O hino de Portugal é um dos símbolos nacionais da nação europeia, assim como a bandeira de Portugal, e também é conhecido como “A Portuguesa”. Com versos muito bem escritos, as palavras que compõem o hino de Portugal são fortes e contam a história do país de maneira resumida.
Hoje vamos mostrar para você todos os detalhes sobre “A Portuguesa” e você vai ficar sabendo um pouco mais sobre a cultura do país irmão do Brasil.
Saiba mais sobre a cultura portuguesa neste artigo.

Letra do hino de Portugal

O hino de Portugal é lindo, veja abaixo e aproveite para assistir o vídeo:
Heróis do mar, nobre povo
Nação valente e imortal
Levantai hoje de novo
O esplendor de Portugal!
Entre as brumas da memória
Ó, Pátria, sente-se a voz
Dos teus egrégios avós
Que há-de guiar-te à vitória!
Às armas, às armas!
Sobre a terra, sobre o mar
Às armas, às armas!
Pela Pátria lutar
Contra os canhões marchar, marchar!
Desfralda a invicta bandeira
À luz viva do teu céu!
Brade a Europa à terra inteira
Portugal não pereceu
Beija o solo teu jucundo
O oceano, a rugir d’amor
E o teu braço vencedor
Deu novos mundos ao Mundo!
Às armas, às armas!
Sobre a terra e sobre o mar
Às armas, às armas!
Pela Pátria lutar!
Contra os canhões
Marchar, marchar!
Saudai o Sol que desponta
Sobre um ridente porvir
Seja o eco de uma afronta
O sinal de ressurgir
Raios dessa aurora forte
São como beijos de mãe
Que nos guardam, nos sustêm
Contra as injúrias da sorte
Às armas, às armas!
Sobre a terra e sobre o mar
Às armas, às armas!
Pela Pátria lutar!
Contra os canhões
Marchar, marchar!
Veja o vídeo completo com a música e letra do Hino de Portugal:

História e evolução do hino de Portugal ao longo dos anos

Porém, é importante dizer que o hino de Portugal nem sempre foi assim e passou por mudanças significativas durante a história. Como você consegue perceber ao ler a letra do hino do país europeu, a canção tem um caráter patriótico e que, de certa maneira, é instigante. Mas isso não acontece por acaso, pois a história da criação do hino remonta as conquistas e domínios de Portugal na África.
Conheça também a letra e história do hino italiano.

Hino Monárquico Português

Mas antes, o hino de Portugal ainda no período da monarquia, era denominado Hino Monárquico Português ou Hymno da Carta. Igualmente bonito, ele foi escrito pelo Rei Dom Pedro IV, veja a letra abaixo:
Ó Pátria, Ó Rei, Ó Povo,
Ama a tua Religião
Observa e guarda sempre
Divinal Constituição
Viva, viva, viva ó Rei
Viva a Santa Religião
Vivam Lusos valorosos
A feliz Constituição
A feliz Constituição
Ó com quanto desafogo
Na comum agitação
Dá vigor às almas todas
Divinal Constituição
Viva, viva, viva ó Rei
Viva a Santa Religião
Vivam Lusos valorosos
A feliz Constituição
A feliz Constituição
Venturosos nós seremos
Em perfeita união
Tendo sempre em vista todos
Divinal Constituição
Viva, viva, viva ó Rei
Viva a Santa Religião
Vivam Lusos valorosos
A feliz Constituição
A feliz Constituição
A verdade não se ofusca
O Rei não se engana, não,
Proclamemos, Portugueses
Divinal Constituição
Viva, viva, viva ó Rei
Viva a Santa Religião
Vivam Lusos valorosos
A feliz Constituição
A feliz Constituição
Dicas de Portugal para brasileiros: quebrando alguns estereótipos.

Como o hino foi criado

Esse hino nacional de Portugal foi vigente entre 1834 e 1910, porém “A Portuguesa” foi escrito em 1890 em outro contexto.
A história mostra que, quando Angola e Moçambique ainda eram colônias de Portugal no final do século XIX, o país europeu tinha a intenção de dominar os territórios dos dois países africanos em um projeto denominado “mapa cor-de-rosa”.
Entretanto, a Inglaterra não gostou do projeto e se intrometeu dando um ultimato aos portugueses que exaltaram o seu nacionalismo criando “A Portuguesa”.
A ideia de Henrique Lopes de Mendonça, compositor do hino de Portugal, era que a música servisse de inspiração para que as tropas portuguesas não abandonassem suas posições nos países africanos.
Em 1910 Portugal implantou a república e, no ano seguinte e por sugestão dos republicanos, “A Portuguesa” se tornaria o hino de Portugal e até hoje é a canção que representa a nação europeia.
Veja também a história de Portugal resumida.

Quando se canta o hino português

O hino português deve ser cantado em cerimônias nacionais civis e militares. Quando existir uma homenagem a pátria, a bandeira de Portugal ou ao Presidente da República. Quando um chefe de Estado estrangeiro for recebido em Portugal e precisa ser saudado, o hino de Portugal deve ser executado.
Obviamente que em outras ocasiões o hino de Portugal também é cantado, principalmente em partidas da seleção portuguesa em jogos oficiais e amistosos.
Conheça quais são os feriados de Portugal e as datas mais importantes do país.

Curiosidades

Os ingleses eram conhecidos e chamados pelos portugueses pejorativamente de “bretões”, por isso o hino de Portugal, em sua primeira letra, onde se lê “Contra os canhões marchar, marchar!”, a palavra canhões era inicialmente bretões. Porém, por uma questão diplomática, os bretões foram substituídos por canhões e a alusão foi menos direta.
Outra curiosidade interessante é que a composição de “A Portuguesa” se deu em 1890 ainda no período monárquico, porém o rei de Portugal proibiu a execução do hino.
Saiba também se é preciso seguro viagem para Portugal e como contratar esse serviço.

Precisa enviar dinheiro para outro país?

Envie dinheiro com toda a segurança, rapidez e melhor taxa de câmbio. Atualizamos a melhor entidade diariamente, faça já a sua simulação!

Cotar Agora →
Quer morar em Portugal com segurança e qualidade de vida?

Recomendamos a assessoria boutique da Atlantic Bridge, para quem deseja ir para Portugal de forma planejada, sem contratempos e com a segurança de ser acompanhado pelos profissionais mais experientes do mercado.

Saber Mais →