Na coluna de hoje vou dar um conselho que considero fundamental para quem está se planejando para mudar de país. Eu mesmo fiz isso antes de bater o martelo para Portugal.

O começo de tudo: a decisão de sair do Brasil

Todos os dias milhares de pessoas tomam a decisão de sair do Brasil. Os motivos são variados: desde insatisfação profissional até a violência cotidiana das grandes cidades.

A idade dos insatisfeitos varia muito, mas o pessimismo com os rumos do país é maior entre os mais jovens. Uma pesquisa recente intitulada Branding Brasil mostrou que 55% dos jovens brasileiros deixariam o local onde moram hoje se pudessem (matéria do portal G1 de 17/08/22).

Neste caso, pesam os problemas econômicos e a menor conexão emocional com o país. Resolvi trazer estes dados apenas a título de curiosidade, porque a idade e os motivos que fazem você querer sair do Brasil não me importam muito. Eu quero jogar luz sobre um outro problema muito comum.

Como morar fora?

A primeira busca sobre como morar fora que muitos fazem acaba levando para as redes sociais, onde as informações nem sempre são condizentes com a realidade. E a primeira escolha que muitos fazem acaba sendo Portugal, principalmente pela questão da língua.

Pelos relatos que recebemos, o que acontece muitas vezes é que decisões importantes como essa de morar fora podem ser tomadas por impulso, sem pesquisa e o mínimo de aprofundamento.

Há quem decida mudar para Portugal, sem nunca ter colocado os pés no país para saber se aquele lugar vai lhe agradar por completo. Será que essa é uma boa decisão? Sinceramente, não.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Quer morar em Portugal legalmente e com segurança?

Recomendamos a assessoria da Madeira da Costa, uma sociedade de advogados experientes para auxiliar na sua solicitação de vistos, autorização de residência e outros trâmites. É da nossa confiança.

Saber Mais →

Se puder, vá conhecer o país

Compreendo que nos dias de hoje o preço das passagens aéreas está cada vez mais proibitivo, mas me permita um conselho sobre seu planejamento: se a sua intenção é começar uma nova vida em outro país, sugiro fortemente que você faça antes uma viagem para conhecer o local.

É claro que ter a experiência como turista em qualquer lugar do mundo é uma coisa e a de ser morador é outra. Mas você pode usar essa viagem exploratória para treinar seu olhar e analisar o que lhe agrada ou não em determinado lugar.

Ver imagens pelo Youtube e Google Maps é uma coisa. Estar no local e sentir a energia, a dinâmica e o ritmo é outra, completamente diferente. Acredite: uma viagem exploratória pode alterar radicalmente seus planos antes da mudança.

Refaça os planos se for preciso

E vou ser até um pouco radical: se você não fez nenhuma viagem para o exterior, nunca conheceu nenhuma outra realidade que não seja a do Brasil, aconselho que recomece seu planejamento e pense se essa jornada que envolve a imigração é mesmo para você.

Pode ser que estranhe tudo ao mudar de país. O problema é quando esse estranhamento é constante e te impede de ter um sentimento de pertencer àquele lugar, entende?

Estação comboio em Braga
Antes de me mudar e escolher morar em Braga, eu vim viajar por Portugal. Foto de Maurício Martins

Não estou aqui para atrapalhar os sonhos de ninguém, mas há coisas que você precisa vivenciar para saber se combinam com seu estilo de vida ou não. É o tipo de situação que pede uma experiência. Não vai adiantar somente ler sobre Portugal, sobre as cidades e os bairros. O ideal é que você conheça minimamente o lugar antes de decidir morar nele.

Eu fiz isso e foi a decisão mais acertada

Foi o que fizemos em 2018 antes de decidir morar em Portugal. Essa viagem foi completamente focada em avaliar as cidades que queríamos morar. Posso garantir que isso fez toda diferença em nossa imigração.

E outra coisa: pare de achar que em Portugal tudo é muito parecido com o Brasil e que você vai se adaptar rapidinho, porque isso pode não funcionar no seu caso. A adaptação leva tempo e se você meter os pés pelas mãos, a tendência é que surjam dificuldades que poderiam ter sido evitadas.

Conheça Portugal ao máximo

Faça uma viagem exploratória tendo já um bom conhecimento sobre Portugal. Estude, pesquise, faça anotações. O país é pequeno. Se você tiver muita disposição, pode conhecê-lo de norte a sul em pouco mais de 8 horas de carro, mas é claro que com o objetivo que estamos propondo aqui não é isso que você vai fazer.

De preferência, ao marcar sua viagem de reconhecimento, já tenha em mente as regiões que potencialmente você moraria. Faça seu roteiro olhando para o mapa de Portugal e programando sua visita às cidades que chamaram sua atenção. Pode ser que no meio do caminho você mude de ideia e se apaixone por uma região que nem estava em seu radar.

Cidade em Portugal
Se você vai morar em Portugal, viaje para o país para conhecer as regiões e escolher onde quer morar

O melhor dos mundos é que você chegue numa cidade e se pergunte: eu moraria aqui?

A resposta para esta pergunta pode te livrar de sérios problemas. Essa sensação de pertencimento é fundamental para evitar frustrações no futuro. Antes de fazer tudo na empolgação e dar chance para a frustração, tenha foco em seu planejamento e faça tudo com calma e atenção.

Confira também uma lista de coisas que você deve fazer antes de mudar para a Europa.

Avalie se é mesmo a melhor decisão para você

Se seu sonho é morar em Portugal, você precisa o tempo todo colocar na balança os prós e contras. Imigrar não é uma aventura. Pena que muita gente só descobre isso quando já está em Portugal, se vê cercada de imprevistos e só pensa em voltar para o Brasil.

Procure não imigrar sem conhecer para onde você está indo. Não perca seu tempo e seu dinheiro. Pondere e avalie o tempo todo. Só assim você vai fazer uma mudança com sucesso.