Portugal

Número da Segurança Social na hora para imigrantes em Portugal

Conforme nota de imprensa do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, a partir de 1º de janeiro de 2020, o Número de Identificação de Segurança Social (NISS) passa a ser concedido na hora aos imigrantes que residam em Portugal e que pretendam iniciar sua atividade profissional ao abrigo dos regimes de Trabalhador por Conta de Outrem, Trabalhador do Serviço Doméstico ou Trabalhador Independente.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

De acordo com o comunicado, a medida de atribuição foi implementada para tornar mais rápido e simples o registro de cidadãos estrangeiros no sistema da Segurança Social, agilizando a simplificação dos processos.

Número de Segurança Social em Portugal: o que é e como tirar.

Atribuição disponível em 100 balcões da Segurança Social

Ao JN, a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social (MTSS), Ana Mendes Godinho, informou que a medida “NISS NA HORA”, direcionada a cidadãos e a entidades empregadoras, está disponível em 100 balcões da Segurança Social em todo o país, nas sedes de cada Centro Distrital da Segurança Social e nos Serviços Locais de Atendimento.

“Esta medida traduz a nossa aposta na simplificação dos processos e numa relação mais próxima dos cidadãos e das empresas, eliminando passos burocráticos que não fazem sentido e permitindo que todos possam estar num estado regular dentro da Segurança Social”, explicou.

A ministra disse, ainda, que a “desburocratização deste passo” acabará, de alguma forma, por “descomplicar o processo de legalização”, “sem colocar em causa qualquer controlo necessário ou informação sobre estes cidadãos estrangeiros”.

Regras para imigrantes acederem ao registro se mantém inalteradas

As regras para os estrangeiros residentes em Portugal acederem ao registro do NISS se mantêm sem alterações: é necessário o contrato de trabalho ou um comprovativo de promessa de contrato, além do passaporte.

Porém, o novo sistema põe um ponto final na principal queixa destes imigrantes, bem como das empresas que querem contratá-los, que chegam a relatar aos serviços do Estado uma demora de seis meses para conseguir o NISS.

Em todo o ano de 2019, cerca de 160 mil dos 480 mil estrangeiros que moram no país se inscreveram na Segurança Social.

Documentos para morar em Portugal: saiba o que é necessário.

Fontes: Portal de Segurança Social, JN, tvi24.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »
Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE

Carolina Carvalho

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.

Artigos Relacionados

Fechar