Como trabalhar na Itália, desde vistos, salários e sites de emprego.

Como trabalhar na Itália

Itália  / 

Muitos brasileiros querem viver na Europa em busca de uma vida melhor, com mais segurança e tranquilidade. A Itália está entre os países preferidos dos brasileiros, grande parte dos brasileiros tem descendência italiana, e sentem uma ligação com o país.

Trabalhar na Itália é uma excelente oportunidade de conhecer outra cultura, melhorar seu currículo e ter uma experiência inesquecível. Veja tudo o que é preciso para dar os primeiros passos para trabalhar na Itália e morar na Itália.



Visto para trabalhar na Itália

Se você não tem cidadania italiana, e não é cidadão europeu, é necessário fazer o pedido de visto na Embaixada Italiana ainda no Brasil.

O visto de trabalho na Itália tem três categorias: lavoro “subordinato”, lavoro “autonomo” e lavoro “stagionale”. Você pode enviar seu currículo ainda estando no Brasil e se tiver qualificações para o trabalho, pode sim ser contratado.

A empresa italiana que quiser te contratar precisará enviar um contrato de trabalho. Como isso você poderá entrar com o pedido de visto na Embaixada ou no Consulado da Itália no Brasil.

Muitos brasileiros viajam ao país em busca de sua cidadania italiana, que sai mais rápido estando na Itália (no Brasil pode levar até 15 anos). Se você fizer o processo sozinho e tiver toda a documentação, pode conseguir em até três meses.

Se você contratar uma assessoria para a cidadania é possível conseguir bem mais rápido. Com a cidadania italiana na mão, você pode trabalhar no país sem precisar de visto. Leia o Guia da Cidadania Italiana.

Salário na Itália

A Itália é um dos poucos países do mundo que não possuem salário mínimo definido. Os valores variam de acordo com as profissões. Se você tem formação superior e fala italiano tem mais chances de conseguir uma boa colocação.

Para se ter uma ideia profissionais da área de construção civil ganham em média € 1.313,23 e quem trabalha na área financeira recebe em média € 1.800,52. Trabalhar na Itália pode te render um bom salário se convertido para o real, mas é importante lembrar o custo de vida na Itália.

Calculadora de salários na Itália

Se você quer ter uma ideia de quanto pode ganhar na Itália, recomendamos ver a calculadora de salários (link em italiano).

Nesse site você seleciona qual é a sua profissão, quanto tempo tem de experiência, e de acordo com as contribuições enviadas por diversas pessoas, ele indica qual é o salário mínimo, médio e máximo que você consegue ganhar na Itália.

Profissionais mais procurados na Itália

Com a crise geral na Europa, muitas pessoas perderam os seus empregos, dificultando ainda mais para os estrangeiros conseguirem uma oportunidade. Mas para algumas áreas, ainda é possível encontrar oportunidades de trabalho, por que falta mão-de-obra na Itália, como é o caso das profissões:

  • Esteticista
  • Mecânico
  • Padeiro
  • Cozinheiro
  • Marceneiro

Veja a lista dos profissionais mais procurados na Itália.

Claro que existem oportunidades em diversas outras áreas, mas você terá que concorrer com outras pessoas, e o idioma (ou a falta dele) pode dificultar. Por isso é bom ir bem preparado.

Melhores sites de emprego na Itália

Para conseguir trabalhar na Itália, o primeiro passo é criar um Currículo Europeu (como por exemplo o EuroPass). Depois disso você precisa pesquisar as vagas abertas na Itália.

A maioria do empregos no país estão concentrados nas cidades de Milão e Roma. A região norte do país é de maneira geral mais rica que o sul. Confira alguns sites de emprego na Itália:

Lembre-se que você está chegando em um novo país, onde a cultura (inclusive empresarial) é outra, e você terá que ter paciência e se adaptar. Boa sorte!

COMPARTILHE

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.