Viajar e trabalhar na Europa: saiba como nesse guia completo

Europa  / 

Muitas pessoas sonham em viajar e trabalhar na Europa. Afinal, quem não gostaria de passar um mês na Itália, o outro na França, e assim ir equilibrando a rotina de trabalho com a experiência em novas cidades, línguas, paisagens e culturas? Sim, é um sonho, e podemos te dizer que é possível realizar.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Mas, antes de deixar o seu emprego fixo e se jogar nessa experiência única e maravilhosa, primeiro você precisa descobrir como é possível que essas duas palavras caminhem juntas: viajar, trabalhar. Depois, aprender a ser responsável pelos próprios horários e obrigações, que não são poucas.

Para te ajudar, neste artigo reunimos as principais informações para quem quer viajar e trabalhar na Europa, como alcançar esse objetivo, documentos e obrigações, custos e outras dicas úteis para quem quer fazer do mundo o seu escritório.

Como viajar e trabalhar na Europa

Viajar e trabalhar na Europa expõe você a uma cultura diversa, fornece novas ideias sobre um país, permite que você aprenda um novo idioma, conheça pessoas diferentes e tenha uma nova perspectiva do mundo. E há algumas formas de fazer isso que vêm atraindo um número cada vez maior de pessoas pelo mundo inteiro. Vejamos algumas delas a seguir.

Nômade digital

Sabe aquela pessoa que você encontra em um café, com seu computador, fone de ouvido e anotações ao redor? Há muitas chances de que ela seja nômade digital. Esse estilo de vida vem ganhando cada vez mais adeptos devido à flexibilidade de muitas empresas e à transformação digital. Tanto que o número de nômades digitais no mundo hoje é difícil de determinar.

Nômade digital

Eles trabalham remotamente, muitas vezes como freelancers, e aproveitam a tecnologia para realizar as tarefas de sua profissão de maneira remota, sem depender de uma base fixa para trabalhar. Por isso, podem trocar de cidade e país sempre que querem, e daí vem a origem do nome.

Se você pensa em viajar e trabalhar na Europa como nômade digital, saiba que há sites dedicados a vagas exclusivamente desse tipo, além de grupos no Facebook, nos quais os membros trocam informações e conselhos. Alguns deles são:

Work exchange

O Work exchange é um tipo de viagem em que você vai trocar seu tempo e habilidades por benefícios. Além disso, você estará fazendo algo de bom. Vantajoso para as duas partes.

Ou seja, você pode oferecer um tipo de trabalho específico que os anfitriões estão procurando e em troca de sua ajuda, você receberá acomodação pelo período em que concordou em trabalhar, além de outros benefícios (que variam entre os hosts), como refeições, descontos em eventos e viagens, aulas de idiomas e muito mais.

Esse tipo de trabalho é muito comum em albergues, parques de campismo, ONGs, projetos sociais, fazendas, ecovilas, restaurantes e, atualmente, até pequenas empresas hospedam viajantes para intercâmbios de trabalho.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Algumas das habilidades procuradas são:

  • Tarefas de limpeza e outras tarefas domésticas;
  • Renovação e manutenção;
  • Bartender;
  • Ajuda na cozinha;
  • Fotografia e videografia;
  • Guias turísticos;
  • Ensino de línguas;
  • Jardinagem;
  • Trabalho comunitário.

Há alguns sites que reúnem vagas e pessoas para trabalho voluntário. Alguns dos mais conhecidos são:

Ungap Year

Outra forma de viajar e trabalhar na Europa, e, além disso, desenvolver habilidades é através do Ungap Year, que é um Programa de Enriquecimento Educacional destinado a jovens que querem iniciar seu futuro trabalhando nas empresas mais inovadoras do mundo, ao mesmo tempo em que viajam e desenvolvem habilidades valiosas e empreendedoras.

O programa proposto pela Ungap Year engloba seis meses de integração em empresas nas cidades de Berlim, Barcelona e Amsterdam e mais dois meses de desenvolvimento pessoal em Lisboa. Segundo eles, o objetivo é fazer os alunos descobrirem aquilo que realmente os realiza e suas melhores aptidões.

Precisa de visto para viajar e trabalhar na Europa?

Uma das providências a se tomar para viajar e trabalhar no continente é checar as exigências de cada país, que podem ser vistas no Portal Consular. Uma delas é o visto para Europa. Afinal, só porque o seu WiFi não tem fronteiras, não significa que os países também sejam assim.

Apesar dos brasileiros terem entrada permitida na maioria dos países da Europa (que fazem parte do Espaço Schengen) sem necessidade de visto, isso só é válido quando sua viagem é com o objetivo de turismo. Além disso, a permissão só é válida por até 90 dias e conta como uma só, independente do país em que você estiver.

No entanto, existem alguns países que são populares entre os nômades digitais porque são mais acessíveis e oferecem opções de visto para ficar por um período curto de tempo. Alguns deles são:

  • Alemanha: oferece um visto Freelancer, que normalmente concede uma estadia de três meses, mas pode ser prorrogado com outro visto por até três anos;
  • Irlanda: oferece o que é chamado de visto para pessoa de meios independentes, com estadias de até 90 dias;
  • Estônia: chamado de paraíso digital dos freelancers e startups, o Ministério de Relações Exteriores da Estônia afirmou que está trabalhando na possibilidade de fornecer um visto especial para nômades digitais.

Quanto eu preciso por mês para me manter?

Não existe uma resposta única para essa pergunta. O quanto você precisará por mês para viajar e trabalhar na Europa depende de onde você está disposto a viver e de como está disposto a viver.

Mas claro, alguns aspectos são determinantes para avaliar o valor do custo de vida. Por exemplo, se você está viajando pelo Leste Europeu poderá viver com uma fração do dinheiro necessário em países como França e Itália.

Trabalhar como nômade digital

Uma forma de analisar o custo de vida em cada cidade é através do site Numbeo, que é a maior base de dados colaborativa sobre cidades e países do mundo. O Numbeo proporciona informações atualizadas sobre custo de vida e outros indicadores.

Outro site que pode te ajudar a obter uma ideia do quanto você precisa para viajar e trabalhar na Europa é o Nomadlist, que avalia as cidades para trabalhadores remotos, com base no custo de vida, velocidade da Internet, clima e outras métricas.

Vale a pena viajar e trabalhar na Europa?

Se você ama tudo que envolve viagens, mudança de rotina, novas paisagens, pessoas, culturas, etc., é bem provável que você concorde que vale a pena viajar e trabalhar na Europa. Mas, novamente, isso é muito pessoal e deve atender o que você deseja.

Alguns benefícios desse estilo de vida incluem maior produtividade, independência e senso de liberdade. Mas esteja ciente que muitas coisas e relacionamentos também ganharão proporções diferentes.

É importante lembrar que, se você planeja viajar e trabalhar na Europa, o seguro viagem é obrigatório. Recomendamos que você utilize o nosso comparador de seguro viagem. Ele apresenta planos das principais seguradoras do mercado e ainda garantimos os melhores preços aos leitores do Euro Dicas.

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Andréia é brasileira, jornalista e consultora de viagens. O seu interesse por lugares, culturas, comidas locais, cafés alternativos e cidades antigas beira ao vício, e por isso ela resolveu unir suas duas paixões: viagens e escrita, para inspirar, ensinar e informar que o mundo é mais acessível e seguro do que a gente pensa, e muito mais maravilhoso do que a gente jamais poderia imaginar!