O quesito segurança costuma ser um dos mais importantes na hora de pesquisar a nova cidade de moradia durante o planejamento da mudança de país. Para ajudar você a conhecer um pouco mais sobre a segurança do país luso, fizemos uma lista com as 10 cidades mais seguras de Portugal. Confira!

Qual a cidade mais segura de Portugal?

Atualmente, a cidade mais segura de Portugal é Vila Viçosa. Fica localizada no distrito de Évora, no Alentejo Central e possui 4 freguesias.

É uma localidade pequena, fundada em 1.270, onde nasceu a poetisa Florbela Espanca (1894-1930).

Tem cerca de 7.600 habitantes, sendo 136 estrangeiros (números referentes a 2020). Na cidade, 64,3% da população está em idade ativa e o índice de desemprego é de 4,4%, bem abaixo do índice geral do país, que em junho registrou 6,9%.

Índice de crimes em Vila Viçosa

Na cidade, em 2020, foram registradas pela Polícia 82 ocorrências criminosas. O número representa uma redução de 20,4% em relação ao ano anterior, quando foram registrados 103 crimes.

Cidades mais seguras de Portugal Vila Viçosa
Palácio Ducal da cidade de Vila Viçosa – Terreiro do Paço (Imagem: Câmara Municipal de Vila Viçosa).

De acordo com a Pordata (Base de Dados Portugal Contemporâneo), a incidência de crimes registrados na cidade foi a menor de toda a área do Alentejo Central.

As 10 cidades mais seguras de Portugal

A segurança em Portugal é reconhecida como um dos principais atrativos para quem deseja morar no país. Mas algumas cidades se destacam em relação a esse fator, recorremos aos números publicados pela Pordata.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Quer morar em Portugal com segurança e qualidade de vida?

Recomendamos a assessoria boutique da Atlantic Bridge, para quem deseja ir para Portugal de forma planejada, sem contratempos e com a segurança de ser acompanhado pelos profissionais mais experientes do mercado.

Saber Mais →

Os dados são referentes ao fechamento de 2020 e levam em consideração a quantidade de crimes por cada mil habitantes para definir o ranking das 10 cidades mais seguras de Portugal.

1. Vila Viçosa

A cidade de Vila Viçosa, que já apresentamos acima, é a mais segura de Portugal em 2020. No ano foram registrados 82 crimes, uma média de 10,8 por cada mil habitantes, segundo o relatório da Pordata.

2. Santa Marta de Penaguião

Santa Marta de Penaguião é uma pequena cidade do distrito de Vila Real, no norte do país. Possui 7 freguesias e pouco mais de 6.500 moradores, sendo 66 estrangeiros.

Teve 73 crimes registrados, dado que representa a média de 11,1 delitos por mil habitantes.

3. Tabuaço

A vila de Tabuaço também se localiza no centro do país, no distrito de Viseu. Tem 13 freguesias e em 2020 tinha 6.027 moradores, dos quais 35 são estrangeiros.

Foram 67 crimes registrados na localidade, fechando a média de 11,1 crimes por mil habitantes.

4. Sátão

Sátão também fica na região central de Portugal e pertence ao distrito de Viseu. É composta por 9 freguesias e tem cerca de 11.608 moradores, dos quais 91 são estrangeiros.

Em 2020 registrou 139 ocorrências criminosas e fechou o ano com a média de 12 crimes para cada mil moradores.

5. Arronches

A pequena cidade de Arronches faz parte da região do Alto Alentejo e fica localizada no distrito de Portalegre. Possui apenas 3 freguesias e tem pouco mais de 2.790 habitantes, dos quais 57 são estrangeiros.

Teve 34 crimes registrados em 2020, ficando com a média de 12,2 ocorrências por cada mil moradores.

6. Santana

Santana é outra pequena cidade que fica no norte da Ilha da Madeira, com características naturais muito preservadas. É composta por 6 freguesias e tem 6.680 habitantes, sendo 112 estrangeiros.

Em 2020 a localidade registrou a ocorrência de 83 crimes, o que dá à cidade a média de 12,4 crimes por cada mil pessoas.

7. Ponta do Sol

O município de Ponta do Sol é formado por 3 freguesias e também fica na Ilha da Madeira, mas na região sul. Tem a população um pouco mais elevada, são 8.574 moradores, dos quais 453 são estrangeiros.

Cidades mais seguras de Portugal Ponta do Sol
Ponta do Sol, na Ilha da Madeira.

Foram cometidos 115 crimes na cidade em 2020, deixando Ponta do Sol com a marca de 13,4 crimes por mil habitantes.

8. Condeixa-a-Nova

A cidade fica na região central do país e faz parte do distrito de Coimbra. É composta por 7 freguesias e tem 17.814 moradores, dos quais 366 são estrangeiros.

Em Condeixa-a-Nova foram registradas 245 ocorrências criminosas em 2020. O dado deixa a cidade com a média de 13,8 crimes por mil moradores.

9. Ansião

O município de Ansião também está localizado no centro de Portugal, pertencente ao distrito de Leiria e é composto por 6 freguesias.

Teve 168 crimes registrados e possui 12.050 habitantes, 410 estrangeiros. Com estes números, a cidade tem a média de 13,9 crimes por cada mil pessoas.

10. Pampilhosa da Serra

A última colocada no ranking das 10 cidades mais seguras de Portugal fica no centro do país, no distrito de Coimbra. Na localidade vivem apenas 4.035 pessoas, sendo 40 estrangeiros.

Contabilizando os 59 crimes ocorridos em 2020, a cidade fica com a marca de 14,6 crimes por cada mil moradores.

Cidades mais seguras da Europa, confira o ranking atualizado.

Distritos mais seguros de Portugal

As cidades mais seguras de Portugal ficam localizadas no interior do país.

Mas, se você tem interesse em morar em outras cidades (talvez prefira as maiores), pode ser interessante conhecer quais são os distritos – equivalente aos Estados – mais seguros do país. Assim, pode pesquisar por locais de interesse nessas regiões.

Os 5 distritos de Portugal mais seguros conforme o número de crimes registrados em 2020 são os seguintes:

  1. Bragança, no norte do país (3.151);
  2. Portalegre, no Alto Alentejo (3.428);
  3. Guarda, no centro (3.442);
  4. Évora, no Alentejo (3.594);
  5. Beja, no Alentejo (3.849).

Criminalidade em Portugal

Conforme o Relatório Anual de Segurança Interna de 2020 (RASI), a criminalidade geral no país diminuiu 29% nos últimos 12 anos – desde a aprovação da Lei de Segurança Interna em 2008.

No país, em 2020, foram registrados 298.797 crimes.

A criminalidade violenta ou grave teve um percentual ainda maior de redução nesse período: 48,7%. Em 2020 foram 12.469 crimes desse tipo.

Crimes gerais mais praticados em Portugal

Na criminalidade geral, os registros policiais são os seguintes:

  • Violência doméstica com 23.439 ocorrências;
  • Furto em veículo teve 20.958 ocorrências;
  • Burla informática e nas comunicações registrou 19.855 ocorrências;
  • Ofensa à integridade física voluntária simples com 18.389 ocorrências;
  • Outro dano foram realizadas 17.411 ocorrências;
  • Ameaça e coação teve 14.331 ocorrências;
  • Condução de veículo com taxa alcoólica superior a 1,2g/litro com 13.693 ocorrências;
  • Outras burlas com 13.427 ocorrências;
  • Condução sem habilitação foram 12.897 ocorrências;
  • Furto em residência teve 9.168 ocorrências;
  • Furto de veículo com 8.684 ocorrências;
  • Furto de oportunidade registrou 7.247 ocorrências;
  • Furto em edifício comercial ou industrial foram 7.188 ocorrências;
  • Incêndio com 5.908 ocorrências;
  • Falsificação e passagem de moeda falsa com 5.896 ocorrências;
  • Outros furtos foram 5.588;
  • Outros crimes foram 97.718.

As ocorrências caíram 11% em relação a 2019. Os únicos crimes que tiveram aumento de registros foram burla informática e nas comunicações, outras burlas e condução sem habilitação legal.

O crime com maior queda de ocorrências foi o furto de oportunidade, com índice negativo de 41,3%.

Crimes violentos e graves mais praticados em Portugal

Os crimes mais violentos e graves registrados em 2020 foram:

  • Roubo na via pública com 4.698 ocorrências;
  • Roubo por esticão – objetos puxados com violência  – apresentou 2.206 ocorrências;
  • Resistência e coação foram 1.557 ocorrências;
  • Roubo à residência registrou 659 ocorrências;
  • Extorsão com 660 ocorrências;
  • Ofensa à integridade física voluntária grave com 576 ocorrências;
  • Roubo em edifícios comerciais ou industriais foram 468 ocorrências;
  • Roubo em transportes públicos com 346 ocorrências;
  • Violação registrou 315 ocorrências;
  • Rapto, sequestro e tomada de reféns com 254 ocorrências;
  • Outros roubos foram 200;
  • Outros crimes foram 530.

As condutas criminosas e violentas diminuíram 13,4% em comparação com o ano anterior. Tiveram aumento de registros: resistência e coação, roubo à residência, extorsão, roubo em edifícios comerciais e industriais e outros crimes.

Os crimes que tiveram a maior redução foram o roubo por esticão e a violação, 26,9% cada um.

Distritos com mais criminalidade

O maior número de registros de crimes está nos distritos de Lisboa, Porto, Setúbal, Faro, Braga e Aveiro. Juntos, eles somam 68,9% da criminalidade registrada em Portugal em 2020.

Os crimes graves tiveram maior ocorrência nos distritos de Lisboa, Setúbal e Porto. As três regiões concentraram 67,9% da criminalidade grave e violenta em 2020.

Afinal, Portugal é um país seguro?

Sim, definitivamente Portugal é um dos países mais seguros para se viver. Como vimos, isso não significa que não existam crimes no país, mas as taxas de criminalidade são baixas, principalmente em comparação com outros países.

Conforme o Global Peace Index 2021, que analisa e lista os países mais seguros do mundo, Portugal é o 4º país mais seguro entre os 163 analisados pelo ranking criado e publicado anualmente pelo Institute for Economics & Peace.

Os cinco primeiros colocados são:

  1. Islândia;
  2. Nova Zelândia,
  3. Dinamarca;
  4. Portugal;
  5. Eslovênia.

Portanto, se a segurança é um fator determinante para você na hora de escolher o novo país, fique tranquilo. Em Portugal você poderá desfrutar de uma grande sensação de segurança, sem dúvidas.

Depois de conhecer as cidades mais seguras de Portugal, é hora de pesquisar e planejar a sua mudança para o país. Para isso, recomendamos o Programa Morar em Portugal, um guia completo para se planejar. No formato de 22 videoaulas acompanhadas de um ebook completo, você terá acesso a todas as informações que precisa para planejar e organizar a mudança. Além de dicas para os seus primeiros passos no país.