como se diz Feliz Dia dos Pais em francês?

Para desejar um feliz dia dos pais em francês, se diz: “Bonnes fêtes des pères” sem pronunciar o som do “S” ou, simplesmente, “Bonne fête, papa!”. Sendo este segundo mais comum para crianças.

Como é comemorar o Dia dos Pais na França sendo brasileiro?

Para responder esta pergunta, nada melhor do que um pai para falar sobre o assunto. Conversamos com Anderson Medeiros, 37 anos, que mora na França desde 2017 e é pai há 4 anos da pequena Maïté.

Família de brasileiros sorrindo no sofá comemorando dia dos pais na França
Anderson com seu presente de Dia dos Pais e família na França. Foto: arquivo pessoal

Ele vivenciou a paternidade pela primeira vez na França, juntamente com sua esposa Giovana Medeiros, e celebram juntos todas as datas comemorativas.

“Eu fico com o coração apertado e saudosista. Porque eu sou bem família e costumava passar essas datas com meus pais e irmãos. Aqui somos apenas nós, eu, Maïté e Giovana, e a gente sempre tenta fazer algo especial”, comentou Anderson.

Uma sugestão é fazer o dia inteiro fora da rotina, criando atividades e envolvendo toda a família. Anderson disse que a esposa fez um café da manhã para o Dia dos Pais, a Maïté preparou uma lembrança na escola e o presentou com uma pintura num porta-retrato.

“Maïté me deu um marca-página personalizado com a foto dela dentro de um coraçãozinho que ela mesma pintou”.

A tradição de se reunir para um almoço em família também é sempre válida. Assim como fazer aquela videochamada para se sentir mais próximo, mesmo com as datas do Dia dos Pais na França e no Brasil sendo diferentes.

Como a Maïté ainda é pequena, Anderson explicou que agora ela está sabendo identificar essas datas comemorativas e, com a ajuda da esposa, tenta apresentar as diferenças do Brasil, além de manter essa conexão com os parentes que moram distantes.

No fim das contas, é isso que importa: criar um dia especial repleto de memórias afetivas para toda a família!