Morar em Faro é uma ideia muito atraente, especialmente para os brasileiros à procura de calor na Europa. Mas se mudar para uma cidade da qual a gente só ouviu falar pode não sair exatamente como o esperado. A capital do Algarve atrai muita gente pelo clima, custo de vida e até mesmo pela proximidade com praias famosas. Mas existem coisas que ninguém te conta sobre morar em Faro, que você precisa saber antes de se mudar de vez para a cidade.

É possível que a sua ideia do que é Faro não seja exatamente correspondente à realidade. Eu mesma tinha uma ideia totalmente diferente da cidade quando me mudei para cá, e me surpreendi muito! Tem coisas que só quem já viveu em Faro sabe, e hoje você vai conhecer 10 coisas que ninguém te conta sobre morar em Faro.

1. A cidade tem praia, mas não fica à beira da praia

Faz sentido? Quem já morou em Faro sabe o que estou falando. A gente vem morar em Faro, capital do Algarve, achando que vai morar na beira da praia, mas a realidade é bem diferente.

De todas as coisas que ninguém te conta sobre morar em Faro, essa é a mais urgente!

O centro da cidade fica na beira da Ria Formosa, mas a praia de Faro fica mais longe do centro. Fica na Ilha de Faro, separada da cidade pela Ria Formosa e unida por uma ponte. Não é como Albufeira ou Portimão que realmente têm uma praia na baixa da cidade.

No centro de Faro só tem uma marina e alguns pontões para a Ria, de onde saem barcos de pesca e de turismo. Mas, se quiser mesmo morar na praia, a pequena Ilha de Faro tem também áreas residenciais.

2. Pode ser uma capital, mas é uma cidade pequena

Apesar de Faro ser a capital da região do Algarve e ter o terceiro maior aeroporto internacional de Portugal, não deixa de ser uma cidadezinha.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Quer morar em Portugal com segurança e qualidade de vida?

Recomendamos a assessoria boutique da Atlantic Bridge, para quem deseja ir para Portugal de forma planejada, sem contratempos e com a segurança de ser acompanhado pelos profissionais mais experientes do mercado.

Saber Mais →

Esse foi um dos meus maiores choques. Eu vinha de uma cidade grande no Brasil e esperava que uma capital de distrito em Portugal fosse mais moderna e maior. Mas acontece que por aqui não tem nem metrô e o dia a dia é bem mais calmo do que eu esperava.

O título de capital da região pode ser bonito, mas a realidade é que o Algarve é uma parte bem mais interiorana de Portugal, e Faro não deixa de ser a principal das suas cidades pequenas.

Pelo lado positivo, a cidade tem dois cinemas! Na época que cheguei só tinha um.

3. Não é tão fácil encontrar um aluguel durante o ano todo

Como Faro e todo o Algarve são zonas que se aproveitam muito do turismo, muitas moradias são alugadas por temporada. Os senhorios têm mais vantagens em alugar durante os meses da época alta a preços mais altos aos turistas.

Então os residentes muitas vezes têm que sair da casa no verão e encontrar outro lugar para esses meses. Isso atrapalha bastante a manter o custo de vida em Faro acessível.

Já quem quer alugar apartamento no Algarve com contrato anual vai precisar procurar muito bem. Ter contatos também ajuda nessa etapa. E essa dificuldade de arrendamento é uma das coisas que ninguém te conta sobre morar em Faro.

4. Faro não é Benagil, é Ria Formosa

As pessoas pensam no Algarve e logo imaginam as belas praias com falésias, rochas e grutas marinhas, como a gruta de Benagil. Mas Faro não é nada disso.

A cidade de Faro não tem essas paisagens, na verdade, fica a 30 km dessas praias com formações rochosas. Mesmo assim, as paisagens daqui não desapontam.

Faro e as ilhas e praias da Ria Formosa

Faro é banhada pela Ria Formosa, uma espécie de rio, mangue ou pântano, que a separa do mar. Os bancos de areia do Parque Natural da Ria Formosa formam labirintos que são o paraíso da vida selvagem.

Podem não ser praias com rochas e grutas, mas são lindas praias e ilhas com longos areais brancos. Além da praia da ilha de Faro, há várias outras ilhas na Ria Formosa que podem ser visitadas do centro da cidade de barco ou ferry.

E o melhor de tudo: têm as águas mais quentes de todo o país, chegando aos 21 °C no verão, enquanto em Lisboa chega a apenas a 19 °C e no Porto a 17 °C. Não se engane, cada grau conta!

5. O inverno é muito calmo, muito mesmo

Mais uma das coisas que ninguém te conta sobre morar em Faro é como a sazonalidade afeta a cidade. Enquanto ao longo do ano Faro está cheia de movimento por conta do turismo e dos estudantes da Universidade do Algarve, no inverno a cidade se esvazia.

Os turistas não veem, os universitários vão passar as férias em suas casas pelo país ou pelo mundo. Então Faro se torna uma verdadeiracidade fantasma”.

No inverno algarvio você não vai encontrar muitos bares abertos e alguns restaurantes fecham até a primavera. De dezembro a fevereiro, é tempo de estar com a família no quentinho em casa ou, quem sabe, visitar o Brasil.

Mas saiba que isso significa também que a oferta de trabalho diminui consideravelmente. Essa sazonalidade que acontece todo ano também veio a se intensificar após a pandemia.

6. O Algarve vai além de Faro

Uma das coisas que ninguém te conta sobre morar em Faro é que essa não é a única opção. Mesmo que Faro seja a capital do distrito, isso não faz dela a cidade mais povoada ou mais famosa do Algarve.

Claro, aqui tem todo o tipo de serviço necessário, fica uma universidade e um Consulado do Brasil. Mas não é a única opção para quem quer morar no Algarve.

Existem várias outras maravilhosas cidades no Algarve, tão completas e bonitas, ou mais, que Faro. E elas não ficam muito longe uma da outra, desde que se tenha carro. Os turistas geralmente preferem Lagos e Vilamoura para passar as férias, e Faro seria como a capital por onde as pessoas passam por ser onde fica o aeroporto.

Se Faro é subestimada, isso é outra história!

7. Faro vai além da parte histórica

Embora o centro histórico de Faro seja muito charmoso com as suas estradas de pedra, ruas estreitas, prédios e monumentos antigos, essa parte é turística. A Vila Adentro, como é chamada o que ainda resta da antiga vila de Faro, não faz parte do dia a dia dos habitantes.

Diferentemente de Lisboa e Porto que têm o centro histórico muito bem integrado com a vida moderna, Faro não aproveita muito bem essa zona da cidade. Não é uma região muito frequentada pelos residentes, e há muitas ruínas não utilizadas. Quem realmente circula pela região são os turistas e trabalhadores dos restaurantes e hostels.

Dia a dia de quem mora em Faro

Ao invés disso, provavelmente você só vai passar os dias entre as ruas do centro da cidade com prédios mais modernos, outros nem tanto. Morar mais isolado na Ilha de Faro, por outro lado, é uma experiência de paz e calma, com a praia da Ria de um lado e a praia do mar do outro.

Já a baixa de Faro e a marina são sim boas zonas para se passear, fazer compras e ir a bons cafés, restaurantes e bares. Aliás, não faltam boas opções de lugares para ir em Faro, como você pode ver no site da Câmara Municipal.

8. Os algarvios são um povo diferenciado

Qualquer português concorda que o Algarve é bastante diferente do resto do país. Tão diferente que às vezes nem parece Portugal. Talvez porque, na história de Portugal, o Algarve só tenha se juntado ao país em 1910 na Proclamação da República.

Portugal já foi o Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarves, como você pode se lembrar das aulas de história sobre a família real no Brasil em 1808. Mas o que interessa aqui não é a parte do Brasil, e sim que o Algarve era mesmo um reino separado.

Durante séculos essa zona no cantinho da Península Ibérica se manteve mais calma. Isto é, fora do foco das lutas dos espanhóis e portugueses. Portanto, o Algarve sempre teve a sua cultura própria, um bocado diferente da portuguesa tradicional, na sua paz ensolarada.

O povo algarvio tem o seu sotaque característico, comidas típicas e história rica com contos dos mouros que viveram aqui por mais tempo. Entre as vilas isoladas nos montes existe muita tradição, agricultura e cortiça. Já ao longo da costa, o que um dia foram vilas de pescadores, hoje existem vários resorts turísticos de 5 estrelas.

A história do povo de Faro e de todo o Algarve envolve ainda o declínio das tradições da pesca e do vinho após Portugal entrar na União Europeia. O povo passou períodos de fome, e esses desafios explicam em parte a reputação dos algarvios.

Quem é da região sul de Portugal é conhecido como algarvio. São pessoas batalhadoras e engenhosas que, por terem passado por dificuldades, costumam ser mais reservadas e valorizar muito a família. Portanto, o passado da cidade e como ele reflete até hoje nos moradores é uma das coisas que ninguém te conta sobre morar em Faro.

9. Aqui você vai estar num Portugal para gringos

Embora em Portugal inteiro você encontre muitos estrangeiros, Faro se sobressai. Segundo dados oficiais do Pordata de 2020, 15,6% dos residentes na cidade eram estrangeiros com estatuto legal de residente. Muitos deles nem sequer falam português.

No Algarve esse número é ainda maior, com Albufeira e Lagos se destacando com 39,3% e 38,2%. Isso sem contar os imigrantes irregulares nem os que têm cidadania europeia.

Esses dados, tão acima da média nacional na qual apenas 6,4% dos residentes são estrangeiros, mostram perfeitamente a realidade da região.

Segredos de morar em Faro no Algarve

Andando pelas ruas de Faro você vai se deparar com gente de todo canto, línguas e sotaques de todo tipo. Essa grande diversidade cultural se dá, principalmente, pela fama do Algarve como lugar maravilhoso para se viver. Principalmente entre os aposentados do Reino Unido, Alemanha, França, Holanda, e agora, Brasil.

Isso faz com que Faro seja uma cidade mais multicultural do que muitas cidades portuguesas de pequeno porte, e muito especial por causa disso. Quem vive aqui vai ter muitas oportunidades de desenvolver o inglês, e quem sabe, francês e alemão também.

10. Você vai ter muita sorte de morar em Faro

Claro que nenhuma cidade é perfeita, seja em Portugal ou qualquer parte do mundo. E Faro tem sim suas desvantagens. Mas a cidade de Faro é muito melhor que em muitos lugares para morar em Portugal.

Não vai demorar muito tempo para você querer repetir o slogan da cidade e do time de futebol local: “Sou de Faro, sou Farense”.

E daí que o inverno é vazio? Tendo as companhias certas, isso não faz falta. Fora que a cidade tem dias ensolarados no ano todo! Já pensou em morar no Porto nessa época do ano? Chove quase o dia todo e é muito mais frio. Enquanto isso, o clima do Algarve é dos mais quentes do país.

Além disso, o fato da cidade ser pequena permite ir de um lado a outro sem medo de andar sozinho a pé por aí. Os engarrafamentos praticamente só acontecem no verão ou em horários de ponta, é verdade. Mas não são nada escandalosos como o trânsito em Lisboa.

No final das contas, Faro é uma cidade muito calma e segura para criar uma família, e o dia a dia é de paz e tranquilidade. Se você está bem colocado no mercado de trabalho e tem a oportunidade, por que não?

Agora que você já sabe as coisas que ninguém te conta sobre morar em Faro, quando é que você vem? Quer uma ajuda? Recomendo o Programa Morar em Portugal, uma série de 22 videoaulas com todos os pontos importantes do planejamento de mudança e você ainda recebe um e-book completo para complementar.