Editorial: O sonho de morar na Europa

Olá meus amigos do Euro Dicas. Hoje eu vim contar um pouco sobre sonhar. Mais precisamente, como foi sonhar morar na Europa e depois realizar. Eu normalmente venho aqui falar sobre coisas práticas, como transformar o sonho em planos, como fazer planilhas, tirar visto e etc. Mas a verdade é que antes de ter um plano, obrigatoriamente existe um sonho, é o pontapé inicial de qualquer grande jornada.

O começo de um sonho

É difícil explicar o exato momento em que um sonho nasce. É como o amor, não existe um momento específico que você passa a amar alguém, é uma construção de pequenos momentos que se juntam. Sonhar em morar na Europa também foi assim para mim.

Este sonho nasceu de alguns pilares: vontade de morar fora do Brasil, qualidade de vida e a Europa que eu imaginava e queria ver com os meus olhos.

Vontade de morar fora do Brasil

Eu sempre quis saber como “era do outro lado do mundo“, eu não tinha nada contra o Brasil, mas eu queria saber como era morar em outro país, viver outra cultura, aprender outra língua. Era a vontade de viver algo novo, incerto, aprender coisas novas.

Qualidade de vida

O fato de todo mundo dizer que fora do Brasil a qualidade de vida era melhor também me ajudou a sonhar, mas para ser sincero, eu nem imaginava o que isso significava na prática.

Precisa enviar dinheiro para o exterior?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Eu só entendi isso anos depois, vivendo o dia a dia na Europa. O dia que eu sai de casa para trabalhar às 9h e cheguei no trabalho às 9h10, num transporte público excelente.

Quando eu não precisei mais ter cuidado para mexer no celular na rua. Quando senti que tinha uma vida confortável e estava num lugar bom para a minha filha crescer.

A Europa que eu imaginava e queria ver com os meus olhos

Não posso mentir, os filmes e todas aquelas imagens da Europa também faziam parte do sonho. Eu sabia que não iria acordar todo dia olhando pra Torre Eiffel, mas eu queria colocar os pés lá. Queria conhecer o Coliseu, ver de perto tudo que estudei nas aulas de história. A minha vontade de viajar e conhecer o mundo ajudaram muito, sabia que estar na Europa ajudaria a conhecer estes lugares todos.

Visitar coliseu

Ou seja, a vontade de morar na Europa, para mim, nasceu da junção de diversas coisas: ver um novo mundo, ter qualidade de vida, poder viajar para os lugares que eu sonhava.

Porque não Estados Unidos ou Canadá?

Quando a gente não sabe o que quer, qualquer coisa serve.

Essa frase é uma grande verdade para mim. Na época que eu queria morar fora, não estava olhando exclusivamente para a Europa. Eu queria morar fora do Brasil e ponto final. Lá com os meus 18 anos, pesquisei inclusive como morar no Uruguai. Mas eu não tinha maturidade suficiente para planejar algo assim.

Como todo bom brasileiro, eu também sonhei com os Estados Unidos, mas as minhas chances de ir legalmente e me fixar eram baixas. Eu não tinha dinheiro para comprar um curso, ter o visto de estudo e me manter, fazer tudo direitinho e depois tentar algo na minha área. Ir de maneira ilegal nunca esteve nos planos.

Eu até brinco que eu não escolhi morar na Europa, ela que me escolheu. Dentro de todas as possibilidades que eu tinha, foi a mais viável. Ir para a Irlanda, nossa primeira parada na Europa, cabia no bolso, eu tinha a cidadania portuguesa, que facilitava muito, e também via como uma porta aberta para o mundo, poder facilmente conhecer novos países e etc.

Diferente dos Estados Unidos e Canadá, que sim, são excelentes lugares, mas não te dão esta mobilidade. Se você está na dúvida entre morar na Europa ou nos Estados Unidos, recomendo a leitura desse artigo.

A distância entre sonhar e realizar é o planejamento

Depois de sonhar em morar no Uruguai e ver que eu não conseguiria, passei a me perguntar, o que faltava para morar fora, e claro, era planejamento (principalmente financeiro).

A distância entre sonhar e realizar é o planejamento, sem dúvida alguma. Todo sonho é lindo, mas na hora de colocar no papel é que vamos encontrar os problemas e vamos ter que lidar com eles. Por isso que muita gente não se atreve a planejar. Só sonhar é mais fácil, não tem problemas, mas também não tem a realização.

Sonhar é bom, mas realizar é melhor ainda

Para mim, você tem que sonhar muito e ter muita vontade, para a hora que você começar a planejar, qualquer dificuldade que aparecer vai parecer algo simples de ultrapassar. Eu já contei aqui como eu saí do Brasil e vim morar na Europa, caso você ainda não tenha lido.

É preciso sonhar, mas é necessário planejar. O sonho é 60% e o planejamento 40% para a realização. Sim, eu continuo achando que sonhar é mais importante que planejar, porque um plano sem um sonho não tem sentido.

A sensação do viver o sonho

Agora, escrevendo esse texto, estou feliz, só por lembrar tudo que eu passei. Isso sem dúvida é a melhor descrição de viver o sonho. Eu lembro o dia exato que entrei no Aeroporto de Guarulhos, num voo da KLM com destino à Irlanda. Um frio na barriga enorme, um monte de incertezas, mas uma felicidade que eu não conseguia conter.

Quando saí do aeroporto e fui comprar algo para comer e tudo era tão diferente, já tive que me virar no inglês, depois pegar um ônibus para Limerick, conversar com estranhos em inglês. Só aquelas primeiras horas já teriam valido tudo. Naquele momento eu soube que estava realizando o sonho.

Depois deste dia, tive diversos momentos que me peguei sem acreditar que estava vivendo aquilo tudo, não parecia verdade. Levar minha esposa para Paris foi um desses momentos. Sem dúvida alguma, sinto que realizei o sonho de morar na Europa.

Visitar Paris Europa

Querer mais é natural

Claro que uma conquista não preenche uma vida toda. Eu ainda tenho diversos sonhos quando o assunto é conhecer e viver mundo afora. Por mim, viveria 6 meses e cada país da Europa, mas a minha esposa e os compromissos com uma criança em fase escolar não me permitem, haha.

Mas ainda tenho vontade de morar em alguns lugares, pelo menos um ano na Espanha e passar uma temporada nos Estados Unidos, talvez para minha filha estudar o “high school“. Mas ainda são sonhos que estou nutrindo para poder virar um plano.

O sonho de morar na Europa, o livro

Aqui no Euro Dicas nós sentimos falta de vez em quando de dar uma ajuda para as pessoas sonharem, de ser inspiração, porque a nossa missão de maneira geral é muito prática. Nós ao longo dos anos aprendemos a ajudar às pessoas a transformarem sonhos em planos.

Então nós decidimos escrever um livro (somente digital, ainda) que fosse inspirador para quem ainda está no momento de sonhar, mas sem perder nossa essência de ser pés no chão. Assim nasceu “O sonho de morar na Europa“.

É um livro que conta com convidados de diversos perfis e suas particularidades: os aventureiros, que partiram sozinhos, os estudantes que foram atrás de formação de qualidade, famílias que partiram em busca de qualidade de vida e segurança.

Estes convidados voltaram no tempo em que ainda sonhavam para contar o que sonhavam, e como foi viver a realidade, se foi como imaginavam, quais foram as dificuldades que encontraram e como enfrentaram. Se você está sonhando morar na Europa, sem dúvida alguma vai te ajudar a tomar uma decisão.

Espero que nesse texto eu tenha conseguido te passar um pouco de como foi incrível construir este sonho e realizar, para que você possa também trilhar o seu caminho.

Abraço!

Erick Gutierrez é co-fundador do Euro Dicas e da empresa Wcontent. Nasceu em São Paulo, trabalha com tecnologia desde os 16 anos e estudou Sistemas de Informação. Aos 21 decidiu morar na Europa, na pequena cidade de Limerick, interior da Irlanda. Depois mudou para o Porto (cidade pela qual é apaixonado) onde se especializou em marketing digital, casou e foi pai de uma menina maravilhosa. Dedica sua vida profissional a criar e distribuir conteúdo de qualidade para sanar as dúvidas das pessoas de maneira simples e eficaz. Também gosta de compartilhar seu conhecimento sobre o mundo digital e é aficcionado por carros.

Artigos relacionados

Family Search: saiba se é seguro e como funciona

Para ajudar a conectar familiares existe o Family Search, ferramenta que coleta, preserva e compartilha registros genealógicos no mundo todo.

Apostila de Haia: o que é, como fazer e quanto custa

Entenda o que é a Apostila de Haia, por que ela ajuda quem quer morar fora do Brasil, quais documentos pode apostilar e onde apostilar.

Cidades que pagam para morar: 10 regiões encantadoras

Confira a lista de cidades que pagam para morar ou dão moradia ou terreno e veja quais são as condições para isso. Há várias na Europa.

Carta de motivação: modelos e dicas para preparar o documento

Confira dicas para preparar uma carta de motivação, um modelo desse documento e veja exemplos de como escrevê-la para intercâmbio, mestrado e universidade.

Países fáceis de imigrar: veja os 4 mais receptivos da Europa

Confira a lista de países fáceis de imigrar e descubra o porquê da facilidade. Veja como é a adaptação, visto e burocracias para brasileiros nesses países.

Morar na Noruega: motivos para morar e para não morar no país

Razões para morar e para não morar na Noruega, custo de vida no país, história, moeda, língua, imigração, vistos e dados sobre a população local.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube