Portugal

E-visa Portugal: conheça a nova plataforma de vistos eletrônicos

A partir do início de março de 2020, os interessados em solicitar vistos para estudar, trabalhar ou morar em Portugal podem realizar os pedidos por meio da nova plataforma do governo português, o e-Visa Portugal. O novo visto eletrônico foi criado com o objetivo de simplificar os processos e diminuir a burocracia do sistema.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança na TransferWise, que funciona em toda a Europa.


A TransferWise não exige comprovação de rendimentos, você só precisa ter um endereço na Europa.

ABRIR CONTA »

Acompanhe o artigo a seguir e saiba como vai funcionar o novo procedimento para solicitar vistos para Portugal e o que muda em relação ao antigo processo. Vamos lá?

E-visa Portugal: o que é

De forma simples, o e-Visa Portugal é a nova plataforma eletrônica de solicitação de vistos criada pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE). Em funcionamento desde o início de março de 2020, o objetivo do sistema eletrônico é simplificar o pedido de vistos e tornar o procedimento mais prático e rápido.

Com o e-Visa, os novos vistos podem ser solicitados apenas de forma eletrônica, inclusive o envio de documentos. No entanto, os pagamentos eletrônicos da taxa administrativa ainda não têm data para começar.

Em comunicado oficial, o MNE reitera que:

a plataforma e-VISA é uma das novas valências do Novo Modelo de Gestão Consular do MNE e dá continuidade ao esforço de digitalização de toda a tramitação documental dos pedidos de visto. Essa medida contribui para a operacionalização do Plano Nacional de Implementação do Pacto Global das Migrações.

Como solicitar seu visto através do E-Visa?

De acordo com o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE), o visto eletrônico deve ser solicitado no Portal das Comunidades e no Portal dos Vistos. Para efetuar o agendamento no portal E-Visa Portugal, é necessário realizar o registro prévio uma única vez.

Como solicitar o e-Visa em Portugal

Uma vez com o cadastro realizado, os requerentes receberão um código único de acesso para iniciar a solicitação do visto e acompanhar o processo online do pedido. Após autenticação, o menu terá a opção de solicitar um pedido de visto. O requerente deve preencher um questionário para determinar qual o visto mais adequado para cada caso.

O procedimento é dividido em quatro fases, conforme descrito abaixo:

  1. Pedido registrado;
  2. Em análise;
  3. Pedido deferido (ou indeferido);
  4. Visto emitido.

Lembrando que o pagamento eletrônico da taxa administrativa ainda está em fase de desenvolvimento e deve ser implementado em breve. Além disso, o e-VISA está disponível no Portal das Comunidades e no Portal dos Vistos e pode ser visualizado em português, inglês, francês, ucraniano e russo.

Confira nossos artigos completos e saiba como estudar em Portugal e trabalhar em Portugal.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é a TransferWise.


Na TransferWise você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com toda segurança.

VER COTAÇÃO »

Já é possível solicitar vistos de forma eletrônica?

Sim. O E-Visa Portugal entrou em funcionamento no início de março de 2020. Portanto, todos os interessados em requerer visto para morar, estudar ou trabalhar em Portugal já podem utilizar o novo sistema eletrônico.

O novo portal contará com uma área reservada na qual os requerentes podem fazer seu registro pessoal e acompanhar os formulários submetidos. Além disso, é possível realizar mudanças nos dados pessoais e anexar documentos para o pedido de visto.

Para consultar pedidos anteriores a 02 de março de 2020, será necessário acessar a opção “Pedidos Anteriores” e inserir as credenciais fornecidas no e-mail fornecido durante a submissão do formulário.

E O VFS Global continua funcionando?

A VFS Global é a representante oficial do Consulado Geral de Portugal e trabalha com o suporte para a solicitação de vistos para residentes no Brasil por meio do Centro de Solicitação de Vistos de Portugal.

A empresa conta com centrais de atendimento em São Paulo, Belo Horizonte, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador. No entanto, eles não são responsáveis pela preparação de vistos, mas realizam a administração dos pedidos dos requerentes de acordo com as regras do Consulado Geral.

Quer saber como morar, trabalhar ou estudar tranquilamente em Portugal?

A Atlantic Bridge é o parceiro que nós recomendamos para ajudar a planejar e concretizar o seu sonho de vir para Portugal.

SABER MAIS »

Por meio da VFS, é possível realizar entrevistas, ter o processo pré-analisado, receber orientações sobre a documentação entregue, preencher formulários aplicáveis e tirar fotos no padrão ICAO. Também é possível utilizar outros serviços que irão permitir ao requerente ter suporte do início ao fim da sua solicitação.

Entramos em contato com a VFS Global para saber da continuidade do serviço e, por e-mail, eles nos responderam:

O processo com a VFS Global segue sendo mo mesmo, e precisará comparecer no escritório que pertence a sua jurisdição.

Portanto, a informação que temos é que a VFS Global continua atuando normalmente, até o momento. Continue acompanhando o nosso artigo que vai seguir em constante atualização.

Aproveite e confira o nosso guia completo sobre como viver em Portugal depois de aposentar.

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas.
Compartilhe

Andrea Côrtes

Andrea é uma jornalista curitibana que uniu a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, África e Ásia. Ao lado do filho e do marido foi morar no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a produção de conteúdo e os passeios pelo Reino Unido.

Artigos Relacionados

Fechar