Tecnologia da Remessa Online: como funciona e vantagens para o cliente

Enviar dinheiro para o exterior  / 

A maioria das pessoas que precisa fazer transferências internacionais já ouviu falar ou já utilizou os serviços oferecidos pela Remessa Online. E neste artigo você vai conhecer qual é e como funciona em segurança a tecnologia da Remessa Online e entender como a plataforma está revolucionando o sistema financeiro no mundo.

Tecnologia da Remessa Online: parceria entre BeeTech e Ripple

A Remessa Online (BeeTech), primeira plataforma de transferências para o exterior totalmente online do Brasil, agora tem outra parceria oficial de peso: a Ripple.  A rede Ripple é considerada a evolução do sistema de pagamentos atual. O protocolo de pagamentos criado pela Ripple Labs em 2012, funciona como um sistema de liquidação em tempo real de remessas internacionais.

A Ripple conecta bancos e provedores de pagamentos pela RippleNet para enviar e receber dinheiro de forma fluida no mundo todo. A RippleNet é uma rede global descentralizada que une um ecossistema diversificado de players de pagamento pela primeira vez na história.

E agora, BeeTech, que você já conhece, e Ripple estão juntas para oferecer aos brasileiros a melhor experiência em transferências internacionais. Ao utilizar o sistema Ripple, pagamentos seguros e instantâneos são efetuados sem custos (ou a custos muito baixos), devido à tecnologia que é aplicada na RippleNet.

Necessidade de melhoria do antigo sistema de transferências internacionais

Desde o surgimento de grandes instituições financeiras no Brasil, as principais reclamações estão relacionadas ao atendimento, aos prazos e às altas taxas. Até o surgimento de fintechs que usam recursos tecnológicos visando oferecer serviços financeiros mais acessíveis, o mercado era dominado por poucos players e era comum que os clientes aceitassem as condições que lhes eram oferecidas, em termos de limitações e serviços ineficientes.

E a BeeTech, empresa que está por trás da Remessa Online, é uma destas fintechs e é especialista na realização de serviços de câmbio e transferências internacionais, atuando também com as marcas BeeCâmbio e Remessa Online for Business.

Houve a necessidade de reduzir o elevado custo cobrado pelos principais bancos para efetuar transferências internacionais, além da demora para a operação ser realizada e das etapas a serem cumpridas para que o processo se completasse.

Por isso, a BeeTech investiu em tecnologia para tornar as remessas internacionais mais ágeis, seguras e com o menor custo possível. E foi assim que a Remessa Online (BeeTech) encontrou a Ripple Labs e se uniram pelos mesmos objetivos.

Taxas da Remessa Online: descubra as mais baratas do mercado.

Assista a esse vídeo e saiba mais.

Objetivo da parceria entre a BeeTech e a Ripple

Como dito, o sistema bancário inclui diversas etapas (algumas desnecessárias), que acarretam em aumento do preço cobrado ao cliente e também do prazo para que a sua transação seja efetuada.

Com o avanço tecnológico, a tecnologia da Remessa Online andou junto para oferecer o serviço que o cliente precisa pelo melhor preço. Como a sociedade está cada vez mais conectada à internet, não há motivos para não avançarmos também com as transações internacionais, pagamento de intercâmbios, compra de softwares internacionais ou o pagamento de profissionais remotos.

Por isso, a Ripple veio para melhorar o sistema financeiro por meio de transações globais racionais, realizadas em tempo real, com segurança e eficácia de custo.

Saiba tudo sobre a Remessa Online no nosso artigo.

Parceria da BeeTech (Remessa Online) e Ripple visa revolucionar o mercado financeiro

Há várias taxas que podem ser aplicadas para a utilização do sistema de transações internacionais bancário mundial – o SWIFT. A menor delas é de USD 20, custo que já pesa no bolso de muitas pessoas.

Um exemplo dessa taxa é: você deseja enviar 100€ para uma pessoa que mora em Portugal. Até pouco tempo atrás, você deveria acompanhar a cotação da moeda, comprar a moeda no seu banco (mais cara), pagar a alta taxa de operação (que varia de acordo com o seu banco) e pagaria o SWIFT, de, no mínimo, USD 20.

Assim, se for utilizar a cotação do euro em julho de 2019, você pagaria R$ 422 pelos 100€, cerca de R$ 50 pelo serviço bancário, além de R$ 77,80 (em relação aos USD 20), ainda tendo a probabilidade de ser taxado no caminho da transação, pois as transferências SWIFT fazem com que seu dinheiro passe por diversos bancos até o destino final – e os bancos podem taxar você como “aluguel”.

Esse valor daria R$ 549,8 (sem contar com a possível taxação pelos bancos) e o prazo seria entre 2 a 4 dias para o valor chegar ao destino.

Confira aqui 10 vantagens da Remessa Online para envio de dinheiro para o exterior.

Tecnologia da Remessa Online a favor do cliente

Com base no exemplo apresentado, já é possível presumir onde a Remessa Online e a Ripple entram nessa história: as empresas se unem com a missão de agilizar o envio da remessa, eliminar a necessidade da utilização da rede SWIFT e evitar o pagamento de taxas em dólar.

Por isso, a Ripple criou a sua própria rede de conexões globais, para que parceiros possam efetuar pagamentos e transferências diretas, de maneira mais segura e econômica, utilizando o blockchain, que a torna estável e alinhada para crescimento exponencial, tornando o processo mais acessível e bem mais rápido. E foi assim que a RippleNet surgiu.

Confira mais informações neste vídeo explicativo.

O processo realizado pela empresa é simplificado e a segurança é reforçada, fazendo a conversão da moeda e o envio da remessa em poucos minutos. Tal iniciativa facilita que as pessoas possam fazer investimentos em todos os países do mundo, efetuar pagamentos internacionais, entre outras atividades, com a certeza de que não haverá falhas durante o processo nem surpresas desagradáveis na sua transferência ao exterior.

Descubra como investir no exterior através da Remessa Online.

Tecnologia da Remessa Online: XCurrent

A parceria entre a Remessa Online e a Ripple já começou com força total, com a aplicação do XCurrent, produto da Ripple que possibilita que o cliente faça envios e recebimentos de dinheiro para outros países sem utilizar a rede SWIFT. Na Remessa Online, já é usado o XCurrent em algumas rotas importantes, como os países da Zona do Euro.

Esse recurso também resolve um dos grandes problemas que algumas instituições financeiras têm: as falhas nos processos, que chegam a 4% do total das operações feitas no mundo. Assim, seu dinheiro chega com mais segurança ao destino.

A BeeTech é a primeira empresa a fazer essa parceria no país e tem planos de expandir a utilização desta ferramenta para outros países, como Estados Unidos, Canadá e Austrália, que trabalham com alto volume de envios e recebimentos em moedas estrangeiras.

Com toda essa tecnologia, a Remessa Online torna-se a solução mais rápida para envio de dinheiro e também uma das mais seguras do mercado.

Faça a cotação no site da Remessa Online e confira a tecnologia, taxas e preços praticados pela plataforma.

COMPARTILHE
Autor

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.