Olá! Me chamo Carol Ventriglia, sou fotógrafa de casamento e ensaios fotográficos pela cidade de Lisboa. Moro em Lisboa tem 3 anos. Nesse artigo eu vou te contar como é ser uma fotógrafa brasileira em Portugal.

Quem é a Carol Ventriglia?

Sou do Rio de Janeiro, carioca da Gema, e decidi vir morar em Portugal em 2017 quando já não estava satisfeita com a qualidade de vida que o Rio de Janeiro me proporcionava.
Meu Primeiro passo foi começar a ver como era o mercado de trabalho em Portugal, custo de vida comparado com o salário mínimo, preços de apartamento para alugar, contas de Luz, Gás, Telefone e internet, na época até em site de supermercado eu entrei, criei uma lista de compras virtual para ter ideia de quanto eu gastaria por mês. E nisso o Euro Dicas me ajudou muito!

Ela não começou logo atuando na área

Eu não cheguei em Portugal com a ilusão de conseguir trabalhar diretamente com fotografia, afinal, eu não tinha uma rede de contatos construída e nem tinha uma ideia real de como era o consumo desse mercado de luxo aqui.
Então eu fiz uma pesquisa de emprego pelo Linkedin em empresas multinacionais que tinham a ver com a minha primeira formação: Relações Internacionais, e o que me ajudou muito nesse processo foi ser fluente em 3 idiomas.
Uma grande dica para quem pretende vir morar em Portugal e construir uma carreira é: venha com no mínimo inglês fluente, isso vai te dar mais oportunidades.

Importância de falar outros idiomas

Portugal tem um ensino educacional público muito bom! Para ter uma noção, o ensino em Portugal é o único da Europa que melhora todos os anos desde 2000, e tem escolas modelos que são estudadas e copiadas por diversos países do mundo.
Um fator que chama muita atenção é a qualidade do ensino de Portugal em línguas, mesmo em escola pública, o aluno se forma falando fluentemente o português, o inglês e mais um idioma a escolha da turma (em geral, alemão ou francês) e são com essas pessoas que você vai competir no mercado de trabalho.

Construindo a carreira de fotógrafa brasileira em Portugal

Voltando para minha experiência e como consegui construir uma carreira como fotógrafa de casamento em Portugal. Primeira coisa que eu fiz foi me inscrever no curso de especialização do Instituto Português de Fotografia e paralelo a isso eu fiz diversos workshops para entender como funcionava o mercado e principalmente a estética e imagem que o público europeu consumia.

Começou como assistente

No início eu fui assistente de vários fotógrafos, e isso sem dúvida foi uma das minhas maiores escolas. Essa experiência foi essencial para ter ideia de como funcionava a dinâmica de um casamento tradicional português, que é completamente diferente da dinâmica brasileira.
Depois e não menos importante foi estudar como seria meu canal de comunicação e marketing, visto que o europeu consome a internet (exemplo: Instagram, Facebook, Pinterest, etc) de uma maneira diferente dos brasileiros.

Casamento Portugal
Foto: Carol Ventriglia

Os casamentos portugueses são diferentes dos brasileiros

Por aqui o grande dia dura em média 12 horas, making of da noiva e do noivo, cerimônia que pode ser na igreja ou diretamente na quinta (aqui uma fazenda ou sítio se chama quinta), coquetel depois da cerimônia, jantar, pista de dança e por último e para sinalizar o fim da festa vem o Corte do Bolo.
E se você me perguntar qual a vantagem do dia por aqui ser mais logo, sem dúvida eu te respondo com: calmaria e menos pressão para os noivos!
Por aqui uma etapa essencial é sentar para jantar com a família por 2 horas seguidas, enquanto a música ainda está baixa, rever os familiares, abraçar com calma todos os convidados e curtir aquele momento sabendo que a hora da pista de dança ainda vai chegar.
Portugal tem celebração de todos os tipos de casamentos, por ser no momento, o queridinho dos olhos da Europa, o clima sempre muito bom e os preços e serviços mais baratos é um ponto muito positivo.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Quer morar em Portugal com segurança e qualidade de vida?

Recomendamos a assessoria boutique da Atlantic Bridge, para quem deseja ir para Portugal de forma planejada, sem contratempos e com a segurança de ser acompanhado pelos profissionais mais experientes do mercado.

Saber Mais →

Tradições diversas e respeito cultural

É um país que, cada vez mais vai ficando aberto para culturas diferentes, tem muito casamento indiano, casamentos temáticos e de diversas religiões, são muito receptivos com casamento do mesmo sexo, visto que, já foi legalizado desde 2010.
Apesar de Portugal ser um local que a religião é bem forte na sociedade, o que mais me admira é o respeito pela vida e cultura do outro, afinal, cada um sabe o que é melhor para si.

casamento gay Portugal
Foto: Carol Ventriglia

Quanto ganha um fotógrafo em Portugal?

Agora você deve estar se perguntando quanto ganha, em média, um fotógrafo de casamento em Portugal. Eu costumo dizer que depende da região que você escolhe morar e do seu público.
Eu moro em Lisboa, onde tem muito Destination Wedding, ou seja, trabalho muito com o público europeu e brasileiro que vem casar em Portugal, ou até portugueses que moram fora de Portugal, mas não dispensam o céu azul que essa cidade proporciona o ano inteiro!
Então ouso dizer que, por casamento os valores podem variar de mil euros até 3 mil euros em média, depende muito se os noivos vão querer cobertura fotográfica somente para o dia, ou quer fazer uma festa de boas-vindas no dia anterior, o famoso Welcome Drink, se vai querer contratar álbum impresso se vai querer sessão fotográfica pré-wedding ou trash the dress.

Confira também como é trabalhar como tatuador em Portugal.

Photo-tour em Lisboa

Trabalhando com esse público que vem casar em Portugal eu tive a ideia de começar a fazer ensaios fotográficos pela cidade de Lisboa e também fotografar criadores de conteúdo, blogueiras e influencers.
Caminhando pela cidade vou mostrando como é a vida de um local ou seja vamos fazer um Photo-Tour e eu vou mostrando o estilo de vida do lisboeta, quais são os melhores lugares para assistir o pôr-do-sol, tomar um chopp que aqui se chama Imperial, dou dicas dos melhores restaurantes típicos, e claro, vamos fotografando tudo o que essa cidade tem de mais bonito.

Photo tour Lisboa
Fotografia: Carol Ventriglia

Vale a pena ser fotógrafa em Portugal?

O importante de imigrar e recomeçar é ter estratégia, procurar parceiros para fazer network e mostrar seu trabalho todos os dias.
Se você me perguntar se vale a pena ser fotógrafa em Portugal eu digo: depende do seu estilo de vida. No Brasil, culturalmente existe um capitalismo selvagem que faz com que o consumo seja uma fonte quase essencial para você estar inserido na sociedade, então se o seu desejo é fotografar casamentos com muitos convidados, decorações de milhares de reais e todos aqueles milhares de fornecedores, talvez Portugal não consiga atender às suas expectativas. Aqui a essência é outra, por isso o importante é verificar se o estilo de vida minimalista daqui te agrada.
E se vier para Lisboa, me chame para um café!
Beijos
Carol Ventriglia