Que inglês é a língua internacional mais falada no mundo e que ela pode te abrir portas para empregos, salários e experiências melhores você já sabe. Mas.. como ficar fluente em inglês? Talvez você seja daquelas pessoas que acreditam que para ficar fluente em inglês ou você precisa demorar muitos anos, ou gastar uma fortuna, ou os dois.

A boa notícia é que isso não é verdade! É possível sim ficar fluente em inglês rápido e sem gastar uma fortuna! Por isso eu separei aqui algumas coisas que vão te ajudar a levar o seu inglês para o “next level”.

Como ficar fluente em inglês? 9 passos decisivos

Então agora você pode estar se perguntando

ok, então como eu faço para realmente ficar fluente em inglês, então?

É só por em prática as dicas abaixo e arrasar no inglês seja aqui no Brasil, ou no exterior.

1. Utilize aplicativos para conversar com nativos

Se agora você não está lendo este artigo pelo seu celular, tenho certeza de que ele está bem do seu lado, não é mesmo? Então por que não utilizar o seu celular para aprender inglês conversando com estrangeiros?

O bom de aprender desta maneira é que você vai começar a treinar o seu inglês para o dia-a-dia e ver como os nativos realmente falam, ao invés de aprende um inglês extremamente formal e até mesmo um pouco engessado, como muitas escolas de idiomas oferecem.

aplicativo para aprender inglês no celular
Aprender inglês por aplicativos é divertido e eficaz

Dois aplicativos muito interessantes para você explorar são:

HelloTalk

Com o HelloTalk você pode aprender muitos outros idiomas, além do inglês. Mas para mim o mais interessante é que o aplicativo te possibilita trocar mensagens de texto e de áudio, ou seja, você pode praticar a sua pronúncia com outra pessoa.

Você ainda pode consultar a tradução das frases e sugerir correções para o seu parceiro.

Ele está disponível para Android e iOS.

Tandem

O Tandem é um dos maiores aplicativos para aprendizado de idiomas em conjunto que existe! Por lá você coloca que idiomas já domina e quais quer aprender e assim o algoritmo do aplicativo vai te ajudar a “dar match” com pessoas que estão buscando aprender as línguas que você domina e ensinar aquelas que você quer aprender.

Este aplicativo além de te permitir trocar mensagens de áudio e texto, também te possibilita fazer chamadas de vídeo com seus amigos estrangeiros e ainda participar de grupos de interesses dentro do aplicativo.

O Tandem está disponível para Android e iOS.

Se quiser mais opções, veja esse artigo com 10 aplicativos para aprender inglês.

2. Busque um curso que se adapte a sua rotina

Os aplicativos para falar e escrever vão te ajudar muito, mas não podemos esquecer da gramática. Ela é muito importante também, porque é a gramática que vai te dar a segurança para falar, entender quando errar e se tornar realmente fluente em inglês.

Pelo menos a base estrutural do inglês você precisa saber, mas a gramática inglesa é bem mais simples que a portuguesa, por exemplo, portanto não será um desafio difícil de superar se você escolher o curso certo.

A melhor opção do mercado para ficar fluente em inglês aprendendo online é a Fluencypass. Você pode seguir a rotina de estudos deles para alcançar a fluência em apenas 12 meses e ainda fazer um intercâmbio em outro país para praticar o idioma.  O custo benefício é excelente, nós já testamos e adoramos.

menina faz curso de inglês online
Curso de inglês online é um dos melhores métodos para ganhar fluência

Se quiser outras opções de curso de inglês online, veja esse artigo.

3. Escute podcasts sobre temas que te interessam

Podcasts são uma excelente opção para quem deseja melhorar a sua escuta, enquanto aprende mais sobre um determinado tema em inglês.

Podcasts de histórias são ótimos para você se divertir e ainda aprender gírias e expressões que os estrangeiros usam em seu cotidiano.

A grande vantagem dos podcasts é que você pode escutá-los no carro, ou no transporte, através da sua internet e do seu smartphone. Ou seja, você pode usar o tempo de deslocamento até um compromisso para aprender e se divertir.

Vou deixar aqui 3 sugestões de podcasts em inglês para quem deseja praticar inglês:

Fluencycast

Se você está buscando ficar fluente em inglês, recomendamos que comece a seguir agora o Fluencycast. O podcast da Fluencypass te dá dicas de inglês com situações do cotidiano, com diálogos curtos e objetivos que vão colocar o inglês no seu dia a dia para treinar o seu ouvido, ganhar vocabulário e desenvolver seu conhecimento gramatical.

As falas são claras, pausadas, para facilitar a compreensão, mas sem perder a naturalidade. Além dos curtos diálogos, o Fluencycast ainda tem vários talks sobre idiomas, intercâmbio e vida fora do Brasil que vão te instruir e te inspirar, vale a pena conferir.

English Podcast – English Experts

Para quem está iniciando, o English Experts é um excelente podcast para aprender sobre diversos temas, como seriados, classes gramaticais, intercâmbio, profissões e muitos outros assuntos!

O podcast conta com locutores brasileiros conversando com convidados especiais, então as curiosidades da língua inglesa são apresentadas e explicadas também em português. Por isso, mesmo pessoas que possuem o nível básico de língua inglesa não devem ter problemas para acompanhar o podcast, entender e aprender muito com ele.

60-Second Science

O podcast 60-Second Science é da Scientific American, uma das principais revistas científicas do mundo. Apesar do nome do podcast, os episódios não possuem apenas 60 segundos, mas seguem sendo bem curtos.

Os apresentadores falam sobre diversos temas científicos, o que te ajuda a entender mais sobre o mundo, fenômenos da natureza e ainda praticar inglês ao mesmo tempo.

Apesar de ser um podcast com caráter científico, uma pessoa com inglês intermediário já consegue acompanhá-lo sem muitos problemas para entender os temas que são debatidos.

Archetypes

O podcast Archetypes ainda é novo e conta com a Meghan Markle, a duquesa de Sussex, como apresentadora. Ela traz convidadas mulheres para falar sobre ambição, crescimento, maternidade e vários assuntos que envolvem a vida da mulher moderna.

Por conter alguns debates mais profundos, acredito que este podcast é indicado para quem já possui um nível intermediário-avançado de inglês para cima.

E que tal aprender inglês com podcast sobre viagens? Veja aqui algumas sugestões.

4. Ler vai ajudar a ampliar seu vocabulário

O hábito da leitura é muito importante para o nosso desenvolvimento pessoal e profissional. Mas por que não começar a ler em inglês?

Você pode começar a ler notícias de jornais internacionais como a BBC, ou The New York Times para se informar do que acontece no mundo e nos países onde os jornais são emitidos.

Não deixe de ler também livros de histórias e até mesmo de negócios para ir melhorando o nível de inglês para negócios que você possui.

Aqui a minha sugestão é começar por livros mais simples e recentes antes de já encarar Shakespeare e Tolkien que utilizam muitos termos antigos. A leitura em um idioma tende a ser mais demorada até você acostumar o seu cérebro com um novo idioma, então faça com que este se torne um hábito fácil de adquirir ao invés de um maçante.

Para te ajudar a começar a ler em inglês, separei algumas recomendações de livros e dividi por nível de proficiência no idioma. Espero que esta lista te ajude.

Livros em inglês para iniciantes

Para quem ainda está começando a aprender inglês, o ideal é começar lendo livros infantis. Além de contar com desenhos, o vocabulário é mais fácil e muitas historinhas ensinam termos e situações que as pessoas passam no dia-a-dia.

Uma coleção que eu amo, pois além de ser simples de entender, ela ensina muito nossas crianças, é a Little People, Big Dreams. Esta coleção traz as histórias de diversas mulheres que impactaram a sociedade em diferentes áreas da ciência e da vida.

E quem aqui não cresceu lendo os gibis da Turma da Mônica? Pois eles têm uma versão em inglês chamada de “Monica’s Gang“, onde você pode ler as histórias da turma do Bairro do Limoeiro em inglês!

Livros em inglês para pessoas que estão no nível intermediário

Quem está com um inglês em nível intermediário pode começar a ler alguns clássicos da língua inglesa como Little Women (Mulherzinhas no Brasil). Caso o nome deste livro não te pareça estranho é porque na série FRIENDS a personagem Rachel recomenda a Joey para que ele leia este livro e ele se apaixona pela história.

Outro livro, na verdade, outros 7 livros que podem te ajudar muito a melhorar o seu inglês enquanto embarca em uma história incrível é a sequência de Harry Potter. Os filmes e livros do bruxinho fizeram toda uma geração sonhar e fantasiar sobre como seria ter poderes mágicos.

Livros em inglês para pessoas que estão no nível avançado

Se você já entende bem inglês e está no nível avançado, não precisa ter medo de ler nenhum livro em língua inglesa, pois tudo o que você precisa é aumentar o seu vocabulário e a leitura com certeza vai te ajudar nisso.

Um clássico que é muito lido nas escolas, eu mesma tive que ler este livro quando morei no Canadá, é “The Lord of the Flies“, ou “O Senhor das Moscas em português. Além de uma história fictícia,  o livro ainda abrange conceitos mais profundos na nossa sociedade como hierarquias, divisão de poder, amizades, traições e outros conceitos que são bem interessantes para ler e refletir.

Por fim, outras duas recomendações para quem deseja ler uma história de fantasia em inglês para expandir vocabulário e viajar na leitura são “As Crônicas de Nárnia” e “Game of Thrones“. Ambas vão te ajudar a melhorar muito o seu inglês através das construções gramaticais que os livros trazem e dos diferentes universos que eles apresentam.

5. Esqueça as legendas em português ao assistir séries

Eu sei que tem muita gente que até assiste séries em inglês, mas deixa lá a legenda em português, caso precise conferir alguma coisa. Mas a verdade é que desta maneira, nós não nos esforçamos para entender o contexto da situação da cena, pois é mais rápido para o nosso cérebro correr para a tradução.

Por isso assistir séries com as legendas em inglês vai te ajudar a aprender como se escreve as palavras que os atores estão pronunciando e ajudar o seu cérebro a focar no contexto da situação e não em cada palavra em si.

Isso é fundamental para quem deseja viajar e/ou passar um tempo fora, pois numa conversa, se você não entender o que seu amigo estrangeiro falar, ele não vai ter como traduzir aquilo para você. Agora se você aprende a entender os contextos, fica muito mais fácil de compreender até mesmo uma explicação das palavras novas que você vai aprender no exterior.

6. Converse com pessoas que também estão aprendendo

Desafie seus amigos a aprender inglês com você, assim vocês podem começar a trocar mensagens e conversas no dia-a-dia no novo idioma. Ter amigos que estudam com a gente é um ótimo incentivo naqueles dias que estamos desanimados.

Caso seus amigos não queiram aprender inglês, ou você não queira conversar com pessoas que você acha que falam melhor do que você, busque conversar com seus colegas de curso online, ou presencial.

Aprender uma nova língua é como descobrir uma nova versão de você: o relato da colunista Roberta Simoni sobre aprender um novo idioma.

7. Utilize post-its

Quando eu morei na Noruega, eu e meu colega brasileiro decidimos aprender norueguês online. Ele tinha uma técnica que eu achava muito interessante que era de colar post-its em certos objetos e lugares para não esquecer o nome daquilo no outro idioma.

Esta técnica também pode te ajudar e é super fácil. Você pode colar um post-it na sua garrafa escrito “bottle”, na parte de trás do seu celular escrito “mobile”, nas suas gavetas um post-it escrito “drawer” e assim por diante.

Desta maneira, sempre que você for abrir a sua gaveta de roupas você pode ir formando frases com a palavra que está na sua frente.

mulher usa post it para ficar fluente
Post its ajudam na memorização de vocubulário

8. Não se preocupe com sotaque

Me responde uma coisa, um gringo falando português tem sotaque?

É claro que sim!

Então ficar com medo de falar inglês com sotaque é bobeira de brasileiro. É claro que devemos nos esforçar para ter um sotaque fácil de entender e é verdade que o sotaque brasileiro em inglês é bem forte. Mas primeiro se preocupe em aprender a se comunicar e depois em melhorar o sotaque.

Vejo muitas pessoas que ficam travadas na hora de aprender a falar inglês porque não falam como os protagonistas de Downtown Abbey. Então foque primeiro em aprender e depois em melhorar, ok?

9. Pratique inglês sem medo

Já ouvir a frase “a prática leva a perfeição”? Com certeza já!

Para conseguir falar inglês fluentemente você vai precisar praticar muito. Então pratique com amigos, livros, séries, podcasts, etc. Tente pensar sozinho em inglês também, você vai ver que esta prática diária vai te ajudar a falar, escrever e ler muito melhor e mais rápido.

Precisa viajar para fora do Brasil para falar inglês? Veja a nossa recomendação.

É possível ficar fluente em inglês sozinho?

É possível aprender inglês sozinho, mas pode ser mais difícil e demorado do que precisa ser.

Quando você não tem uma pessoa para te ajudar com a sua pronúncia, com a ordem certa das palavras que você pode utilizar em inglês e para revisar seu aprendizado, você pode acabar tomando mais tempo insistindo em erros simples que um professor rapidamente te ajudaria e te colocaria no caminho certo.

Por isso eu acredito que insistir em ficar fluente sozinho não é a melhor opção para quem deseja aprender a ficar fluente em inglês de maneira rápida.

O Questions vai ajudar na sua fluência

Tem dúvidas sobre inglês e intercâmbio e gostaria de trocar uma ideia com quem entende do assunto? No Questions você pode!

O Questions é a maior comunidade de perguntas e respostas de inglês e intercâmbio do Brasil, lá você pode interagir com outros estudantes e é respondido por professores e especialistas de intercâmbio quase em tempo real, de forma muito rápida.

Sabe aquelas perguntas que ficam na cabeça e dificilmente a gente encontra uma resposta rápida na internet, como: “Working from home” ou “home office”? Qual é o correto? Qual soa melhor para nativos?  É isso tipo de questão que você vai ter uma resposta rápida e correta nessa comunidade. Por isso, recomendamos que você faça parte para se tornar fluente.

Vale a pena fazer um curso de inglês para ficar fluente?

Na minha opinião vale muito à pena sim, principalmente se você não for uma pessoa muita organizada na hora de criar uma rotina de estudos sozinho.

Quando você tem horários pré-estabelecidos de aula, já se programa para estar lá, fazer as atividades e sabe também que tem suporte, caso não esteja entendendo alguma coisa.

A experiência de fazer um curso de inglês também é muito rica, pois você pode compartilhar seus aprendizados com seus colegas e juntos vocês podem praticar dento e fora da sala de aula.

Para quem deseja ficar fluente em inglês rápido e sem gastar uma fortuna, eu acredito que a melhor opção é a FluencyPass. Eles possuem planos diferentes para perfis diferentes de pessoas e com preços distintos também. Assim você não sente que está pagando por uma coisa que não te atende.

Outra vantagem da FluencyPass é que você também pode fazer com eles um programa de intercâmbio de duas semanas em algum lugar do mundo! Ou seja, você pode aprender online primeiro direto da sua casa, sem gastar horas no trânsito indo e vindo para a escola e ainda pode ter uma vivência internacional para praticar o seu inglês e conhecer uma nova cultura.

Espero que este artigo tenha servido para te dar aquele empurrãozinho que você precisava para finalmente começar a investir em si mesmo e começar a aprender inglês!