Arquiteto em Portugal: saiba como trabalhar no país sendo brasileiro

O mercado da construção civil se mantêm a todo vapor em Portugal, o que acaba atraindo muitos profissionais da área para o país. Mas como é trabalhar como arquiteto em Portugal? Quais são os salários na área? Vale a pena? A seguir respondemos essas dúvidas e ajudamos você a tomar uma decisão.

Como trabalhar como arquiteto em Portugal?

Para trabalhar em Portugal como arquiteto é preciso regularizar a situação profissional no país. Mesmo que tenha um bom currículo no Brasil, um arquiteto só pode trabalhar em Portugal se realizar o processo legal de reconhecimento de diploma ou se realizar um curso de grau superior como mestrado ou doutorado.

Arquiteto brasileiro pode atuar em Portugal?

Para atuar em Portugal, os arquitetos brasileiros precisam validar o diploma.

Antes de iniciar o processo de validação é preciso encontrar uma universidade pública portuguesa que seja similar a grade de disciplinas do curso realizado no Brasil. Quanto mais semelhante for a grade, mais fácil será realizar a equivalência e evitar ter que realizar um grande número de disciplinas e elevar, ainda mais o custo do processo.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Após identificar a universidade é preciso dar início ao processo de validação no site da DGES. Pelo site também é possível identificar qual modalidade de reconhecimento de grau se aplica: reconhecimento automático, de nível ou específico.

Acordo entre o CAU e OA

Desde janeiro de 2019, o acordo mantido entre o CAU – Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil – e o OA – Ordem dos Arquitectos de Portugal, está suspenso. Esse acordo dava direito aos arquitetos estrangeiros devidamente inscritos e regularizados junto a ordem de seu país, inscrever-se na ordem do país estrangeiro para atuar na profissão.

Entretanto, conforme comunicado no CAU, emitido em dezembro de 2018, o acordo foi suspenso após longas negociações. A suspensão ocorreu pela dificuldade em conseguir que o processo fosse recíproco nas condições de acesso à profissão. Em nota do CAU, pode-se ler:

“Não encontramos meios para um reconhecimento recíproco de qualificações profissionais em seu sentido pleno e mútuo, sem que houvesse a necessidade de uma validação da formação habilitante junto às instituições de ensino superior, órgãos competentes para tal.”

Dessa forma, não há previsão de que o acordo seja retomado entre as ordens dos países.

trabalhar como arquiteto em Portugal

Como se inscrever na Ordem dos Arquitectos

Após a validação do diploma brasileiro em Portugal é necessário se inscrever na OA para trabalhar na profissão. O processo de inscrição é simples, basta apresentar a documentação e pagar uma taxa de 200€. Os documentos solicitados são:

  • 1 fotografia;
  • Cartão de Cidadão ou documento equivalente;
  • Certificado de formação habilitante;
  • Equivalência de títulos académicos nos termos da legislação em vigor (aplicável no caso de formação no Brasil);
  • Documento de autorização de permanência em Portugal (aplicável para quem não tem cidadania europeia)
  • Autorização de exercício da Profissão em Portugal (se aplicável);
  • Declaração da Entidade de Acolhimento;
  • Declaração do Orientador;
  • Plano de estágio;
  • Certificado de estágio profissional (se aplicável).

Salário de arquiteto em Portugal

Em Portugal, o salário de um arquiteto pode começar bem baixo, segundo o site Meusalário, os valores em 2020 variam de 734€ até 2.417€ por mês. Se considerarmos o salário mínimo português que é de 635€, o valor inicial pode ser bem baixo, mas não é uma exclusividade dos arquitetos, a maioria das profissões em início de carreira tem salários muito baixos.

Passo a passo para ser arquiteto em Portugal

O primeiro passo para trabalhar como arquiteto em Portugal é validar o diploma emitido no Brasil ou realizar um curso de grau superior no país. Sem um diploma com validade em Portugal, não é possível trabalhar na profissão.

Diploma reconhecido, é hora de se registrar na Ordem dos Arquitectos de Portugal. O processo é obrigatório para trabalhar no país.

Após finalizar os trâmites para trabalhar em Portugal como arquiteto, já é possível assinar projetos e trabalhar tanto em empresas quanto de forma independente em Portugal.

É diferente atuar como arquiteto no Brasil e em Portugal?

Existem algumas diferenças, seja em relação ao estilo de construção ou a forma de trabalho. Por exemplo, em Portugal é muito comum haver reabilitação em edifícios antigos, são prédios que tem seu interior refeitos dos zero, enquanto mantêm as fachadas históricas. Por isso, existem algumas diferenças nos projetos e no estilo arquitetônico predominante nos países.

Também pode haver diferenças em termos arquitetônicos, mas assim como muitas profissões, pode ser fácil se adaptar a esses aspectos e trabalhar em Portugal.

Quanto ao modelo de contratação, esse pode ser bem parecido com o Brasil, no qual muitos escritórios trabalham no modelo de prestação de serviço, sem carteira assinada para os profissionais.

A contrato ou trabalhador independente?

Em Portugal é possível trabalhar como arquiteto tanto a contrato vinculado com uma empresa na área da construção civil quanto como trabalhar independente.

A realidade portuguesa, segundo um reportagem publicada no Jornal Público é que a maioria dos profissionais não trabalha com contrato, uma vez que é mais vantajoso para as empresas que não precisam arcar com os encargos trabalhistas.

Em caso de contrato de trabalho, o arquiteto em Portugal tem vínculo com uma empresa e realizará os projetos dessa empresa. Com o contrato, os encargos trabalhistas são por conta da empresa, como a segurança social.

Por outro lado, é possível trabalhar de forma independente, os chamados recibos verdes. Nessa modalidade é possível trabalhar por projeto, por exemplo, e emitir um tipo de nota fiscal para o trabalho realizado. Dessa forma, quem arca com os custos de segurança social é o próprio profissional.

Onde encontrar vagas para arquiteto em Portugal?

Existem vários sites de emprego em Portugal, alguns mais especializados, outros mais generalistas. No site da OA, por exemplo, há uma área apenas de oportunidades de emprego para arquitetos. Entretanto, não havia vagas recentes no momento desta pesquisa, mas vale consultá-lo durante a busca. Nos escritórios regionais dos arquitetos também é possível encontrar vagas, como na OA norte.

Em sites generalistas também é possível encontrar ofertas de trabalho para arquitetos, como o Sapo Emprego e o Indeed. O LinkedIn também pode ser uma boa ferramenta a busca de emprego, busque fazer contatos em Portugal e seguir escritórios que são referência no país para encontrar boas oportunidades.

Adapte o seu currículo a Portugal

Além de criar um bom portfólio, se você tiver projetos assinados no Brasil, o ideal é adaptar o currículo para a Europa. Assim, montar o Europass pode ajudar muito a conseguir um emprego, o modelo é adaptado para o mercado de trabalho europeu.

O ideal é atualizar o LinkedIn também, e adaptar às práticas portuguesas. O idioma do currículo pode ser o português, mas, o ideal, é que seja em inglês, uma vez muitas empresas tem atuação internacional.

arquiteto brasileiro em Portugal

Curso de arquitetura em Portugal

Em Portugal, o curso de arquitetura é realizado na modalidade mestrado integrado. O curso tem duração de 5 anos, sendo que o estudante recebe o título de mestre ao final do curso. As melhores universidades em Portugal oferecem o curso de Arquitetura, sendo que em muitas delas o Enem é aceito como forma de ingresso.

Entre as universidades que mais se destacam estão a Universidade de Lisboa e a Universidade do Porto. Inclusive, o curso está entre os mais buscados pelos brasileiros, especialmente em Lisboa.

Além da graduação, existem ainda cursos de mestrado e doutorado na área de arquitetura, que também podem ser uma forma de validação do diploma brasileiro. Esses cursos tem duração de 2 a 4 anos, dependendo da universidade e da área de especialização.

Vale a pena mudar para Portugal e atuar como arquiteto?

Essa pergunta é bem difícil de ser respondida. Isso porque são muitos os fatores que vão indicar se vale a pena ou não e eles devem ser avaliados de forma individual.

O primeiro aspecto a ser considerado é o processo de validação do diploma. No site do CAU, havia várias reclamações de brasileiros, arquitetos que vivem em Portugal e que não conseguem trabalhar na área pela burocracia de validar o diploma. É preciso considerar que esse processo pode ser caro e envolver voltar para a sala de aula e pagar os custos das disciplinas.

Considerando ainda os salários iniciais de um arquiteto em Portugal, o custo pode não compensar, pelo menos nos primeiros anos. Ganhar pouco mais de um salário mínimo pode acabar desanimando quem está começando.

Mas o mais importante nessa conta, é equacionar o que vale a pena para você. Se viver em Portugal é um projeto de vida, então mesmo com os baixos salários e as dificuldades para regularizar a situação profissional no país podem valer a pena. Afinal, quem se muda de país tem um projeto de vida que envolve qualidade e segurança, principalmente.

Se você pretende começar uma nova vida e trabalhar como arquiteto em Portugal, é preciso planejar muito bem os próximos passos. Para ajudar nesse processo, lançamos o Programa Morar em Portugal, um guia completo com aulas em vídeo, e-book, fóruns exclusivos e muito mais.

Carolina é mineira e vive no Porto, em Portugal, desde 2018. Conheceu a cidade em 2013, quando realizou um intercâmbio acadêmico, se apaixonou e voltou para estudar e aproveitar o que o país tem de melhor; a qualidade de vida. Ama organizar roteiros de viagens detalhados e compartilha um pouco das experiências de viagem no @ourvieworld. Mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Porto e graduada em Jornalismo pela Puc-Minas, se especializou em Marketing Digital, área na qual atua há 6 anos.

Artigos relacionados

Como trabalhar em Portugal: visto, salários e oportunidades

Todos os passos para trabalhar em Portugal: veja como obter o visto de trabalho, média salarial, os melhores sites de emprego e mais.

Visto para Portugal: quem precisa tirar, quanto custa e mais

Vai se mudar para Portugal?Sozinho ou com a família? Confira o visto necessário, custos e procedimentos passo a passo para viajar tranquilo.

Como morar em Portugal em 2021: Guia passo a passo

Dicas que ninguém te conta sobre como morar em Portugal na primeira pessoa: passo a passo, como conseguir um visto, qual é o custo de vida e mais.

Sites de emprego em Portugal: veja a lista com os melhores

Descubra os melhores sites de emprego em Portugal e algumas alternativas para encontrar a sua vaga, seja através de sites, agências ou pelas redes sociais.

Custo de vida em Portugal: quanto custa viver no país em 2021

Conheça o custo de vida em Portugal, quanto custa alugar apartamento, fazer compras do mês, gasto com saúde, transporte e salário para viver no país.

Validar diploma em Portugal: como fazer e quanto custa

Saiba todos os documentos, preço e o passo a passo de como validar diploma em Portugal, para quem pretende estudar ou trabalhar em Portugal.

Câmbio de moedas

EURO € : R$ 0.00

LIBRA £ : R$ 0.00

DÓLAR $ : R$ 0.00

Ouça nosso Podcast

Curta nossa página

Euro Dicas no Youtube

1