Divisões de Portugal, entenda como o país Europeu se divide e funciona

Divisões de Portugal

Portugal  / 

As divisões de Portugal são bem diferentes das do Brasil, e vou explicar um pouquinho como funcionam, para ver se entendem como um país tão pequeno pode ser tão complexo.

Portugal é um país pequeno, com umas divisões muito interessantes. Ele é dividido em continente e Ilhas (Açores e Madeira).

Divisões de Portugal mais populares

Vou chamar de divisões “populares”, por serem conhecidas como divisões de Portugal, mas não terem nenhum impacto administrativo.

Apesar de não terem esse impacto administrativo, as pessoas conhecem essas regiões por esses nomes:

  • Algarve;
  • Alentejo;
  • Lisboa e Setúbal;
  • Estremadura e Ribatejo;
  • Beira Interior;
  • Beira Litoral;
  • Trás-os-montes;
  • Alto Douro;
  • Douro e Minho;
  • Açores;
  • Madeira.

Você também ver como é a história e o mapa de Portugal completo.

Como são as divisões de Portugal?

Portugal está dividido em 18 Distritos, 308 Concelhos e 3092 Freguesias, além das Ilhas.

Distritos

Distrito é um conjunto de concelhos. Como se fossem os nossos estados. Eles recebem o nome da cidade principal de cada um.

Concelhos

Concelho é um conjunto de freguesias (às vezes são chamados de municípios). Parecido com as nossas cidades, que têm as cidadezinhas que “pertencem” à elas. O Concelho possui uma Câmara Municipal (eleita pela população), parecida com a nossa Prefeitura. Eles também normalmente têm o nome da cidade principal de cada um.

Freguesias

Junta de Freguesia
A freguesia é parecida com os nossos bairros, mas em Portugal, as freguesias grandes possuem a Junta de Freguesia, que tem um presidente, que cuida de tudo para manter a freguesia em bom funcionamento.

Para que tanta divisão?

Com essas divisões, torna-se mais fácil fazer a gestão do país, pois cada uma faz o seu papel, e no final todos contribuem (ou deveriam contribuir) para uma gestão eficaz do país.

Resumindo:
As Juntas de Freguesia cuidam dos problemas locais, como limpeza e manutenção, cuidam das atividades sociais e etc.

Os Concelhos fazem a gestão das cidades (das quais são responsáveis), aprovando obras, aprovando investimentos, cobrando impostos, etc. Os Distritos possuem um papel de gestão maior, sendo responsável pela gestão da saúde e educação, grandes investimentos, mudanças de processos, ou seja, todas as decisões maiores.

As divisões de Portugal trabalham em sintonia

Ou seja, o objetivo é que, essas três divisões de Portugal, trabalhando em sintonia, ajudem o país a desenvolver cada região da melhor maneira possível.

Veja também como é a bandeira de Portugal.

Mais nomenclaturas utilizadas nas divisões de Portugal

Cidades, vilas, e aldeias

Para fazer essa separação de nomenclatura, é levado em conta a densidade populacional.

Aldeias

As aldeias normalmente são menores e localizadas nas zonas rurais, e não possuem um comércio completo. São ótimos locais para visitar, pois normalmente mantêm a cultura de antigamente, e as pessoas que moram lá são muito receptivas. Isso é muito diferente do Brasil, pois quase nunca vamos nas zonas rurais.

Vilas

As vilas são maiores que as aldeias, possuem comércio, mas não são capazes de se manterem sozinhas. Também são bons pontos turísticos. Temos cidadezinhas no Brasil, que pela densidade populacional poderiam ser consideradas vilas.

Cidades

Câmara Municipal
As cidades são como as nossas, com estruturas urbanas, comércios, recursos e etc.

Ilhas

As ilhas Açores e Madeira são regiões autônomas.

Portugal é um país muito pequeno

Por ser um país muito pequeno, nós brasileiros estranhamos as divisões de Portugal, principalmente quando atravessamos uma ponte e mudamos de cidade, ou em apenas alguns minutos mudamos de cidade e passamos por algumas freguesias.

Facilmente vamos à Espanha

Dependendo do lugar que você está em Portugal, em poucas horas você cruza a fronteira e chega na Espanha, o que também é espantoso para nós, brasileiros, que levamos horas para atravessar um estado.

Vou dar alguns exemplos, para ver se conseguimos entender melhor:

Na região sul

Faro

  • É uma cidade localizada no sul de Portugal;
  • Pertence ao Distrito de Faro (mesmo nome da cidade);
  • Possui 4 freguesias.

Parchal

  • É uma vila localizada no sul de Portugal.
  • Pertence ao Concelho de Lagoa.
  • Pertence ao Distrito de Faro.

Se você gostaria de morar em Portugal, pode ser interessante conhecer algumas das melhores cidades pequenas de Portugal.

Na região centro

    Castelo Branco;

  • É uma cidade localizada no centro de Portugal;
  • Pertence ao Distrito de Castelo Branco (mesmo nome da cidade);
  • Possui 19 freguesias.

Monsaraz

  • É uma vila localizada no centro de Portugal;
  • Pertence ao Conselho de Reguengos de Monsaraz;
  • Pertence ao Distrito de Évora;

*Curiosidade: foi uma das finalistas para as 7 maravilhas do mundo. Vale a pena a visita!!!

Na região norte

Braga

  • É uma cidade localizada no norte de Portugal;
  • Pertence ao Distrito de Braga (mesmo nome da cidade);
  • Possui 37 freguesias.

Confira como são as estações do ano em Portugal.

Ponte de Barca

  • É uma vila localizada no norte de Portugal;
  • Pertence ao concelho de Viana do Castelo;
  • Pertence ao Distrito de Viana do Castelo.

Conseguiu entender mais ou menos como são as divisões de Portugal? Independente dessa complexidade, Portugal é um país lindo, que vale a pena ser visitado, e como não é muito grande, dá para fazer um roteiro de norte a sul, o que você acha?

Minhas regiões preferidas de Portugal

Eu ainda não conheço todas as regiões de Portugal, mas sou apaixonada pelo Algarve no verão, e pela Serra da Estrela no Inverno (principalmente quando começa a nevar).

E em todas as épocas do ano, Porto sempre estará no meu coração. Visite Portugal!

Veja ainda como é morar no Algarve.

COMPARTILHE

Julia é brasileira, formada em Turismo e mora em Portugal há 6 anos. Tirou o mestrado em Empreendedorismo na Universidade da Beira Interior e atualmente está terminando o doutorado em Gestão. Apaixonada por viagens, baladas e por fazer novas amizades, gosta de usar o tempo livre para conhecer novos países e culturas.