Como abrir empresa na França? Descubra o que é preciso

França  / 

Quer descobrir como abrir uma empresa na França? De forma geral, criar um negócio no país, ou investir em uma franquia já estabelecida, pode ser mais simples do que você imagina. Certamente, seguir algumas dicas pode auxiliar no processo e facilitar a abertura do negócio. Da mesma forma, seguir as leis e ter os documentos necessários pode viabilizar a vida do empreendedor. Vamos lá?

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Como abrir uma empresa na França? Saiba o que é necessário

Ir para um país estrangeiro e empreender na França exige diversos trâmites que devem estar de acordo com as formalidades exigidas pelas leis locais. Apesar de parecer complicado, é uma etapa que exige somente atenção do empreendedor em relação aos documentos e requerimentos exigidos.

Independe da situação, se a empresa já existe ou se será fundada no país, todas elas demandam o cumprimento de algumas exigências para funcionar dentro da regulamentação francesa.

De maneira geral, os principais procedimentos se você quer saber como abrir uma empresa na França são:

E é importante ficar atento porque o plano de negócios não é um mero documento de organização da empresa. Ele serve, principalmente, caso você queira pedir um financiamento bancário. Por isso, confira o passo a passo abaixo e saiba como abrir uma empresa na França sem problemas.

Passo a passo para abrir uma empresa na França

Confira aqui os principais passos e saiba como investir na França e abrir uma empresa. Eles podem ser alterados de acordo com a cidade escolhida ou o tipo de negócio:

Escolhendo o tipo de empresa

Essa é uma dica de ouro, que vale para estabelecimentos em qualquer lugar do mundo. Antes de abrir a sua empresa, é preciso pensar muito bem na escolha do nicho de atuação. Ela auxilia no estudo de cada um dos concorrentes e também altera os passos para conseguir as autorizações.

Essa regra também funciona da mesma maneira no Brasil. Os comércios que atuam com alimentação, por exemplo, necessitam de rigidez em segmentos distintos.

Nessa hora também é importante elaborar o plano de negócios da empresa. Aqui constarão todas as informações necessárias sobre o projeto a ser executado, objetivos, missão, quem faz parte da empresa e quais os serviços ou produtos oferecidos.

Agendamento de reunião com o órgão regulatório

Na França, todos os comércios são regulados pela Câmara do Comércio e Indústria (Chambre de Métiers). Eles desenvolvem sistemas de apoio e controle para todos os empresários, mesmo os que não são nascidos no país. Antes de iniciar a abertura da empresa, é obrigatório agendar uma reunião com a Câmara.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

Eles solicitam um projeto de negócio, depois avaliam as possibilidades de seguir em frente com a nova proposta de empresa. Além disso, os profissionais do governo francês também analisam o visto. E, para abrir uma empresa na França, é necessário ter um visto permanente ou de trabalho, e as permissões necessárias para tal atividade.

Curso obrigatório

Todos os empreendedores que pretendem ingressar no mercado francês devem concluir um curso de 40 horas. Ele é realizado em cinco dias e custa um pouco mais de 200€. Mas é importante ficar atento porque é exigida a fluência em francês.

O curso possui uma grade repleta de informações importantes, como impostos, tarifas bancárias, documentações e ainda auxilia em processos básicos. A empresa já inicia os serviços com a compreensão sobre preços de produtos, porcentagens, contratação de funcionários e mais uma série de importâncias.

Curso para o ramo alimentício

Quer saber como abrir uma empresa na França do ramo alimentício? Pois é essencial seguir uma regulamentação mais rigorosa. Por lá, a fiscalização é muito maior e as punições são severas, muito diferente das aplicadas no Brasil.

Para esse nicho, também é obrigatório um curso de higiene, com dois dias de duração e uma carga horária de 14 horas, com um custo médio de 400€. Além disso, a cada 5 anos é necessário realizar a reciclagem dessas aulas.

Obrigatoriedades por segmento

Alguns segmentos de mercado necessitam de formação e ela é analisada antes da autorização de abertura. Assim, não é possível você abrir um negócio na França sem possuir o certificado para atuação, como ocorre com proprietários que querem apenas gerenciar um negócio.

Saiba como abrir empresa na França

Abertura da conta bancária

Nenhuma empresa pode ser formalizada sem uma conta bancária. Os bancos franceses são muito rígidos, ou seja, são pedidas dezenas de comprovações e um depósito inicial. No caso de abertura de empresa, o mínimo de capital investido é de 4.000 euros. A lei francesa exige apenas o mínimo de1€, mas claro, na realidade nenhum banco aceitará essa quantia tão baixa.

Mas não precisa ficar preocupado, porque o capital social será liberado logo que receber o certificado da existência da empresa. No processo de abertura de conta você pode avaliar se as contas digitais podem ser a melhor opção. Entre as mais usadas na Europa está o  banco alemão N26.

Para saber mais informações sobre como abrir uma conta bancária na França, leia esse nosso artigo.

Publicidade legal

Com a conta aberta, agora o próximo passo é publicar um anúncio em um jornal autorizado. A ideia é tornar a empresa pública ao mercado.

Incorporação da empresa

Nesse momento, a candidatura da empresa vai receber todos os selos oficiais dos departamentos responsáveis na França. Ou seja, as autoridades locais competentes, como a Tribuna do Comércio ou a Administração Local, por exemplo, certificam o seu negócio.

Registro de identificação

Com o certificado de incorporação pronto, a sua empresa receberá um número de identificação. Este número é importante, uma espécie de CNPJ do empreendimento, e deve ser usado em todos os documentos oficiais.

Ainda, com o certificado em mãos, sua conta bancária será ativada e o capital social desbloqueado.

Contrate um contador profissional

Para garantir que a sua empresa vai seguir todas as leis francesas, fiscais e tributárias, é essencial contratar os serviços de um contador profissional francês.

Quem pode abrir uma empresa na França?

Qualquer pessoa pode realizar a abertura de uma empresa na França. A única exigência é cumprir todos os requisitos estabelecidos pelo governo francês, especialmente com relação ao visto francês e outros documentos solicitados.

Portanto, mesmo sendo brasileiro, é possível conseguir autorização para criar uma empresa na França ou abrir uma franquia já conhecida. Desde que, claro, o empreendimento esteja dentro das leis.

Da mesma forma, cidadãos europeus também têm direito a criar a sua própria empresa em qualquer país da União Europeia, incluindo a França. E também pode criar uma filial ou sucursal de um negócio já estabelecido na UE.

Visto necessário para abrir empresa na França

Como já abordamos, qualquer estrangeiro pode abrir uma empresa na França, no entanto, o país exige que o empreendedor tenha o visto permanente ou o visto de trabalho. De preferência, que ele seja na modalidade para investidor ou empreendedor, o “Habilidades e Competências”.

Com ele, é possível abrir ou comprar uma empresa no país e tem duração de três anos, com possibilidade de renovação logo após.

O visto é emitido pelo Consulado francês ainda no Brasil e demora cerca de três meses para ser aprovado. Com uma das opções em dia, o processo tende a ser mais simples e sem empecilhos.

Também não deixe de providenciar a Carte de Séjour, uma espécie de carteira de identidade para morar na França. Você tem dois meses para solicitar o documento e apresentar às autoridades.

Veja o passo a passo para solicitar a cidadania francesa para os filhos.

Quais os custos de abrir empresa na França?

Quer saber como preparar o orçamento para abrir uma empresa na França? Então, é indispensável conhecer quais as despesas necessárias para criar ou comprar um empreendimento no país.

Deve-se ter em mente que você terá despesas com os documentos, vistos e toda a documentação necessária para a abertura da empresa. Ainda, é preciso arcar com os custos dos cursos preparatórios e do depósito inicial para abertura da conta bancária. Pelas leis do país, a conta deve possuir no mínimo um depósito de 4.000 euros.

Portanto, o investimento mínimo necessário para iniciar uma empresa é de 600€, sem considerar as empresas do nicho de alimentação e sem pendências documentais.

Enviar dinheiro para a França para abrir empresa

Se o seu capital estiver no Brasil será preciso enviá-lo para a França. As plataformas online de envio de dinheiro podem ajudar a tornar o processo mais rápido e reduzir os custos de câmbio. Indicamos aos nossos leitores a Remessa Online e TransferWise, plataformas que realizam a transação 100% online, seguras e com o melhor custo-benefício.

Documentos para abrir empresa na França

Documentação necessária para abertura

A documentação inicial é o plano de negócio e o visto, assim o órgão controlador de comércios pode avaliar a situação e dar as instruções. Ele indica cada trâmite e as documentações necessárias.

Entre as principais exigências estão:

  • Original do contrato social, indicando os nomes dos diretores e auditores do processo;
  • Certificado da conta bancária;
  • 2 cópias do relatório do auditor;
  • Cópia do registro da propriedade ou do contrato de aluguel do estabelecimento;
  • Exemplar do jornal onde foi publicado a abertura da empresa;
  • Passaportes, documentos de identidade ou certidão de nascimento dos diretores (cópia e original);
  • Certidão negativa de antecedentes criminais dos diretores da empresa;
  • Licença profissional ou diploma necessário para o exercício da profissão regulamentada;
  • Certificado de depósito do valor do capital inicial.

A etapa que exige maior número de comprovações é a abertura de conta, que é muito rígida e pode demorar. Todo esse processo pode ser simplificado com a contratação de um contador, que entende sobre as leis, impostos e cálculos.

Tipos de negócios

A partir da reunião com a Câmara, cada segmento adota uma conduta, e todos os passos de como abrir uma empresa na França são transmitidos nesse encontro. Após essas considerações, eles indicam qual a estrutura que deve ser implantada durante a abertura do CNPJ.

Existem três modelos: SARL (Limitada), SAS (envolve mais de uma companhia) e Filial (no caso de franquias).

Segmentos prósperos

Certamente é muito mais fácil investir em uma empresa que já está consolidada no mercado. Por isso, as franquias tendem a ter bastante sucesso. Sem contar que o processo de abertura é muito mais simples e apresenta um risco menor para o empreendedor.

Nesse momento, pense em adquirir uma franquia conhecida, mesmo que brasileira. Alguns setores que se destacam:

  • Centros de beleza;
  • Alimentação, seja fast food ou restaurantes;
  • Moda;
  • Serviços gerais.

Confira uma lista com 12 produtos brasileiros de sucesso na Europa e descubra se vale a pena investir neles.

Franquias de sucesso na França

Existe também a possibilidade de dar seguimento a um negócio existente e investir em franquias na França. O empresário paga uma determinado valor para uma marca e pode abrir a loja com os seus produtos.

As marcas brasileiras de mais sucesso na Europa são a Havaianas e a Natura, pois suas fabricações são únicas e usadas pelo mundo todo.

Por que escolher a França?

Quem procura empreender pode começar a pensar em como abrir empresa na França como uma porta de entrada. O país teve um crescimento exponencial nos últimos anos, fato esse que tornou algumas de suas startups em líderes mundiais, tal como o Deezer.

Os brasileiros já visam esse mercado para atingir o sucesso e adquirir parte dessa fatia, já que ela é a sexta maior economia do mundo. Os nichos de maior sucesso envolvem tecnologia, como ocorre com os aplicativos e outras inovações.

Saber como abrir empresa na França é o primeiro passo para o sucesso, afinal o país tem uma economia forte e em crescimento. Agora basta aplicar as dicas citadas, seguir as normativas e iniciar as estratégias comerciais. Boa sorte!

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autor

Andrea é uma jornalista curitibana que uniu a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, África e Ásia. Ao lado do filho e do marido foi morar no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a produção de conteúdo e os passeios pelo Reino Unido.