Há muitas semelhanças entre Brasil e Portugal durante o Natal. A começar pela relevância que a festa tem: comemorar o Natal em Portugal é tão importante quanto no Brasil. Lojas lotadas, amigo-secreto, festa da empresa, reuniões de família, Papai Noel, troca de presentes, espírito natalino, tradições religiosas, consumismo, ceia (em Portugal fala-se bastante “consoada”), rádios que tocam sem parar a clássica “playlist” natalina e por aí vai.

Nas mesas portuguesas reina o bacalhau, mas também há espaço para carnes como borrego, cabrito, peru e porco. Na sobremesa não faltam os doces, claro. E nada que não tenha também nos cardápios brasileiros, dos salgados aos doces (as onipresentes rabanadas não me deixam mentir).

Portugal oferece muitos programas divertidos para fazer com a família ao longo do mês de dezembro, sempre com a temática do Natal. Tem Pai Natal gigante, mercados e aldeias de Natal, presépios grandiosos e muito mais.

Perlim: o Natal em Santa Maria da Feira

Uma das mais encantadoras celebrações de Natal acontece em Santa Maria da Feira, cidade que também tem uma das festas medievais mais famosas do país. Perlim, como é chamado este evento, é o maior e mais original parque temático de Natal do país. Nasceu em 2008 como a “Terra dos Sonhos”, com uma série de atrações no entorno do castelo de Santa Maria da Feira, que por si só já é uma construção maravilhosa.

De lá para cá, o evento foi ganhando cada vez mais visibilidade e atrai pessoas de todo o país e dos países vizinhos. Há um mercado de Natal, brinquedos, boa comida e uma decoração encantadora. Os habitantes deste mundo inventado, Perlim e Pim Pim, são os duendes gêmeos que deram nome ao parque.

Além de muitas atrações infantis, o Perlim de Santa Maria da Feira também tem o tradicional Mercado de Natal.

Este ano, os personagens de Perlim exploram as diferenças e as características de cada uma das quatro estações do ano para dar vida à magia do Natal em Portugal.

No texto de apresentação desta edição, um resumo do que se pode esperar do Natal em Santa Maria da Feira:

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Quer morar em Portugal legalmente e com segurança?

Recomendamos a assessoria da Madeira da Costa, uma sociedade de advogados experientes para auxiliar na sua solicitação de vistos, autorização de residência e outros trâmites. É da nossa confiança.

Saber Mais →

“Tal como as estações do ano, também os habitantes de Perlim são muito diferentes entre si. […] É este o ensinamento que os habitantes deste lugar encantado querem partilhar”.

Natal em Óbidos

A charmosa vila medieval de Óbidos vira uma grande aldeia de Natal até o dia 31 de dezembro. Este ano, o tema da festa é Escola de Feiticeiros: espetáculos mirabolantes, vassouras voadoras, animais fantásticos, atividades radicais no gelo, bonecos de neve, receitas de herbologia, feiticeiros e, claro, o Pai Natal!

Entre as atividades para os “miúdos”, tem “Quadball no gelo”, rampa gelada, Casa do Gigante, laboratório de poções e muito mais, sempre nas ruelas ao redor do castelo e das muralhas de Óbidos. Mas a maior atração fica por conta da visita à sala do diretor de Escola de Feiticeiros: o Pai Natal, que vai mostrar como cria todos os presentes usando o seu feitiço.

Uma aldeia de Natal ecológica

Uma decoração feita de recursos e materiais provenientes das limpezas florestais do pela comunidade da própria aldeia. Assim é a pequena Aldeia de Montanha de Cabeça, na cidade de Seia, na Serra da Estrela. Já na 11.ª edição, são os habitantes que trabalham para transformar esta aldeia na mais peculiar e sustentável Aldeia de Natal.

Tudo é feito com as mãos dos menos de 200 moradores da aldeia, a partir de materiais recolhidos no Parque Natural da Serra da Estrela.

Quem visita Cabeça nesta época do ano pode viver o verdadeiro espírito do Natal: as portas de casa dos habitantes abrem-se para dar vida ao pequeno mercado de Natal, e as tasquinhas e as ruas são espaços onde a comunidade se mistura com os visitantes.

Na programação, oficinas de brinquedos, teatro, concertos, workshops de bordados e muito mais. Ao escurecer, milhares de lâmpadas led criam nas ruelas e no casario típico, a iluminação especial de Natal da aldeia. Cabeça foi a primeira “Aldeia Led” de Portugal.

Rampa de gelo em Bragança

Para os mais radicais, a cidade de Bragança, no norte de Portugal, comemora o Natal com uma grande pista de gelo coberta e um verdadeiro tobogã de gelo com 40 metros de extensão.

A festa em Bragança, Terra Natal e de Sonhos, tem também um grande espaço com barraquinhas de comida, um mercado de Natal, concertos, workshops de doces de natalinos e uma série de atrações e brincadeiras para as crianças.

O maior e o menor Pai Natal do mundo

Quer conhecer o maior e o menor Papai Noel (ops, em Portugal é Pai Natal) do mundo? Os dois opostos estão na mesma cidade, no centro de Portugal. É em Águeda, cidade que já é conhecida pelas ruas enfeitadas por guarda-chuvas coloridos ao longo do ano, que vivem o gigante e o minúsculo bons velhinhos.

Papai Noel gigante em Águeda, Portugal
O tamanho do Papai Noel de Águeda é realmente impressionante e deixa qualquer pessoa encantada!

Nas celebrações de “Águeda é Natal” tem música, tem comida, tem atrações para as crianças, mercado de Natal e concertos. Mas a grande atração, literalmente, é o maior Pai Natal do mundo, segundo o Guiness Book of Records. São 21 metros de altura e mais de 250 mil leds.

E no extremo oposto, bem oposto, está também em Águeda um “nano Pai Natal”, uma figura esculpida que cabe no buraco de uma agulha. Para ver, só com microscópio!

Worderland em Lisboa

Lisboa também tem o seu grande mercado de Natal, no Parque Eduardo VII, no coração da cidade. O Wonderland Lisboa, como é chamado, tem muita diversão, artesanato e boa comida.

As principais atrações são a pista de patinação no gelo, a roda gigante de 30 metros, o carrossel, o comboio de Natal, a Aldeia da Brincadeira, a Floresta Encantada e os desfiles. E, claro, o local mais importante da festa: a casa do Pai Natal e de seus duendes, que recebem as crianças diariamente.

O maior “presépio natural” de Portugal

Que tal caminhar entre os cenários que representam, em tamanho real, vários ambientes e locais de um verdadeiro presépio de Natal? A experiência pode ser feita em Sabugal, cidade do distrito da Guarda. Numa área de 1.500 metros quadrados, o visitante se sente parte da cidade de Belém, com a recriação de diversas cenas do cotidiano da época e, claro, com o nascimento do menino Jesus.

A maior parte do trabalho foi feita também com materiais recolhidos da natureza: uma tonelada de troncos de árvores, hera, musgos, juncos e areia ajudam a criar e a decorar as várias cenas representadas.

“Esta recriação contempla diversas cenas bíblicas relacionadas com a Natividade, a uma escala em que os visitantes se sentem como parte integrante do mesmo”, explica o texto de apresentação da Câmara Municipal de Sabugal.

A recriação do Presépio de Belém em Sabugal é apenas uma das atrações. Há também pista de patinação no gelo, concertos, oficinas, exposições, mercado de Natal e, como não podia deixar de ser, muitas opções de doces e salgados.

A maior árvore de Natal de Portugal

Tem 55 metros de altura e fica em Ermesinde, no distrito do Porto. É a maior árvore de Natal do país (como referência, a árvore de Natal do Parque Ibirapuera, em São Paulo, tem 57 metros), iluminada por milhares de lâmpadas led, que fazem uma verdadeira dança de cores bem no coração do Parque Urbano.

E aí, já sabe qual será a sua lista do que fazer no Natal em Portugal?