Construção civil em Portugal, como trabalhar na área em Portugal.

Construção Civil em Portugal

Portugal  / 

A Construção Civil foi uma área muito afetada pela crise que assolou Portugal, principalmente nos anos entre 2011 e 2013. Muitos trabalhadores portugueses precisaram imigrar para outros países da Europa em busca de emprego.

Ao todo, foram perdidos cerca de 200 mil postos de trabalho na área de construção civil entre 2010 até a chegada da troika (pedido de ajuda financeira) em 2014.



A construção civil em Portugal está em recuperação

Atualmente, com a recuperação da economia portuguesa acontecendo, o setor de construção civil tem voltado, pouco a pouco, a se reerguer, mas o número de postos de trabalho ainda é bastante segmentado e para profissionais com bastante experiência.

Escrevemos um guia detalhado para ajudar você a conseguir trabalhar em Portugal.

Há mais emprego

No primeiro trimestre de 2017 foram criados 23 mil empregos na área da construção civil em Portugal e, estima-se que para os próximos três anos sejam necessários 80 mil trabalhadores para atuarem no setor.

Veja o que é necessário fazer para arrumar um visto de trabalho para Portugal.

O turismo impulsionou o crescimento

Reabilitação da construção em Portugal

Com o crescimento do turismo, muitos hotéis têm sido construídos – principalmente na capital do país, em Lisboa – e a necessidade de profissionais da construção civil capacitados são novamente essenciais para o país. Mais, há muitas casas nos centros históricos do Porto e Lisboa a serem reabilitadas para servirem de alojamento turístico.

Entretanto, muitos portugueses ainda preferem trabalhar em outros países da Europa por conta dos salários mais altos (em países como Alemanha, França e Suíça).

Morar em Lisboa ou no Porto? Saiba qual a melhor cidade de Portugal para você.

Precisa validar diploma para trabalhar com construção civil em Portugal?

Os engenheiros brasileiros que pretendem trabalhar em Portugal precisam se inscrever na Ordem dos Engenheiros de Portugal. O pedido pode ser feito presencialmente no órgão ou então pelos Correios (com cópias autenticadas).

Como ingressar na ordem dos engenheiros

A Ordem dos Engenheiros de Portugal faz uma avaliação do currículo do profissional e se este for aprovado e tiver mais de cinco anos de experiência, pode ingressar na Ordem como membro efetivo e trabalhar em Portugal.

Caso a avaliação curricular não esteja de acordo com os parâmetros, pode ser necessário que o engenheiro faça uma prova de conhecimentos, competências e aptidões.

E para os arquitetos?

para os arquitetos foi firmado um acordo entre Portugal e o Brasil que permite que os profissionais possam atuar e promover a colaboração e troca entre os dois países.

Para que um arquiteto possa trabalhar em Portugal, é necessário que ele tenha registro ativo de pelo menos um ano no Conselho de Arquitetura e Urbanismo no Brasil.

Além disso,o arquiteto deve apresentar o diploma de graduação e um comprovante de residência no país de destino.

Tem trabalho na área da construção em Portugal?

Existe trabalho na área, entretanto os profissionais portugueses possuem preferência na hora da contratação. Para conseguir uma vaga é preciso comprovar experiência e, se for buscar um cargo de engenheiro civil ou arquiteto, precisa também da formação acadêmica.

Veja aqui quais são as profissões em falta em Portugal e seus salários médios.

Quanto ganham os profissionais?

Os profissionais da construção civil em Portugal tem as seguintes médias salariais de acordo com o site Meu Salário.

  • Ajudante Construção Civil € 729,00
  • Eletricista € 977,00
  • Arquiteto € 1.160,00
  • Engenheiro civil € 1.152,00
  • Empreiteiro € 1.242,00

Vale a pena trabalhar com Construção em Portugal?

Depende muito do que você busca. Os salários podem ser mais baixos do que no Brasil e há uma dificuldade de conquistar o primeiro emprego na área. É preciso ter experiência e qualificação principalmente para os postos de arquitetos, desenhistas e engenheiros.

Atenção ao ambiente de trabalho

Outro fator a se levar em consideração é o ambiente de trabalho e o perfil do trabalhador em Portugal. Nós brasileiros, de modo geral, estamos acostumados a questionar, sugerir e sermos ouvidos pelos nossos empregadores.

Já em Portugal, os profissionais são menos questionadores e simplesmente aceitam muitas ordens sem argumentar, isso pode ser entendido ainda como reflexo da crise, já que os diretos trabalhistas foram reduzidos e o medo de perder o emprego ainda é sentido no mercado de trabalho português.

Apesar de Portugal e Brasil serem países irmãos, as culturas são bastante diferentes. Veja as principais diferenças entre a cultura do Brasil e de Portugal.

COMPARTILHE

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.