Com boas opções de financiamento e mercado aquecido, comprar casa no Parque das Nações pode ser uma opção vantajosa para quem deseja morar ou investir em Portugal.

Mas é preciso, antes, saber o que procurar, onde procurar e quais são as médias de preço na região. Confira essas informações a seguir.

Como comprar uma casa no Parque das Nações?

Comprar casa em Portugal sendo brasileiro ou português não é um processo tão diferente. As principais mudanças estão no momento do pedido de financiamento ao banco português.

Entre as etapas para comprar uma casa no Parque das Nações, estão:

  1. Definição do que se procura (número de quartos, metragem, localização, estado de conservação da casa e orçamento);
  2. Busca pelo imóvel;
  3. Visita;
  4. Negociação;
  5. Preparação da documentação;
  6. Transferência do dinheiro ou pedido de financiamento;
  7. Escritura.

Onde encontrar casas para comprar no Parque das Nações?

Em imobiliárias.

Na hora de buscar por imóveis o ideal é que você entre em contato com uma imobiliária. Além de conhecer as melhores casas e apartamentos para as suas necessidades, os corretores de imóveis podem ajudar na etapa de documentação, processo que pode ser bastante burocrático para um brasileiro, ainda mais à distância.

Se você ainda mora no Brasil, ainda terá de abrir conta em banco e entrar com um pedido de financiamento imobiliário, o que pode ser trabalhoso.

Imobiliárias, como a Pati Lemos Properties, oferecem um serviço especializado para o público brasileiro, com uma assessoria voltada a essas burocracias específicas, como abertura de conta em banco e emissão de documentos. Portanto, vale a pena entrar em contato com a equipe da PL Properties para encontrar o imóvel no Parque das Nações do jeitinho que você precisa, com profissionais que entendem as necessidades do público brasileiro.

Há, também, diversas opções de plataformas de anúncio de imóveis em Portugal. São sites que reúnem ofertas de casas e apartamentos, e eles podem ser bastante úteis em um primeiro momento de pesquisa por uma casa, para ter uma ideia dos preços praticados no mercado atual, as condições da casa e quais fatores considerar.

Nesses sites, você pode ainda filtrar a busca pela cidade, preço e outras características do imóvel. Conheça alguns deles:

Documentos para comprar casa em Portugal

Entre os documentos que você vai precisar para comprar uma casa em Portugal, estão:

  • Número de Identificação Fiscal, ou NIF, espécie de CPF português;
  • Documentação pessoal: passaporte, autorização de residência ou cartão do cidadão;
  • Comprovativos de rendimento, como Imposto de Renda, caso ainda esteja no Brasil;
  • Certidão de Registro Predial: comprova a legitimidade do proprietário e do comprador;
  • Caderneta Predial: comprova a atual situação fiscal do imóvel;
  • Licença de Utilização: diz a finalidade do imóvel;
  • Ficha Técnica de Habitação: descreve todas as características técnicas do imóvel.

Quanto custa uma casa no Parque das Nações?

De 225 mil a 4,8 milhões de euros.

Tudo depende da tipologia, da metragem e da localização que você deseja para o seu imóvel. O Parque das Nações é uma área nobre da capital, portanto, as opções são, em geral, por casas de luxo, com um preço acima da média lisboeta.

A freguesia é a terceira com maior valor de metro quadrado na cidade, atrás apenas de Marvila (5,4 mil €/m²) e Santo António (5,7 mil €/m²).

O valor médio do metro quadrado na região, segundo levantamento do Instituto Nacional de Estatística (INE), é de 4,6 mil €/m².

Pesquisamos os preços de alguns imóveis no Parque das Nações, com diferentes metragens e tipologias. A busca foi realizada no site Imovirtual, no dia 3 de agosto de 2023. Confira.

Tipologia Metragem Preço
T1 (1 quarto) 65 m² 389 mil
T2 (2 quartos) 130 m² 535 mil
T3 (3 quartos) 141 m² 700 mil
T5 (5 quartos) 280 m² 4,5 milhões

Existem muitos imóveis à venda no Parque das Nações?

Sim.

Nas plataformas de busca, é possível encontrar centenas de imóveis à venda na região, que incluem diversos condomínios de luxo que se encontram em processo de construção.

Como é o bairro?

O Parque das Nações compreende uma área de 5 km à beira do Rio Tejo. Toda a região foi projetada para receber a Expo 98, evento que reuniu visitantes do mundo inteiro.

Por isso, o bairro é bastante diferente do que se costuma esperar de Lisboa: conta com prédios modernos e esculturas contemporâneas, que trazem uma nova arquitetura à cidade.

Transporte

A estação Oriente é um ponto importante do Parque das Nações: parte da linha vermelha do metrô, ela conecta o bairro ao restante da cidade e ao aeroporto, que fica a apenas 8 minutos, ou três estações, da região.

Mas a estação Oriente não funciona apenas como metrô: também é um importante terminal rodoviário e ferroviário, conectando os moradores a outras cidades do país.

Estação de trem e metrô do Oriente, em Lisboa
Com a estação Oriente e o Aeroporto, o Parque das Nações está bem conectado a outras cidades portuguesas e países europeus

Além disso, o bairro está a 35 minutos de carro do Rossio, importante praça no centro antigo da cidade, ou a 27 minutos de metrô desse ponto turístico.

Uma curiosidade é que a estação Oriente, que chama a atenção pela sua arquitetura moderna, foi projetada pelo arquiteto espanhol Santiago Calatrava, também responsável pelo Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro.

Lazer

Também não falta lazer a quem frequenta o Parque das Nações. Entre as principais atrações, estão:

  • Shopping Vasco da Gama;
  • Teleférico do Parque das Nações;
  • Oceanário de Lisboa;
  • Casa de shows Altice Arena.

Segurança

Como Portugal de maneira geral, o Parque das Nações é bastante seguro e não apresenta nenhum problema nesse sentido para seus moradores.

A segurança em Portugal é um dos principais motivos para a imigração brasileira ao país, que ocupa o 7º lugar no Índice Global de Paz , estando entre os dez países mais pacíficos do mundo.

Vale a pena comprar casa no Parque das Nações?

Sim, vale a pena.

Seja para investir ou para morar, comprar um apartamento no Parque das Nações é uma escolha acerta.

É uma região valorizada, com excelentes opções para compra e que significa um investimento rentável. Além disso, é importante levar em consideração que as condições de financiamento no país são mais favoráveis que no Brasil, e alugar um apartamento pode acabar saindo mais caro que comprá-lo.

O Parque das Nações é um dos bairros mais luxuosos de Lisboa e oferece excelente qualidade de vida para seus moradores, com certeza é um sonho ter uma casa nesse bairro. Se você quer saber como fazer esse investimento, procure a Pati Lemos Properties e garanta o melhor acompanhamento imobiliário em Portugal.

Gostou das dicas apresentadas neste artigo? Esperamos que tenha ajudado a escolher o melhor bairro para viver em Lisboa!