Pesquisar vagas no exterior: as melhores dicas e sites de emprego

Europa  / 

Se você está planejando mudar de país e fazer uma carreira internacional, começar a pesquisar vagas no exterior é a melhor opção. Você deve se preparar para conseguir um emprego fora do país e ver as possibilidades abertas na sua área de atuação. Confira todas as dicas a seguir.

Como pesquisar vagas no exterior

O primeiro passo para pesquisar vagas no exterior é conhecer as opções de países, como são os salários, as condições de trabalho, a carga horária, se são receptivos para estrangeiros, etc.

Para construir uma carreira internacional, você deve estar preparado, com o domínio de um segundo idioma (como inglês ou espanhol), deve ter formação e cursos na sua área e deve elaborar um bom currículo.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Você pode pesquisar vagas no exterior através de diversas formas:

  • LinkedIn;
  • Sites de empresas multinacionais;
  • Agências de recrutamento;
  • Headhunters internacionais;
  • Sites oficiais dos países;
  • Sites de busca de emprego em cada país.

Quais são as diferenças ao pesquisar vagas no exterior?

O desafio de encontrar emprego triplica quando resolvemos buscar vagas no exterior, em países onde os hábitos e os métodos muitas vezes são completamente diferentes do que conhecemos.

Por isso, se você planeja fazer essa mudança, é preciso muita pesquisa. Quanto mais conhecimento tiver, mais certeira será sua escolha e mais segura a mudança.

Procure sobre tudo, desde as práticas de recrutamento e as ferramentas mais utilizadas para pesquisar vagas no exterior, até os cargos mais demandados no país de interesse. Abaixo preparamos algumas dicas.

Leia também sobre como trabalhar no exterior.

Pesquisar vagas no exterior: melhores áreas por país

Confira quais são as melhores áreas de trabalho em cada país:

Inglaterra

As áreas com mais vagas na Inglaterra são nos seguintes setores, de acordo com os sites de busca como a Totaljobs e o LinkedIn:

  • Vendas;
  • Atendimento ao cliente;
  • Engenharia;
  • Administração e Gestão;
  • Tecnologia da Informação;

Sites para busca de empregos na Inglaterra:

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Pesquise vagas no Reino Unido pela internet

Na terra da Rainha, pesquisar emprego nos classificados do jornal é uma prática em extinção. Cada vez mais, todos os estágios, da busca à admissão, estão se tornando digitais.

Importante também saber que privilégios como vale-transporte, vale-alimentação e vale-refeição não fazem parte do pacote de benefícios, então vale pensar bem sobre o salário antes de aceitar uma proposta.

Conseguir emprego no exterior ainda no Brasil: as nossas dicas úteis.

Alemanha

Na Alemanha, as áreas com mais oportunidades de trabalho são em Tecnologia da Informação, engenharia mecânica e manufatura de eletroeletrônicos. O país é grande produtor de automóveis, máquinas, metais e produtos químicos. A Alemanha é também o maior produtor de energia eólica e solar do mundo.

Como a maior potência econômica da Europa, a Alemanha possui muitas indústrias e é líder científico e tecnológico em diversas áreas. Dominar o alemão é importante, entretanto, muitas empresas escolhem o inglês como língua oficial entre os colaboradores.

Para pesquisar vagas no exterior para trabalhar na Alemanha, acesse os sites de busca de emprego:

Foto 3×4 são valorizadas no currículo na Alemanha

Parece que na Alemanha os recrutadores valorizam aquela foto que você já retocou diversas vezes no Photoshop, mas hesita em incluir no currículo sempre que é requisitado(a).

Por isso, era de se esperar que também dessem atenção à informação sobre seu estado civil, idade, número de filhos, etc.

Na contramão, os entrevistadores não parecem dar importância à reciprocidade quando se trata de ser tão transparente durante o processo: muitos anúncios de vagas são bastante incompletos, então esteja preparado para as perguntas caso seja chamado(a) para uma entrevista.

O site alemão da Adzuna possui uma ferramenta bastante interessante para aperfeiçoar sua pesquisa. O ValueMyCV avalia a média do salário que você deveria receber de acordo com suas experiências e habilidades. Vale experimentar!

Portugal

Portugal é um país pequeno da Europa e um dos mais procurados pelos brasileiros por conta da língua portuguesa. O país tem conseguido crescer aos poucos e sair da crise econômica. Ele tem sua economia muito voltada para os serviços e para o turismo. Confira onde encontrar empregos em Portugal:

Vale a pena morar e trabalhar em Portugal? Confira dicas importantes.

França

A França também é um destino bastante procurado pelos estrangeiros por conta dos bons salários e da qualidade de vida. É um dos países mais industrializados do mundo e a segunda maior economia da Europa.

Entre as empresas mais importantes do país estão a Airbus e a Peugeot (Grupo PSA). Além da AXA e dos bancos BNP Paribas e Crédit Agricole.

Para pesquisar vagas no exterior na França, acesse os seguintes sites:

Se você pensa em morar na França, saiba que é preciso ter um seguro viagem para entrar no país, leia sobre isso no nosso artigo.

Itália

A Itália possui uma economia mais voltada para pequenas e médias empresas e também para o turismo. Possui um nicho de mercado de produtos de luxo, com muitas grifes italianas de roupas e carros de luxo como Ferrari, Lamborghini e Maserati.

Veja a lista de sites para pesquisar vagas de emprego:

Se a sua ideia é trabalhar no país, falar pelo menos o básico de italiano é primordial. Se você não fala italiano, é hora de entrar em um curso e começar a estudar.

Confira um guia detalhado sobre como trabalhar na Itália.

Suíça

A Suíça é um dos países mais ricos e desenvolvidos do mundo. Os setores com mais vagas na Suíça são na área farmacêutica, de biotecnologia, Tecnologia da Informação e Internet. Veja os sites para busca de empregos no país:

Irlanda

A Irlanda cresceu três vezes mais que qualquer país europeu em 2017. Com muitas empresas de tecnologia, o país recebeu nos últimos anos muitas empresas multinacionais atraídas pelos profissionais altamente qualificados e uma taxa baixa de impostos.

Além das vagas em TI, a Irlanda possui muitas opções de trabalho na área de restaurantes, pubs e cafés. Veja onde pesquisar vaga no exterior para trabalhar na Irlanda:

Veja como trabalhar na Irlanda.

Polônia

A Polônia é um país desenvolvido e tem seguido uma política de liberalização da economia. O setor bancário é muito forte no país, bem como o setor agrícola. Muitas multinacionais também têm se instalado no país.

Descubra os sites para busca de empregos na Polônia:

Conselhos úteis para pesquisar vagas no exterior

Para conseguir um emprego no exterior você precisa ser uma pessoa focada e determinada. Muitos processos seletivos levam meses, por isso, antes de enviar seu currículo você deve se preparar.

Primeiro passo

O primeiro passo para pesquisar vagas no exterior é organizar sua vida financeira, atualizar seus documentos (Identidade, Carteira de Motorista) e tirar seu passaporte.

Organizar seus diplomas, certificados, documentos pessoais e ter o passaporte em mãos são os primeiros passos para o seu planejamento de morar no exterior.

Formação e domínio de idiomas

Outra etapa importante é ter uma formação na sua área de atuação. Ter uma pós-gradução, MBA ou Mestrado contam muitos pontos. Possuir experiência na sua área e conseguir mostrar projetos e metas que atingiu também é importante.

Dominar um segundo idioma é fundamental para poder pesquisar vagas no exterior. Falar inglês fluente (ou um outro idioma como espanhol, alemão, mandarim) é um dos pontos muito importantes para trabalhar no exterior. Na Holanda, por exemplo, Aamaioria dos recrutadores aceitam currículos em inglês, já que é um país onde a língua é amplamente falada – e bem falada.

Esteja aberto as possibilidades, abra seu leque e olhe também para oportunidades na Ásia (Hong Kong e Singapura, por exemplo) e no Oriente Médio (como Dubai e Abu Dhabi). Para estes países, falar inglês é suficiente para trabalhar em grandes empresas e multinacionais.

Melhores países para trabalhar e morar: saiba quais são e como chegar lá.

Currículo em inglês

Você deve preparar um bom currículo inglês e deve pedir para alguém ler e corrigir pra você. Faça um currículo específico para cada país e pesquise os formatos utilizados em cada lugar.

O currículo ideal deve ter 2 páginas, conter seus últimos trabalhos e sua formação. Evite colocar informações desnecessárias e que não irão agregar em nada para o recrutador.

O seu curriculum vitae deve ser sempre atualizado e você deve informar que tem possibilidades para mudança de país. Quem possui cidadania europeia, tem vantagens em diversos países (importante colocar logo no início).

Já os brasileiros que não possuem cidadania europeia, devem fazer o visto de trabalho para morar no país. Em cada país as regras são diferentes, por isso, pesquise, leia e verifique todos os documentos necessários.

Descubra as melhores maneiras para aprender inglês.

LinkedIn e presença nas redes sociais

O próximo passo é criar um perfil profissional na plataforma LinkedIn e mantê-lo sempre atualizado. Adicione contatos profissionais, colegas de trabalho, siga empresas que você tem interesse em trabalhar. Esteja ativo na plataforma profissional, escreva artigos na sua área, compartilhe notícias interessantes sobre o seu mercado de trabalho.

É importante ser visto e ser lembrado. Mas não esqueça que no LinkedIn você deve ser o mais profissional possível. Não poste fotos pessoais, com filhos, em jogos ou bebendo. Não compartilhe sua opinião ideológica ou política. Seja isento e tenha uma postura de trabalho.

Escolha uma foto que mostre seriedade, que seja recente, com um fundo branco e uma roupa adequada. Nada de fotos em festas, baladas, na praia, de óculos escuros, boné ou chapéu para o seu perfil. Lembre-se que o LinkedIn é a sua vitrine para os recrutadores.

Leia também: 91% dos brasileiros têm vontade de deixar o país para trabalhar no exterior.

Contacte pessoas da área

Se você procura um cargo específico, como advogado, designer, programador e etc, é recomendado entrar em contato com pessoas da área que já trabalham no país e construir uma rede de contatos.

Além de pesquisar vagas no exterior, informe-se bem sobre o mercado de trabalho em cada país

Antes de começar a pesquisar vagas no exterior e enviar currículos, pesquise informações sobre cada país.

Entre em contacto com locais e outros expatriados brasileiros que morem no país desejado, para saber como as coisas funcionam por lá. Utilize as dicas da Adzuna e de outros serviços para garantir que você terá sucesso nessa busca por emprego lá fora.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.