Viajar para Portugal precisa de visto? Veja quando é necessário

A dúvida é comum para muito brasileiros que vão embarcar para terras lusitanas, afinal, viajar para Portugal precisa de visto? Entenda quando ele é exigido, quais os documentos necessários para entrar no país e quanto custa o visto para Portugal. Saiba também quais as exigências para os turistas e quando o visto passará a ser exigido.

Viajar para Portugal precisa de visto?

Se você viaja para Portugal a turismo, a resposta é não, não precisa de visto para entrar no país. Enquanto turista, é possível permanecer por 90 dias no país ou nos países que compõem o Espaço Schengen.

Porém, se você viaja para Portugal para morar ou passar um período prolongado, seja a trabalho, estudo ou para viver dos rendimentos que mantêm no Brasil, a resposta é sim, precisa de visto para entrar em Portugal.

Viajar para Portugal precisa de visto e passaporte

Viajar para Portugal precisa de passaporte, o documento é o único aceito como identificação para entrada na Europa. Assim, se você pretende viajar para o país, o primeiro item a providenciar é o passaporte.

Se você já tem o documento, vale conferir a validade, isso porque, para entrar no país como turista, o documento tem que ter validade superior a 3 meses da data prevista de retorno para o Brasil. O ideal é que tenha validade de, pelo menos, 6 meses.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Além de disso, o visto prévio pode ser ou não exigido quando o viajante vai permanecer no país por um período prolongado. Caso viaje a turismo, não é preciso solicitar o visto previamente, porém, na entrada do país, ao passar pela imigração, será concedido um “visto de turismo”, que possibilita ficar por 90 dias.

passaporte para entrar em Portugal

Um detalhe importante é que o ETIAS, Sistema Europeu de Informações e Autorização de Viagem, será exigido dos viajantes brasileiros e de outras nacionalidades, a partir de 2023. A autorização será emitida de forma eletrônica e visa otimizar o sistema de entrada no Espaço Schengen.

Quais brasileiros precisam de visto para Portugal?

Viajar para Portugal precisa de visto quando a viagem é uma mudança, seja temporária ou definitiva. Assim, quem pretende passar mais de 90 dias em Portugal, deve verificar qual o tipo de visto melhor se enquadra nas necessidades. Existem situações em que é possível estender a permanência por mais 90 dias, mas apenas com uma boa justificativa.

Por isso, se você sai do Brasil com destino a Portugal para estudar, trabalhar ou morar no país, deve solicitar o visto previamente.

Pandemia de coronavírus: é possível entrar com visto em Portugal?

As fronteiras de Portugal permanecem fechadas para turistas brasileiros e de outras nacionalidades, em dezembro de 2020 ainda não há previsão de quando a reabertura será feita. A única exceção é para quem tem cidadania, visto ou já vive no país com autorização de residência.

Dessa forma, se você recebeu uma proposta de trabalho, vai começar um período de estudo ou pretende investir em Portugal, mais que nunca, precisa sair do Brasil com o visto em mãos.

Os passageiros sem visto, podem ser impedidos de embarcar pela companhia aérea, ou serem barrados na imigração. Com as fronteiras fechadas, os brasileiros ainda não podem entrar em Portugal sem visto ou justificativa familiar. Além disso, tanto para embarcar quanto para entrar no país é preciso apresentar teste negativo de Covid-19.

O que um brasileiro precisa para viajar para Portugal?

Além do passaporte que já citamos, existem alguns documentos exigidos pela imigração em caso de viagem a turismo. No caso de viajantes que já possuem o visto, esses documentos podem ser dispensados uma vez que o viajante já apresentou a documentação na solicitação do visto.

Mas para quem viaja a turismo, existe uma série de documentos para entrar em Portugal que podem ser solicitados. Entre eles:

  • Seguro viagem com cobertura de, pelo menos, 30 mil euros para despesas médicas e hospitalares, ou o PB4;
  • Passagens de volta;
  • Comprovante de hospedagem no país (reserva do hotel, Airbnb, etc) ou carta-convite de um parente ou amigo que irá recepcioná-los;
  • Comprovante de que tem condições financeiras de se manter no país durante a viagem.

Você pode cotar o seguro viagem pelo comparador do Euro Dicas, nele você encontra os melhores planos com excelente custo-benefício.

Quanto custa para tirar o visto para Portugal?

O valor do visto depende da modalidade, existem dois preços, um para visto de estada temporária, para quem vai passar até 12 meses no país, e outro de residência para quem vai passar mais que 13 meses no país. A seguir detalhamos os tipos e preços.

Tipos de visto e preços

O visto de estada temporária pode ser solicitado para vários fins, como seja trabalho, estudo, tratamento médico, entre outros. Essa modalidade tem como característica a permanência máxima de 12 meses em Portugal.

O valor do visto é atualizado periodicamente no site da VFS Global, que realiza a gestão dos processos de visto. Na atualização mais recente, do dia 3 de novembro de 2020, o valor do visto temporário é de R$ 676,35, que corresponde a R$ 497,31 de taxa consular, a taxa de transferência de R$ 13,27 e a taxa de processamento de R$ 165,77. Além disso, caso sejam prestados serviços de assistência pode ser cobrados os serviços utilizados.

O visto de residência, o mais solicitado por quem se muda para Portugal de forma definitiva ou por período prolongado, também pode ser solicitados para vários, fins, como trabalho, estudo, aposentadoria, empreendedores, entre outros.

A solicitação tem o valor mais elevado, também atualizado em 3 de novembro, o valor do visto de residência é R$ 777,82, que corresponde a taxa consular de R$ 596,78, taxa de transferência de R$ 15,27 e a taxa de processamento de R$165,77. Também podem incidir cobrar de serviços prestados pela VFS Global.

custo do visto para Portugal

Conheça todos os tipos de visto para Portugal e saiba qual a modalidade ideal para seus objetivos no país.

Qual o valor do passaporte para Portugal?

O custo do passaporte brasileiro é de R$ 257,25 em condições normais. Entretanto, caso seja solicitado o passaporte de emergência, o valor é de R$ 334,42.

Outra possibilidade que pode elevar o preço, é não apresentar o passaporte válido, em caso de solicitação de um novo passaporte. Nesses casos, o valor do documento é R$ 514,50.

O que é necessário para tirar passaporte para ir para Portugal?

Para tirar o passaporte brasileiro, é preciso reunir a documentação solicitada que inclui:

  • Documento de identidade, pode ser o RG, carteira profissional, carteira de motorista ou o próprio passaporte brasileiro vencido. Caso tenha havido alteração no nome é preciso levar as certidões originais;
  • CPF, caso não esteja incluído na identidade;
  • Título de eleitor e comprovante de votação;
  • Declaração de quitação do serviço eleitoral para homens com idade entre os 19 e 45 anos;
  • Passaporte anterior, caso esteja válido.

Documentos reunidos, é hora de iniciar a solicitação no site da Polícia Federal. Após preencher as informações solicitadas, será gerada a guia de recolhimento. Apenas após a confirmação do pagamento é possível realizar o agendamento, ele pode ser feito pelo próprio site.

No dia marcado, deve-se comparecer munido de todos os documentos solicitados e a guia paga. No dia será realizada a foto e os documentos serão conferidos, não é preciso levar cópia dos documentos, uma vez que eles são devolvidos ao fim do atendimento.

O prazo para emissão do passaporte, após o atendimento, é de 6 dias úteis. Mas apenas depois de receber o e-mail com a confirmação de que o documento está pronto e liberado para ser retirado é que é possível buscá-lo. Após a notificação, o cidadão tem 90 dias para buscar o documento pessoalmente ou ele será inutilizado.

Agora que você já sabe em quais situações viajar para Portugal precisa de visto e que o passaporte é obrigatório, é hora de começar a planejar a viagem. Caso ele seja de mudança é preciso se informar bem antes de começar o processo. Para isso, lançamos o e-book Como Morar em Portugal, um guia completo de vai desde os preparativos até a adaptação no país.

Carolina é mineira e vive no Porto, em Portugal, desde 2018. Conheceu a cidade em 2013, quando realizou um intercâmbio acadêmico, se apaixonou e voltou para estudar e aproveitar o que o país tem de melhor; a qualidade de vida. Ama organizar roteiros de viagens detalhados e compartilha um pouco das experiências de viagem no @ourvieworld. Mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto e graduada em Jornalismo pela Puc-Minas, se especializou em Marketing Digital, área na qual atua há 6 anos.

Artigos relacionados

Como trabalhar em Portugal: visto, salários e oportunidades

Todos os passos para trabalhar em Portugal: veja como obter o visto de trabalho, média salarial, os melhores sites de emprego e mais.

Visto para Portugal: tipos, custos e como solicitar o seu

Vai se mudar para Portugal?Sozinho ou com a família? Confira o visto necessário, custos e procedimentos passo a passo para viajar tranquilo.

Como morar em Portugal em 2021 (Guia Atualizado!)

Dicas que ninguém te conta sobre como morar em Portugal na primeira pessoa: passo a passo, como conseguir um visto, qual é o custo de vida e mais.

Sites de emprego em Portugal: veja a lista com os melhores

Descubra os melhores sites de emprego em Portugal e algumas alternativas para encontrar a sua vaga, seja através de sites, agências ou pelas redes sociais.

Custo de vida em Portugal: quanto custa viver no país em 2021

Conheça o custo de vida em Portugal, quanto custa alugar apartamento, fazer compras do mês, gasto com saúde, transporte e salário para viver no país.

Estudar em Portugal de graça: programas e bolsas de estudo

Estudar em Portugal de graça pode ser mais comum do que você imagina, basta ser aprovado em programas de bolsas e intercâmbios. Veja como se inscrever!

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube