Construção civil em Portugal precisa de mão de obra: confira

Portugal  / 

A construção civil está retomando fôlego em Portugal, depois de anos de crise econômica. E o país está precisando de mão de obra qualificada. Se você tem interesse em trabalhar na construção civil em Portugal, não deixe de ler este artigo.

Precisa abrir uma conta bancária na Europa?

Você pode abrir a sua conta bancária grátis em 5 minutos e com toda a segurança no N26, um banco digital que funciona em toda a Europa.


O N26 não exige comprovação de rendimentos, você só precisa estar na Europa e ter seu passaporte em mãos.

ABRIR CONTA »

Sobram vagas na construção civil em Portugal

As associações ligadas à construção civil em Portugal alertam: está faltando mão de obra qualificada no país para dar conta da quantidade de obras já em andamento e em projeto.

A crise econômica que assolou o país de 2010 a 2014 empurrou para fora de Portugal grande parte dos trabalhadores especializados do país.

Nos quatro anos de crise, Portugal viu seus profissionais mais qualificados se mudarem para países vizinhos, atraídos pelas oportunidades e pelos melhores salários. Os portugueses que foram para França, Bélgica ou Dinamarca, por exemplo, chegam a ganhar três vezes mais do que ganhariam em seu país.

Portugueses não voltaram ao país, mesmo com retomada da economia

Agora, com Portugal retomando o crescimento, estes mesmos profissionais não retornam ao país por uma questão bem particular europeia. Os países são tão próximos fisicamente que, estando bem empregados, os portugueses que residem fora preferem visitar a família de tempos em tempos do que regressar ao país de origem. Além disso, os salários nos demais países são mais elevados do que em Portugal, que tem um dos menores salários mínimos da Europa.

Para os empresários da construção civil, não há dúvidas de que os bons profissionais portugueses não retornaram e também não vão retornar a Portugal.

Portugal não forma profissionais suficientes para o setor

Outro dado que corrobora a tese de que não há mão de obra suficiente em Portugal é que o Centro de Formação Profissional da Indústria e Construção Civil de Portugal prevê a formação de apenas 2.800 profissionais para ingressar no mercado em breve.

Ou seja: para os próximos anos, também não haverá gente suficiente em Portugal para preencher as vagas que existem no setor. Sendo assim, a construção civil é um segmento da economia que pode ser atraente para muitos imigrantes, inclusive brasileiros.

Empresários em busca de estrangeiros

De acordo com dados da Associação dos Industriais da Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN), o setor da construção perdeu 37 mil empresas e 262 mil postos de trabalho durante a crise. Exatamente o que gerou a debandada da mão-de-obra.

Agora, com a retomada, estima-se que sejam necessários mais de 70 mil operários para dar resposta às necessidades das empresas de todo o país.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Depois de testarmos as principais alternativas do mercado (Paypal, Western Union, Moneygram, etc), a plataforma que nós recomendamos é o Remessa Online.


No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

VER COTAÇÃO »

As entidades ligadas à construção já defendem publicamente o chamado “visto dourado” para estrangeiros. E citam os brasileiros como um dos povos que pretendem atrair para o país, dada a facilidade do idioma.

Visto de trabalho: autorização para trabalhar em Portugal

Para trabalhar em Portugal, os profissionais precisam fazer o pedido do visto de trabalho para Portugal e depois, quando chegar no país, solicitar a sua autorização de residência.

Para empresários que desejam investir na preservação e reconstrução do patrimônio histórico em Portugal, é possível solicitar o “visto dourado”.  Trata-se da Autorização de Residência para Atividade de Investimento (ARI), também conhecido como “Visto Gold” ou “Golden Visa”. Para ter direito a ele, é preciso aplicar 250 mil euros em preservação ou conservação do patrimônio cultural nacional.

O beneficiário do Golden Visa adquire a possibilidade de:

  • Entrar em Portugal com dispensa de visto de residência;
  • Residir e trabalhar em Portugal;
  • Circular pelo espaço Schengen, sem a necessidade de visto;
  • Solicitar o benefício do reagrupamento familiar;
  • Solicitar a concessão de Autorização de Residência Permanente, após 5 anos;
  • Solicitar a aquisição da nacionalidade portuguesa após 5 anos.

Venda de imóveis impulsiona construção civil

Com a economia mais favorável, Portugal agora está na rota do investimento internacional de imóveis. O turismo também vive um bom momento. Muitos hotéis têm sido construídos – principalmente em Lisboa e no Porto – e a necessidade de profissionais da construção civil capacitados são novamente essenciais para o país. Mais, há muitas casas nos centros históricos do Porto e Lisboa a serem reabilitadas para servirem de alojamento turístico. Para completar o cenário positivo, as taxas de juros estão baixas.

Quer saber como morar, trabalhar ou estudar tranquilamente em Portugal?

A Atlantic Bridge é o parceiro que nós recomendamos para ajudar a planejar e concretizar o seu sonho de vir para Portugal.

SABER MAIS »

Em 2018, foram vendidas 178 mil habitações em Portugal e os valores ultrapassaram os 30 milhões de euros. Só de investimento estrangeiro no setor de imóveis foram quase 6 milhões de euros.

construção civil em Portugal prédio

Saiba como investir em imóveis em Portugal e ter lucros acima da média aqui.

Confira as vagas disponíveis

No portal do Instituto do Emprego e Formação Profissional, voltado à recolocação profissional, é possível ter uma boa mostra de quantas vagas há em Portugal para cada especialidade. Basta acessar a página e selecionar “oferta de empregos”, preenchendo a carreira desejada.

No mesmo site, é possível conferir oportunidades para estágio e para cursos profissionalizantes.

Em setembro de 2019, havia no buscador de emprego 1.223 ofertas de vagas para ajudante de construção civil. Para arquitetos, havia 233 ofertas de trabalho. Para engenheiros civis, 502 vagas.

Você pode conferir quais são as melhores vagas de emprego abertas para trabalhar em construção civil em Portugal nos sites abaixo:

Precisa validar diploma para trabalhar com construção civil em Portugal?

Os engenheiros brasileiros que pretendem trabalhar em Portugal precisam se inscrever na Ordem dos Engenheiros de Portugal. O pedido pode ser feito presencialmente no órgão ou então pelos Correios (com cópias autenticadas).

Como ingressar na Ordem dos Engenheiros

A Ordem dos Engenheiros de Portugal faz uma avaliação do currículo do profissional e se este for aprovado e tiver mais de cinco anos de experiência, pode ingressar na Ordem como membro efetivo e trabalhar em Portugal.

Caso a avaliação curricular não esteja de acordo com os parâmetros, pode ser necessário que o engenheiro faça uma prova de conhecimentos, competências e aptidões.

Arquitetos: como trabalhar em Portugal

Já para os arquitetos, foi firmado um acordo entre Portugal e o Brasil que permite que os profissionais possam atuar e promover a colaboração e troca entre os dois países.

Para que um arquiteto possa trabalhar em Portugal, é necessário que ele tenha registro ativo de pelo menos um ano no Conselho de Arquitetura e Urbanismo no Brasil.

Além disso, o arquiteto deve apresentar o diploma de graduação e um comprovante de residência no país de destino.

Quanto ganham os profissionais?

Os profissionais da construção civil em Portugal têm as seguintes médias salariais de acordo com o site Meu Salário:

  • Ajudante Construção Civil: 1.107€;
  • Eletricista: 994€;
  • Arquiteto: 908€;
  • Engenheiro civil: 1.072€;
  • Empreiteiro: 1.081€.

Vale a pena trabalhar com construção civil em Portugal?

Os salários são mais baixos do que os praticados no Brasil, mas você terá os benefícios de mudar-se para a Europa. Para brasileiros, é atraente também a facilidade com o idioma.

Gostou da ideia? Então confira o nosso Ebook Como Morar em Portugal. É um guia completo com todos os passos que você precisa seguir para mudar para o país de forma legal e sem imprevistos. Vale a pena!

Em destaque no Euro Dicas
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para entrar na Europa?

    Seja para morar ou visitar, a imigração pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Precisa enviar dinheiro para outro país?

    A nossa plataforma preferida é o Remessa Online. No Remessa Online você vai economizar até 8x nas suas transferências e, se precisar de algum suporte, o apoio ao cliente é em português. Crie a sua conta grátis e envie dinheiro com segurança.

    VER COTAÇÃO »
  • Pensando em morar em Portugal?

    Escrevemos um guia com todos os passos necessários para organizar a sua saída do Brasil com rapidez, segurança e sem complicações. Receba grátis o índice e primeiras páginas.

    RECEBER AMOSTRA »
COMPARTILHE
Autores

Cláudia Zucare Boscoli trabalha como jornalista há 20 anos, tendo se formado na Cásper
Líbero, com extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha),
especialização em Marketing Digital pela FGV e pós-graduação em Jornalismo Econômico
pela PUC-SP. Já trabalhou para IstoÉ Online, O Estado de S. Paulo, Diário de S. Paulo e
Editora Abril, entre outros veículos. Adora viajar, conhecer novas culturas e contar o que
descobriu.

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.