Como pagar aluguel no exterior: conheça as melhores opções

Aprender a como pagar aluguel no exterior é essencial para quem decide ir viver em qualquer outro país, bem como para quem precisa pagar outras contas, enviar e receber dinheiro e está em outro país ou continente.

Uma vez realizado o sonho de morar fora do país, lidar com as burocracias pode ser um desafio. Entre a adaptação à nova vida e entender como pagar aluguel no exterior, é fácil perder-se no meio de tantas informações. Nós vamos ajudar você a pagar aluguel no exterior sem perder muito dinheiro em taxas.

Saiba como pagar aluguel no exterior

Junto com a vontade de mudar de vida, conhecer uma nova cultura ou resgatar as histórias de família, vêm também as exigências e demandas que ajudam a tornar o sonho uma realidade: a busca por passagens aéreas, moradia, pagamento de contas e trabalho.

Uma das etapas mais importantes, a busca por moradia, costuma apresentar um entrave para os brasileiros: como realizar o pagamento das taxas comumente exigidas pelas imobiliárias estando em outro país e na maioria das vezes sem uma conta no país de destino? Entre cartões de crédito, ajuda de amigos e familiares ou serviços bancários, existem algumas alternativas que podem auxiliar no processo de como pagar aluguel no exterior.

Plataformas digitais de envio de dinheiro fazem a ponte entre o locatário e o senhorio, ou imobiliária, sem grandes dificuldades. Há diversas disponíveis no mercado, como a Remessa Online, TransferWise, Paypal, etc. Mas a que tem o melhor custo benefício é a Remessa Online.

Precisa enviar dinheiro para o exterior?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

No site da plataforma, é possível ter acesso aos valores convertidos, as taxas incluídas e a porcentagem do IOF. E até 15 de julho de 2020, a plataforma está com custo zero para a primeira operação.

3 formas seguras de pagar o aluguel no exterior

Dentre as muitas maneiras para saber como pagar aluguel no exterior, algumas podem ser destacadas. Nem todas integram a categoria de práticas e econômicas ao mesmo tempo. Contudo, a depender da necessidade do locatário, algumas podem ser mais simples e práticas do que outras.

1. Transferência de dinheiro

O método de envio de dinheiro tornou-se uma maneira popular para quem precisa e não sabe muito bem como pagar aluguel no exterior. Este serviço é prático e pode ser feito a partir de casa, do computador ou celular. Basta ter internet e acesso à conta de origem do envio de dinheiro (muitas vezes identificadas como IBAN –  que é o número de identificação bancária na Europa). É importante procurar pelo serviço que mais se adequa às necessidades de cada caso.

Diversas empresas fazem bem esse papel de intermediar o envio e o recebimento de dinheiro, bem como os bancos ou as plataformas digitais, por exemplo. A principal diferença é que nos bancos as taxas são bem mais altas do que nas plataformas.

Para pagar aluguel no exterior, as plataformas digitais possuem sistemas internos que validam e facilitam o processo. Por exemplo, o pagamento só é efetuado quando um upload do contrato de aluguel for realizado e é possível inclusive programar as remessas, caso seja necessário mais de uma parcela. Isso torna o pagamento seguro e fácil. Dentre as principais plataformas, recomendamos:

2. Serviço de pagamento online

O pagamento do seu aluguel precisa ser feito em forma de pagamento de serviço no exterior e não transferência? Sem problemas. Várias plataformas também fazem esse serviço, como a Remessa Online e o Paypal.

É uma maneira simples, prática, econômica e segura de fazer seus pagamentos. A conta no site pode ser sincronizada com a conta-corrente do usuário. A vantagem deste serviço, assim como nas remessas feitas online, é que o câmbio é calculado na hora, sem taxas desconhecidas com a flutuação cambial de outros serviços bancários.

3. Cartão de crédito internacional

Os pagamentos com cartão de crédito internacional, sem dúvidas, não integram a categoria econômica no quesito como pagar aluguel no exterior. No entanto, é uma das maneiras  práticas para quem precisa realizar um pagamento de sinal ou caução para um aluguel de temporada no exterior.

Efetuar o pagamento através de uma transação que pode ser rastreada e revertida em caso de fraude pode compensar em alguns casos.

Como fazer o pagamento pela Remessa Online

Nossa recomendação para fazer um pagamento seguro está listado abaixo:

  • Acesse o site da Remessa Online. No canto superior direito da página, selecione “Cadastrar”;
  • Em seguida, selecione a opção “Pessoa Física” e preencha todos os dados solicitados;
  • Com o contrato do aluguel em mãos, efetue o login;
  • Selecione a opção “Enviar dinheiro” e em seguida “Pagar aluguel ou compra de imóvel”;
  • Insira o valor total estipulado no contrato. Mais à frente, poderá selecionar o valor da parcela que pretende pagar na remessa;
  • Preencha com os dados do locador, como nome completo e país de residência;
  • Próximo passo é informar um nome para a sua história, uma descrição que explique o motivo do envio de dinheiro. No caso de ser necessário realizar outro pagamento para o mesmo locador, os dados ficam salvos, sem que seja necessário o preenchimento de todo o formulário novamente;
  • A seguir, é preciso enviar uma cópia digitalizada do contrato para a plataforma do site. O contrato e os dados são analisados pela equipe da Remessa Online, que costuma responder em até 1 dia útil;
  • Se estiver tudo certo e a remessa for aprovada, o cliente recebe um e-mail liberando a transação. Basta então realizar um depósito TED para a conta da Remessa Online e enviar o comprovante na plataforma online;
  • Uma vez enviado o comprovante, a equipe tem o prazo de 1 dia útil para finalizar a transação e o cliente recebe por e-mail a atualização de todas as etapas do processo.

Se você ainda não conhece bem o site, veja se a Remessa Online é confiável nesse artigo.

Cuidados necessários ao pagar o aluguel no exterior

Um dos cuidados essenciais para quem precisa e não sabe como pagar aluguel no exterior é evitar o envio de dinheiro diretamente para pessoas físicas desconhecidas, ou o envio através de serviços que facilitam golpes, como aqueles onde não é possível cancelar o envio do dinheiro, receber qualquer tipo de estorno ou ainda rastrear a transação.

Transferência de dinheiro pro exterior

Nos sites de turismo, é muito comum encontrar casos de viajantes que realizaram aluguéis, principalmente de temporada, através das empresas que faziam a oferta, mas onde a transação era feita diretamente com o proprietário. Os depoimentos são quase todos iguais: o site faz a oferta dos imóveis disponíveis, o interessado entra em contato com o dono do imóvel, negociam a transação e o aluguel, e quando o pagamento do aluguel é realizado, o senhorio recebe o dinheiro e some. Saiba mais nesse artigo sobre o golpe de aluguel de apartamento na Europa.

Na maioria das vezes, o site tem pouco ou nenhum controle sobre esse tipo de interação e não tem maneira de garantir o valor perdido de volta para o locatário. A melhor maneira de se prevenir, nesses casos, é evitar o uso de remessa direta para pessoa física e optar por pagamentos que possibilitem o rastreio ou estorno dos valores.

Tem que pagar impostos para pagar seu aluguel no exterior?

O pagamento de impostos varia de acordo com os meios escolhidos para realizar o pagamento do aluguel. O único imposto em comum para qualquer uma das alternativas é o IOF. Deste não dá para escapar. O Imposto sobre Operações Financeiras deve ser pago tanto por pessoa física, quanto por pessoa jurídica que efetue qualquer tipo de operação a crédito.

No caso de como pagar aluguel no exterior, e não só, o imposto pode mudar de acordo com a via escolhida. Para envio de dinheiro para o exterior em plataformas digitais a porcentagem fica entre os 0,38% e os 1,1%. Já para o uso dos cartões – débito, crédito, pré-pago – e cheque-viagem, o IOF é de 6,38%.

Vai para a Europa? Não se esqueça do Seguro viagem

Se você está planejando sua próxima viagem, sugerimos que você confira os valores no nosso comparador de seguro viagem do Euro Dicas e escolha as melhores opções de seguro para a sua necessidade.

Para pagar menos 10% do valor do seu seguro viagem, insira o nosso cupom de desconto EURODICAS5 (para ganhar 5% de desconto) na hora do pagamento e pague por boleto bancário (para ganhar mais 5%).

Tatiana é brasileira e vive em Portugal desde 2013. Mestre em Estudos Culturais e Interartes pela Universidade do Porto, atualmente cursa o mestrado em Estudos Editoriais na Universidade de Aveiro. Copywriter e revisora, brinca que a sua principal especialidade é atender as dúvidas e ajudar aqueles que desejam conhecer Portugal e a Europa.

Artigos relacionados

TransferWise: como funciona? Veja nosso guia antes de usar

Será que é seguro enviar dinheiro pela TransferWise? É confiável? Mostramos tudo sobre essa plaforma, como utilizar, preços, vantagens e desvantagens.

Limite de remessas para o exterior: saiba quanto dinheiro pode enviar

Enviar dinheiro para fora é sempre complicado por causa das várias taxas e regras. Veja qual é o limite de remessas para o exterior e como enviar.

Remessa Online vale a pena? Veja como funciona e se é seguro

Saiba como poupar, quais as taxas aplicadas e o passo a passo para utilizar a Remessa Online. Leia ainda o que dizem os utilizadores.

Receber dinheiro do exterior paga imposto? Descubra aqui

Receber dinheiro do exterior paga imposto? Esclareça essa e outras dúvidas que muitas pessoas têm na hora de enviar dinheiro para o exterior.

Western Union: como funciona, taxas e passo a passo para enviar dinheiro

Western Union: como funciona o envio e recebimento de dinheiro, quais são as taxas cobradas e se é confiável fazer transferências nessa plataforma.

Remessa Online ou TransferWise: qual é melhor para enviar dinheiro?

Remessa Online ou Transferwise? Comparamos as duas plataformas de envio de transferência internacional e descobrimos a melhor opção. Confira.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube