Francesinha, Prego no Prato, Alheira, Arroz de Pato, Cozido à portuguesa… Isso sem falar nos peixes. Para muitos, essa lista dá água na boca, a culinária portuguesa é riquíssima e um grande atrativo para quem para o país. Mas como sobreviver sendo vegetariano em Portugal? Antes de mais, saiba que já foi mais difícil. Neste artigo vou compartilhar com você a minha experiência e dar dicas de sobrevivência para os vegetarianos a caminho de Portugal.

Como é ser vegetariano em Portugal?

Imagine sair e ficar com vontade de fazer um lanchinho rápido. No Brasil entraria em qualquer lanchonete e, como boa mineira, comeria o prático pão de queijo. Em Portugal, além da escassez de lanchinhos rápidos, é difícil ter um coringa vegetariano.

Antes de você seguir a leitura, preciso confessar: não sou totalmente vegetariana. Apesar de não comer carne há 14 anos, incluo na minha rotina alimentar pelo menos uma vez por semana peixes e frutos do mar. Bom, então a vida pode ser um pouco mais fácil, mas ainda tem seus desafios.

Tosta mista sem queijo

Para exemplificar, todas as quartas saio com alguns amigos mineiros em um evento que batizamos de Quarta Tasco, que é uma oportunidade de conhecer os famosos tascos portugueses, algo similar aos botecos do Brasil.

Em uma das ocasiões estávamos em uma casa especializada em bifanas, um sanduíche apimentado recheado de bifes finos de carne de porco, um clássico da culinária portuguesa.

Pois, como bom restaurante raiz, não havia opções vegetarianas, o mais fácil seria uma tosta, mas que era mista – recheada com fiambre (o nosso presunto) e queijo. Então pedi uma torta mista sem fiambre, que já não era uma tosta-mista, mas uma tosta de queijo.

Prontamente fui atendida e, com isso, vem uma boa lição para quem chega: sempre pergunte ao garçom por opções, mesmo que ela não exista no cardápio, é possível que a casa prepare algo especial para você, ainda que seja uma omelete.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Quer morar em Portugal com segurança e qualidade de vida?

Recomendamos a assessoria boutique da Atlantic Bridge, para quem deseja ir para Portugal de forma planejada, sem contratempos e com a segurança de ser acompanhado pelos profissionais mais experientes do mercado.

Saber Mais →

É fácil encontrar comidas vegetarianas no supermercado?

Sim! Quando morei em Portugal pela primeira vez, em 2013, a realidade era muito diferente, ainda não era fácil encontrar alternativas vegetarianas. Soja, processados à base de vegetais como tofu, seitan, ou um simples hambúrguer vegetariano eram raridades – sinceramente não me lembro de ter comido.

Hoje em dia, encontra-se de tudo nos supermercados em Portugal, inclusive linhas exclusivas de produtos vegetarianos que facilitam a vida no dia a dia. Também é muito mais fácil encontrar grãos essenciais na culinária vegetariana, como quinoa, lentilha, grão-de-bico, e tantos outros.

Outro ponto positivo dos supermercados é a facilidade de encontrar produtos orgânicos, assim como itens típicos de outras culturas culinárias, como a brasileira.

Para os veganos também há muitas opções, essas mesmas linhas desenvolveram vários produtos, de queijos a embutidos. Portanto, explore os supermercados e descubra maravilhas para sobreviver sendo vegetariano em Portugal.

E nos restaurantes, é fácil encontrar opções vegetarianas?

Existem muitos restaurantes especializados em culinária vegetariana e vegana em Portugal. No Porto, por exemplo, onde vivo, são muitas opções bem conceituadas e que atraem, inclusive, muitos carnívoros.

Especialmente os restaurantes de comidas naturais oferecem várias opções e são um ótimo atrativo para quem quer uma alimentação sem carne.

Mas, e quando convivemos em um ciclo social em que não há tantos vegetarianos? Meu noivo, por exemplo, come carne, então não conseguimos sair sempre para restaurantes vegetarianos. O que fazer?

Existem opções vegetarianas nos restaurantes típicos portugueses?

Quando se trata dos restaurantes típicos portugueses pode ser bem mais difícil conseguir uma opção vegetariana. Falando especialmente de restaurantes mais raízes super conceituado e que atraem muitos turistas, fica mais difícil para os vegetarianos.

A culinária portuguesa é famosa pelos peixes, são inúmeros os preparos com bacalhau, assim como os cozidos e assados de carne vermelha, preparos que dificilmente podem ser adaptados para os vegetarianos.

comida vegetariana em Portugal

Vamos combinar que, no Porto, já é possível encontrar restaurantes portugueses que tenham pelo menos uma opção vegetariana – nem que seja a sopa, essa sim frequentemente é apenas de legumes. Mas quando se afasta das grandes cidades fica bem mais difícil.

Estive no Geres, no norte de Portugal, por uma semana e as opções sempre envolviam carne ou peixe. Um dia tive a sorte de encontrar uma lasanha vegetariana em um restaurante tipicamente português, o famoso Lurdes Capela. Mas foi só, as opções nos restaurantes tradicionais geralmente são restritas e fica mais difícil ser vegetariano em Portugal.

Um dia estava conversando com uma amiga, também vegetariana, que disse que não conseguia mais comer omelete nos restaurantes. Essa era sempre a alternativa dada a ela.

Comer fora no Porto e em Lisboa é caro? Confira opções para todos os bolsos.

E em restaurantes menos tradicionais?

Nesses sim é fácil encontrar opções vegetarianas. A maioria dos restaurantes tem pelo menos uma opção para os vegetarianos, seja de tratos adaptados ou de opções realmente vegetarianas.

Assim, não é difícil comer fora quando você amplia o leque de opções, seja nas hamburguerias, restaurantes italianos, tailandeses, franceses, e tantos outros, sempre haverá pelo menos uma opção de prato.

A dica para quem está chegando é sempre olhar o menu antes de sentar, geralmente os restaurantes disponibilizam a carta na entrada. Se não encontrar, sempre haverá mais opções por perto, afinal, o que ão falta em Portugal são restaurantes.

A Luiza também compartilhou as coisas que você precisa saber antes de ir em um restaurante em Portugal.

Culinária portuguesa adaptada aos vegetarianos

Eu amo Francesinha, mas preciso confessar: nunca comi uma Francesinha. Curioso né?! Se parar para pensar, a francesinha nada mais é do que várias carnes em um sanduíche com um molho a base de carne.

Então, como eu amo Francesinha? Amo as versões vegetarianas de francesinha que nada mais são do que simulacro do prato. Ela tem aspecto de Francesinha, é composta basicamente pelo pão e camadas que podem ser de salsicha de soja, seitan, salsichão vegetal e tofu ou recheada de berinjela, aspargos e outros vegetais, como é o caso da minha preferida, a do Brasão.

francesinha vegetariana portuguesa
Francesinha vegetariana em restaurante no Porto

Assim como acontece com a Francesinha, outros pratos típicos também foram adaptados, como a alheira – não conheço a original, mas a vegetariana tem um sabor curioso, que nunca experimentei em outro prato. Também já me falaram das Seitanas, a versão vegetariana das bifanas feitas com seitan.

É fácil ser vegetariano na Europa?

Talvez Portugal não seja o país mais fácil de ser vegetariano na Europa. Apesar de estar em um bom caminho, ainda falta muito para um vegetariano se sentar tranquilamente em um restaurante sem precisar procurar antes o que há de opção vegetariana.

Mas em outros países europeus isso já é bem mais fácil. Em viagem à Alemanha me senti bastante realizada quando em uma feira de Natal encontrei uma barraca que vendia o tradicional sanduíche de salsicha alemã, em versão vegetariana.

Nos restaurantes locais também existem mais opções e, até nos fast foods, é mais fácil encontrar opções. Em 2018, por exemplo, o Burger King na Alemanha já tinha um hambúrguer vegetariano, enquanto em Portugal a versão só foi chegar no final de 2019.

Ranking europeu de melhores países para ser vegetariano

Uma pesquisa lançada em 2018 – sim, muita coisa mudou desde então, mas são os dados mais recentes sobre o assunto – montou um ranking no qual lista 26 países europeus mais fáceis de ser vegetariano e os mais difíceis também.

A lista classificou os países com base em 3 critérios: número de restaurantes vegetarianos por 100 mil habitantes, consumo anual de carne e o preço da carne (para mostrar a economia de custos por não comê-la).

Entre os destaques positivos, ou seja, onde é mais fácil ser vegetarianos temos:

  1. Suíça;
  2. Finlândia;
  3. Noruega;
  4. Suécia;
  5. Reino Unido;
  6. Bélgica;
  7. Hungria;
  8. Itália;
  9. Estônia;
  10. Irlanda.

Ainda não conheço todos os países da lista para dar um veredito final, mas na Hungria encontrei muitas opções vegetarianas, o versão clássico do Lángos, famosa comida de rua, tem sua versão clássica de sour cream e queijo, portanto, vegetariano.

Na Itália também é muito fácil encontrar pratos vegetarianos, seja uma pizza ou uma lasanha, mas também os pratos tradicionalmente vegetarianos, como o Cacio Pepe.

Mas se por um lado temos os países mais fácies, também temos os mais difíceis que são:

  • Grécia;
  • Rússia;
  • Lituânia;
  • Dinamarca;
  • Portugal.

Sim! Portugal ficou em último lugar no ranking, mas como eu disse, de 2018 para cá muita coisa mudou. Inclusive, um dos aspectos da pesquisa apontava que o país tinha um número insuficiente de restaurantes vegetarianos, o que vem mudando nos últimos anos e talvez o país tenha subido algumas posições. Pelo menos essa é minha impressão.

Cidade mais vegetarianas na Europa

Claro que quando falamos de cidade a coisa muda de figura, são as mais cosmopolitas que oferecem mais opções.

Londres aparece no topo da lista como uma das cidades mais vegetarianas na Europa. Estive na cidade em 2014 e, na época, já era possível encontrar muitas opções vegetarianas. Até o Subway tinha um sanduíche específico de soja que nunca encontrei em nenhum outro país.

ser vegetariano na Europa

O segundo lugar da lista também já foi citada: Berlim. A capital alemã é um paraíso dos vegetarianos e veganos. Existem boas opções vegetarianas e não é difícil encontrar algo para comer, ainda que seja um Falafel em algum Kebab.

Na sequência, temos Munique e Viena, confesso que não esperava encontrar mais opções vegetarianas quando conheci as cidades, mas não é difícil encontrar pratos vegetarianos mesmo em restaurantes típicos. Também é fácil encontrar sanduíches e outros lanchinhos vegetarianos.

Para finalizar a lista temos, ainda, Glasgow e Zurich.

Mas então, é possível ser vegetariano em Portugal?

Claro! Portugal ainda está em processo para alcançar o topo da lista de melhores países vegetarianos da Europa, mas existem muitas opções. Principalmente quando falamos em restaurantes especializados, essa lista é extensa e opções não faltam.

Mas, para sobreviver sendo vegetariano em Portugal, não deixe de explorar as possibilidades, sempre pergunte pelas opções fora do cardápio nos restaurantes mais tradicionais. Se a ideia for compartilhar a mesa com amigos não vegetarianos, busque restaurantes menos tradicionais.

Também não deixe de conhecer as versões vegetarianas dos pratos locais, essa é a experiência mais próxima que muitos de nós teremos com a culinária local, portanto, explore!

Por fim, os supermercados em Portugal também tem muitas facilidades para vegetarianos e com preços bem mais acessíveis se comparados com o Brasil. Conhece novos ingredientes, se aventure na cozinha em casa e não deixe de tentar adaptar os pratos locais.

Agora que você já sabe como é ser vegetariano em Portugal, viu que não é impossível viver no país e manter a dieta. Se está planejando a mudança, recomendo se preocupar com outros aspectos e fazer um bom planejamento. O Programa Morar em Portugal reúne todas as informações que você precisa para planejar a mudança para o país.